História Scared Of Happy - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camariana, Camila, Camren, Fifthharmony
Exibições 34
Palavras 3.578
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - 01. Bastidores


"Quando uma flor não floresce, você conserta o meio em que ela cresce, não a flor. " - Lauren on Tumblr 

"Camila Cabello anuncia saída da banda Fifth Harmony em vídeo" - Novembro de 2016

"Simon Cowell anuncia que a banda Fifth Harmony tem novo nome" - Novembro de 2016

"Camila Cabello some da mídia" - Dezembro de 2016

"Camila Cabello anuncia pausa na carreira" - Fevereiro de 2017

"Fourth Harmony anuncia que os compositores do álbum estão sendo selecionados" - Abril de 2017

26 de Julho de 2017

Eu não poderia estar mais feliz. 

Hoje, uma semana desde a proposta, eu finalmente vou começar a trabalhar com a série. Eu recebi o roteiro no dia seguinte depois da proposta, então eu já treinei minhas falas. Eu estou realmente ansiosa pra filmar esses episódios! No caso, eu recebi o roteiro pra cinco episódios, um deles sendo o piloto da série.

Bem, vou explicar melhor. Há uma semana, fui convidada a participar de uma reunião com dois produtores da Netflix que propuseram que eu participasse da nova série original Netflix e MTV, Uncover. 

Eu fiquei confusa no início, eu havia parado minha carreira e começado a focar mais em mim. Apenas pra ter um tempo só pra mim - os únicos momentos em que estive com alguém que não fosse Verônica Iglesias, sim, me aproximei dela, ou com a minha família, foram os que estive com Dinah, apenas trocando mensagens por conta da correria do seu dia a dia. Então, por quais motivos eles me contratariam?

Então veio a resposta. Quando pequena, participei de uma série - nem tão famosa - tendo uma participação especial , ficando no máximo em cinco episódios na primeira temporada. Depois, não mexi com Teatro porque o que eu queria era apenas a música. Já fiz uma participação em Faking It com as meninas e , por mais que tenha sido curta, fiquei brincando de "atriz" nos bastidores com parte do elenco.

"- Eu sou inexperiente. " - Foi a primeira coisa que pensei em falar. Eles me olharam sorrindo, e então um dos dois disse que tinham confiança de que eu seria uma boa atriz. Que seria um ótimo modo de voltar para o mundo da fama. Pra ser sincera eu nem ao menos sabia se eu queria voltar pra esse mundo, não tão cedo. Mas, é minha carreira. Investi muito nela pra parar agora.

Literalmente dei um pulo no banco do carro quando senti meu telefone começar a vibrar no bolso da calça, batendo a cabeça no teto do carro. - Merda. - Resmunguei colocando a mão em cima da cabeça. 

- Você está bem, Camila? - Rides, meu guarda-costas , perguntou olhando pelo espelho do carro para me ver. Assenti, ainda com a mão no local em que havia batido e a mesma careta de dor. A minha careta foi substituida por um sorriso assim que vi a foto de Dinah e o nome "Cheechee" na tela do celular. Não demorei e atendi.

OI CHANCHO! - Gritou animada e eu afastei o celular do ouvido, resmungando outra vez. - Oh, desculpa - E começou a rir, como já era de se esperar.

- Tudo bem, cheechee. - Revirei os olhos, faço isso frequentemente quando estou com ela. Seja pessoalmente ou apenas conversando. - Então, tem novidades?

- Mas é claro! - Exclamou animada, e pude ouvir a voz de alguém no fundo. Ally. Meu coração acelerou repentinamente, faz tempos que não falo com ela. Não falo com ela desde o dia quinze de novembro, já que no dia que minha saída foi anunciada eu estava em um avião , indo para Miami. - Ah, eu estou falando com a Camila. Enfim, como eu estava dizendo antes de ser interrompida pela minion ...

Não pude evitar e comecei a rir do apelido de Dinah. Ela costumava chamar Ally de apelidos mais fofos, como pequena ou até anjinho do meu coração (isso quando ela queria alguma coisa de Ally), não costumava dar apelidos desse jeito desde a época do X Factor - porque Ally pode ser bem ameaçadora quando quer.

Nossa Ally! - Dinah resmungou. - Enfim, como eu estava falando, eu tenho sim. Semana que vem a gente vai começar no trabalho de composição do álbum, e essa semana temos uma viagem marcada pra Londres porque vamos gravar uma música com o ZAYN! 

E eu comecei a gritar. Ela estava falando sobre Zayn Malik! Eu sou apaixonada por ele - de modo fangirl, claro - mas eu não sou tão fangirl na frente dele, porque se não eu passaria um mico enorme. Ela começou a gritar do nada, e então paramos e eu encarei Rides como se pedisse desculpas, mas ele apenas ria de mim.

E você? Me conta as novidades. - Pude ouvir um barulho desconhecido por mim e então Ally gritando pra Dinah não se jogar da cama, me causando risos. Eu até que sinto saudades do jeito mandão de Ally, ela era como uma mãe pra nós, sempre cuidando da nossa alimentação, que arrumássemos as coisas e que estejamos felizes. 

- Então, é um segredo e eu agradeceria se não contasse pra ninguém. - Comecei, e pude ouvir ela comentar "Que mistério" , me fazendo rir, "Eu prometo". - EU VOU PARTICIPAR DE UMA SÉRIE! - Falei o mais alto que pude, e ela começou a gritar. Ouvi a risada do meu guarda-costas, e eu comecei a gritar junto de Dinah.

Talvez eu estivesse precisando surtar por causa dessa informação. E a melhor pessoa pra fazer surtar com você é a sua melhor amiga, no meu caso é a Dinah.

- Eu sei, isso é demais! - Exclamei assim que paramos de gritar e nos recuperamos. Peguei a garrafinha do meu lado, para beber enquanto a escutava falar.

- Isso é muito louco, Mila! Estou feliz por você. - Dei um sorriso, bebendo mais um pouco d'água. - Eu quero ver tudo de perto, é possível? Por favorzinho. - Fez a sua melhor voz de bebê, que ela usava raramente, e eu sempre caía no truque que ela fazia. - Eu me comporto, eu juro! Eu só quero ver isso tudo de perto, Mila, eu quero ver você crescer por sua conta.

Não tem como negar algo pra Dinah Jane quando ela faz um discurso desses. - Tá bem. - Aceitei, ouvindo ela comemorar do outro lado. - Mas - Ouvi seu resmungo, 'sempre tem um mas', falei mentalmente a ouvindo dizer isso. - , eu tenho que ver com o Roger. - Ouvi mais um resmungo. - Mas eu acho que dá sim. 

- AH EU TE AMO MILA. - Gritou com a animação exagerada, como de costume.

- Eu já estou chegando no local e... - Fui interrompida por um grito alto e fino de Dinah, me fazendo afastar o celular e então xingá-la. 

Então você já está trabalhando na série? Mila, me conta . Explica tudo. - "Pediu".

- Tudo bem. Eu estou indo agora para um local onde iremos fazer a primeira sessão de fotos e algumas reuniões. O elenco vai se conhecer, iremos conhecer mais dos personagens e então fazer uma sessão baseada no que sabemos dos personagens. - Expliquei -resumidamente- o que iríamos fazer.

Mas... Como faz uma sessão baseada em um personagem? Você transforma palavras em... Ah, deixa. Fala com o Roger. - Resmungou no final, percebendo que não chegaria a lugar nenhum. Dei risada. - Então, tchau. Até daqui a pouco.

- Está bem otimista, não é? - Falei rindo, e ela concordou e eu ouvi uma risada baixa dela. - Tudo bem, tchau Dinah.

Desliguei em seguida, já começando a escrever uma mensagem para Roger. Se tem uma coisa que eu quero, é Dinah lá. Eu não conheço ninguém que vai estar lá, eu estou bem nervosa porque sou tímida - mesmo que não pareça - e , por mais que eu seja sociável, não sei como puxar assuntos. Normalmente eles puxam assunto comigo e eu apenas rendo.

"Roger, eu quero te pedir uma coisa" . Como esperava, logo obtive uma resposta. "O que é?", parece grosso mas não é. Roger é uma pessoa legal quando não fica dando ordens. É como o Simon Cowell. Só que mais chato. Simon é mais legal, não que ele possa saber disso, ficaria se exibindo. "A Dinah pode me acompanhar nos bastidores da série? Ela vai se comportar, eu prometo! Ela quer fazer parte da minha nova carreira e eu quero que faça parte, ela foi a que me apoiou mais e é a minha melhor amiga, eu ficaria mais calma se ela estivesse comigo". Respirei, torcendo para que ele deixasse. 

"Tudo bem. Mas uma bagunça e ela não vai mais te acompanhar" dei um enorme sorriso, tão grande que pude sentir meu rosto doendo. "Então isso quer dizer que ela vai me acompanhar sempre?" . "Sim, mas quando ela estiver ocupada já sabe que ela não irá". Fiquei com preguiça de explicar tudo pra Dinah, então apenas tirei uma "captura de tela" - ou como chamamos mais, print - e mandei pra ela.

Cheechee: EU DISSE QUE CONSEGUIRIA, EU SABIA

Chancho: Avisa pro motorista te levar pra esse endereço: 

Cheechee: Tá

Cheechee: Eu vou poder gravar snap? ME DIZ QUE SIM

Chancho: Olha... Eu posso aparecer, mas a gente não pode revelar nada

Chancho: Porque as gravações começam essa semana, então a gente vai gravar uns cinco episódios pra eles então revelarem o elenco principal da série.

Chancho: depois eles vão divulgar as imagens, acho que tudo isso nesse fim de semana

Revirei os olhos ao ver que ela estava gravando um áudio de voz, normalmente eles duram dez segundos com ela gritando. Ou mais de dois minutos quando ela está animada. Ou mais de cinco quando está contando algo, pode-se dizer que Dinah e eu somos bastante detalhistas em histórias.

Cheechee: "COMO ASSIM VOCÊ VAI TER TRÊS DIAS PRA GRAVAR TUDO ISSO? CAMILA DO CÉU, NÃO TEM COMO" , comecei a rir dos gritos dela e pude ouvir Rides rir também, ele é um guarda-costas bem legal longe das câmeras , porque tem que "manter a pose de durão". "Mila, eu não sei como vai fazer isso. Faça suas mágicas de cantora. Não, espera... De atriz. Faça essas mágicas loucas aí que você consegue. Mas ainda acho muito pouco tempo!

Chancho: E é pouco tempo

Chancho: Mas os episódios vão durar pouco

Chancho: Pouco tipo entre quarenta e quarenta e cinco minutos...

Chancho: Tá, muito tempo

Chancho: Mas eu consigo, já decorei as minhas falas ...

Chancho: Ah, eles vão explicar melhor quando eu chegar lá. Aí eu te explico

Cheechee: Mila, por que não grava áudio? Aí eu não tenho que ficar lendo tanta coisa.

Revirei os olhos, não evitando de dar um sorriso pequeno. Dinah sempre foi preguiçosa, um fato sobre ela que acho que todos percebem, e o fato dela ficar com preguiça de ler isso me faz rir mais ainda dela. 

Chancho: Eu já cheguei, quando você chegar me avisa

Guardei o celular no bolso da calça, abrindo a porta do carro. Suspirei aliviada ao ver que não haviam paparazzis, e que tinham seguranças na frente do local onde ocorrerá a sessão de fotos. Meu coração acelerou quando lembrei que irei conhecer novas pessoas. Que dividirei o camarim com pessoas que não conheço. Trocarei de roupa com pessoas que não conheço. Eu fazia isso quando era da banda, mas a diferença é que eu conhecia as garotas. 

- Bom dia, Srta. Cabello. - Dei um sorriso para os dois seguranças, lhes dando bom dia. Gosto de pessoas educadas. Entrei no local, sentindo um cheiro de perfume em todo lugar que ia. O local estava uma bagunça. Pessoas andando de um lado pro outro, algumas segurando roupas,  pude ver duas pessoas com kits de maquiagem.

A equipe que iria montar os cenários já estava arrumando, haviam dois espaços. Em um deles tinha um fundo branco e ninguém estava lá, no outro o fundo também era branco, mas haviam quatro cadeiras que são usadas em varandas, elas eram "cadeiras de junco rattan", mas brancas. No meio havia uma mesa redonda com um guarda-sol nela. Haviam algumas pessoas enfeitando a mesa usando flores, xícaras de chá e coisas do tipo.

- Bom dia, Camila. - Parei para respirar. Ou melhor, parei DE respirar. I. Marlene King, conhecida por escrever a série de livros que deram origem à série Pretty Little Liars, estava na frente. 

- Como assim você aqui? Eu... O que tá acontecendo? - Perguntei confusa, e ela riu.

- Eu vou dirigir essa série. Eu escrevi uma série de livros chamada Uncover, não publicada, e eu ofereci para a Netflix e a MTV produzirem. - Explicou resumidamente. - Eu vou participar das etapas, inclusive das sessões de fotos. - Sorriu.

- É muita informação. - Comentei , e ela riu novamente. Eu sou uma grande fã de Pretty Little Liars desde o início, uma das poucas séries que viciei, e eu sempre imaginei como ia ser se eu participasse da série. E agora estou participando da série da autora de Pretty Little Liars. Isso é surreal. Dinah vai surtar quando descobrir.

- Você tem que ir ali. - Apontou para uma porta branca, que estava fechada. - Tem as outras atrizes que farão a série. Eu acho que ficariam desconfortáveis em trocar de roupa na frente de pessoas que não conhecem, então darei um tempo para que conversem para poderem trocar de roupa e então começarem a tirar as fotos. - Explicou resumidamente.

- Você é um anjo. - Pensei alto, sentindo meu rosto corar percebendo que eu havia falado e seu sorriso. 

Andei em passos rápidos até lá, mas cumprimentando todos que passavam. Sempre fui bastante educada com as pessoas que trabalho, e provavelmente irei trabalhar com eles por um bom tempo, é bom que tenhamos uma relação boa, como tinha com a equipe das turnês. Abri a porta devagar, o local estava bem iluminado e haviam alguns espelhos espalhados com mesas cheias de maquiagem e outras com produtos pra cabelo.

Haviam araras de roupas em todos os lugares, mas estavam etiquetadas com nomes que não consegui ler por serem pequenos e estarem longe de mim. No sofá que estava encostado na parede, haviam três pessoas me encarando e mais uma em uma poltrona. Senti meu rosto esquentar, e eu quase, quase pirei ao ver as pessoas que me olhavam.

- Oi. - Ariana tem uma voz fofa, anotado. Eu já a vi muitas vezes, mas nunca tive a chance de falar com ela. Dei um sorriso, me sentando na poltrona que havia ali. 

- Sou Lily Macapinlac. - A garota de cabelos morenos, com partes loiras, se apresentou com um sorriso no rosto. Quando eu a vi eu juro que pensei que era grossa.

- Sou Camila Cabello. - Me apresentei sorrindo.

- CLARO QUE EU SEI QUEM VOCÊ É! - Dessa vez o grito veio de Janel Parrish. Sim, A Janel Parrish. Ela fez Pretty Little Liars, não estou surpresa que esteja no elenco dessa série. - Você ficou na notícias por meses, por causa da banda e tals. Eu fiquei bem louca quando descobri que você saiu da banda. Tipo, oi? Como assim? Me explica isso direito. É o fim da minha vida. - Falou dramaticamente, colocando a mão na testa. Rimos da sua encenação. - Enfim, sou Janel Parrish.

- Sou Shay Mitchell. - Quase, QUASE pirei quando ela sorriu pra mim. Ela sempre foi minha favorita de Pretty Little Liars e sempre a achei linda. Eu a shippo com Ashley Benson, espero que ela não se importe.

- É CLARO que eu sei quem vocês são. Eu sou muito louca por Pretty Little Liars. Quando descobri que a sétima era a última temporada, eu quase passei mal. E quando vi o último episódio, nossa, eu morri. Eu literalmente me joguei da cama. Porque não faz sentido, se dependesse de mim, a série seria eterna. Porque meu Deus, é muito boa. - Falei rápido no momento de fangirl. Elas me encararam com um olhar engraçado, rindo. - E o momento fangirl passou. Por enquanto. - Acrescentei.

- Quais personagens vocês vão fazer? - Janel perguntou sorrindo.

- Eu vou fazer a Holland. Eu estou bem ansiosa pra colocar em prática o que aprendi sobre ela. - Lily deu um sorriso de lado. Tombei a cabeça. No meu roteiro fala sobre todos personagens, como o dos outros porque todos são iguais, e eu até que imagino ela como Holland: uma garota divertida que, para quem não a conhece, parece seca e extremamente grossa.

- Eu vou fazer a Andrea. - Janel disse sorrindo. - Será fácil por ela em prática porque parece bastante com a Mona, é popular as custas da Jessica, tem um estilo até que bom. 

- Eu adorei ela, sério. Se ela fosse a SS ia ser bem louco. Mas previsível, então não deve ser ela. Ou pode ser porque a gente acha que não é por ser previsível... Af, Marlene gosta de mexer com nossas cabeças. - Shay revirou os olhos sorrindo, e concordamos rindo do seu comentário. - Eu vou fazer a Katie. - Completou.

- Emma. - Ariana respondeu sorrindo. Também dá pra imaginar ela no papel de Emma: divertida, sociável mas tímida, gosta de fazer piadas e de conversar. É, é bem a cara da Ariana.

- Dá pra te imaginar no papel dela. - Lily disse e eu rapidamente concordei com a cabeça. - Ela é fofa. - Sorriu. - E você, Mila? - O apelido saiu tão naturalmente , como se falasse isso há anos, que eu acabei sorrindo por sua naturalidade.

- Jessica. - Respondi.

- OH, A BAD GIRL. - Shay gritou. - Não, espera... A Bad Girl é a Lily. - Se corrigiu rapidamente, dando um leve tapa na cabeça. Rimos dela, sua personalidade é divertida. - A garota rica de Willow Creek, sexy e descolada desejada pelos garotos e por garotas. - Disse fazendo gestos com as mãos. - Típico da Marlene.

- Garotas. - A porta foi aberta e Marlene atrapalhou a crise de risadas que tinha ali. - Que bom que se deram bem. - Sorriu. - Espero que não esteja fazendo piadinhas sobre mim, Shannon. 

- Não me chama de Shannon. - Revirou os olhos, dando um sorriso. - Eu não falei nada, Marlene. Você sabe que eu te amo. - Piscou os olhos diversas vezes, dando um sorrisinho fofo. 

- Não acredito em você. - Respondeu simples, rindo ao ver a cara de ofendida de Shay. - Então, a equipe de maquiagem e figurino está aqui fora e vão vir arrumar vocês. Então, daqui uma hora e pouco vocês já vão estar fotografando. Mas antes , vou explicar algumas coisas.

- Lá vem o discurso... - Shay murmurou enquanto Marlene entrava no lugar, percebendo um olhar de Marlene que a fez dar um sorriso falso e fazer um coração. A relação das duas sempre foi engraçada, de acordo com o elenco, agora eu posso ver o quão engraçada é.

- Primeiro. - Começou a falar. - Vocês não podem anunciar que gravarão uma série juntas. Iremos anunciar no final de semana quando os episódios estiverem sendo editados. Podem postar fotos, snaps e qualquer coisa do tipo juntas sem mencionar a série ou seus personagens, ou a atuação. Lisa, a produtora, disse que será bom pra divulgação que tirem fotos juntas, gravem snaps, saiam juntas, porque as teorias começarão e então o foco principal nas notícias será nas cinco, aumentando a audiência de quando a série for divulgada.

"Segundo, vocês irão começar a gravar a partir de amanhã. Hoje, terão duas sessões de foto. A primeira, será aqui e durará de cinco a seis horas. A segunda, iremos para o local onde gravaremos a série, onde tem a cidade montada de Willow Creek. Tiraremos fotos de vocês nas casas e em todos cenários, isso será por volta das duas da tarde. Deixarei tirarem fotos nos cenários, aqui e em todos lugares. Está liberado, podem tirar fotos com o figurino, podem tirar fotos de quem está arrumando o local, de qualquer coisa. Contanto que não as postem ainda. A partir da semana que vem, as fotos serão liberadas para publicação."

Assentimos, escutando tudo o que ela falava. 

- Vai ser tipo quando gravávamos Pretty Little Liars? Vão ter os "por trás das câmeras" das sessões de foto e coisas do tipo? - Janel perguntou.

- Nessas sessões de hoje, terão sim "por trás das câmeras" que será liberado no final de semana. O motivo é que vocês irão falar sobre suas personagens, sem dar spoilers para os que assistirem. Primeiro, eu falarei sobre a série e o elenco, sobre como ocorrerá a sessão. Algo que já fiz, pra deixar claro. - Acrescentou. - E depois vocês falarão sobre os personagens, sobre como está sendo, como foi quando descobriram que iriam fazer parte da série e coisas do tipo.

- Ah, Marlene... Espero que não se importe, mas a Dinah vai vir aqui ver tudo. Ela pode? - Perguntei, receosa.

- Ah, pode. Shay adorava trazer amigas pros bastidores. - Revirou os olhos, mas a tempo de ver Shay mostrar língua. - Só não pode divulgar sobre a série, pode tirar fotos, snaps e coisas do tipo. Até seria bom pra divulgação, traria mais atenção. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...