História Scared Of Happy - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Camren G!p, Norminah
Exibições 460
Palavras 1.379
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Eu vi hein


Pov.Lauren

 

- QUÊ?

 

Me levantei de supetão e ela cruzou os braços.

 

- Isso mesmo, se ele não me tocar, você não vai me tocar. Se ele me tocar, você pode fazer o que quiser comigo.

 

Ela só poderia estar brincando.

 

- Você sabe que eu não consigo Camila! - Exclamei totalmente puta da vida.

 

- A decisão é sua.

 

Disse ela e eu cruzei os braços revirando os olhos.

 

- Camila, eu não aguento.- Bufei.- Eu estava tanto tempo de molho, caramba você sabe o tanto de tempo que eu fiquei sem nada por causa de você?

 

Perguntei e ela franziu o cenho.

 

- Você ficou esse tempo todo sem?

 

Perguntou ela gesticulando de olhos arregalados parecendo surpresa.

 

- Você sabe que sim.

 

Falei corando forte e me joguei na cama.

 

- Se você transar com ele novamente, eu acabo com você.-Falei séria e ela cruzou os braços.- E você sabe muito bem como.

 

Vi Camila corar forte e limpar a gaganta.

 

- Você é ridicula.- Falou ela e eu ri alto.

 

- Isso é sério, mas nem pense em se deitar com aquele imbecil.

 

Falei me levantando e ela se afastou mas eu fui mais rapida.

 

- Eu não sou sua puta de luxo, sua ridicula.- Socou meu peito e eu ri desviando mas sem largar ela.

 

- Camz...

 

Escondi meu rosto em seu pescoço e tenho certeza que ela revirou os olhos.

 

- Lauren eu tô falando sério, e me solta.

 

- Não solto, eu não vou aceitar essa grave.- Falei beijando seu pescoço e acariciando sua cintura.- Porque eu sei que você não vai pra cama com ele.

 

Sorri a encarando e ela riu nervosa.

 

- Óbvio que eu vou.- Rosnou e eu mordi seu lábio inferior.

 

Ri baixinho e beijei sua bochecha, eu sabia que ela não iria fazer nada com ele. Mas ela adorava me provocar.

 

- Sabe o que você vai fazer? - Perguntei e ela bufou.- Vai se arrumar e nós vamos fazer compras.

 

Havia dispensado minha governanta para que ela passasse as festas com a familia, então enquanto ela estava fora, eu tinha que me virar em tudo.

 

Camila bufou se jogando na cama e eu estendi as mãos para ela.

 

- Eu estou com preguiça, mas como sou uma boa moça....

 

Pov. Selena

 

- Demétria!

 

Berrei com Demi novamente e ela arregalou os olhos.

 

- Oi amor, calma!

 

Abriu a porta do banheiro e eu resmunguei me sentando na tampa do vaso sanitário.

 

- Eu não quero ficar sozinha, então vai tomar seu banho e vou ficar daqui.

 

Falei e ela revirou os olhos tirando o pijama, sim eu tinha voltado pra casa dela logo após o ocorrido na minha casa.

 

- Amor, a vida é da Camila...

 

- Para, você sabe que Camila é quase uma criança! - Bufei cruzando os braços e observei ela retirando a cueca.

 

- Elas estão "juntas" há muito tempo, Sel. Sim, sabemos como ela sofreu nas mãos da Lauren, mas nada que não possa ser perdoado.- Disse ela e eu abri a boca incrédula.

 

- Ela matratava a Camila da pior forma que uma mulher poderia ser tratada!- Exclamei vendo ela entrar no banho e fechar o box.

 

- Na verdade, ela errou muito mesmo. Mas Sel, um cego via o quanto Lauren era louca por Camila, dava o mundo por ela, a única coisa em que Lauren pecava era as palavras, ela se estressava muito rápido, era ciúmenta, controladora.

 

- Violenta, uma filha da puta ignorante.- Rosnei.- Por mais que seja minha amiga.

 

- Sabemos como ela mudou, e pra melhor, por Camila. - Disse ela um pouco abafada e abriu o box.- Até sua mãe notou.

 

- Mamãe tem Lauren como filha, imagina se ela soubesse que Lauren tirou a virgindade de Camila com 17 anos.- Disse e Demi trancou a mandibula.- Eu não vou falar Demi, mas caralho. Você não sabe como Camila sofreu por causa dela.

 

Demi suspirou e vestiu um roupão.

 

- Eu sei amor. Mas, vai por mim, Lauren praticamente venera Camila.- Disse e me puxou para levantar.- Você ao inves de julgar ou falar alguma coisa, tinha que conversar com Camila. Ela sempre te ouve.

 

- Hoje ela não fez isso.- Fechei a mão.- Ela preferiu ouvir Lauren, isso é como ela fica quando a Jauregui está por perto, cega!

 

- Vamos fazer assim, eu vou conversar com Lauren. - Falou beijando meus lábios.- E você vai conversar com a Camila, mas não da forma como você está sendo agora, tente ficar calma.

 

Deitei minha cabeça em seu peito e suspirei.

 

- Eu a amo demais pra deixar ela ser magoada novamente, eu me senti tão impotente quando ela me contou sobre ela e Lauren, antes de ir embora.- Falei fechando os olhos.- Lauren meio que traiu minha amizade uma vez fazendo isso com minha irmã em baixo do meu nariz, e não vou passar a mão na cabeça dela.

 

- Eu entendo amor, mas Camila é madura o suficiente pra saber se isso é certo ou errado.

 

- Ela ama aquela idiota Demi.

 

- E Lauren a ama, eu não vejo nada de errado Sel... Okay, Camila está traindo o namorado.

 

- Que é um cara incrivel, e ele sim mereçe o amor dela.

 

- O amor é louco, veja, muitas pessoas não gostavam do nosso namoro no colégial lembra?- Perguntou e eu soltei um riso.- Eu era a rockeira que diziam que era louca, fazia parte de uma seita e tudo mais. Mas quem me conhecia sabia como nada disso era verdade.

 

Suspirei.

 

- Eu era uma dessas pessoas.

 

Falei e ela sorriu segurando meu rosto.

 

- E quando você me conheceu...

 

- Te achei a pessoa mais doce do mundo, nada louca...quer dizer, em partes.- Rimos e eu acariciei seu rosto.- Eu prometo que não vou me intrometer, mas vou sim fazer vista grossa.

 

Ela sorriu entrelaçando nossos dedos e saímos do banheiro.

 

- Mas Demi, e se ela a machucar novamente?

 

- Ai, temos um squad pra arrebentar a cara da Lauren.

 

Gargalhei e me joguei na cama.

 

- Amor, tenho que ir ao mercado.

 

- Vamos, preciso de ar puro, e muito doritos no carrinho.

 

[.....]

 

Já no mercado eu observava a pequena lista que haviamos feito, a maioria já havia sido adicionada no carrinho e Demi conferia um panetonne.

 

- Eu odeio frutas cristalizadas.- Fez cara de nojo e eu observei ao redor meus olhos quase saltavam da face ao ver a cena a minha frente.

 

Camila e Lauren estavam fazendo compras, juntas, como um casal recém casado.

 

Lauren mostrou o vinho a Camila que concordou e colocou no carrinho.

 

Camila riscava a lista ou escrevia, não sei ao certo mas Lauren a encarava totalmente boba.

 

- O que acha de...

 

- Olha elas ali.- Tampei a boca de Demi e apontei.

 

- Que susto mulher, vamos falar com elas.- Demi empurrou o carrinho e eu cruzei os braços lançando um olhar desgostoso.

 

- Não Demi.

 

Reclamei e ela bufou.

 

- O que tem de mais com a interação delas? Veja como é fofo.

 

Demi disse e eu observei um beijo delas. Quer dizer, eu presumi ser um beijo...

 

- Olha lá!- Bufei voltando minha atenção pra Demi que estava com a boca cheia, e estavamos na sessão dos bomboms.

 

Cerrei os olhos e cruzei os braços.

 

- Eu vi hein.

 

Ela se fez de desentendida.

 

- O quê?

 

- Eu não sei o quê eu vi mas eu sei que eu vi.- Falei e ela engoliu em seco, quer dizer, engoliu o chocolate.

 

- Quem nunca?

 

Murmurou corando pegou uma caixa de bombom colocando no carrinho.

 

- Eu vou te bater, Demétria.

 

Falei fazendo ela rir.

 

Meu celular tocou algumas vezes e eu franzi o cenho vendo a foto de meu cunhado aparecer.

 

-Hey Dtew!

 

- Olá Selena! Como está?

 

- Bem e você?

 

- Estou ótimo! Camila está com você, desde ontem tento falar com ela mas o celular dá desligado, aconteceu algo?

 

- Oh não, estivemos ocupadas com a ceia.- Menti.- Mas pode deixar que eu dou recado pra ela.

 

- Ah entendo, avisa pra ela que eu chegarei em Miami amanhã cedo.- Abri a boca incrédula e cutuquei Demi.- Aliás, irei fazer uma surpresa!

 

Fodeu!


Notas Finais


Lá vem ele


Amoressss

Leiam minha "nova" fic. Estou reescrevendo e adaptando "Minha meia-irmã" que foi excluida do site por erros de português, pontuações e etc. Eu já pretendia editar a história mas quando notei a fic havia sido deletada, e bom, apesar de eu me lembrar de toda a história não a tinha digitada então resolvi :

Fazer um remake com A.B.O ( Alfa Ômega e Beta ) e bom, eu estou apaixonada, por mais que eu amasse a versão original, também estou em um amor forte por essa versão. Espero que gostem, e dêem uma olhadinha do meu perfil no wattpad ( onde minhas fics estão sendo postadas )

Wtt: laurencubadinha


Beijos e até o próximo ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...