História Scars a guerra entre imortais - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Percy Jackson
Tags Heróis Do Olimpo, Novo, Percy
Exibições 36
Palavras 1.812
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


olá jovens desculpa o atraso e que estou trabalhando final do ano e corrido
até a próxima.

Capítulo 19 - Deuses vs criador


Percy surgiu no acampamento das caçadoras ao lado de artemis e thalia com um sorriso o moreno não se aquenta de felicidade ao rever suas irmãs que arregalaram os olhos para o moreno que sorriu para elas abrindo os braços.

-cadê meu abraço?-o herói perguntou antes de três vultos saltarem contra ele.

Joy ,joana e Emily choravam nos braços do herói que sorriu para as três pequenas as abraçando como se fossem sumir o moreno foi levantando por thalia para encarar as caçadoras mais velhas que lhe deram um monte de socos e abraços seguidos por ameaças de dor eterna se ele morresse novamente.

-sentimos sua falta irmão –phoebe falou pelo grupo e percy sorriu para as caçadoras amava as meninas da caça.

-eu também meninas –o herói disse e as lembranças de sua prisão lhe invadiram a mente alguma lagrimas começaram a cair do rosto do herói que colocou a mão sobre seus olhos tentando esquecer seus próprios pecados.

Artemis pareceu perceber e abraçou o herói pelas costas e tirou sua mão de seus olhos revelando os olhos verdes lagrimejados, a deusa leu a mente do herói e viu a terrível tortura psicológica que o herói foi submetido por vazio que buscava quebrar sua mente para criar outra versão de seu exterminador.

-esta tudo bem percy encare suas irmãs –a deusa disse e percy sorriu para as meninas que lhe sorriram de volta.

-não importa o que passou –thalia disse para o irmão.

-nós sempre estaremos com você irmão –phoebe disse e as caçadoras concordaram o herói sorriu feliz ainda com lagrimas descendo por seus olhos dessa vez de felicidade.

-meninas –a deusa começou –temos que ir para o olimpo a batalha final com vazio se aproxima –artemis disse e todas as suas caçadoras apertaram seus arcos decididas.

-sim senhora –elas responderam ao mesmo tempo.

-depois disso vamos fazer um banquete para relaxar –o herói brincou com Emily e as gêmeas em seus braços.

Vazio se sentia sozinho o ser perfeito suspirou em seu trono enviará o desafio aos deuses e a irmã ,mas esperava que eles demorassem pelo menos alguns dias para reunir todas as suas forças e vierem ao seu encontro iniciando uma batalha final que para ele era inútil afinal ele era invencível ,indestrutível.

O ser suspirou em seu trono usava uma roupa de galã terno e calça social prateada suspirou com seus dois olhos desiguais e estalou os dedos criando uma visão sobre a historia do universo criado pro seu irmão revisou todos os erros da criação de seu irmão e confirmou o fracasso de caos.

-mortais são mesmo irritantes –o apagador disse ao revisar a historia da terra suspirou e estalou os dedos sumindo com a visão.

O ser perfeito se transportou ,surgiu diante de dubai uma das capitais mais ricas do mundo mortal esticou a mão com pouco esforço e um raio de energia engoliu a cidade que desapareceu no deserto em uma explosão que levantou as areias tão alto que tocaram o ser perfeito.

-acho que é um bom começo –ele disse e sumiu se transportando.

Surgiu no egito capital de um dos grandes impérios antigos o ser perfeito sorriu e pousou no topo de uma pirâmide e sorriu para os mortais lá embaixo vivendo suas vidas miseráveis cheias de pecados e prazeres fúteis o ser perfeito levou uma mão ao queixo em pensamento.

-exterminar do mesmo jeito e chato –o ser perfeito disse e teve uma ideia pisando forte na base da pirâmide que começou a afundar o tijolo que formava o topo onde estava em pé começou a se mover como todos os outros que foram lançados contra a população surpresa.

Um raio de luz o atingiu pelas costas o forçando para fora do pedaço da pirâmide que usava para flutuar o ser perfeito sorriu e começou a flutuar com sua energia hemera e éter surgiram em armaduras completas e armas divinas em mãos e olhares determinados nos rostos prontos para ganhar tempo para ordem.

-sobrinhos –vazio sorriu –vieram jurar lealdade?.

-vim jurar vingança –hemera disse e ergueu a mão arremessando sua lança contra o ser perfeito que sorriu esticando a mão parando a lança de luz.

-é inútil eu sou superior agora –ele disse com a lança parada por sua palma estendida éter o atacou com sua espada em velocidade divina o ser perfeito desviou do golpe do primordial antes que hemera surgisse atrás de si com duas lanças forçando o ser superior a desviar.

Vazio sorriu e ergueu sua mão invocando uma espada negra com detalhes prateados o ser perfeito encarou os sobrinhos e os atacou com uma velocidade suprema hemera só teve tempo de erguer sua lança para parar o golpe do ser superior que a jogou para baixo antes que éter o atacasse com um golpe em arco o ser perfeito se protegeu com sua espada cruzando laminas com seu sobrinho.

Vazio girou junto com éter e os dois cruzaram espadas novamente dessa vez o primordial do céu superior rugiu e uma centena de estrelas surgiram atacando o ser perfeito que desviou de todas enquanto éter o atacava o primordial lançou um ataque decisivo contra o rosto de vazio que sorriu segurando sua lamina com sua mão nua.

Éter arregalou os olhos azuis antes que vazio o chutasse no peito com tamanha força que o primordial despencou dos céus direto na cidade do egito,hemera rugiu com suas asas brancas com duas bolas de luz em suas mãos a primordial do dia as lançou juntas contra o ser perfeito que se protegeu com sua mão livre erguendo um escudo de energia.

Vazio se lançou contra hemera que ergueu suas lanças para se proteger da espada do tio que as partiu facilmente a primordial girou para evitar o corte e socou o tio no rosto com força o ser perfeito sorriu recebendo o golpe e respondendo com uma joelhada brutal no peitoral da armadura da primordial do dia que se rachou com o impacto antes que um soco do tio a lançasse contra o rio Nilo.

Vazio sorriu e desceu calmamente até a cidade onde éter havia caído o primordial do céu superior se ergueu diante dele com uma bola de energia e a lançou contra o ser perfeito o golpe destruiu boa parte da cidade.

Éter encarou a cratera fumegante esperando encontrar o adversário o primordial do céu superior apertou seus olhos azuis buscando seu inimigo uma lamina de chamas surgiu em meio a fumaça antes que o primordial pudesse agir a lamina o atravessou com suas chamas negras o primordial sentiu seu sangue divino caindo de seu queixo.

-devo admitir vocês me arranharam –o apagador disse sorrindo.

Éter se amaldiçoou antes que a lamina saísse de seu peito o fazendo cair de joelhos diante do apagador vazio sorriu e estendeu a mão para o primordial do céu agarrando seu pescoço.éter sorriu mesmo sendo derrotado sua missão de ganhar tempo foi comprida ele poderia morrer feliz.

Percy surgiu no olimpo onde ordem já reunirá seus primordiais ,os deuses estavam prontos em suas armaduras de bronze as caçadoras se colocaram ao lado da deusa artemis prontas para o combate hestia e percy sorriram um para o outro antes de sumirem em chamas rumo ao acampamento meio sangue.

Percy pegou na mão de sua deusa que sorriu para ele antes que finalmente sozinhos os dois se beijaram de maneira apaixonada a deusa olhou no fundo dos olhos do amado antes que o mesmo beijasse sua testa.

-vamos hest buscar meus irmãos –o herói disse sorrindo.

-vamos –a deusa concordou.

Os dois andaram para a entrada do acampamento sorrindo e contando piadas desceram a colina enquanto lembranças invadiram o herói o primeiro a ver percy foi a diretora calipso a ninfa olhou para o casal e sorriu feliz.

-bem vindos –ela disse e encarou percy –a morte fez bem para você.

O herói sorriu com a piada da amiga.

-a imortalidade também lhe faz bem diretora –o moreno disse enquanto os campistas eram reunidos.

Percy sorriu com a reação de surpresa de todos os campistas principalmente leo e reyna que arregalaram os olhos para o herói que lhe sorriu.

-irmãos –ele disse –eu sei que tenho muito a explicar ,mas vazio esta vindo e precisamos juntar todas as forças de resistência.

Os semideuses responderam com um grito de guerra o herói sorriu puxando sua espada e a levantando ao sol os semideuses fizeram o mesmo e logo todos os filhos do olimpo estavam prontos para a batalha final.

Vazio sorriu voava devagar rumo a nova York eliminará os dois primordiais facilmente estava entediado e sua batalha com os deuses seria um tedio ao menos que o ser perfeito criasse como seu irmão sorrindo vazio pousou em no meio da quinta avenida e sorriu ao invocar os poderes do irmão um mar de chamas consumiu todos os que passavam pela famosa avenida.

-venham a mim criações corrompidas levantassem uma vez mais –ele invocou logo as chamas deram lugar a dezenas de seres monstros todos os já conhecidos os mais antigos montados por titãs ou gigantes o apagador sorriu.

Zoe ouviu o exercito inimigo antes de vê-lo uma legião de milhares de monstros todos rugindo ferozes manchando rumo ao olimpo a caçadora agarrou seu arco com força enquanto nix colocou a mão em seu ombro a primordial estava pronta para  a batalha assim como os deuses e os semideuses.

Percy estava tenso ordem lhe contará o que caos havia feito salvando sua vida lhe dando o poder primordial do primordial da eternidade e agora o moreno enfrentaria o grande adversário do criador que conseguiu de algum modo eliminar caos, o herói apertou contracorrente estava ao lado das caçadoras quando os monstros foram vistos e não eram apenas monstros titãs brilhavam montados em monstros todos eles gigantes vinham fazendo a terra tremer.

-não tema irmão-joy disse para ele sorrindo-estamos com você.

O herói concordou bagunçando os cabelos da irmã.

O exercito de monstro chegou a beira do olimpo esperando encontrar resistência ,mas nada nem um sinal cronos que montava uma hidra sorriu comandando os primeiros monstros a avançar até que uma chuva de flechas caísse sobre eles os transformando em pó o titã do tempo olhou para cima surpreso ao ver que as caçadoras e sua senhora desciam o prédio pelas paredes com suas flechas e arco.

Um brilho fez o titã se virar apenas para ver o exercito semideus no meio do seu exercito monstro os liderando estava uma figura de cabelos negros e olhos verdes ,cronos sorriu cruelmente erguendo sua foice.

-matem todos !-ele comandou antes de receber uma bola de fogo em seu peito.

Os monstros e semideuses se atacaram brutalmente os dois opostos começaram sua batalha final enquanto os deuses brilhavam um a um diante de titãs e gigantes os primordiais surgiram engolido grupos inteiros de monstros.

A batalha final começará.

 


Notas Finais


até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...