História School Life - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Colegial, Ficção, Yuri
Visualizações 23
Palavras 888
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Poesias, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Vai ter cap de School life toda segunda.

Espero que gostem <3
(Shippers vão odiar que eu sei)

Capítulo 34 - Separando shipps pt 1-Keyla


Ainda com o Pov’s da Rebeca

 

Ficamos um tempinho no shopping até que resolvemos voltar para o internato antes que ficasse tarde.

 

Pov’s Karina

 

Eu estava no meu dormitório e tava um tédio, eram 17:00h e não tinha nada pra fazer, então eu resolvi dar uma volta.

 

(...)

 

Eu estava andando pelo internato até que vejo a Tayla, os amigos dela... E á Ketlin. Pensei em ir falar com a Tayla mais lembrei da última vez, então resolvi falar com ela depois. E fiquei apenas observando.

-Ai! Caralho olha por onde anda! –Digo quando percebo uma pessoa esbarrando em mim.

-Ann, desculpa –A pessoa... Quer dizer... O garoto que esbarro em mim diz.

-Tudo bem... É novo? –Pergunto e ele assenti –Ta procurando o que? –Pergunto e ele me olha... Ele é bem fofinho.

-Nada... Só estou tentando conhecer o lugar mesmo –Ele diz e eu apenas demonstro desinteresse.

-Ata... Quer ajuda? –Pergunto e ele responde um “Pode-se”

Mostrei todo o local para ele, ele se perdia algumas vezes mas eu criei uns pontos de referência.
Depois ele quis ir sozinho e eu voltei para o meu dormitório, mas no caminho eu vi a Ketlin com irmã dela e resolvi dar uma passada no dormitório da Tayla já que ela poderia estar sozinha.

 

(...)

 

-QUEM É CARALHO? –Ouço a Tayla gritar e eu respondo dizendo meu nome, então ela abre a porta e... Ela tava sem camiseta?... –O que você quer Karina? –Ela diz escondendo o corpo atrás da porta e deixando apenas a sua cabeça para fora.

-V-vim te ver... Você ta sem roupa? –Pergunto e ela ri.

-Eu to trocando de roupa... Perai –Então ela fecha a porta e depois de 5 minutos ela abre a porta.

-Aaaa por que?!! –Reclamo ao ver ela com uma camisa e um moletom por cima.

-Cala a boca... O que você quer? –Ela pergunta fechando a cara.

-Vim te ver ué –Digo com um sorriso de ponta a ponta.

-Já me viu... Da pra ir embora por favor –Ela diz estendendo o braço, como se quisesse que eu fosse embora.

-Aa deixa eu ficar um pouco... Aquela chata da Ketlin ta com a irmã dela –Digo manhosa e então ela suspira.

-Ta bom... Mas só se você parar com essas mentiras da gente ta namorando –Ela diz e eu assinto –Entra –Ela diz abrindo espaço para que eu entrasse.

-Acho melhor a gente não ficar aqui no seu dormitório, se a Ketlin chegar vai ficar putinha com você.... Quer dizer, mais do que ela já é –Digo e ela me da um soco me fazendo gemer de dor.

-1: Eu não vou sair daqui com você... 2: Se Você falar mal da Ketlin de novo eu deixo tua cara sangrando, entendeu caralho? –Ela diz e eu dou uma risada curta –Do que você ta rindo? –Depois dela ter dito isso eu me aproximo dela e dou um selinho nela –Garota... QUAL O SEU PROBLEMA? QUER MORRER FILHA DA PUTA? –Enquanto ela reclamava eu apenas demonstrava desinteresse –Se você fizer isso de novo você vai ver! –Ela diz por ultimo e então eu me jogo na cama dela –Sai dai... Na verdade, sai do meu quarto –Ela diz indo até a porta e então eu me levanto e corro até ela a prensando na porta.

-Olha... Só ta a gente aqui, então por que você não para de tentar se faze de difícil? –Digo e então ela vira de frente pra mim.

-Sai. Daqui –Ela diz e eu perco a paciência e beijo ela, ela não queria ceder, tive que fazer um esforço enorme para que essa garota se entregasse completamente, mas consegui.

Então ela troca as posições e dessa vez eu quem estava na parede, então ela põe as mãos por baixo da minha camisa me dando um pequeno arrepio, e começa a dar chupões no meu pescoço.

-Tayla!! –Ouvimos uma pessoa gritar do lado de fora e nos separamos rapidamente –Eu já não falei pra você não trancar essa porta –Então eu corro até o banheiro que tinha no quarto e espero até que a Tayla de um jeito de tirar ela.

-Já vai!! –Tayla põe a mão no pescoço dela e aponta pra mim e então eu olho no espelho e vejo algumas marcas roxas...

-Caralho, Fudeu –Sussurro tampando as marcas com a mão.

-CARALHO TAYLA O QUE VOCÊ TAVA FAZENDO?? –Não percebo quando a Tayla abre a porta do quarto e fico ao lado da porta do banheiro.

-Me trocando!... A sua irmã acabo de manda mensagem pra mim falando que você esqueceu o seu celular no dormitório dela –A Tayla diz e então a Ketlin arregala os olhos procurando no bolso do short dela.

-MEU FILHO! –Então ela corre do quarto e eu dou uma pequena risada ao ver o desespero dela.

-Vai Kerina aproveita que ela saiu... Quando ela lembra que ela deixo carregando ela vai voltar –A Tayla sussurra pra mim e eu saio correndo do quarto e vou até meu dormitório e vejo que a Julia já estava lá (Julia é minha colega de quarto).

-Tava aonde? Já são 20:00h –Ela diz me olhando com uma sombrancelha arqueada.

-Crush miga... Brincando um pouquinho com a crush –Digo e então eu me jogo na cama com um sorriso enorme.

“Hoje eu não durmo”

 


Notas Finais


Sem matança por favor kkkk
Até o próximo cap <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...