História School Monsters (Jikook) - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~julyanafre

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Híbrido, Jikook, Lobo, Nanjin, Sobrenatural, Taegiseok
Exibições 633
Palavras 3.285
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Escolar, Fantasia, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oi sou eu unnie JANI
xente no capitulo anterior july mozona cometeu um errinho besta, ela disse que eles sairam da escola de busão, mas no reino dos monstros não tem onibus, eles andam de dragão e thunderbird, mas eu ja corrigi e espero que não fiquem confusos.

Capítulo 6 - Domando a Fera


Fanfic / Fanfiction School Monsters (Jikook) - Capítulo 6 - Domando a Fera

POV JUNGKOOK

O caminho até minha casa foi em completo silêncio, o gatinho ficou o caminho todo com um bico enorme nos lábios, eu só queria entender o porquê dele me tratar assim, eu sei que lobos tem uma fama um ruim mas eu já demonstrei o quanto gosto dele e mesmo assim ele continua fazendo cu doce. Até mesmo quando me preocupo consigo é motivo para ele me tratar mal, eu o amo e o que nós fizemos na noite passada só serviu para eu comprovar meus sentimentos por ele, mesmo que ele haja como se não se lembre do que aconteceu eu sei que ele lembra, pude ver em seus olhos, quando nos falamos hoje pela manhã ele não me perguntou o motivo de estar pelado dormindo na minha cama, agiu com muita calma como se quisesse esconder sua raiva, ou seja ele lembra de tudo o que aconteceu mas preferiu fingir que não. Eu estou um pouco cansado disso, de toda essa birra dele, eu sei que ele sente algo por mim mas não quer admitir, o Jimin é uma fera indomada e eu estou disposto a domar essa fera, já sei até o que fazer. Ele não vive reclamando que eu pego em seu pé? que sou um carrapato? pois bem, hoje eu vou dar um gelo nele, isso mesmo um gelo, se ele não se incomodar e continuar indiferente, eu vou desistir de querer conquistá-lo. Faltava pouco para chegarmos em minha casa e eu notei que meu Dragão, o Smaug, estava muito quieto também, ele parecia estar incomodado com o Thunderbird do Jimin, o Raio, achei isso estranho mas depois falo com ele.

Avistei minha casa e fui em sua direção seguido por Jimin, logo pousamos em frente a mesma, desci de Smaug e o gatinho desceu de seu pássaro, eu estava disposto a seguir com meu plano de dar um gelo nele. Caminhei até a porta abrindo a mesma, adentrei na casa e dei espaço para Jimin entrar, em seguida fechei a porta e fui em direção ao sofá logo me jogando no mesmo, me acomodei e fiquei em absoluto silêncio até que o gatinho pigarreia me fazendo encará-lo.

“ Nós viemos aqui para fazer essa droga de trabalho, então por que está deitado aí?”_ ai ele não cansa de ser ignorante comigo.

“ Como eu te disse antes, meus pais não estão em casa hoje e nem meu irmão maior, eles foram acampar na floresta negra e só voltam amanhã”_ falei e ele franziu o cenho.

“ Está me dizendo que vou ficar aqui até amanhã, e com você? de jeito nenhum”_ cruzou os braços e me encarou, eu suspirei cansado.

“ Olha Park Jimin eles chegam amanhã cedo, nós fazemos essa droga de entrevista e depois voltamos para a escola”_ falei ríspido e ele ficou surpreso, acho que meu plano vai dar certo.

“ Mas eu não quero passar a noite sozinho com um lobo tarado feito você”.

“ Se você acha que vou tentar algo com você, pode ficar tranquilo pois isso não vai acontecer, vou me manter o mais longe possível”_ ele ficou ainda mais surpreso mas disfarçou, to amando isso.

“ Quem me garante?”_ eita que esse gatinho é teimoso mesmo, to doido pra agarrar ele mas tenho que seguir com o plano.

“ Eu garanto, inclusive já vou pro meu quarto dormir, tem comida na cozinha e você pode se servir, e pode dormir aqui no sofá mesmo, é bem confortável”_ falei já me levantando e indo em direção as escadas, olhei para trás e o gatinho não estava com uma cara nada boa, ri internamente e fui para o meu quarto.

POV JIMIN

O idiota foi para o quarto? me deixou aqui plantado nessa sala fedida? ai que lobo irritante, eu quero matar esse miserável, confesso que não gostei do jeito que ele me tratou, desde que nós nos conhecemos essa é a primeira vez que ele me ignora assim, não que eu me importe com isso, porque eu odeio ele, SIM EU ODEIO, AQUELE IDIOTA TARADO, IMBECIL. espera um pouco, então é isso, ele tá me tratando assim porque nós transamos , que filho da puta, ele conseguiu o que queria e agora vai me desprezar, a mais isso não vai ficar assim, não vai mesmo.

Eu subi as escadas feito um relâmpago e fui em direção ao quarto do Jungkook, abri a porta de uma vez e me arrependi no mesmo instante quando me deparei com ele só de cueca, ai ele é tão lindo, tão gostoso, tão se… PERA O QUE EU TO PENSANDO, FOCO JIMIN, FOCO. O encarei e ele me olhou com cara de cu amassado, ah desgraçado, tá achando que eu sou bagunça é, eu vou te mostrar com quantos paus se faz a arca de noé. Pera, quem é noé? e o que é arca? ah foda-se. Entrei no quarto e fechei a porta com força, parei em frente do lobo fedido e o encarei sério, ficamos nos encarando por um bom tempo até que eu perco a paciência, que já estava pouca.

“ Por que me tratou daquele jeito?”_ falei alto e ele se fez de desentendido.

“ De que jeito?”_ vou matar essa peste.

“ Não se faça de idiota Jungkook, você me deixou sozinho naquela sala, e você foi rude comigo, e você nem me deu atenção”_ ele sorriu sínico, aumentou ainda mais minha raiva.

“ Não entendo você Jimin, você sempre me despreza, me trata feito um lixo, diz que não me quer por perto, aí no momento que eu te deixo em paz você vem me cobrar satisfações”_ agora era eu quem estava encurralado, o que ele disse é verdade, eu sempre digo pra ele ficar longe e agora que ele ficou eu deveria estar feliz, mas estou me sentindo estranho. Mas ele só se afastou depois do que rolou entre a gente, ou seja, ele me usou e eu não vou ficar quieto.

“ Sim eu sempre pedi pra você se afastar, mas você só fez isso depois do que rolou ontem, você me usou, se aproveitou da minha fragilidade, seu maldito miserável, foi só ter o que queria e agora tá me desprezando, eu te odeio Jungkook”_ falei e comecei a dar tapas nele, eu estava irado de raiva, ele segurou meus pulsos e me puxou para perto de si, ficamos tão próximo que podia sentir seu hálito.

“ Então você lembra?”_ arregalei meus olhos e quis morrer, me dei conta da merda que fiz, agora ele sabe que eu estava meio consciente ontem, EU QUERO MORRER.

“ Lembro, mas isso não significa que eu gostei de perder a virgindade com você, e eu estava meio drogado, então você se aproveitou de mim”_ falei em minha defesa, ele fez uma expressão triste e isso me deixou desconfortável.

“ Eu tentei evitar, tentei mesmo, mas você se jogou em cima de mim e eu não resisti, cometi um erro e peço desculpas”_ confesso que fiquei surpreso _ “ Mas eu não me aproveitei de você, eu só fiquei contigo porque eu te amo Jimin, eu me apaixonei por você na primeira vez que te vi, ontem foi o dia mais especial da minha vida, eu também era virgem Jimin, e eu dormi ontem rezando para que aquilo tivesse sido, de alguma forma, especial pra você também”_ ele disse e meu coração apertou, minha boca estava seca, eu fiquei sem reação.

“ Então por que me ignorou, por que me tratou daquele jeito”_ ele riu um tanto irônico, e eu o fitei com uma cara de ‘ ri outra vez e arranco seu cu fora’.

“ Porque cansei de ser desprezado, cansei de ser pisado por você”_ e de novo ele me deixou sem ação _ “ Jimin você fingiu que não lembrava de nada, me tratou mal pra caramba o dia inteiro, e continua fingindo que não sente nada por mim”_ como assim? fingindo que não sinto nada por você? eu não finjo, é a mais pura verdade.

“ Mas eu não sinto nada por você”.

“ É mesmo?”_ falou e eu assenti _ “ Então por que ficou incomodado quando eu não te dei atenção?”_ eu não sabia o que dizer, MERDA MIL VEZES MERDA.

“ PORQUE EU PENSEI QUE VOCÊ TIVESSE ME USADO, E EU ODEIO ISSO, MAS EU NÃO SINTO NADA POR VOCÊ, SEU IDIOTA”_ MERDA, eu gritei com ele e ele ficou triste, merda, bosta, cocô, o que eu to fazendo caramba? eu to ficando louco só pode.

“ Eu já disse que não te usei, apenas cansei de ser tratado com essa delicadeza”_ falou irônico _ “ Agora pode ficar tranquilo, eu não vou mais te incomodar, pode sair do meu quarto por favor, quero ficar sozinho”_ a voz dele soava calma porém carregada de tristeza, que droga, eu o magoei.

POV JUNGKOOK

O gatinho saiu do quarto e eu me joguei na cama, não pude conter as lágrimas, eu pensei que ele fosse confessar que sentia algo por mim, mas ele me desprezou como sempre, então eu só chorei, abafei meus soluços com o travesseiro, e derramei lágrimas de meus olhos até sentir os mesmos queimarem, acabei adormecendo.

*****

Senti um peso em cima de mim, eu ainda estava despertando, de repente senti lábios macios beijarem o meu pescoço e uma mão acariciar meus cabelos, eu ainda estava de olhos fechados e permaneci assim sentindo aqueles toques, sorri quando uma calda felpuda se enroscou em minha perna.

“ Eu estou sonhando?”_ perguntei a mim mesmo não acreditando que o gatinho estivesse mesmo ali.

“ Não é um sonho kook, eu sinto muito por te tratar tão mal, me desculpe”_ ok se isso não é sonho é alucinação, abri meus olhos e virei-me de frente para o gatinho, sim ele estava mesmo em cima de mim e , MINHA NOSSA SENHORA DOS MONSTROS, ele estava só de cueca ‘samba canção’.

“ Você quer me enlouquecer não é mesmo? não me torture assim Jimin”_ falei observando aquela linda imagem à minha frente _ “ Por acaso se drogou outra vez, sem querer?”_ dei uma risadinha e ele me estapeou, como sempre.

“ Eu estou bem lúcido seu idiota, ai nem devia ter vindo aqui”_ ele fez menção de se levantar mas eu o puxei para mais perto de mim, o apertei em meus braços e ficamos nos encarando por uns minutos.

“ Jimin sobre o que aconteceu entre nós, eu realmente sinto…”_ quis me desculpar outra vez mas fui interrompido.

“ Eu sei o que fiz kook, eu tomei só um gole daquela água, fiquei um pouco descontrolado mas… mas eu quis aquilo, eu fingi não lembrar de nada porque não quis admitir pra mim mesmo que eu gosto de você, é isso Jungkook, eu também amo você”.

Não precisei ouvir mais nada, meu coração batia a mil por hora dentro do peito, segurei na nuca de Jimin e o puxei para um beijo, seus lábios tão macios, carnudos, segurei forte em seus cabelos negros aprofundando ainda mais o beijo. Nosso beijo nem era calmo e nem apressado, era na medida certa, desci minhas mãos pelas costas do gatinho e parei em sua bunda farta, apertei a mesma fazendo o gatinho gemer baixo entre o beijo. Comecei a movimentar a bunda de Jimin para cima e para baixo, nossos membros se roçavam e eu já sentia os mesmos ativos, o gatinho cessou nosso beijo e me encarou, ele estava todo vermelho.

“ Kook eu quero fazer uma coisa, tá”_ ele falou tímido e eu assenti sorrindo.

O gatinho começou a beijar meu pescoço enquanto subia minha blusa, o ajudei a tirar aquele tecido incômodo, ele desceu seus beijos pelo meu peitoral, abdômen, até chegar perto do meu membro, Jimin mordeu seu lábio inferior e me fitou, eu sorri para ele como se lhe desse permissão para o que ia fazer. Jimin retirou minha calça de forma apressada e um tanto desastrada, a cueca foi retirada junto da calça, eu estava completamente nu e o gatinho passava sua língua pelos próprios lábios enquanto olhava meu membro duro. Soltei um gemido alto quando ele abocanhou meu membro, fui surpreendido de forma absurdamente gostosa, senti aquela boquinha subir e descer no meu pau era a melhor sensação desse reino, Jimin fazia movimentos rápidos e eu não conseguia nem fechar a boca por conta dos gemidos, senti meu corpo inteiro se arrepiar, estava a ponto de gozar.

“ J-ji-minnn, e-eu vo-ou, aww Jimiinnn”_ falava entre os gemidos, o gatinho então cessou o oral.

Ele subiu seu corpo ficando com o rosto colado ao meu, tomei seus lábios em um beijo intenso, minha língua invadia cada canto da boquinha de Jimin, eu sentia o meu próprio gosto nela, beijar meu gatinho era a melhor coisa do mundo. Meu gatinho cessou o beijo e me fitou novamente, ele sorriu malicioso e começou a tirar aquela cueca, jogou a mesma longe, Jimin ficou de joelhos colocando uma perna em cada lado de meu corpo, segurou meu membro e encaixou na sua entrada, nem tive tempo de raciocinar direito pois ele sentou com tudo em meu membro, nós dois gememos alto e arrastado. Meu gatinho cavalgava em meu pau e cara eu estava dormente de prazer.

“ Awww gatinho, e-eu te amo”_ ao dizer isso recebi um lindo sorriso de Jimin, o mesmo começou a fazer movimentos ainda mais rápidos.

“ Koookk m-me t-oque”_ entendi o que ele queria e segurei seu membro iniciando uma masturbação rápida.

“ Goza pra mim gatinho, goza”_ logo senti seu jato quente de sêmen lambuzar minha mão, lambi e engoli o mesmo.

O gatinho fez mais alguns movimentos e eu gozei em sua entrada, eu mal conseguia respirar, estava banhado em suor, meu gatinho se retirou de meu membro e deitou-se por cima de mim, apoiou sua cabeça em meu peito e eu acariciei seus fios negros.

“ E agora kook? o que vamos fazer daqui pra frente?”_  beijei o topo de sua cabeça e sorri  largo.

“ Daqui pra frente eu quero ficar com você pro resto da minha vida”_ ele me encarou fazendo um bico.

“ É sério kook, isso que nós estamos fazendo é errado, nossa relação é proibida e você é noivo”_ coloquei um dedo em sua boca cessando sua fala.

“ O que eu sei é que eu te amo, e se você também me ama nós vamos enfrentar o que for para ficarmos juntos. Enquanto não decidimos o que fazer vamos namorar em segredo, o que acha?_ disse e ele sorriu fazendo seus olhos diminuir em dois riscos.

“ Namorar escondido parece ser legal, eu topo”_ sorri e selei nossos lábios _ “ Mas e o seus pais? estou com medo de conhecê-los kook”.

“ É só a gente agir naturalmente, meus pais são meio tapados, se nós soubermos disfarçar ,  vai ficar tudo bem”_ realmente eles eram tapados, para minha sorte.

Eu e meu gatinho trocamos mais alguns beijos, depois tomamos banho juntos, fomos preparar algo para comer e por fim fomos dormir, eu fui para o quarto e Jimin achou melhor ficar na sala mesmo. Eu estava tão feliz que queria sair gritando e esfregando na cara das inimigas a minha alegria.

*****

POV JIMIN

Acordei com kook me chamando, nossa ainda tá estranho chamar ele assim, ontem tive coragem de me declarar pra ele, quando eu vi como o magoei percebi que me importava com ele, que o amava, nossa noite foi incrível mas eu estava apreensivo para conhecer a família dele, tipo eles nem devem gostar da minha espécie e eu nem posso falar que estou com o filho deles. Me levantei, fiz minha higiene e tomei banho, me aprontei e fui tomar café com meu amor, SIM MEU AMOR FODA-SE, quando estávamos terminando ouvimos a porta abrir, fomos para a sala e lá estavam três pessoas, que eu cogitei serem os pais e o irmão do meu macho, SIM MEU MACHO DANE-SE.

“ Oi pessoal”_ kook falou indo na direção deles que o abraçaram contentes.

“ Meu anjo o que faz aqui? você não se meteu em encrenca não né?”_ a mulher perguntou e kook riu, eu fiquei calado só observando.

“  Vim fazer um trabalho mãe, preciso entrevistar vocês sobre uns lances, ah e esse é o meu companheiro de trabalho, o Jimin”_ nessa hora a mulher e os outros dois me fitaram dos pés a cabeça, fiquei desconfortável.

“ O-oi, prazer em conhecê-los”_ sorri fraco e eles retribuíram.

“ Você é um híbrido em? muito bonito você”_ o  pai do kook disse e eu ruborizei, mas adorei ser elogiado pelo sogrão, que nem sabe que é meu sogrão.

“ O-obrigado, o senhor também é bonito”_ falei e sorri e ele retribuiu.

“ Eu sou o irmão do kook, muito prazer”_ estendeu a mão para mim e eu apertei, ele também era bem bonito.

“ E eu sou a mamãe desse pivete”_ a mãe dele disse e nós rimos, ela nem imagina que o pivete fode como um adulto, e como fode.

Depois de conhecer a família dele, que era mais agradável do que eu pensei, nós demos início ao trabalho, fizemos várias perguntas para os pais do mozão, SIM MOZÃO LASQUE-SE. Quando terminamos o trabalho esperamos o almoço, depois de comer nos despedimos da família de kook e fomos buscar Smaug e Raio, quando chegamos no estábulo encontramos os dois se cheirando, hum será que o Smaug e o Raio estão querendo se pegar, EU SHIPO RAUG.

“ É impressão minha ou eles dois estão paquerando?”_ perguntei a kook e ele riu.

“ Smaug tem bom gosto, assim como seu dono”_ não contive um sorriso ao ouvir isso.

“ Realmente vocês sabem escolher bem”_ nós rimos juntos.

“ Agora vamos antes que a gente se atrase, mas antes vem aqui sua delícia”_ ele me puxou para um beijo, ai esse lobo me mata, já to com fogo no cu.

Cessamos o beijo e montamos em nosso mascotes, decolamos voo e retornamos para a escola. Não demoramos a chegar, logo aterrisamos e fomos guardar Smaug e Raio, os dois se cheiravam o tempo todo. Eu decidi entrar na escola primeiro para não levantar suspeitas, eu e kook tínhamos que ser mega discretos, ah mas como eu queria esfregar na cara do Robert que o kook é meu. entrei na escola e avistei minha cambada de friends reunida, Jin tinha um sorriso batendo na orelha, e o trio parada dura estavam cheios do mimimi, ok Jin sempre foi alegre mas ele tinha um brilho diferente nos olhos dessa vez, ele estava feliz assim como eu estava por ter ficado com kook. E o trio fantástico estavam todos muito próximos,Tae sempre procurou a atenção de Hoseok, o mesmo queria a atenção de Yoongi e Yoongi queria atenção do meu irmão, mas agora os três riam entre si e se abraçavam, hum será que as bibas se revelaram xente? .

“ Oi cambada”_ cumprimeitei eles todo sorridente, não dava pra esconder minha felicidade né.

“ Oi Jimin, está tudo ótimo, a vida é tão bela”_ Jin aumentou tanto seu sorriso que eu achei que sua boca ia rasgar, e ele suspirou, hum, hum.

“ Com a gente tá tudo perfeito maninho”_ Tae só faltava pular enquanto falava, hum tudo perfeito? hum.

“ O dia está uma maravilha hoje”_ Hoseok também estava radiante, parecia até que tinha comido duas bundas, hum, hum ,hum.

“ Sim está tudo lindo, e você também Jimin, está muito lindo”.

OK YOONGI ELOGIANDO A VIDA, ME ELOGIANDO, HUM,HUM,HUM,HUM,HUM, AÍ TEM COISA NESTA PORA E ELES VÃO ME DIZER O QUE HOUVE, AH SE VÃO.


Notas Finais


HUM AÍ TEM, HUM
PRÓXIMO CAP VAI SER ESPECIAL NAMJIN HUHUHU


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...