História School of boys - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias B.A.P, Bangtan Boys (BTS), Jay Park, Seo In-guk
Personagens Bang Yongguk, Jay Park, J-hope, Rap Monster, Seo In-guk, Zelo
Tags Bap, Bts, Romance
Exibições 5
Palavras 1.757
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura 😁

Capítulo 4 - Kim Namjoon E Seus Segredos


Fanfic / Fanfiction School of boys - Capítulo 4 - Kim Namjoon E Seus Segredos

Pov Ji-Ho on.

Acordei e estávamos abraçados. Acho que era mais estranho por ele saber que sou uma garota... (pausa) Não... Seria mais estranho se ele achasse que sou um garoto.

_Bom dia.. - ele abriu os olhos com dificuldade, por causa da claridade. E me olhou nos olhos, pois estávamos bem perto.

"Ele está de bom humor?"

_Bom dia. - me afastei lentamente.

Então ele sentou e se espreguiçou, depois bagunçou o cabelo e então levantou, indo para o banheiro.

_Você vai pra casa? - perguntei, ainda na cama.

"Eu amo essa cama.. Ela é tão boa!"

_Não.. Eu não vou! - ele respondeu friamente.

_Por que não? - perguntei.

_Por um motivo que não é da sua conta. - falou saindo do banheiro.

Então ele tirou a camisa do pijama. Corei um pouco e desviei o olhar. Se eu olhasse, ia ser estranho.

_Oh.. Desculpe. Estou acostumado a ficar à vontade e as vezes esqueço que é constrangedor pra vocês garotas. - falou.

_Na verdade só desviei o olhar porque poderia parecer estranho se eu continuasse olhando. Lá na Europa quase todos os homens ficam assim. Então é normal. Mas aqui é diferente, por isso achei que poderia achar estranho. - expliquei.

Quando acabei de falar, ele deu um riso soprado.

_O que foi? - o encarei.

"Tolamente inocente.!" - pensamento do Namjoon.

_Nada. - me olhou sério.

_Mas enfim, por que... - 

_Vou tomar café da manhã. Se arrume e venha também. - falou saindo de lá.

_Aish... -  Resmunguei. 

Pov Ji-Ho off.

Pov Namjoon on.

Estava no refeitório.

Peguei a comida e ia me sentar no lugar mais distante das pessoas.

_Kim Namjoon... Senta aqui com a gente.!! - o tal de Choi Jun Hong me chamou.

_Valeu.. Mas não! - falei.

_Vai cara.. Senta ai. - Jung Hoseok me encarou.

"Aigoo.." 

Então me sentei com eles.

_Legal!! - Jung Hoseok sorriu. - Sou.. - 

_Jung Hoseok.. Eu sei, estamos na mesma sala, esqueceu? - o interrompi.

_É.. Mas você sempre está distraído e nunca dá bola pra nada. - Jung Hoseok falou.

_Isso não significa que sou surdo. - falei.

_Fiquei sabendo que você salvou uma garota de um pervertido. - Choi Jun Hong falou.

"Maldita Ji-Ho."

_Não foi nada. - falei sem me importar.

_Achei isso legal. - Choi sorriu.

_Se estão tentando ser legais porque Ji-Ho falou.. Esquece. Não precisa! - falei.

_Ji-Ho não tem tanta influência assim. - Hoseok falou rindo.

Choi Jun Hong e Bang Yongguk o encararam sérios.

_Pra falar a verdade.. Ji-Ho tem essa influência sim. - Bang Yongguk falou sorrindo.

_Falei.. - o encarei.

_Namjoon.. Eu não me aproximo de outros por causa de alguém. Então Ji-Ho não está envolvido. - Jung Hoseok falou.

_Jung Hoseok... - 

_Pode me chamar de Hoseok ou Hope.. Nada de formalidade entre nós. - falou me interrompendo, oque me deixou irritado.

_Okay.. Hoseok, valeu por tentar se inturmar comigo mas... - 

_Hey guys!! - Ji-Ho sentou entre Hoseok e eu.

_Oi Ji-Ho. - Hoseok sorriu.

_Bom dia Hope... Vocês não vão pra casa? - Ji-Ho perguntou.

_Depois do café!! - Jun Hong falou.

_Zelo.. Você está mais fofo hoje. Tem alguma garota que vai ver quando sair? - Ji-Ho sorriu.

"Ela até que consegue dar uma disfarçada superficial sobre ser uma garota."

Zelo ficou com vergonha.

_O que? Tem mesmo uma garota no meio? - Bang perguntou rindo.

_Já está na minha hora! - Zelo saiu logo de lá.

"Acho que posso chamá-los informalmente, não é?"

_Kim Namjoon? - o presidente do dormitório veio até mim.

_O que foi? - o olhei.

_O diretor está te chamando. - falou e saiu de lá.

"Mas que merda."

_Nos vemos! - Ji-Ho sorriu.

"Amo quando ela sorri."

_Tá.. Até! - falei saindo de lá.

...

Cheguei na diretoria e bati na porta.

_Pode entrar. - o diretor falou.

Então entrei.

_O Senhor me chamou.. Aconteceu algo? - me inclinei levemente.

_Sua mãe quer quer que você vá pra casa. - falou sério.

_Desculpe Senhor, mas eu não irei pra casa. - falei sério.

_Já faz 1 ano que não vai pra casa nos finais de semana. - falou.

_Como se você se importasse. - dei uma risada irônica.

_PARE AGIR COMO UMA CRIANÇA, MOLEQUE IMPRUDENTE. - deu um tapa na mesa, irritado. - Eu não me importo com oque faz ou deixa de fazer.. Mas quem deseja te ver é sua mãe, então vá pra casa. Nem que seja por um pouco. - falou.

_Você sempre agindo assim, né pai?! Diz que o imaturo sou eu, que eu sou o imprudente. Mas é você quem não está sendo maduro. - falei sem expressão e saí de lá.

Pov Namjoon off.

Pov Ji-Ho on.

Eu estava no quarto, sentada na cama do Namjoon.

"Por que será que o diretor chamou o Namjoon?"

Então o celular do Namjoon começou a tocar.

_Ommoni..? - li quem estava ligando.

Então parou de chamar e fui ver o histórico de chamava. 50 chamadas não atendida e várias outras chamadas dela sem atender.

Começou tocar novamente.

_Alô? - atendi, mesmo sabendo que não devia.

_Alô? Quem fala? - era a voz de uma mulher, estava um pouco triste e fraca.

_Jang Ji-Ho.. Amigo do Namjoon. - falei.

_Ah.. Pode me dizer onde Namjoon está? - perguntou.

_Ele foi a diretoria, mas deve estar voltando. Quer que eu deixe recado? - falei.

_Ele deve ter falado pro Namjoon vir pra casa. - ouvi ela murmurar, provavelmente pra si mesma. Mas o suficiente pra mim ouvir. - Não obrigada. Ligarei um outro momento. - falou.

_Tchau Ajumma. - falei e logo ambas desligaram.

_Com quem estava falando? - Namjoon entrou.

_Sua mãe! - falei colocando o celular na cama.

_O que? Você atendeu meu celular? - ele pegou o celular.. Bravo.

_Ela falou pra você ir pra casa. - falei. - Namjoon... Por que não vai pra casa? - perguntei.

_Cuida da sua vida. - falou.

_Sua mãe parece sentir sua falta.. Você deveria visi.. - 

_CALA A BOCA. PARE DE SE ENTROMETER NA MINHA VIDA!! NÃO ME VENHA DIZER OQUE FAZER.. VOCÊ NÃO SABE DE NADA, NEM SOU SEU AMIGO, ENTÃO PARE DE QUERER DECIDIR AS COISAS POR MIM. - gritou furioso.

Eu apenas levantei.

_Me desculpe. - sorri e saí de lá.

Fui indo para o jardim, então senti uma lágrima escorrer em meu rosto.

"Eu o deixei furiso!"

"Merda.. Eu gritei com ela!" - pensamento do Namjoon.

Fui até o gramado e sentei, olhando a paisagem do campus.

"Omma... Quero voltar pra casa!"

Então lágrimas não paravam de cair.

_Por que a boneca está chorando? - era o Jay.

Levantei sem dizer uma palavra e fui sair de lá, mas...

_O que? Brigou com Namjoon? - segurou meu braço. - Posso te consolar. - ia me beijar mas...

_Você não cansa? - Namjoon o puxou pela gola da camisa.

_Mas você é um chato mesmo hein.. Sempre aparece nas melhores partes. - Jay bateu na mão do Namjoon, para que o soltasse.

_Vaza seu pervertido.. Antes que eu te bata mais uma vez. - Namjoon falou.

_Se você me bater.. Papaizinho expulsa. - Jay riu.

_Aish!! - Namjoon deu um chute no Jay, que riu.

_Nos vemos Ji-Ho!! - falou e saiu rindo.

_Eu não preciso que me proteja. - falei para Namjoon.

_Não era isso que pareceu. - me encarou.

_Eu não quero que... - 

_Desculpe! - me interrompeu. - Desculpe por ficar irritado e ter gritado com você. - falou coçando a nuca.

Ele parecia com vergonha, então sorri.

_Tudo bem.. Eu que fui intrometida.! - falei.

_Quer vir pra casa comigo? - perguntou se aproximando de mim.

_Ir pra sua casa? - perguntei sem saber oque fazer.

_Acho que vai ser melhor. - falou limpando meu rosto.

"Espero que o diretor não apareça por lá." - pensamento do Namjoon

_Okay. - sorri.

_Desculpe por te fazer chorar. - falou. 

Eu apenas sorri.

Pov Ji-Ho off.

~*~

Pov Namjoon on.

Era quase noite, então fomos pra casa, que era um pouco longe do campus.

Mas como fomos de metrô, foi rápido.

Chegamos em volta de 30 min.

Chegamos na frente de casa.

_Uau.. Que casa enorme. - Ji-Ho falou enquanto andávamos do jardim até a porta.

Entrei.

_Filho? - escutei minha mãe me chamando enquanto descia as escadas.

Ela estava pior que a última vez que a vi.

_Você está péssima. - falei e então ela me abraçou e começou a chorar.

_Eu estava sentindo tanto a sua falta, meu amor. - sua voz estrava fraca e ela falava entre os soluços do choro.

_Okay Okay.. Não precisa chorar. - falei fazendo carinho em seu cabelo.

Então ela olhou para Ji-Ho.

_Quem é? - perguntou.

_Meu companheiro de quarto, Ji-Ho. - falei.

_Ah.. Então foi você quem atendeu o celular dele hoje mais cedo?! Vocês devem ser bem próximos. Namjoon não é de ter amigos, muito menos de trazê-los pra casa. - parecia bem mais animada. - por favor venham.. Farei algo para comerem. - ela falou nos puxando para a cozinha.

_Ommoni... Você tem que descansar e.. Só vim aqui dar um oi. - falei.

_O que? De jeito nenhum filho.. Vocês ficarão aqui mais um pouco. Por que não dormem aqui? - falou animada.

_Por mim sem problema. - Ji-Ho concordou.

_Você sabe o porque não. - olhei para minha mãe.

_Por favor.. - ela fez cara de cachorro sem dono.

_Vamos ficar Namjoon.. Pare de ser chato. - Ji-Ho me deu um tapa no braço.

"As duas são iguaizinhas."

Pov Namjoon off.

Pov Ji-Ho on.

Passaram algumas horas, tinhámos acabado de jantar.

_Querida? - um homem chamou a Senhora Kim da sala.

_Estou indo. - Senhora Kim falou.

Pois já estávamos indo para a sala.

_Ji-Ho... - Namjoon me segurou pelo braço.

_O que? - o olhei.

Então o pai de Namjoon apareceu.

_Diretor? - o olhei perplexa.

_Ji-Ho? - falou surpreso. - Faz o que aqui? - perguntou.

_Vim acompanhar Namjoon.. Já que eu não tinha para onde ir. - falei.

Ele olhou para Namjoon.

_Bom.. - 

_Vou te mostrar o meu quarto. - Namjoon me puxou.

Então fomos para o quarto.

Quando entramos, ele sentou na cama.

_Por que não me contou sobre seu pai ser o diretor? - perguntei.

_Por que não é importante. - falou.

Então olhei para uma das fotos que estava numa esquivaninha, dele com a irmã dele.

_O que aconteceu com ela? - perguntei.

_Pare de perguntar! - falou indo para o banho.


Notas Finais


Espero que tenham gostado do cap.
Kissus e até o próx cap 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...