História Scared of happy - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Fifth Harmony, One Direction, Selena Gomez
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Selena Gomez
Tags Camila G!p, Camren, Larry, Norminah, Semi, Trolly, Vercy
Exibições 339
Palavras 1.829
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hummmmm (4/6)

Capítulo 34 - Cap 31 - Fainting


POV Lauren 

 Chamei Camila que estava no quarto de Taylor. Legal ela não quis me contar o que falou com a minha irmã, vou perguntar a Taylor, sou curiosa.

 Estava eu, meu pai, minha mãe, meus irmãos, minha sogra, minha cunhada e minha namorada na mesa.

 O jantar foi repleto de brincadeiras, algumas até idiotas sobre mim e Camila, meus pais parecem crianças as vezes.

- Camz... - Camila já estava no segundo prato de lasanha. - Vai ficar gorda dessa jeito...

- Você vai continuar me amando gorda?

- Óbvio! 

- Então vou continuar comendo! - Camila é tão lerda, meu Deus.

- Eu quero que você pare de comer para a gente contar a novidade! - Ela me olhou e engoliu a comida que estava em sua boca.

- Ah claro! Um minuto... - Limpou sua boca com o guardanapo. Ela se levantou e eu fui junto.

- Minha querida família... Temos uma surpresa par contar para vocês! - Ela disse.

- Bem... Nós vamos ter um bebê!! - Disse animada colocando a mão na barriga. Minha mãe arregalou os olhos. Sinu quase se engasgou com a comida e meu pai estava branco.

- Vamos ser tias!? - Taylor disse apontando para ela e para Sofia.

- Eu vou ser tio! Que legal! - Chris sorria

- U-um bebê? Você está g-grávida? - Sinu se levantou da cadeira.

- Estou... Pai? - Meu pai ainda estava branco, ele apenas caiu da cadeira. - Pai! - Ele desmaiou.

- Mike! - Minha mãe gritou. - Como vamos acordar ele?! 

- Joga água fria! - Chris gritou e todos olharam para ele. - Eu vi na televisão.

- Pode dar certo! Pega lá Camila! - Camila foi correndo para a cozinha pegando uma água no congelador.

- Joga logo Camila! - Gritei estava preocupada com meu pai. Ele vai ser avô e desmaia com a notícia.

- Calma! - Ela tirou a tampa da garrafa e virou na face de meu pai a água gelada. Ele acordou. 

- Para! Ele está se afogando!  - Camila virou para cima a garrafa. Meu pai começou a tossir a água.

- Você está bem?! - Minha mãe perguntou ajudando ele a ser sentar no chão.

- Oque? Oque aconteceu? - Ele perguntou perdido

- Você desmaiou... - Taylor 

- Eu sonhei que você estava grávida... - Ele disse olhando para mim.

- Não foi um sonho! Eu realmente estou grávida...

- Lauren... Você só tem dezessete anos! Você é muito nova para ter um filho são muitas responsabilidades! - Minha mãe disse levantando meu pai.

- Quando vocês descobriram?! - Meu pai disse.

- Crianças sobem lá para os quartos que depois eu levo vocês para tomar sorvete! - Camila disse e eles subiram correndo.

- Descobrimos ontem... Fiz cinco testes de gravidez e todos deram positivo mas amanhã iremos fazer uma ultrassom para ter a certeza.

- Seu pai já sabe? - Sinu disse olhando para Camila.

- Sabe! Ele até chorou... 

- Imagino...

- Vocês não tem consciência não?! Vocês poderiam ter ser protegido, existem tantas maneiras de não engravidar! Lauren você ainda é de menor! - Minha mãe estava nervosa.

- Nós temos consciência! Foi um deslize nosso. De dez transas nossas sete eram com camisinhas e ela tomava anticoceciponal... - Camila estava falando mas minha sogra interrompeu.

- Dessas três transas sem camisinha resultaram num bebê! 

- É eu sei! Mas vocês podem dar as broncas mas não vamos abordar. Já conversamos e não. A chance de Lauren engravidar era muito pouca então esse bebê é um milagre em minha vida! Em nossas vidas! Só Deus sabe se esse milagre irá acontecer novamente... - Camila apertava forte a minha mão.

- Abordo? Ta louca Camila? Mesmo se vocês quisessem eu não iria deixar é meu neto dentro dessa barriga! Eu não iria matar meu neto! Mas como vai ser a vida de vocês agora?! 

- Bem... Nesses meses de gestação irei trabalhar bastante na empresa! Tenho bastante dinheiro guardado, queremos morar juntas! Eu amo vocês mas não quero vocês sustentando algo que nós fizemos...

- Que? Mora juntas? Já é demais para mim! - Minha mãe disse sentando na cadeira com a mão na cabeça. - Isso eu não aceito! Minha filha morando longe de mim! 

- Mãe... - Agachei frente a ela. - Eu estou crescendo, mês que vem faço dezoito... Eu prometo vim sempre visitar a senhora. Você, o papai, a Tay e o Chris.

- Eu não quero que você vá! - Ela deixou o choro sair livre e eu a abracei. 

- Camila senta aqui... - Sinu apontou para a cadeira e ela sentou. - Isso é por não ter ser protegido! - Ela deu um tapa bem forte na cabeça de Camila.

- Ai mama!! 

- Agora você será mãe! Terá grandes responsabilidades! Vocês já escolheram o apartamento?

- Não... Queria saber se vocês poderiam ajudar a gente com móveis e essas coisas? 

- Claro! Eu não estou acreditando que vou ser avô! Que felicidade! -  Meu pai estava tão feliz

- Amanhã iremos fazer uma ultrassom para termos certeza. - Camila disse abraçando Sinu de lado. 

- Kaki! Ainda vamos tomar sorvete?! - Sofia apareceu na escada 

- Diz que sim, por favor! - Agora veio Taylor.

- É! Sim! Sim! Sim! - Meu irmão veio igual a uma fênix, surgiu das cinzas. 

- É claro! Vamos tomar sorvete para comemorar os novos tios da família! - Camila disse. - Entrem no carro! Já estamos indo... - Ela jogou a chave para o Chris e eles saíram correndo.

- Isso é muito louco! Eu vou ser o avô mais babão nesse mundo! 

- E eu a avó mais babona nesse mundo! - Minha mãe disse 

- Ta louca Clara?! É claro que a avó mais babona vai ser eu! - Sinu. Pronto já vi que vai ter briga por causa desse bebê.

- O bebê nem se formou direito e vocês já estão brigando? Meu Deus! Vamos logo Lauren não quero ver briga por causa do meu filho! - Camila disse e eu ri. Apenas fui - Já voltamos... - Ela disse fechando a porta da sala. - Falei que eles iam gostar... Camila Cabello sabe de tudo!

- Não se acha... - Apenas revirei os olhos. Ela correu um pouco e abriu a porta para mim. - Que namorada educada... - Entrei e ela fechou a porta.

- Sempre fui... - Ela deu a volta e entrou no carro. - A chave por favor... 

- Aqui! - Chris a entregou para Camila. 

- Coloquem os cintos! Todos vocês! Já vão pensando no saber que vocês querem... - Camila já havia ligado o carro.

- Já escolhemos! - Taylor disse animada

- Crianças rápidas! - Disse.

- Criança não! Pré-adolescente! - Sofia me repreendeu.

- Tá bom pré-adolescente! - Disse levantando as mãos em forma de rendição.

- To ficando velha! Minha irmãzinha está falando que é pré-adolescente... Parecia que foi ontem que minha mãe deu a notícia da chegada de Sofia...

!Flashback ON! 

 Estava vendo televisão quando minha mama me chamou:

- Camila! Desce aqui! 

- Estou indo! - Desci as escadas. - Queria falar comigo? 

- Sim, minha filha. Sente aqui. - Minha mãe disse batendo no sofá para eu sentar perto dela e eu fui. Meu papa saiu da cozinha e apareceu na sala.

- Fale... 

- Bem... Hoje a mama descobriu uma notícia ótima! 

- Camila, você terá um irmão! - Meu pai disse animado 

 Irmão? Eu ia ter um irmão? Eu não quero um irmão. Comecei a chorar.

- Eu não quero um irmão! - Me levantei do sofá e subi as escadas correndo, fui direto no meu quarto. Comecei a chorar, EU era a queridinha do papai, EU era a favorita, EU era a mimada! Não quero um irmão! 

- Camila... - Escutei alguém batendo na porta, era meu papa pela voz.

- Eu não quero falar com ninguém! - Falei soluçando e meu pai entrou no quarto.

- Oh minha hija... Não chores. Você odeia tanto assim a ideia de ter um irmão?

- Eu sempre fui a filhinha do papai, sempre fui a mimada e agora não serei mais sua princesa... 

- Meu amor você sempre será minha princesa só que agora você vai dividir esse posto um pouquinho... 

- Você não vai me abandonar? 

- Nunca! Vou estar sempre ao seu lado! - Abri um enorme sorriso

- Jura de dedinho?! - Levantei meu dedo menor para ele.

- Juro! - Ele fez o mesmo e juntou nossos dedos. 

- Posso pedir uma coisa papa? 

- Claro! 

- Pode ser uma irmã do que um irmão?! Para eu brincar de boneco com ela! - Ele riu.

- Eu não posso ter certeza disso mas vai que a gente ter sorte! Se for menina, você pode escolher o nome! Oque acha? 

- Sério?! - Pensei um pouco. - Já sei qual!

- Me fale.

- Sofia! Eu gosto muito desse nome.

- Sofia... Gostei! - Fui abraçar ele. - Você nunca será esquecida minha hija! Sempre será amada por todos! - Ele terminou a frase e eu o abracei mais forte.

!Flashback OFF! 

- Camila... Camila... Karla Camila!!! 

 Olhei para os lados, já estava na sorveteria.

- Durmiu ai? - Lauren disse rindo

- Talvez... Vão querer de que crianças? 

- Eu vou querer de flocos! - Chris

- Eu e Tay vamos querer de chocolate com morango! - Sofia

- Até nos sorvetes elas comem igual, meu Deus! - Chris disse revirando os olhos.

- Fica quieto Chris! - Taylor gritou com ele.

- Boo, vai querer de que? - Pensei um pouco. 

- Chocolate com creme! - Só de pensar deu água na boca.

- Sentem ai que eu irei pedir. - Procuramos uma mesa com cinco cadeiras e nos sentamos.

- É verdade que nos vamos ser tios? - Chris falou num tom de esperança.

- É sim! 

- Eu vou cuidar muito bem dela! Irei brincar muito de casinha com ela! - Sofia estava de mãos dadas com Taylor.

- Você não sabe se vai ser menina. Se for menino irei ensinar ele a ser o melhor jogador de futebol, quer dizer, o segundo melhor porque o melhor de todos sou eu! - Chris se gabava até demais.

- Se for menina o Chris vai me ajudar a nenhum garoto deixar encostar nela! - Camila surgiu com nossos sorvetes.

- Pode deixar, Mila! - Ele disse comendo o sorvete.

- Credo Camila! Nem nasceu, nem sabe o sexo e já está com esse ciúme todo? Vou ter pena se for menina. - Disse colocando a mão na barriga.

- Meninos não valem nada, Lauren! Meninas não merecem sofrer por eles! O Christopher nunca irá fazer isso né? - Camila disse num olhar mortal

- Claro que não! - Ele engoliu seco

- Voltando o assunto de antes, como vai o futebol? - Ele jogava desde os quatro anos, Chris era muito bom.

- Muito bem! Segunda tenho jogo contra outra escola! Estamos treinando demais. - Se deixasse o Chris falava de futebol o dia todo.

- A gente pode ir?! - Sofia deu a brilhante ideia.

- Podem! Mas não fiquem gritando meu nome com cartazes e essas coisas! - Chris revirou os olhos.

- Prometo nada Chris... - Taylor disse olhando para cima e comendo seu sorvete.



Notas Finais


QUE BONITO!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...