História Scars Of Love || Shawn Mendes ||One|| - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Visualizações 112
Palavras 1.028
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 29 - Capítulo 29


Cassie tem um talento escondido que a faz sumir em todas as festas. Como eu pensava, a festa esta completamente chata, e o único motivo de eu ainda estar aqui é Dustin bebendo e resmungando ao meu lado.

"Ela sabe que eu gosto dela e fica fazendo essas coisas" ele diz pela milésima vez "Ela não tem coração, não? Eu fui o único cara a ir em um restaurante vegano com ela" ele bebe um gole de sua cerveja "Eu devia pegar a primeira que passasse"

"Isso ajudaria?" o olho.

"Não" ele bufa "Nada ajudaria. Isso é culpa sua, Bonnie" ele esbarra em meu ombro.

"Minha?" o olho.

"Se você não tivesse vindo para cá, eu não me aproximaria de Cassie e nunca gostaria dos olhos azuis dela e aquelas bochechas e o cabelo loiro..."

"Já entendi" seguro o rosto dele "Mas a culpa não é minha" solto uma risada.

"Bonnie, você me acha bonito?" ele me encara "É por isso que a Cassie não quer nada comigo?"

"Dustin, você já está começando a falar merda" solto uma risada "Senta aí"

Um garoto passa com vários shots e nos oferece. Pego três e bebo um atrás do outro, o fazendo arregalar os olhos e sorrir depois.

"Mais dois!" ele recomenda.

"Não..." sorrio fraco.

"Eu pego mais depois, não vai fazer falta" ele me passa mais dois.

"Ok" bebo os outros dois e ele solta um grito e logo começa a rir.

"É assim que se aproveita a noite!" ele sai de perto e nós e se mistura pelas pessoas.

A minha vida inteira, sempre pensei que a bebida não é a saída de tudo, principalmente quando vi isso acontecendo debaixo do meu próprio teto. Aquela comum história triste do pai alcoólatra que passava noites fora e depois chegava em casa achando que tinha total direito de desrespeitar minha mãe. O momento em que me senti mais segura foi quando ele foi embora para algum lugar que eu provavelmente nunca saberei.

Dustin sai de perto de mim e some pela festa, enquanto eu fico acompanhada apenas pelas bebidas.

Um, dois, três, quatro, cinco, seis shots.

Já não consigo enxergar claramente o que acontece ao meu redor e a música parece ter ficado mais lenta. A saudade que sinto por Shawn consome meu peito e o pressiono como se isso fosse funcionar.

Lágrimas brotam em meus olhos e descem de forma que nem percebo. Continuo na mesma mesinha e com a cabeça, agora apoiada na mesma. Soluços saem de minha boca.

"Bonnie?" alguém apoia a mão em minhas costas e limpo os olhos.

"Eu" respondo.

Lá estava Shawn. Por mais que meus olhos não conseguissem focar nos seus nem minhas mãos encontrassem seu rosto. Sorrio e o beijo antes que ele fale mais alguma coisa.

Shawn's POV

Hoje foi um dia produtivo, eu estou ansioso para contar as novidades para Bonnie quando chegar. Jacob decidiu que deveríamos sair para comemorar, por mais que eu quisesse comemorar comendo uma pizza e bebendo algum refrigerante, ele insistiu que tínhamos que ir.

"Tem uma boate por aqui" ele se abaixa ao volante procurando o clube pelas ruas.

"Jacob, eu estou cansado" digo.

"Shawn, anda logo! Você nunca recusou uma boate e não será agora que vai recusar" ele bate em meu ombro "Está ali!"

Jacob parou alguns metros de distância da Ecletic. Luzes azuis brilhavam do lado de fora e uma fila de pessoas ocupava o lado esquerdo, onde um segurança pegava os pagamentos.

Ficamos em último na fila e aproveito para checar o celular. Passei quase o dia inteiro querendo ligar para Bonnie, mas eu não conseguia, algo me impedia e nem era Jacob. 

"Não vai ficar mexendo no celular" ele o arranca de minha mão "Estamos na Ecletic, sabe quantas coisas boas pode se fazer do lado de dentro?"

"Me devolve, agora!" falo e ele me devolve.

"Ok, ok. Só não quero que você fique se prendendo à Bonnie Wilde" ele revira os olhos e paga a entrada ao segurança.

Respiro fundo antes de entrar na boate. A música eletrônica alta toca em cada canto da boate e, sinceramente é bem melhor do que uma festa em uma casa cheia em Toronto.

Vou direto ao bar e peço um shot de tequila. Bebo dois de uma só vez e tusso algumas vezes. Meu celular apita e vejo uma nova mensagem de um número desconhecido.

Desbloqueio a tela e vejo o motivo da mensagem. Duas fotos. Meu rosto queima, meu maxilar trava e acabo quebrando o pequeno copo em minha mão, fazendo um corte fundo.

"Vamos para a pista" Jacob aparece "O que foi, cara?" ele me olha "O que aconteceu com a sua mão?" me levanto e o deixo lá junto ao meu celular.

Jacob nem precisava ler a mensagem para saber do que se tratava, seu irmão nunca o devepcionava e, dessa vez, eles ainda estavam mais próximos por causa do plano recente.

Seu sorriso largo ao ver as fotos são um sinônimo de vitória. Jacob coloca o celular de seu amigo no bolso e corre para o banheiro, em sua procura.

Shawn não está bem, como o esperado. Jacob nunca tinham o visto tão estressado e nervoso, o corte de sua mão era profundo e o sangue escorre pela sua pele.

"Me dá sua mão" ele pede para Shawn que o ignora "Se quiser morrer por causa de uma foto, me avisa, porque eu não preciso ficar aqui implorando para te ajudar" ele pega a mão de Shawn e coloca debaixo da água.

"Eu não acredito que ela fez isso" Shawn nega com a cabeça "Não depois de tudo que eu fiz, tudo que eu disse a ela" ele quase chora.

"Eu sempre disse que ela não era a garota certa" Jacob limpa a mão de seu amigo com uma expressão séria "Você tem que parar com essa fixação por querer casar, não existe a pessoa certa, ou existe e você que não enxerga"

"Eu achei que ela fosse a certa" ele sussurra "Eu nunca senti isso antes, está doendo tanto" uma lágrima quase escorre.

"É a dor da troca" Jacob diz "Você só sabe o que é, quando sente" ele encara o amigo "É melhor irmos embora"

"Não" Shawn o olha "Eu não vou embora tão cedo daqui" 


Notas Finais


Eitaaaa, isso que dá ficar bêbada Bonnie. Não bebam com menos de 18 anos! Beijinhos da titia Zizi.
Créditos: lastmendes


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...