História Scarlet - Capítulo 13


Escrita por: ~ e ~Luiza666

Postado
Categorias Originais
Tags Ação, Drama, Luta, Romance, Ruiva, Vingança
Exibições 9
Palavras 1.319
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Cheguei, espero que gostem Beijinhos amores <3

Capítulo 13 - Decimo Primeiro Capítulo


Fanfic / Fanfiction Scarlet - Capítulo 13 - Decimo Primeiro Capítulo

 

 Scarlet cochilava embrulhada a um lençol, após ter tido três orgasmos, enquanto John tomava banho para tirar o suor de seu  corpo.

      Depois de 10 minutos em baixo da água o moreno saio do banheiro e antes de ir a procura de suas roupas, parou por um tempo e começou a observar a ruiva enquanto a mesma respirava calmamente como se não lhe houvesse acontecido nada, com os cabelos espalhados pelo travesseiro, tão serena, mas desviou o olhar ao perceber que ela tinha abrido os olhos e começou a se levantar indo em busca de suas roupas.

          Terminou de se arrumar pegando a carteira tirando o dinheiro de dentro  jogando o sobre a cama e se virando para a porta.

      - Até que não foi tão ruim - Disse por fim saindo do quarto sem esperar por uma resposta.

                                *

         Ao sair do quarto Scarlet ficou caminhando pela pista, que já estava quase vazia apenas sobrava aqueles que estavam dormindo pelos sofás e os que ainda estavam com alguma das garotas. Não tinha nada a se fazer naquele momento a não ser se retirar e ir descansar.

            Durante o caminho decidiu que veria se Angel estava bem. Foi em direção ao quarto de sua amiga para ver como a mesma estava já que ela fora para o escritório de James.

          -Angel, você esta aí? - perguntou sussurrando, para não atrapalhar o sono das outras, após abrir uma pequena fresta da porta e colocando a cabeça para dentro olhando diretamente para a cama da amiga que para sua surpresa estava vazia, mas desarrumada denunciando sua presença ali. Entrou totalmente no quarto com uma expressão de confusão, mas que logo se desfez percebendo a luz do banheiro acessa.

          Foi caminhando em direção a porta, depois de ter tirado os saltos para não fazer barulho.

          -Angel? - chamou baixinho girando a maçaneta e vendo que estava aberta - Vim ver como você está. 

           Quando se colocou inteiramente dentro daquele pequeno lugar pode escutar um pequeno soluço e um corpo encolhido no canto da parede. Sem pensar duas vezes se aproximou rapidamente preocupada com o estado da morena.

          - O que houve? - Disse puxando Angel para seus braços onde a mesma se agarrou  e desabou no peito da ruiva. 

         Scarlet deixou que ela chora - se até que ela se acalma - se. Os soluços começaram a se acalmar, dando chance a ruiva de se afastar para olhar em seu rosto.

           - Quer me falar agora por quê esta chorando?  - Perguntou acariciando os cabelos dela.

           - E-eu estou chorando porque sou muito Burra! Uma burra que criou ilusões erradas com quem não devia - Disse se afastando e encostando na parede - Bom eu e James transamos e eu como sou tola criei expectativas de que era especial de algum modo, mas quando acabamos ele simplesmente me mandou embora.

         Soltou uma risada sem humor, como se zomba - se de si mesma.

       - Você não é burra nem tola Angel, você é alguém que conseguiu ver algo de bom nele ao ponto de se apaixonar pelo mesmo. Você é corajosa, fica sempre com a cabeça erguida mesmo quando não está bem, então não se chame de burra sendo que quem perdeu uma ótima oportunidade de ter uma mulher forte do lado foi ele, e te garanto de ele que se arrependerá depois - Falou a abraçando como se fosse seu escudo protetor.

       - Obrigada por ter aparecido na minha vida - sussurrou Angel de volta para a amiga.

       Ficaram no chão do banheiro pelo menos por uma hora, até Scarlet  se levantar e levar Angel consigo, a deitando e cobrindo a mesma como se fosse uma criança. Depois que a morena caiu num sono profundo a ruiva se dirigiu para o corredor seguindo para o próprio quarto exausta.

                              *
            Scarlet avançava pelo corredor em direção a pista, pronta para começar a limpeza do dia, mas foi interrompida quando um dos cães de guarda de James a chamou avisando que estavam a chamando no escritório.

          - Você saberia me dizer o motivo? - Perguntou com medo, mas aquele brutamonte apenas se virou e foi embora a deixando para trás.

          "ridículo" Pensou  bufando e indo para o escritório  com os pensamentos a mil tentando achar algo que fez de errado em algum desses dias, mas simplesmente nada veio a mente.

            Chegou perto da perto da porta e deu duas batidinhas antes de ouvir um "entre Scarlet"  do outro lado , abre apenas uma fresta colocando a cabeça para dentro, vendo que James não estava sozinho, e se pós por inteiro para dentro, vendo John com um sorrisinho maldoso nos lábios e um homens alto, que botava medo em qualquer um, ainda mais com todas as cicatrizes que tinha no rosto e em seus braços que estavam de fora por causa da blusa de manga curta que parecia minuscula por causa de seu tamanho.

            - Mandou me chamar? - Perguntou sentindo suas mãos suarem 

            - Sim ruivinha, mandei - Falou James a analisando - Soube que dormiu com apenas um homem noite passada Scarlet e você sabe que isso não é algo que eu perdoe.

              - Mas eu consegui chegar pelo menos numa quantidade que você falou que era aceitável - Falou ficando nervosa por pensar que poderia ser punida.

             - Mas nada garota você não cumpriu as ordem, que eu acho que foram bem clara - Disse o homem cheio de cicatrizes, ele tinha a voz rouca e grossa, o que deixava a situação mais tensa. - E eu já sei exatamente o que farei com você docinho. Levem ela.

            - Por Favor James, não faça isso! - gritou enquanto a levavam para fora da sala.

           - Não a quero com marcas Ângelo - Disse por fim James, vendo o homem sair pela porta  com um sorrisinho no rosto. 

                                    *

            Ângelo, entrou na sala logo em seguida que Scarlet foi jogada ali, a analisou vendo o motivo de James não querer nenhuma marca, era uma mulher que chamava atenção pela sua beleza, não tinha muito corpo e era baixinha mas despertava os desejo de qualquer um, manos dele por algum motivo ele não sentia vontade de machuca-la como sentia com as outras.

           -Vamos ser rápidos pois tenho mais o que fazer - Disse sem um pingo de emoção na voz - Sua punição sera algo antigo como a Gota Tártara, não lhe explicarei pois não precisa saber.

         Depois de falar qual seria sua punição, dois homens entraram pela porta e a seguraram a levando na para o fino jato d'água que ele mandou colocar ali, a deitaram de costa sobre o jato e amarram os braços e pernas com uma corta  amarrando cada um em uma argola no chão puxando as pernas e os braços para baixo cada um para um lado.

            - Ficara ai até que eu decida te tirar, bom tenho que ir, quase esqueci ficara sem água e comida. - Falou por fim se virando e para sua surpresa ela estava quieta olhando para o teto, ignorando a existência dele, então ele simplesmente saiu a deixando ali.

                               *

            Scarlet preferiu não falar ou se espernear, não adiantaria nada e só faria com que batessem nela.

            Após Ângelo sair daquele quarto imundo, Scarlet soltou um suspiro e tentou se mover para ver se a dor diminuía, mas infelizmente apenas piorou  pois sem querer acabou arrastando as costas para a ponta do jato onde o mesmo ficou pressionando  e que com certeza deixaria marca depois que sai-se dali.

            Sem muitas opções ficou fitando o teto  pensando na noite anterior onde encontrara John ou melhor ele a encontrara, da ótima noite que teve cheia de prazer, mas agora ali estava ela sendo punida por culpa do mesmo. A partir desse dia Scarlet decidiu que o evitaria o máximo possível, para evitar problemas e porque se o visse de novo quebraria a cara dele.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...