História Scared Of Happy - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Camren G!p, Norminah
Exibições 744
Palavras 1.667
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi amores, essa fanfic também está sendo postada no meu perfil no wattpad ( Também irei postar minhas outras fanfics editadas e corrigidas).

Perfil do Watty : Laurencubadinha

Enfim, espero que estejam gostando ❤

Capítulo 5 - O que foi?


Pov. Lauren

Vesti uma camiseta tye die branca e vermelha, junto com uma calça branca colada e um par de chinelos brancos.

Ri baixinho ao ver Troye entrar no quarto com uma camiseta florida sem mangas acompanhado de uma gravatinha borboleta amarela, usava também uma bermuda na cor branca e nos pés um vans.

- Você de branco fica um tesão hein. - Falou Troye e eu revirei os olhos rindo.- Quero saber o dia que você vai me chamar pra cavalgar em Laurenzo.

Gargalhei alto vendo Ally quase cair no chão.

- Misericórdia Troye!

- Me desculpe, eu sou piranha.

Brincou ele e deu um tapa na minha bunda.

- Você não perdoa hein.

Brinquei e ele riu alto.

- Quem perdoa é Jesus, eu vim mesmo foi pra meter o louco baby.

Ri negando com a cabeça e conferi minha carteira.

- Põe camisinha aí viu Laur.

- Eu não quero fazer nada com ninguém hoje.

- Camila vai estar lá então é provável que ou você coma ela, ou ela dê pra você. - Disse e eu corei fortemente trancando a mandibula.

- Ela namora Troye!

- Idaí? Aposto que ela vai dar com mais vontade ainda, afinal oito meses sem dar é pra chorar né?

Arqueei a sombracelha e ele pareceu ter percebido que falou demais.

- Ela o quê?

- Não vou falar nada.

Disse ele e eu me levantei o segurando pela gola da camisa.

- Me solta!- Gritou assustado e eu iria rir mas me controlei.

- Desembucha!

- Ela já deu pra ele, mas não DEU, DEU. Entendeu?- Perguntou e eu neguei.

- Ela e eles transam, sabe? Mas eles nunca foderam segundo ela.

- Como assim garoto?

Ally perguntou

- Segundo ela, eles fazem amor.- Disse ele revirando os olhos.- Mas eu conheço minha amiga pra saber que ela não trepou, TREPOU, sacou?

- Saquei, mas isso não quer dizer nada.

- Ela falou que, ele adora fazer muito papai e mamãe...

- Eu não quero saber.

Revirei os olhos.

- Só papai e mamãe, e eles transam as quintas e aos sábados.

Troye falou e eu arqueei a sombracelha.

- Troye, isso não interessa nem a você e nem a Lauren. - Disse Ally lógica e Troye revirou os olhos.

- Camila ainda gosta de você.

- Eu não me importo.

- Okay, vou deixar pra lá, vamos logo!

Quando finalmente todos estavámos todos devidamente arrumados, não demoramos muito a sair. Eu estava dirigindo totalmente nervosa, as vezes ultrapassava um sinal vermelho, e meus amigos percebiam mas graças a Deus ficavam calados.

Ao chegarmos no bar - que estava bem vázio - observamos de longe uma mesa, devo dizer que a mais animada do lugar onde pude observar Dinah acompanhada de Normani e Demi.

Eu tentava me manter socializada logo quando sentamos a mesa e as bebidas foram servidas, optei por um refrigerante, mas não consegui beber tamanha era minha vontade de sumir dalí.

- Relaxa Lauren.

Dinah cochichou e eu respirei fundo.

- Eu não consigo. - Confessei e ela riu baixinho.

- Você está suando.

- Vou tomar um ar.

Iria me levantar se meu olhar não se cruzasse com o dele no exato momento em que eu ía me levantar.

Porra!

Camila me olhava intensamente e eu só me mantinha feito uma pedra.

- Boa noite!

O namorado dela desejou e logo me olhou.

- Boa.

Respondemos todos, mas eu só estava prestando atenção no sorriso que Camila tinha nos lábios enquanto me olhava.

Não fode com minha vida garota...

- Duas trouxas...- Cantarolou Dinah e eu olhei pra baixo totalmente assustada com minha reação.

O que foi isso Lauren?

- Estão aqui a muito tempo?

Perguntou Camila e eu me deliciei com o som de sua voz.

Delicada, suave, tão Camila...

- Mais ou menos trinta minutos.

Respondeu Troye.

Meus olhos correram para o namorado de Camila que colocava o braço em volta do corpo dela logo após se sentarem, em minha frente.

Essa noite seria longa.

[.....]

- Vamos dançar.

Troye me chamava pela milésima vez e eu bufei.

- Não tô no clima, não insiste.

Falei e ele estendeu o rosto até meu ouvido.

- Camila não para de olhar pra cá.

Fofocou e eu mordi o lábio inferior.

- Eu não estou a vendo.

- Ela dança um pouco depois olha pra cá, observe. Agora eu vou dançar, e você tá pareçendo uma velha sentada sozinha.

Ri baixinho enquanto ele voltava pra pista de dança.

Com aquele top cropped preto e aquela saia com abertura na lateral, Camila rebolava ao som de Sorry da Beyoncé.

Meus olhos correram por seu corpo e institivamente passei a língua pelos lábios, céus que mulher.

Ao subir meus olhos por seu corpo pude ver que ela me encarava, firme.

Me fazendo quase cair pra trás.

Vi o tal do Drew abraçar ela por trás e falar algo em seu ouvido, Camila segurou na nuca dele e começou a rebolar.

Agarrei as bordas da cadeira jurando pra mim que eu não iria fazer porra nenhuma.

Relaxa Lauren, eles namoram, isso é normal, você não pode reclamar caralho! - Meu subconciente falava e eu assentia ainda olhando aquela cena.

Drew foi ousado e fez questão de passar a mão na bunda de Camila.

E a garota ainda me olhou quando se roçou superficialmente nele.

Ah não, isso não.

Me levantei como um touro, ela ainda me olhava, puxei Dinah pelo braço e ela me olhou confusa.

- Tira aquele corno daqui, por favor!- Pedi e ela arqueou as sombracelhas. - Eu quero falar com Camila.

Dinah me puxou pra longe da bagunça com um olhar animado e um tanto malicioso.

- Vou chamar ele pra beber uns shots, mas você tem que ser rápida.

- Eu vou ficar com ela pelo tempo que eu quiser, só por favor, tira ele de perto dela. - Pedi olhando raivosa na direção deles.

Senti um forte tapa na minha cabeça e rosnei.

- Fala direito comigo, senão não faço favor nenhum.

- Desculpa, mas por favor Dj.

Pedi e ela bufou saíndo em direção a eles.

Sorri mordendo o lábio inferior vendo Dinah interromper a dança do casal e começar a conversar com eles.

Agradeci aos céus quando Dinah conseguiu tirar ele de perto dela e logo eu me encaminhei.

Mesmo nervosa, vamos lá!

Segurei na cintura de Camila por trás e ela nem virou mas cruzou os braços se afastando de mim.

Mas eu a segui, passamos por todas aquelas pessoas e quando estavámos do lado de fora do pub.

Camila me olhou rindo e negando com a cabeça.

- O que foi?

Perguntei coçando a cabeça e ela riu.

- Porquê pediu pra Dinah tirar Drew de perto de mim?

Vou matar Dinah!

- Eu não fui com a cara dele.

Cruzei os braços e ela arqueou a sombracelha.

- Ué, mas idaí?

Tranquei a mandíbula e revirei os olhos.

- Vocês estavam sendo idiotas dançando daquela forma.

Rosnei e ela riu ainda mais alto.

- Isso tudo é ciúme?

Engoli em seco e ri.

- Me poupa Camila.

- Hum, então é só isso? Eu tenho que voltar.

Falou e eu respirei fundo segurando seu braço.

- Não, espera. - Chamei e ela me olhou. - Eu senti sua falta.

Confessei e ela me olhou mais surpresa que o normal, mas o seu sorriso...Céus, era lindo.

- Sentiu?

Perguntou baixinho e eu assenti sem olha-lá.

- Muita...Todos os dias que você esteve fora.

Camila com uma mão virou meu rosto para olhar em seus olhos.

- Estou de volta... E também senti sua falta, muito. - Falou e eu suspirei.

Em segundos puxei Camila para meus braços e ela agarrou meu corpo contra o dela.

Aquele momento foi com certeza um dos mais puros que eu já tive me toda a minha vida.

Meu rosto contra seu pescoço, suas mãos em minha nuca e meus braços firmes rodeando sua cintura.

Foi impossivel não sorrir com aquilo, foi tanta paz que me atingiu de vez que eu me sentia meio zonza.

Quando nos separamos ela acariciou meu rosto e eu sorri de lado.

Nossos corpos ainda grudados tamanha era a saudade, seus lábios entreabertos me chamando.

- Para de me olhar assim...

Pediu e eu passei a lingua pelos lábios.

- Eu não consigo.- Confessei e ela negou com a cabeça.

- Lauren...

- Me dá um último beijo.

Pedi respirando fundo e ela negou espremendo os lábios.

Segurei seus cabelos e desci minha mão até chegar em sua bunca forçando-a até mim.

Ouvi ela arfar e nossos lábios se roçarem.

- Não Lauren.

Ela me empurrou e eu engoli em seco totalmente chateada.

- Camila, por favor.

- Você não vai fazer o que fez comigo novamente.- Ela negou e eu suspirei.

- Porra Camila, eu...eu mudei!

Falei e ela assentiu.

- Mas continua me deixando uma confusão.

Suspirei e ela caminhou em minha direção.

- Temos que esqueçer...- Falou segurando minhas mãos.

- Nunca. - Falei e ela sorriu se lado.

- O que aconteçeu com você?

- Mudança pós a mulher da minha vida ter ido embora. - Falei e ela me pareceu sem reação.

Camila me olhava surpresa, e eu admirava minha mudança, admirava como eu conseguia me expressar. Demonstrar o quanto eu gostava dela.

- Não faz isso...

Segurei seu rosto e beijei perto do seu ouvido.

- Vamos pra nossa casa, Camz...

- Lauren...

- Só hoje e eu não te procuro mais.- Menti e ela negou.

- Você...

- Eu quero você...- Confessei e ela tremeu em meus braços. - Vamos Camz...

- Não Lauren, me solta.

Com a voz trêmula ela pediu me empurrando fracamente, mas eu me afastei.

Mesmo tremendo na mesma intensidade.

Eu iria respeita-lá.

- Pensa nisso... - Pedi e ela mordeu o lábio nervosamente.

- Me deixa na minha casa, por favor.

Pediu e eu assenti.

- Vamos.

Falei visivelmente triste e ela parecia cansada.







Notas Finais


Vcs gostaram?

Podem dar sugestões, opniões e tals, tudo é bem vindo kkkkk

Até o próximoooo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...