História School of boys - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias B.A.P, Bangtan Boys (BTS), Jay Park, Seo In-guk
Personagens Bang Yongguk, Jay Park, J-hope, Rap Monster, Seo In-guk, Zelo
Tags Bap, Bts, Romance
Exibições 7
Palavras 1.504
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um cap.. Bem, eu gostei dele.. Espero q aproveitem!!

Capítulo 2 - Cretino


Fanfic / Fanfiction School of boys - Capítulo 2 - Cretino

_Como você está? - Zelo perguntou.

_Eu estou bem, não se preocupem. - falei por estar rodeada por eles.

Então meus olhos se direcionaram para Namjoon.. "Acho que esse é seu nome." Ele estava me encarando, então quando o olhei, ele desviou o olhar.

_Uahh.. Namjoon está na aula hoje. - Bang comentou.

_Hoje? - o olhei.

_Ele vem pouco para as aulas.. E não se socializa com o pessoal.. Nem sei como ele tira boas notas. - Zelo falou.

_Eu já falei com ele algumas vezes.. Ele não é tão ruim assim. - Hoseok o olhou.

_Se você diz! - Zelo riu.

"Nunca reparei, mas.. Realmente Namjoon não parece ter amigos."

~*~

Eu saí do banho, e Namjoon entrou no quarto.

_Hi! - sorri.

_Por que está sendo simpático? - me encarou.

_Vamos ser amigos! - estendi a mão.

_Não! - jogou a mochila, pegou uma toalha e foi para o banheiro.

_Não é tão ruim assim? - comentei ao lembrar do que Hoseok havia falado hoje mais cedo. - Agora entendo o porque ele não tem amigos. - sentei na cama dele.

Olhei para um quadro que estava ao lado da cama, e o peguei.

Ele estava abraçado com uma garota, muito fofa. E ele estava sorrindo, seus olhos se fechavam e em seu rosto formava-se covinhas.

"Tão fofo."

_Não mexa no que não é seu. - o quadro foi tirado da minha mão, por Namjoon.

_Sua namorada? - perguntei descaradamente.

_Não.. Cuida da sua vida. - colocou o quadro numa gaveta, então pegou uma cueca e voltou para o banheiro.

Sorri automaticamente por ver ele sorrindo na foto.

Deitei e logo ele saiu do banheiro.

_Namjoon.. Quem é a garota da foto? - perguntei.

_Minha irmã. - falou e deitou.

"Pra ele sorrir daquele jeito, ele deve gostar muito dela."

_Quantos anos ela tem? - perguntei.

_Ela teria 17. - sua voz saiu um pouco falha.

"Teria?"

_Namjoo...

_Cala a boca e vai dormir pirralho!! - me interrompeu e apagou a luz.

"Será que ela morreu?"

~*~

Acordei no dia seguinte com Namjoon gritando.

Desci rápido da cama.

_Namjoon.. Acorda!! - o chamava.. Ele parecia estar tendo um pesadelo.

Então do nada ele me abraçou.

_SunJi.. Miane!! - falou chorando e me abraçando forte.

_Namjoon..? - sussurrei.

Então ele acordou. Me soltou assustado.

_Por...? - me olhou confuso.

_Você estava gritando.. Então quando vim te acordar, você me abraçou. - expliquei.

_Foi mal.. - colocou os dedos entre os cabelos, os jogando pra trás, o bagunçando um pouco. Ele parecia frustrado.

_SunJi era como ela se chamava? - o encarei.

_Cuida da sua vida! - ele levantou.

_Por isso que não tem amigos... Você afasta as pessoas. - levantei irritada, o fazendo parar ao ouvir oque eu disse.

Ele deu um riso soprado.

_Eu não preciso de amigos! - deu com os ombros, indo para o banheiro.

_Aish.. - resmunguei dando um soco na cama, mas acabei acertando a madeira. - Ai!! - meus olhos lacrimejaram de imediato.

...

Fui para a infermaria.

_Hyung!! - entrei.

_Não me chame de Hyung... Isso é estranho! - Seo me encarou.

_Quer que eu te chame como? - me sentei.

_Se não pode me chamar de Oppa, pelo menos me chame pelo nome. - fez uma careta.

_Enfim... - mostrei minha mão machucada.

_O que aconteceu? - olhou preocupado.

_Eu soquei a cama. - falei fazendo bico.

_Como uma garota pode ser tão estúpida?! - falou enquanto passava uma pomada no corte que havia feito.

_Mian.. - o encarei.

_Não fale informalmente comigo.. Pirralha! - me deu um tapa na cabeça.

_Seo.. Quantos anos tem? - perguntei.

_29! - falou enquanto enfaixava minha mão.

_Uahh... Tão velho? - o encarei.

_Ya.. Eu não sou velho! - brigou comigo, então dei risada.

_Seo.. Eu quero te perguntar algo. - falei quando ele acabou de enfaixar.

_Vá em frente. - me olhava fixo.

_Fiquei curiosa sobre meu colega de quarto. - falei.

_Kim Namjoon? O que tem? - ficou um pouco receioso.

_Você não tem informações sobre ele? - o olhei meigamente.

_Tipo? - levantou.

_Parece que ele tinha uma irmã.. E ela morreu. Fiquei curiosa sobre a história dele. Você não sabe de nada? - perguntei.

_Não podemos dar informações privadas dos alunos. - falou.

_Ah.. Oppa, por favor. - o abracei.

_Ya.. Não saia abraçando um homem. - se afastou.

_Eu sou um também. - mostrei a língua.

_Um homem não chama outro de "Oppa". - falou mostrando a língua. - Ya.. Seu foco mudou? - me olhou maliciosamente.

_Hã? - o encarei sem entender.

_Veio por causa do Jaebum.. E agora interessada no Namjoon. - sorriu.

_Isso não tem nada haver. - falei irritada.

_Ei ei.. Calma. - falou rindo. - Mas.. Como descobriu que Namjoon tinha uma irmã? - perguntou.

_Eu vi uma foto e... Meio que ele acabou falando. - sentei.

_O próprio Namjoon te contou.. Então se quer saber de algo.. Pergunte a ele. - me encarou. - Agora saia daqui.. É perigoso uma garota estar sozinha com um homem. - me puxou da cadeira.

_Ya!! - briguei com ele.

_Vá pra aula.. E venha aqui mais tarde pra mim ver o machucado. - falou me empurrando da enfermaria.

_Aigoo.. - falei saindo de lá.

Namjoon estava vindo.

_Annyeong!! - sorri e acenei.

Ele apenas me ignorou e entrou na enfermaria.

Estava na sala de Aula.

_Você estava treinando e se machucou? - Hoseok me olhou perplexo.

_Como uma coisinha fofa e frágil dessa estava treinando? - Bang apertou minha bochecha.

_Aish... - bati em sua mão. - Ai! - gemi de dor por ter batido com a mão machucada.

Então eles riram.

_Se você fosse uma garota.. Eu cuidaria de você! - Zelo sussurrou no meu ouvido.

_Ya.. Jun Hong.. O que falou pra ele que o fez corar? - Hoseok me olhou sorrindo.

Coloquei a mão no rosto.

_Nada demais!! - Zelo riu.

_Tão fofoooo!! - Bang sorriu me olhando.

Então Namjoon entrou na sala e como de costume, foi para seu lugar, que óbviamente era no fundo. E debruçou na mesa, deitando a cabeça nos braços e fechando os olhos.

_Ya.. Alguém sabe algo sobre o Namjoon? - sussurrei para que apenas os meninos ouvissem.

_Por que? E que tipo de coisa? - Hoseok me olhou curioso. 

_Sei lá... Qualquer tipo de coisa. - falei.

_Todas as coisas que ouvimos são boatos.. Do tipo que ele matou uma garota..! Mesmo que eu não o conheça bem.. Sei que ele nunca faria algo do tipo. - Bang falou sério.

_Namjoon Hyung não é do tipo que se socializa com as pessoas, então não podemos confiar no que as pessoas dizem. - Zelo falou.

~*~

Eu estava no bebedouro, na hora do almoço.

_Por que está aqui? - escutei uma voz no meu ouvido, que reconheci muito bem.

_O que se faz num bebedouro? - olhei para o Jay.

"Não acredito que fui grossa com ele."

_Você sabe do que estou falando. - me puxou para a escada.

_Ei.. O que você está fazendo? - briguei com ele.

_Eu ouvi uma de suas conversar com Seo Hyung. - sorriu.

"Ouviu?"

_Me deixa! - o empurrei.

_Por que tem uma ovelhinha no meio de lobos? - me encostou na parede, me prendendo.

_Jay.. Me solta! - tentava me soltar, mas ele era muito forte.

"Droga Jay!!"

_Sou muito popular na Europa, não? - sorriu. - Ouvi que veio por mim. - sussurrou no meu ouvido. -Que tal aproveitarmos que veio por mim. - falou e beijou meu pescoço.

_Me solta.!! - gritei.

_Não se preocupe.. Ninguém vem com frequência para esse lado, já que só tem a biblioteca pra cá.. Então não vão te ouvir. - sorriu. - É uma pena que garotos não gostem muito de vir a biblioteca. - mordeu minha orelha levemente.

_Jay.. Me solta. - senti meus olhos encherem de lágrimas.

_O que? Vai chorar? Por que? Eu não sou o motivo de você estar aqui? Vamos ver se você vale a pena. - começou levantar a minha blusa.

_ME SOLTA!! - gritei.

Então ele riu.

_Não adianta.. Ninguém vai.. - antes dele acabar de falar, foi puxado pra trás, me soltando, então eu caí.

_Você é surdo por acaso? - Namjoon deu um soco no rosto dele, o fazendo quase cair.

Então Jay deu um soco no rosto do Namjoon, que devolveu o soco, fazendo Jay cair, então chutou a barriga do Jay.

_Vamos ver se vai ser tão útil com esse seu maldito rosto com estragos!! - Namjoon pegou Jay pela gola da camisa.

Jay deu outro soco no rosto do Namjoon.

Namjoon caiu perto de mim... Eu estava assustada, então quando ele olhou para Jay, ele já tinha saído de lá.

Namjoon veio até mim e se agachou.

_Você está bem? - perguntou colocando a mão no meu ombro.

_Olha só o seu rosto! - coloquei a mão nos seus lábios, que estavam sangrando.

Então apenas senti uma tontura e tudo escureceu.


Notas Finais


Eu particularmente amei escrever o cap.. Espero que esteja tão bom quanto eu achei!
O que será que vai acontecer daqui pra frente hein?
Kissus e até o próximo cap 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...