História Scars Of Love || Shawn Mendes ||One|| - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Visualizações 192
Palavras 1.005
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 35 - Capítulo 35


Jordan sente todo o seu corpo doer quando seus olhos abrem. Seu irmão havia, sim, o jogado de uma escada. Ele passa a mão sobre seu rosto com dificuldade e se senta no sofá do quarto.

Foi a casa onde passou alguns momentos de sua infância, ele conhece cada canto. Jordan se levanta lentamente e se aproxima do espelho, onde vê seu estado deplorável. Seu próprio irmão podia ter o matado.

Algo em seu bolso vibra e ele lembra do celular de Bonnie, que pegou quando seu irmão e Cassandra trouxeram o corpo desmaiado da garota. O nome de Dustin brilha na tela e ele sente receio em atender, afinal, foi ele quem bateu em Jordan até quase morrer.

"Alô?" Jordan quase sussurra. Não podia correr o risco de que o ouvissem.

"O que está fazendo com o celular da Bonnie?" Dustin grita "Onde ela está, Jordan?"

"Eu vou dizer tudo direito se você se acalmar" ele sussurra "Jacob e Cassie a sequestraram. Shawn também está aqui e eles pretendem matá-la. Preciso de sua ajuda"

"Cassie?" ele pergunta com a voz trêmula "Por... por que ela faria isso?"

"Muitas coisas" Jordan responde "Preciso que venha até aqui" Jordan ouve passos se aproximando "Rastreie o celular" ele desliga a ligação e o coloca no bolso, quando Cassie abre a porta.

Dustin continua perturbado, mas precisa de ajuda para resgatar Bonnie e Shawn. Suas mãos tremem, depois que a garota entrou na faculdade tantas coisas estranhas começaram a acontecer que ele nem acredita.

O garoto passa a mão pelos cabelos e se levanta da cama, saindo do quarto correndo. O único jeito de salvar sua amada é comunicando a polícia, ele sozinho não mudaria nada e talvez até seria mais um refém.

Ninguém acha estranho Dustin correndo pelos corredores, é algo normal pelos corredores cheios de U.T. Ele entra em seu carro e dirige até a delegacia mais próxima, sentindo o coração pular dentro do peito, apavorado.

"Me desculpa, Bonnie" Shawn sussurra. Bonnie ainda está caída no chão apoiada pela cadeira "Eu nunca quis que nada disso acontecesse. Eu deveria ter te contado, te protegido. Eu fui tão fraco"

"Está tudo bem" ela quase não sente mais dor. Ela força para seus olhos não fecharem "Você não teve culpa de nada. Está tudo bem, eu ainda te amo"

"Por isso que queria que fosse morar comigo" ele engole em seco "Queria estar próximo de você, te proteger. Eu te deixei em perigo durante todos esses meses" ele suspira "Está doendo te ver assim"

"Está tudo bem, ok?" ela diz, por mais que nada esteja bem "Eu te amo, Shawn. Mais do que já amei qualquer outra pessoa"

"Eu te amo, Bonnie" ele a olha "Fique comigo, por favor"

O cansaço, a dor, a adrenalina e tudo mais deixaram Bonnie mais fraca do que já foi em toda a sua vida. Apesar de ser alta, Bonnie nunca teve um físico bom, sempre foi fraca.

"Bonnie, não me deixa" Shawn sussurra "Fica comigo, por favor"

Cassie não sentia qualquer receio por ter matado uma pessoa desde que isso fizesse o mal que pretendia fazer. Shawn soluçava de chorar enquanto ela apenas observava aquilo como seu programa de TV preferindo.

"O que acha, Jordan?" ela o pergunta "Você acha que ela está mesmo bem?" Cassie sorri.

Em um movimento rápido, Jordan pega o pescoço de Cassie e a joga contra a parede. Ele sentia muito mais do que raiva, o ódio estava estampado em sua pele e descendo pelos seus olhos.

O corpo de Cassie bate forte em um dos móveis antigos que pertenceram ao seu pai, antes de cair no chão. Jacob fica paralisado enquanto vê a loira se contorcer de dor. Pedaços de vidro estavam espalhados por todo o chão e a pele de Cassie sangrava, mas ela não deixava de olhá-lo com raiva.

"Eu vou te matar, sua vadia" Jordan grita "Você a matou! Bonnie está morta e a culpa é sua! Você é doente!" ele grita para Cassie "Você destruiu minha vida!"

Jacob sequer consegue se mexer. Ele não sabe de que lado estar, e por mais que sinta um amor imenso por Cassie, sabe que seu irmão está certo.

"Você matou o amor da minha vida!" ele começa a chorar.

Cassie tenta se levantar, mas os cacos de vidro cortam seu corpo. Jacob se aproxima da loira que rejeita sua ajuda e tenta se aproximar de Jordan.

"Agora você sabe o que eu senti" ela murmura e sorri.

Jordan a olha com os olhos cheios de lágrimas e não pensa duas vezes antes de lhe dar um soco em seu rosto, a fazendo cair desacordada.

"Eu não sei o que fazer" Jacob diz. Ele sempre foi um medroso e covarde "Jordan, me desculpe. Eu... eu"

A porta da entrada é empurrada com força e os irmãos se assustam. O cenário parecia de um filme de guerra e aquilo estava realmente assustador.

"Vocês estão presos!" o policial diz.

Jacob se levanta rapidamente e tenta fugir pelos fundos da sala, mas seu fim não foi o qual ele esperava. O tiro o fez cair para a frente e Jordan solta um grito. Seu irmão estava morto assim como Bonnie.

Um dos policiais o algema e o último rosto que ele vê é o de Dustin. Dustin desce as escadas correndo e chuta a porta do porão, encontrando Bonnie caída no chão e um Shawn assustado o olhando.

"Ela...?" Dustin mal consegue terminar sua pergunta.

Ele corre até o corpo da garota e desamarra seus braços que ainda estavam presos a cadeira. Dustin se senta no chão e coloca Bonnie sobre seu colo, deixando lágrimas escaparem de seus olhos enquanto acaricia o rosto de Bonnie.

Logo, os policiais e bombeiros descem as escadas com pressa e tiram Shawn da corrente. Ele se arrasta até Bonnie e Dustin e da um leve beijo na bochecha ainda quente de Bonnie.

"Com licença!" uma mulher de meia idade os afasta do corpo de Bonnie. Ela coloca seus dedos sobre o pescoço da garota e sorri sem mostrar os dentes "Ela está viva" ela encara os garotos "Tragam a maca!"


Notas Finais


Vamos nos abraçar nesse momento Bad.
Créditos: lastmendes


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...