História Scared Of Happy ( Norminah G!P ) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Exibições 380
Palavras 1.121
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


||• ESSA PORRA DE NET NÃO TAVA PEGANDO, CHEGOU AGORA •||

• Erros vou corrigir depois.

Capítulo 20 - Aniversário da DJ ( parte 3)


Fanfic / Fanfiction Scared Of Happy ( Norminah G!P ) - Capítulo 20 - Aniversário da DJ ( parte 3)

POV Normani

A festa de Dinah estava cheia e divertida, mas como eu não conhecia ninguém, preferi ficar na minha, sozinha. Ainda estava no banco que tinha encontrado um pouco distante das pessoas e como não tinha muito o que fazer para me distrair, optei por tirar fotos. Estava tão distraída que nem havia percebido alguém se aproximar e senti meu coração parar quando ouvi a voz de Dinah.

Oi. - disse Dinah parando ao meu lado.

Levantei a cabeça e lhe fitei a mesma que sorria pra mim.

— An.. Oi - sorri tímida

— Tudo bem?

— Tudo e você?

— Sou a aniversariante, tenho que cumprimentar alguns convidados e isso é bem chato, mas estou ótima - sorriu - posso sentar aqui e me esconder? - Disse divertida e eu acabei rindo

— Pode sim. - disse e me afastei um pouco pra mesma sentar. Ficamos nos olhandos por alguns s segundos e depois ela abaixou a vista

— Bela foto. - disse e eu olhei para o meu celular - ja quero vê-la no feed do meu instagram - acabei rindo e ela sorriu - você estar linda. - falou e me fitou

— Obrigada - sorri tímida - Você também estar linda.

— Linda eu sempre fui - disse jogando os cabelos que estavam em seu ombro esquerdo pra trás e depois gargalhou

— E convencida também - rimos

— É.. Eu queria te pedi desculpas por hoje mais cedo e também por ter te ignorado sábado.. e por tentar te afastar o tempo todo. - disse verdadeira

— Dinah eu não sei, você é confusa. - disse de cabeça baixa - quando acha que estar sentindo algo, você se afasta. Me trata bem uma hora e na outra você me ignora, eu não quero continuar assim. - falei fitando a mesma

— Eu sei, eu só .. - suspirou - é difícil pra mim, eu não sei o que sinto por você Mani, mas eu quero descobrir se você quiser também. Me da uma chace.. Quer dizer, outra chance. - disse e sorriu

— Eu não sei Dinah, eu não quero ser ignorada novamente

— Não vou te ignorar, eu realmente quero tentar e .. - foi interrompida

— Dinah tá na hora de você apagar as velinhas - gargalhou - vem veada, vamos cantar seus parabéns - disse Harry nos puxando

Harry nos agarrou e foi o caminho todo falando e falando. Dinah e eu nos olhamos e Harry percebeu, parando no meio do caminho, nos soltando e nos olhando com um olhar acusador

— Vocês estavam tendo uma conversa importante não estavam? - perguntou e nos duas assentimos - Desculpa por atrapalhar, mas vamos cantar os parabéns pra Dinah e depois vocês voltam a conversar. - nos duas assentimos - Quero as duas se beijando no final do " Happy Birthday to you ", não me arrasem não. Agora vamos logo. - pegou em nossas mãos e nos arrasou dali - ia esquecendo - fez com que eu pegasse na mão esquerda de Dinah - agora sim.

Dinah sorriu e eu retribui. Estava nervosa e com medo. Nervosa por estar de mãos dadas com Dinah na frente de todos, e com medo da mesma me afastar na manhã seguinte. É.. Como diz Barbara " esses são os efeitos de Dinah Jane Hansen "

Estávamos quase perto da porta, quando vi dona Milika, a única reação que tive foi soltar a mão de Dinah rapidamente, fazendo-a me olhar e sorrir

" Ela estar mesmo rindo do meu desespero?" - pensei incrédula

Dinah se aproximou e sussurrou em meu ouvido.

— Não se preocupa, mama já sabe de nos duas. - arregalei os olhos e engoli a seco - E antes que você me bata achando que foi eu que contei, já vou avisando que não foi. Depois dos parabéns eu te conto tudo - disse e beijou minha bochecha

Dinah pegou na minha mão novamente e entramos na sala onde estava cheia de parentes e amigos da mesma, todos nos olharam e senti minhas bochechas queimarem. Lauren e Camila sorriram e fizeram sinal de positivo com as mãos.
Todos começaram a cantar parabéns para Dinah e a mesma estava toda animada cantando junto com todos e sorrindo. Primeira vez que vejo ela tão solta e bem divertida. Apagou as velas, abraçou alguns amigos e depois me chamou para terminarmos nossa conversa, apenas assenti e saímos caminhando pelo sítio.

— Thomas não tirou os olhos de você - disse e virou o rosto

— Há. - disse e ela me olhou e depois balançou a cabeça negando. - Desculpa eu não sei como responder.

— Esquece isso. - disse e continuamos andando

— Você achou mesmo que eu aceitaria dormir no mesmo quarto que ele?- perguntei e ela negou com a cabeça

— Não gosto quando você fala com ele. -disse e parou de andar, ficando na minha frente

— Eu não falo com ele, não somos amigos. Só nos falamos acho que duas vezes

— Não quero que você fale com ele

— Vamos discutir ou terminar aquela conversa que viemos pra resolver? - perguntei impaciente

— Tudo bem. - suspirou - Mani eu sei que sinto algo por você e eu não quero ficar longe de você.

— Você não estar bêbada não ne? Não quero me enganar de novo, achar que tenho chances e depois você me deixar.

— Não estou bêbada, pelo menos ainda não - riu e se aproximou mais um pouco - isso é um sim?

— Isso é um preciso pensar com calma pra não ter que sofrer de novo.

Dinah sorriu e assentiu. Levou suas mãos ate minha cintura e se aproximou um pouco mais. Levei minhas mãos ate seu pescoço, fazendo um carinho leve.

— Harry disse que queria ver nos duas se beijando depois do "Happy Birthday to you" - Disse e ela assentiu - Sonho não realizado - ri baixinho e aproximei meus lábios de sua orelha - Happy Birthday to you, DJ - sussurei e me afastei da mesma. Em um ato calmo, selamos nossos lábios.

Começamos em um beijo calmo e demorado, mas depois de alguns segundos, o beijo estava mais intenso e rápido. Pedi passagem para explorar sua boca e ela deu total liberdade para tal ato. Adentrei sua boca lentamente, sentindo nossas línguas entrar em perfeita sincronia. Sua boca é quente e macia, eu não me importaria de passar a noite toda beijando-a, mas o ar estar faltando e já estava ficando difícil de se respirar.

Eu gosto da Dinah, ela é muito complicada, muito mesmo. Mas por mais que eu quisesse dizer não pra ela, eu não conseguia.


Notas Finais


Depois que eu montar um quebra-cabeça aqui, eu vou terminar o outro EP.. E posto ainda hj 😎❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...