História School Monsters (Jikook) - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Híbrido, Jikook, Lobo, Nanjin, Sobrenatural, Taegiseok
Visualizações 331
Palavras 3.560
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Escolar, Fantasia, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oi pessoas :)

Capítulo 32 - Guerra


Narração

Os primeiros raios de sol surgiram no céu anunciando a chegada de um novo dia, Jungkook já estava acordado, porém continuava deitado ao lado de seu gatinho. A noite inteira ele tentou dormir tranquilamente, mas não conseguiu, os pensamentos sobre Dark Ho e a guerra que se aproximava lhe enchia de medo. O lobo sabia que o confronto com os humanos seria inevitável, e ele teria de ajudar na batalha, isso o deixava angustiado pois teria de deixar Jimin e seus filhos sozinhos, apesar de estarem protegidos pela ninfa não seria a mesma coisa.

“ Está tudo bem meu amor?”_ a voz doce de Jimin tirou o lobo de seus pensamentos.

“ Sim, só estou preocupado com as coisas que estão acontecendo”_ o moreno sorriu fraco e deu um selar em seu ruivo _ “ Não queria ter de partir e deixar você e nossos filhos sozinhos”.

“ Vocês vão até a escola?”_ o ruivo perguntou para o moreno e o mesmo assentiu _ “ Não se preocupe, eu e nossos anjinhos vamos ficar bem, a ninfa irá cuidar de nós”.

“ Eu sei disso, mas não queria me afastar logo agora que nossos filhos nasceram, estou com medo Jimin”.

“ Eu também estou Jeon, tudo o que eu menos queria é que você tivesse de ir pra esse confronto”_ a voz do gatinho soava tão abatida _ “ Mas eu sei que você precisa ir, e outros também, eu só quero que você se cuide e volte o mais rápido possível para mim”.

“ Eu vou voltar, por vocês três eu irei voltar”.

Park selou seus lábios aos de seu marido, de forma tão doce, tão calma, que fez o lobo esquecer-se dos problemas por um momento. Jeon fez carinho na barriguinha do esposo sentindo a mesma ainda inchada, lembrou-se do dia anterior quando o ruivo dava a luz aos gêmeos, ele se mostrou tão forte, mesmo estando exausto se esforçou ao máximo para trazer seus filhos ao mundo. Eles encerraram um beijo e sorriram em uníssono, ali naquele instante, com aquela troca de olhares, eles sabiam que não importava a quantidade de problemas por qual passassem, se tivessem um ao outro as coisas ficariam bem.

“ Eu te amo tanto meu esposo”_ o moreno disse engradecendo o seu sorriso.

“ Isso é tão estranho”_ Jimin soltou uma risadinha baixa.

“ O que é estranho?”_ Jeon tinha as sobrancelhas arqueadas em confusão.

“ Você me chamar de esposo, nós nem casamos oficialmente”.

“ Jimin você acha que nós precisamos mesmo oficializar algo? Pra algumas pessoas casamento é uma cerimônia onde duas pessoas assinam papéis, trocam alianças e juram amor eterno, mas para mim casamento é quando duas pessoas se amam, se cuidam, quando conseguem demonstrar seus sentimentos com simples sorrisos e troca de olhares, quando colocam a felicidade do outro acima da sua própria, nós já somos casados Jimin, não em um pedaço de papel, mas bem aqui”_ o moreno colocou sua mão sobre o peito do ruivo bem onde se localiza o coração, Jimin sorriu segurando a vontade de chorar.

“ Você tem razão, nós já somos casados bem aqui”_ o ruivo também pôs sua pequena mão em cima do peito do moreno.

Os dois tornaram a se beijar, e sabe, Jeon estava certo, pra que assinar papeis e fazer uma festa de casamento, quando o que realmente importa na união de duas pessoas não se consegue fazendo nenhuma dessas coisas. Papeis podem ser facilmente destruídos, festas duram apenas um dia, mas o amor, a cumplicidade, o companheirismo, tudo isso pode durar uma vida inteira, com o tanto que as duas pessoas tenham feito a união mais importante que existe, a união de suas almas e de seus corações.520/

“ Acho que nossos amores acordaram”_ falou o moreno ao ouvir resmungos vindos do berço.

“ Vamos ver como eles estão”.

Jungkook auxiliou o gatinho a sair da cama, ele ainda sentia dores pós-parto, mas era algo suportável. Caminharam de mãos dadas até o berço, os dois bebês faziam umas caretas e resmungavam baixinho, os pais bobões não conterão um sorriso ao ver a cena.

“ Eles são tão lindos, mas estão fedendo”_ Jeon fez uma careta ao sentir um aroma nada agradável exalar de seus filhos, Jimin soltou uma risada.

“ Eles devem ter feito cocô, vamos trocá-los”.

“ Amor eu não sei fazer isso”_ o moreno disse, mas o ruivo não deu bola.

“ Pois trate de aprender”_ Jimin falou de forma autoritária _ “ Pegue eles com cuidado e os coloque na cama”.

O lobo fez o que seu esposo pediu, logo os gêmeos abriram o berreiro, Jimin tentava acalmar os filhos enquanto Jeon retirava as roupinhas dos mesmos, assim que tiraram as roupas levaram os pequenos para tomar banho. Quando entrarão em contato com a água os bebês choraram ainda mais, o ruivo os molhava e ensaboava da forma mais delicada possível, Jeon tentava ajudar, mas acabava se atrapalhando. Depois de terminar o banho o casal começou a arrumar os filhos, colocaram as fraudas nos gêmeos, vestiram macacões confortáveis para os pequenos, puseram toquinhas e luvinhas, os sapatinhos, por fim passaram colônia.

“ Nossa, estou morto”_ Jeon dizia de forma dramática.

“ Deixe de drama, lembre-se que essa é a melhor fase para ser pai, imagine só quando eles crescerem, vão querer ir para festas, namorar, beber”.

“ Meu amor, o nosso menino pode até fazer isso, mas a nossa pequena de jeito nenhum”_ Jungkook mal terminou de falar e levou um tapa na cabeça.

“ Que conversa é essa? A nossa menina vai ter direitos iguais ao do nosso menino, nem vem com essa ladainha de que menina é frágil, é diferente e não pode fazer certas coisas”.

“ Tudo bem, não precisa ser agressivo”_ o moreno massageava a cabeça com uma careta de dor _ “ Sabe eu acabei de me lembrar de algo, nós ainda não decidimos os nomes dos nossos pequenos”.

“ Hum é verdade, acho que posso escolher o nome da nossa princesa e você escolhe do nosso príncipe”.

“ Acho justo, eu gosto muito do nome Jongin, quero que esse seja o nome dele”.

“ É bonito, gostei”_ o ruivo sorriu olhando para o pequeno deitado na cama _ “ E eu quero que nossa menina se chame Yerin”.

Os olhos do casal brilhavam enquanto admirava aquelas pequenas criaturinhas, ter filhos é realmente uma sensação incrível. E eles ficaram observando os pequeninos até eles tornarem a chorar, só que com mais intensidade.

“ O que foi dessa vez?”_ Jeon  parecia assustado, o ruivo apenas ria do moreno atrapalhado.

“ Eles devem estar com fome, vou amamenta-los”.

Jimin, com o auxilio do lobo, sentou-se na cama e posicionou os monstrinhos em seus braços, logo os dois estavam mamando famintos. O moreno observava seus três amores com tamanha felicidade, ele sempre sonhou em ter uma família de verdade e agora possuía uma. Algumas batidas na porta chamaram a atenção do casal.

“ Com licença”_ era BamBam _ “ Jeon nós partiremos para a escola daqui a pouco, é bom você se aprontar logo”.

“ Eu já vou”_ o moreno possuía total desanimo na voz.

“ Te esperamos lá em baixo”_ a fada disse e se retirou do quarto.

“ Ei kook, não fique triste está bem, quando tudo isso acabar eu e nosso filhos estaremos aqui te esperando”.

“ Sei disso meu amor, mas eu nem saí e já estou com saudades”.

“ Eu te amo tanto Jeon Jungkook”.

“ Eu também te amo Park Jimin”.

*******

Os monstros já estavam prontos para partirem, mas antes de irem se reuniram no quarto onde o ruivo estava, queriam se despedir do híbrido e dos pequenos monstrinhos.

“ Meu irmão, por favor fique bem, logo nós estaremos de volta”_ Taehyung abraçou o irmão, depois beijou os sobrinhos.

“ Se alimente direito, eu deixei várias receitas para Scarlett preparar para você”_ foi a vez de Jin abraçar o ruivo.

“ Olha cunhado, eu fiz isso para os bebês”_ Yoongi entregou dois bonequinhos feitos de madeira.

E assim um por um se despediram do gatinho, Jungkook estava quieto apenas olhando tudo, seu coração se apertava no peito, ele não queria ir embora e deixar sua família para trás.

“ Obrigada pessoal, vocês são a melhor família que eu poderia ter”_ o ruivo quase chorava.

“ Agora nós precisamos ir”_ Cristal os avisou.

“ Vamos indo na frente, Jeon se despeça de Jimin, nós te esperamos”_ Namjoon falou.

Assim que eles saíram do quarto, o moreno correu para abraçar seu esposo, ele sabia que aquilo não era um adeus, mas também não era um até logo. Assim que essa guerra começasse as coisas mudariam, os monstros teriam de lutar para proteger suas vidas e suas famílias, e isso levaria tempo. E o lobo já estava morrendo de saudades de seus três pequenos amores.

“ Me prometa que vai voltar para mim são e salvo”_ o ruivo finamente liberou as lágrimas que prendia.

“ Eu prometo meu amor, eu voltar pra vocês, por favor se cuide e me espere”_ o lobo também chorava desesperadamente.

“ Eu te esperaria uma eternidade se preciso fosse”.

O moreno ergueu o rosto ficando de frente para o ruivo, suas bocas se encontraram num beijo repleto de todos os sentimentos possíveis, amor, saudade, medo, angustia, tudo de uma vez. Ao terminar o beijo, o moreno se despediu de seus filhos, e com muita dor no coração ele saiu do quarto indo ao encontro dos outros monstros.

*****

Depois de um tempo voando finalmente os monstros chegaram à escola, e no momento que aterrissaram atraíram a atenção de todos os monstros que estavam fora da escola. Isso já era de se esperar, depois que fugiram a história deles se espalhou aos quatro cantos do território dos monstros. Todos ficaram sabendo sobre a história de amor proibido entre um lobo e um híbrido, isso gerou muito assunto, e a volta dos monstros fugitivos com certeza despertou a curiosidade dos demais.

Jungkook não dava a mínima para todos aqueles olhares sobre si, seus pensamentos estavam longe e sua preocupação aumentava a cada instante. O moreno adentrou a escola sendo seguido pelos amigos, os cochichos entre os alunos do lugar aumentaram, e Jeon percebeu que eram rostos diferentes de quando ele começou a frequentar e escola de monstros. O lobo estranhou a principio, mas então se lembrou de que ele esteve nove meses fora, o ano era outro e os alunos também, este era o tempo em que ele concluiria o seu ano de treinamento e retornaria para casa, já era para o lobo está casado com Robert. Impressionante como certas escolhas modificam o rumo de nossas vidas completamente, Jungkook escolheu amar Jimin e sua vida tomou proporções que ele nunca imaginaria.

“ Jungkook? É você?”_ o lobo parou ao ouvir aquela voz conhecida por si.

“ Olá Robert”_ Jeon o encarou sem expressão alguma.

“ O que faz aqui seu traidor?”_ o arroxeado tinha raiva exalando de sua fala.

“ Eu que te pergunto isso, você já deveria ter retornado para a aldeia”.

“ Tive que repetir o ano de treinamento, mas isso não vem ao caso”_ o olhar de Robert rodou o ambiente e parou no seu ex-amigo.

“ Oi Robert, como está?”_ Diego cumprimentou o arroxeado e recebeu um olhar de puro ódio do mesmo.

“ Você ainda tem coragem de falar comigo depois do que me fez? Além de traidor é cara de pau também”.

“ O que eu fiz foi te livrar de ter uma vida infeliz, ao lado de um homem que nunca te amou”_ Diego responde a altura, não iria baixar a cabeça para Robert de forma alguma.

“ Olha sem querer me intrometer na treta, mas nós temos coisas mais importantes para tratar”_ Hoseok disse e os outros só puderam concordar.

“ O que vieram fazer aqui? Serem condenados? Eu vou amar ver isso”.

“ Cala boca berinjela ambulante, aceita que meu irmão é mais poderoso do que você, Jeon escolheu ele, os dois tem dois gêmeos lindos, estão felizes, agora para de inveja e segue reto amor”_ Tae conseguiu aumentar a raiva do arroxeado, mas este preferiu ficar quieto.

“ Vamos Tae, não vale apena trocar saliva com essa coisa”_ Yoongi disse puxando o namorado pela cintura.

“ Passar bem Robert”_ Jeon falou antes de continuar seu rumo ao escritório de Wrong.

O moreno andava de forma apressada, sua ansiedade era nítida, não só dele como dos outros monstros. Quando eles pararam de frente a porta do escritório, Cristal tomou a iniciativa de abrir a mesma. E o grupo de monstros esperava encontrar qualquer coisa ali, menos ver Wrong e Mark se agarrando em cima da mesa.

“ Desculpa interromper o casal, mas temos assuntos a tratar”_ Cristal falou divertida assustando os dois lobos.

“ O que faz aqui filha? E vocês....”_ o líder dos monstros ficou espantado ao ver o grupo de Jeon.

“ Nós viemos falar..”_ Cristal foi interrompida por Mark.

“ Fiquem parados aí, vocês todos estão detidos”_ o líder dos lobos tinha uma adaga em punhos e apontava a mesma para os monstros.

“ Cara desculpa aí, mas nós temos mais o que fazer do que dar atenção pra um idiota feito você”_ Yoongi revirou os olhos e bufou irritado, já estava sem paciência para ladainhas.

“ Mark abaixe esta adaga”_ Wrong pediu com cautela.

“ De jeito nenhum, eu vou deter esses traidores”.

“ Ai cala essa boca cacete!”_ a loba berrou fazendo Mark ficar quieto _ “ Pai nós viemos relatar algo importante, então por favor pede pra esse cara ficar quieto e deixar o Jeon explicar a situação”.

O líder dos monstros assentiu, pediu para Mark ficar quieto e ele concordou mesmo contragosto. Jungkook deu início á explicação, contou o que aconteceu depois da fuga, resumiu o tempo que ficaram no território humano e por fim contou sobre a descoberta dos planos dos humanos contra os monstros.

“ Então eles planejam nos atacar?”_ Wrong falou meio perdido, era muita informação de uma só vez.

“ Vocês estão mentindo”_ Mark falou irritadiço.

“ E por que nós mentiríamos sobre algo tão sério?”_ Namjoon falou em um tom mais elevado, ninguém ali tinha paciência para tolerar o líder dos lobos.

“ Para voltarem para o nosso território como heróis, esperando que fossem perdoados pela traição que fizeram”.

“ Escuta aqui seu líder de merda!”_ Jeon havia se transformado em lobo, os olhos vermelhos como sangue e as presas estavam a mostra _ “ Nós poderíamos ter continuado no território dos humanos, ficaríamos assistindo eles virem até aqui e acabar com vocês, sem que ao menos tivessem chance de defesa, mas nós viemos lhes avisar porque também somos monstros e nos importamos”.

“ Conta outra moleque, o que você quer é que eu esqueça do seu caso com o hibrido nojento”.

Aquilo foi à gota d’água para Jeon, ele partiu pra cima de Mark e lhe deu um soco no rosto, fazendo sangue escorrer da boca do mesmo. Em seguida lhe acertou um chute no estômago, depois o agarrou pelo pescoço e o jogou o fazendo cair por cima da mesa.

“ Nunca mais fale de meu esposo desse jeito seu bosta!!”_ o corpo do moreno tremia por pura raiva _ “ Você não passa de um hipócrita do caralho, estava aí se agarrando com Wrong sendo que a uns meses atrás jurava odiá-lo!”_ Mark ficou sem saber o que dizer _ “ Eu aposto que você não escolheu isso, mas aconteceu, foi o mesmo comigo, eu não escolhi amar Jimin, mas aconteceu e foi a melhor coisa que me aconteceu na vida e eu não iria abrir mão disso por conta das regras idiotas criadas por monstros mais idiotas ainda!”.

O silêncio se instalou no local, Jungkook ainda se mantinha nervoso e se Mark falasse mais alguma besteira ele não manteria o controle. Wrong olhou para Mark e o mesmo mantinha o olhar baixo, as palavras de Jeon o atingirão em cheio.

“ Senhor Wrong dê uma olhada nessas planilhas”_ Diego foi quem quebrou o silêncio.

O líder dos monstros pegou os papeis da mão de Diego e começou a avalia-los, ficou abismado com a quantidade de armas que os humanos fizeram para ataca-los, na primeira guerra entre as duas raças o armamento dos humanos não era tão avançado assim, Wrong sabia que agora, mais do que nunca, ele precisaria de toda e qualquer ajuda possível para vencer esta guerra. E sabia também, que a luta não seria nada fácil, os riscos eram enormes, mas não havia o que ser feito, teriam de enfrentar os humanos de qualquer jeito.

“ É nítido que os humanos vem se preparando para este ataque a muito tempo”_ o líder dizia enquanto olhava todo aquele planejamento de guerra _ “ Vou precisar da ajuda de vocês para avisar a todas as aldeias sobre este ataque, precisamos convocar todos os monstros para a batalha, exceto por crianças e monstros mais velhos”.

“ Isso não será necessário Wrong”_ Mark se pronunciou e recebeu várias reviradas de olhos por parte dos outros _ “ Os humanos não vão conseguir ultrapassar o muro mágico, ele está selado por magia, eles não podem nos atacar mesmo que queiram”.

“ Cara você é burro assim desde que nasceu? Ou essa burrice foi evoluindo com o tempo?”_ Tae já estava estressado e olha que isso é difícil de ocorrer _ “ Os humanos não fariam todos esse planos para nos atacar e esqueceriam da coisa mais óbvia, que é passar pelo muro, então é claro que eles sabem uma forma de ultrapassar a fronteira”.

“ Taehyung está certo, olhem esta máquina de guerra”_ o líder dos monstros falou apontando para o desenho de um tanque de guerra _ “ Reparem nessa parte da frente, parece com uma furadeira ou algo assim, acho que eles vão usar isso para cavar a terra”.

“ Eles pretendem invadir nosso território passando por baixo do muro, filhos da mãe espertos”_ Jaebum disse.

 “ Será que dá para impedirmos a passagem deles?”_ Jin perguntou.

“ Com certeza não, a essa altura Dark Ho já deve ter dado falta das planilhas que Jeon pegou, deve ter ligado os pontos, percebido quem somos de verdade e deve está a caminho do território dos monstros”_ Jack falou algo que todos já imaginavam que aconteceria.

“ O que nos resta é aproveitar o tempo e planejarmos um contra-ataque o mais depressa possível”_ Wrong terminou de avaliar as planilhas e as largou no chão.

“ É bom nos dividimos, cada um vai até uma aldeia convocar os monstros”_ a fada disse e os outros concordaram.

“ Então vamos logo”_ Cristal os apressou.

O grupo de monstros se preparou para partir novamente, se eles dissessem que não estavam com medo seria mentira, sempre ouviram falar da primeira guerra, mas nunca imaginaram que um dia participariam de uma. Sem contar que por terem fugido, eles perderam meses de treinamento, ou seja, estão totalmente despreparados para esta batalha.

“ Ei Jeon”_ o líder dos lobos chamou o moreno antes dele se retirar da sala _ “ Quando esta guerra acabar, se você ainda estiver vivo, nós acertaremos nossas contas”.

“ A única coisa que eu vou acertar vai ser minha mão na sua cara, seu otário”_ o moreno debochou antes de sair daquele escritório.

Dali pra frente uma nova jornada começaria na vida daqueles monstros, e eles teriam de ser fortes para encarar as consequências terríveis de uma guerra.

*****

Do outro lado do muro, no território dos humanos, as coisas também estavam tensas. Logo após o anuncio oficial do governo a respeito da guerra as coisas desandaram de vez, a grande maioria dos humanos não estavam de acordo com esta atitude, eles preferiam que continuasse o acordo de paz entre as raças. Mas o governo e Dark Ho só estavam interessados em poder, vingança, e nada mais que isso, por esta razão muitos humanos montaram grupos para irem contra as ideias do governo, mas nada parecia abalar a decisão do mesmo.

Assim que o dia amanheceu Dark Ho comandou as tropas a caminho do território dos monstros, assim que chegaram de frente ao muro eles pararam e montaram acampamento.

“ Chegou a hora meus amigos”_ o homem dizia com seu típico sorriso no rosto _ “ Vamos invadir o território dessas aberrações e vamos torna-lo nosso território”.

Os soldados começaram a gritar e a dar tiros para o alto, era uma forma de comemorarem a guerra, como se isso fosse motivo de comemoração.

“ Preparem as máquinas de escavação, assim que os túneis estiverem prontos nós atravessaremos a fronteira e voltaremos de lá vitoriosos”.

Mais gritos foram ouvidos e logo as máquinas estavam sendo ligadas, eram várias e as mesmas eram comandadas por soldados experientes. Elas foram feitas para cavar a terra, mais especificamente tuneis, os mesmo serviriam para dar passagem aos outros soldados e tanques de guerra.

Cerca de uma hora depois os tuneis estavam prontos e Dark Ho ordenou que os outros avançassem, ele ia em frente já idealizando seu triunfo sobre os monstros. Não demorou pra que milhares de soldados e tanques estivessem ocupando o território dos monstros.

“ Nós iremos avançar um pouco mais e montaremos acampamento, logo os monstros vão vir em nosso encontro e será o fim deles”.

 


Notas Finais


AGORA É GUERRA MINHA GENTE :)
VCS VAO SOFRER TANTO :))))


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...