História Scars - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Artemis, Nico di Angelo, Percy Jackson, Piper McLean
Tags Heróis Do Olimpo, Novo, Percy
Exibições 143
Palavras 3.213
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


olá jovens prontos para o penúltimo cap.

Capítulo 29 - Tempestade ou fogo


Fanfic / Fanfiction Scars - Capítulo 29 - Tempestade ou fogo

Artemis cortava monstros como se eles fossem feitos de papel a deusa da caça sorriu orgulhosa para suas meninas que destruíam todos os nascidos na terra sem dificuldade e com a chegada dos deuses a vitória parecia certa ,artemis viu quando gration seu inimigo atacou uma de suas meninas e se transportou até o gigante em um flash de prata lançando uma bola de energia contra ele o jogando para trás para longe de Phoebe e Emily.

-obrigado minha senhora –a filha de ares agradeceu e se preparou para o gigante que rugiu se colocando de pé com um arco gigante em mão.

-eu vou toma-la como minha esposa –o gigante da caça rugiu e disparou uma flecha gigante ,artemis sorriu e saltou correndo através da flecha e saltando sobre o rosto de gration com suas facas de caça cortando o nariz do gigante que rugiu antes de Emily cortar seu calcanhar o fazendo se ajoelhar.

Artemis sorriu para sua caçadora antes dela e Phoebe cravarem o gigante de flechas o transformando em pó.

Leo desviou de um soco de um nascido na terra e lançou uma bola de fogo contra outro seu corpo inteiro estava coberto de chamas laranjas por sorte o filho de hefesto havia inventado uma roupa aprova de fogo durante seu tempo como viajante ,leo se esquivou de uma lança e socou com força o rosto do inimigo quando um martelo gigante foi lançando contra ele o moreno saltou para trás para ver o gigante criado para se opor ao seu pai mimas.

O gigante rugiu para ele com seu enorme martelo e o atacou leo se esquivou jogando fogo contra os pés do gigante que rugiu mais ofendido do que ferido ele arriscou outro golpe contra leo porém um martelo de bronze o atingiu no peito o jogando para trás e o moreno sorriu ao ver o pai em sua armadura vermelha trabalhada em bronze.

-olá filho –leo sorriu para o deus moreno e que mancava de uma perna.

-oi pai pronto para chutar uma bunda gigante e fedorenta ?-o deus riu para o filho.

-estou sempre pronto –o deus respondeu.

Pai e filho atacaram mimas que rugiu atacando ambos com seu martelo hefesto saltou se esquivando de seu martelo e chutando seu rosto a tempo de leo o atacar no peito com uma bola de fogo que fez o gigante dar alguns passos para trás a tempo de hefesto lhe acertar um potente golpe com seu martelo o fazendo cair.

-acho que isso e um fim senhor gigante –leo disse sorrindo.

-ainda não semideus –mimas estalou os dedos e uma grande sombra surgiu um gigante com a cabeça de leão ,mas o corpo de bronze surgiu acima deles o gigante avançou contra eles.

-vê deus ferreiro não e o único capaz de criar –o gigante se gabou.

Hefesto respirou fundo agarrou seu martelo com força e com um único e poderoso ataque no rosto de leão do gigante de bronze o destruindo completamente espalhando suas peças por todo o campo mimas arregalou os olhos antes de hefesto e leo o atacarem com fogo o transformando em pó.

-suas criações são ferro velho –os dois disseram juntos.

Percy se esquivou de uma dúzia de batalhas até ver a de athena a deusa da sabedoria encarava os gigantes irmãos criados para se opor a ela os dois a rodeavam com seus escudos grossos e piadas contra ela.

-deve estar feliz sua filha favorita não viveu para ver sua queda-palas disse e percy se irritou com suas palavras.

Athena não se deixou abalar pelas palavras dos gigantes e apenas os aguardavam com seu escudo e lança prontos ,o primeiro a atacar a deusa foi encélafo  que arriscou um golpe de lança na altura do peito da deusa que se defendeu usando seu escudo e o moveu para o lado no momento que palas arriscou o céu defendendo o golpe de ambos os gigantes a deusa chutou encélafo no peito e acertou palas no rosto com seu escudo.

-maldita deusa menor –o gigante rugiu antes de percy cortar seu pé o gigante rugiu e caiu de joelhos vendo o sorridente semideus.

Athena aproveitou a chance e atravessou sua lança pelo peito de palas que arregalou os olhos enquanto percy surgia em uma sombra e cortava seu pescoço,o gigante se tornou pó enquanto athena sorriu para percy.

-maldito você matou meu irmão !-encélafo gritou e moveu sua lança contra percy que se esquivou com facilidade antes do gigante receber um pesado golpe do escudo da deusa o fazendo cair no chão.

Percy saltou sobre com sua espada em chamas parecendo um meteoro em chamas que caiu sobre seu peito enquanto athena descia sua lança sobre a garganta do gigante o matando.

Percy sorriu para a deusa da sabedoria que sorriu de volta.

Piper nunca esperou em toda a sua vida ver sua mãe de armadura menos ainda lutar ao lado dela contra uma gigante que representa a feiura do mundo ,mas era isso que estava acontecendo a gigante peribeia tentava acertar a deusa do amor com sua espada longa e Afrodite desviava em sua armadura rosa e sua espada em forma de uma rosa vermelha.

A filha de Afrodite se esquivou de um golpe da gigante e sorriu com sua adaga em mão.

-hey filha como vai o Jason ?-afrodite perguntou se esquivando de um golpe da gigante e a socando no queixo com tanta força que peribeia caiu antes de piper cair sobre seu olho o perfurando.

-mãe –a menina corou –aqui não.

-só estou perguntando –a deusa respondeu decapitando a filha do rei dos gigantes.

Nico se esquivou de uma lança gigante e depois de uma espada e ao lado de reyna e de hestia encarou oto e efialtes os dois gigantes estavam vestidos para um festa com roupas que lembravam os anos 90 e um olhar assassino enquanto tentavam acertar o grego e a romana que se esquivavam com facilidade ,reyna atacou oto com bravura que só uma romana filha de belona podia ter a romana saltou por sua lança e cortou sua perna de dragão o fazendo se curvar a ela apenas para ter seu nariz cortado fora.

O gigante rugiu antes de hestia surgir em sua frente a deusa esticou a mão para ele e uma rajada de fogo o engoliu o transformando em pó.

Nico se esquivou de um golpe de efialtes sorrindo e irritando o gigante que tentava de todo modo acertar aquela praga semidivina que saltava em uma sombra e surgia em seu ombro o cortando toda fez.

-inseto –ele rugiu tentando acertar nico que entrou em uma sombra e surgiu em sua cabeça onde enviou sua espada.

-lady hestia futebol –ele disse e o gigante percebeu tarde demais que hestia assumiu sua forma gigante e deu um potente chute em sua cabeça o decapitando fazendo nico voar em cima de sua cabeça.

Mais da metade dos gigantes havia caído enquanto porfirion e zeus trocavam raios violentos Jason o atacava pelas costas forçando o rei dos titãs para trás direto para os raios de zeus o gigante rugiu.

-ainda não acabou –ele bateu o cabo de sua lança no chão com tamanha força que o mesmo se abriu e um verdadeiro exercito monstros surgiu.

Ciclopes ,empousais ,cães infernais ,dracaneas ,centauros selvagens,gigantes de gelo, aranhas gigantes e até alguns drakons todos sedentos por sangue semidivino os monstros rugiram e atacaram as caçadoras e os membros da profecia.

-e o fim rei dos deuses –porfírion disse

-sim e o seu fim –zeus disse e apontou para cima onde o gigante arregalou os olhos quando viu cerca de vinte navios de bronzes cortando o céu os navios pousaram perto da batalha e logo todos os campistas desembarcaram gregos e romanos lado a lado.

-avançar!-jason pode ouvir Clarisse comandando o exercito semideus que avançou contra o exercito de monstros.

O filho de jupiter sorriu e levantou sua espada lançando um raio contra o rei dos gigantes surpreso.

Percy se lançou contra o mar de monstros assim que o viu o herói partiu dois centauros ao meio antes de pisar com força no chão criando um buraco por onde alguns caíram sorrindo o herói deixou suas mãos se acenderem em chamas socando escudos de dracaneas brindadas e as decapitando com sua lamina em chamas ,uma chuva de flechas vieram ao seu socorro e percy sorriu ao ver thalia comandar as caçadoras ao ataque ao mesmo tempo que Clarisse comandava gregos e romanos.

Hipólito o gigante mensageiro encarou hermes com um sorriso o deus dos ladrões estava sozinho e o gigante queria assim o gigante ergueu sua espada em uma arco gigante tentando atingir o deus que se esquivou facilmente dando um choque no gigante com seu cajado o gigante rugiu antes de andar para trás.

-maldito deus –ele disse porém antes que pudesse atacar o deus um dragão surgiu o jogando para trás com um golpe de sua cauda.

Frank se transformou novamente e ficou ao lado do deus sorridente.

-sabe quantos gigantes se precisa para governa o mundo?-ele perguntou se esquivando de um golpe do gigante.

-não frank –respondeu contendo um risinho enquanto perfurava o joelho do gigante.

-nenhum porque eles viram pó-hermes disse e atingiu o rosto do gigante com seu cajado com tanta força que estourou a cabeça do gigante que se tornou pó.

Hades e hazel encararam o gigante feito de pedras preciosas com ódio ambos tinham muitos motivos para isso afinal ele foi responsável pela primeira morte de hazel e também matou sua mãe coisa que fez hades ou melhor plutão o odiar ainda mais.

Alcioneu riu.

-vão ficar parados ai venham !-ele convidou e atacou pai e filha com suas espadas gêmeas.

Plutão sumiu em uma nuvem negra e hazel saltou pelo golpe batendo no chão com força e uma estaca de safiras surgiu e perfurou o peito do gigante que sorriu.

-eu renasci aqui –ele disse –sou imortal aqui.

Plutão surgiu em sua frente e sem piedade ou hesitação o deus cortou cada um dos membros do gigante e abriu um buraco no chão sorrindo.

-imortais sem membros não podem cavar –hazel disse e plutão jogou o gigante no buraco que logo foi preenchido por rubis ,safiras e ouro o enterrando em riquezas.

Hera cortou uma empousai ao meio com sua espada dourada e socou outra no rosto antes de a atacar com um golpe em arco a partindo ao meio antes de controlar a mente de uma dúzia de monstros que atacavam os semideuses os monstros começaram a se atacar enquanto a rainha atacava um grupo de ciclopes.

A rainha não viu a foice até ela quase arrancar sua cabeça a deusa se protegeu com sua espada e se virou para encarar sua mãe reia que sorria para ela em uma armadura negra a foice de cronos brilhava em suas mãos.

-querida filha ainda não e tarde para se juntar a nós –ela disse e hera cuspiu no chão.

-se renda mãe não quero te matar –a rainha disse e reia sorriu.

-escolheu a morte então –a rainha dos titãs disse e atacou hera.

As rainhas se atacaram com velocidade divina e impressionante hera viu enquanto a mãe em meio aos ataques de foice tentava acertar os semideuses a rainha protegeu um campista desavisado com um golpe de espada girando e socando sua mão no rosto.

-gaia precisa do sangue dos semideuses para retornar em sua melhor forma.-hera disse e sorriu.

-e esperta filha tem certeza que não quer se juntar a nos ?-a rainha do olimpo a atacou com força forçando sua mãe para trás com seus golpes de espada.

Reia rugiu e levantou sua foice em o que seria um corte limpo contra a deusa que girou se esquivando e passando a espada pelo peito da rainha hera atravessou o coração da mãe com lagrimas nos olhos a titã da vida encarou a filha e então suas mãos perderam a força a foice de cronos caiu assim como ela caiu de joelhos.

-morta por minha filha –a titã disse e encarou o céu quase podia ouvir sua irmã leto reclamando com ela.

A titã da vida deu um sorriso triste e se tornou pó diante da rainha que a encarava com pesar.

Só restava o rei dos gigantes que tentava de todo modo acertar Jason que voava nos ventos zeus o atingiu com seu raio mestre o jogando para trás a tempo de um tridente atravessar seu peito o gigante arregalou os olhos para poseidon sorridente.

-já mataram o meu –ele disse para zeus que disparou seu raio mestre contra o rei dos gigantes ao mesmo tempo que Jason o cortava na cintura.

O rei dos gigantes se tornou pó só restavam os monstros.

Hestia elevou sua aura queimando todo e qualquer monstro que tentava tocar ela ou os campistas sobre sua proteção viu as irmãs de percy se lançando em combate contra um grupo de hapias e viu quando o herói desafiou um drakon com um sorriso percy lançou um orbe de trevas contra o monstro que tentou morder o herói que saltou com sua lamina em chamas o cortando ao meio.

Um raio selou o destino do drakon e hestia viu thalia avançando coberta de pó de monstros a filha de zeus sorria com sua lança e escudo.

-isso esta ficando feio –a voz de febe veio de dentro do panteão a mesma sorriu e sumiu em um flash de prata hestia arregalou os olhos e seguiu a titã.

As duas surgiram dentro das fileiras dos semideuses onde a titã cortou um menino pelas costas antes de uma bola de fogo de hestia a jogar para trás a titã sorriu.

-um a menos agora só falta uma para ..-ela não pode terminar de falar porque uma lança de luz surgiu em seu peito.

Bianca estava coberta com pó de monstro e suas asas brancas e as duas lanças de luz a davam o aspecto de anjo destruidor.

-suma –bianca disse e sua lança se expandiu dentro do peito da titã da lua que gritou quando explodiu.

A ultima titã caiu e hestia respirou aliviada isso até sentir um tremor a deusa olhou da onde vinha e pode ver percy curando um corte no rosto de thalia ,mas o sangue já havia escorrido para a terra.

Percy cortava monstros destruía armas e esmagava cabeças como nunca parecia um demônio usando a benção de ordem o herói viu quando a prima e suas irmãs caçadoras desafiaram uma legião inteira de ciclopes o herói se transportou surgindo ao lado de joy e Emily o herói decapitou um ciclope enquanto as pequenas derrotavam outro.

-muito bem –ele disse para as pequenas antes de chutar um no peito.

Thalia atravessou um ciclope e disparou um raio atravessando o ciclope atrás desse a tenente de artemis acertou outro com seu escudo antes de um conseguir acerta-la pelas costas porém seu primo surgiu em um flash de chamas com uma bola de fogo na mão lançou contra o ciclope que se tornou pó percy se virou para ela curando seu corte porém o sangue já havia caído no chão criando um tremor os dois primos olharam temerosos para o panteão que explodiu em uma energia verde.

-finalmente –uma voz antiga disse e então gaia surgiu um mulher de cabelos negros seus olhos estavam vermelhos brilhando com poder e suas roupas eram um vestido de terra.

-gaia !-zeus disse e lançou um raio contra a primordial que sorriu e ergueu uma parede de terra.

-deuses e heróis todos morrem aqui !-ela gritou e uma onda de terra surgiu.

Poseidon e zeus se uniram para destruir a onda e receberam uma explosão de energia verde que os jogou para trás com violência gaia flutuava em um pedaço de terra sorridente.

-agora vou matar todos –ela disse e uma dúzia de punhos de terra se ergueu contra os campistas e deusas a primordial os lançou todos de uma vez.

Hera ,demeter e hestia ergueram uma barreira de energia para proteger os guerreiros enquanto apolo e artemis disparavam flechas contra a primordial que ergueu sua própria barreira.

-e inútil –gaia disse antes de um raio a atingir e então uma bola de fogo e um orbe de trevas.

Percy ,Jason e leo surgiram para enfrentar a primordial que riu do desafio dos semideuses a primordial atacou o trio com uma rajada de energia verde enquanto uma tempestade se formava acima dela ,Jason e percy voaram carregando leo que sorriu ao ser lançando contra gaia o filho de hefesto com chamas por todo o seu corpo deu um soco no rosto da primordial que rugiu expandindo sua aura lançando o filho de hefesto para longe.

Em tempestade ou fogo o mundo terra acabado ,percy pensou no verso enquanto atacava a primordial ao lado de Jason os dois primos fizeram a tempestade se intensificar e um raio e uma seta de gelo atacaram a primordial ao mesmo que se desfez de ambos e atacou os primos com uma bola de energia verde que ambos esquivaram.

Percy deixou a benção de ordem o possuir totalmente e agarrou o primo surgindo em uma sombra a frente de gaia que tentou conjurar uma explosão contra Jason, porém percy protegeu o primo com seu próprio corpo enquanto o filho de júpiter atravessou a mãe terra.

Gaia arregalou os olhos ainda flutuava no pedaço de terra então não estava em seus domínios seria derrotada como urano a primordial rugiu furiosa elevando sua aura em uma ultima explosão que destruiria pelo menos os semideuses que a derrotaram.

-morram heróis !-ela gritou e percy sorriu agarrando Jason o transportando com chamas para baixo.

-hoje não –o herói disse e a primordial explodiu.

Um juramento a manter com um alerto final

O moreno se lembrou seu juramento foi proteger o primo com sua vida havia prometido isso para thalia e cumpriu sua palavra o herói não se arrependeu enquanto a explosão o atingia.

O brilho esverdeado cegou a todos principalmente hestia que viu percy surgir ao lado de thalia com um flash de chamas a caçadora abraçou o irmã que olhava para a explosão então lagrimas começaram a correr por seus olhos percy se sacrificou por ele.

Hestia olhou sem querer acreditar.

Percy não via mais nada devia estar morto não se importava cumpriu sua palavra salvou o primo e os semideuses e derrotou gaia morrer não era tão ruim seu único arrependimento era não poder mais ver hestia e então ele conseguiu ver um ponto branco e palmas.

-bom trabalho percy –caos surgiu –mas não posso deixar que morra.

O criador estalou os dedos e percy estava no ar caindo de uma nuvem de fumaça o herói sorriu estava exausto ,mas vivo um par de braços fortes o pegaram ainda no ar e o perfume de floresta denunciou sua salvadora.

-obrigado lady artemis –o herói agradeceu a deusa que sorriu.

-o que eu disse sobre morrer para levar um inimigo –ela disse em tom de repressão e o herói se encolheu em seus braços.

Naquele dia gaia foi derrotada pelos deuses e heróis o que perturbava percy era que antes de caos o trazer de volta ele conseguiu ver vazio no canto rindo para ele e murmurando.


Notas Finais


oq acharam?, quem achou que o percy ia morrer levanta a mão
e oq acham que o vazio quis dizer.
até o próximo e o ultimo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...