História School Of Magical Beings (INTERATIVA) - Capítulo 54


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Colegial, Drama, Ficção, Magia, Mistério, Romance
Exibições 33
Palavras 2.309
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Primeiramente, Só faltam 4 capitulos pra final \o/ ;-----;

Segundamente, esse capítulo é bem maior do que os outros então espero que gostem.

Terceiramente, eu não sei se ainda postarei algum outro capítulo essa semana, mas provavelmente até domingo eu poste os 4 capítulos finais.

Quarteiramente (isso não existe genty), Caso eu não poste essa semana, talvez semana que vem eu também não poste por que tá tento muito trabalho e tá perto das provas já na escola e eu não quero me foder logo no fim do ano.

Quintamente (issu aqui também não existe 1-1), Obrigada por ler e ter paciência ^^

Boa Leitura amores <3

Capítulo 54 - 46 - Volta ao tempo, O Grifo, Que caminho seguir...


Fanfic / Fanfiction School Of Magical Beings (INTERATIVA) - Capítulo 54 - 46 - Volta ao tempo, O Grifo, Que caminho seguir...

[Narradora/Autora On]

(ATENÇÃO: Todo mundo lendo notinha inicial por favor c:)

No dia seguinte, o Gray estava com um sorriso sinistro no rosto e todos estavam com medo na sala do motivo daquele sorriso, logo ele começou a falar.

Gray – Bom Dia queridos alunos.
Yukine - ... Lá vem merda.

Gray olhou mortalmente para Yukine que calou a boca na hora, então Gray continuou..

Gray – Hoje iremos todos a uma excursão ao Museu de seres mágicos!
Jake – Ué, e por que esse sorriso todo Gray-sama?
Gray – Por que se alguém fizer merda, eu vou poder torturar como castigo HAHAHAHAHA

Gray ficou rindo como um psicopata por alguns minutos e logo ajeito a postura novamente..

Gray – Bom, vão todos para o pátio, e entrem no ônibus teletransportador, Léo e Akyo se explodirem ele de novo vocês vão pro castigo.
Léo – Ok Ok.
Akyo – Ouviu né seu Ruivo inútil?
Léo – NOSSA A CULPA SÓ FOI MINHA NÉ?
Akyo – SIM SÓ FOI SUA.

Gray torssiu de leve e os dois pararam de brigar e foram para o pátio,  todos subiram e sentaram nas cadeiras do ônibus e logo o novo motorista começou a dirigir em direção ao Museu.

Syrus – O que houve com o antigo motorista?
Gray – Ele ficou traumatizado com vocês e se despediu.
Minami – Eu entendo ele.
Jasmine – De um certo modo sim.

Logo todos chegaram no museu e começaram a seguir o Gray que explicava cada pedaço e canto daquele Museu, até que eles chegaram em uma sala que tinha uma coroa, um bastão mágico, é uma pirâmide prateada com detalhes roxo com negro.

Haru – Qual a história dessa sala?
Gray – Um Mago chamado Beck um dia comandou todo o nosso país, ele foi conhecido por ser o Mago mais poderoso do mundo, porém hoje em dia ele está em terceiro lugar, um dia quando ele estava em seu Castelo na época da antiguidade, os guardas se revoltaram contra ele por algum motivo desconhecido e fizeram uma matança, porém um dos guardas também era poderoso e matou Beck, porém não deixou ele em paz e prendeu sua alma dentro daquela pirâmide, ele tinha uma filha, mas ninguém sabe como ela morreu.
Serin – Quem está em prmeiro e segundo lugar de Mago mais poderoso Gray-Sama?
Yuuki – Em primeiro é uma mulher chamada Skarlat do Reino Unido, e o segundo é o próprio Gray-Sama.
Gray – Como sabe?
Yuuki – Minha tia contou uma vez essa história para mim e para o Yukine.
Yukine – Ah! É mesmo.
Gray – Bom eu tenho que ir ao banheiro, fiquem aqui, e NÃO mexam em nada.

Gray falou e saiu daquela sala indo ao banheiro que tinha no Museu, todos ficaram olhando os objetos que tinham naquela sala, até que de repente ouviram algo caíram no chão, todos olharam de uma vez para onde ouviram o barulho e viram que Jake tinha derrubado a tal pirâmide mágica no chão.

Todos – PORRA JAKE!
Jake – FOI SEM QUERER!

De uma hora para outra  uma aura negra começou a sair da pirâmide e todos se afastaram dela, logo uma silhueta se formou, e de lá se formou um homem, era o espírito de Beck, era um homem alto e de postura firme, ele olhou com olhos dourados para todos, até que parou seu olhar em Serin..

Serin - ... Ai meu deus do céu ele vai me amaldiçoar, vai comer minha alma, chamem um exorcista antes que...

Em vez de atacar ela, Beck começou a chorar e segurou a mão de  Serin que estava sem entender nada, todos olhavam mais confusos ainda..

Beck – Alicia ... você está mesmo viva?
Reficul – Quem é Alicia?
Ariel – Vai saber.

Até que Gray volta, ele olha para o Beck e depois olha para a pirâmide e seus olhos só faltam matar todos só com um olhar mortal que ele deu, logo ele percebeu o que acontecia e disse..

Gray – Alicia era sua filha?
Beck – Sim horas!! E ela está viva!!
Minami – Por que diz isso?
Beck – Por que minha filha tinha essa aparência, porém os cabelos dela eram mais curtos e os olhos um pouco maiores, o que há?
Gray – Já entendi.
Todos – Então o que é?
Gray – Alicia foi uma das vidas passadas de Serin, Serin é basicamente um tipo de “reencarnação”.
Jasmine – Sério?? Então explica tudo!
Serin – S-Sinto muito não sou sua filha...
Beck - .. Então... cadê minha filha? Onde está minha filha? O QUE FIZERAM COM MINHA FILHA?

Beck começou a se descontrolar, e logo Gray fez um feitiço que prendia Beck em correntes mágicas de selo.

Gray – Abaixa a bola, sua filha foi basicamente morta.

Beck entrou em choque e de repente todos os objetos dali começaram a ser quebrados por uma magia dele, Gray entrou em desespero por que ele iria ter que pagar todos aqueles objetos raros.

Gray – CHEGA! CALMA! PELO AMOR DE DEUS NUM QUEBRA ESSAS COISAS!
Beck – Como ela morreu?
Gray – Ninguém sabe.
Beck - ... Voltem no tempo, e descubram como Alicia morreu, ou eu... irei matar todos daqui, irei destruir todo esse Museu, irei acabar com toda a vida da Terra.

Uma onda de magia cresceu repentinamente naquela sala, e toda essa onda vinha de Beck, Gray suspirou ele não estava fim de guerras..

Gray – Você sabe fazer uma magia de volta ao tempo?
Beck – Sim, e ela não mudara a linha de tempo até aqui! Porém eu mesmo não posso entra em uma magia feita por mim.
Gray - .. Quem são os mais rápidos daqui?

Todos apontaram para Yuuki e Jhon que ficaram com todo o trabalho.

Léo – Que bom que não sou um tio da agilidade.
Gray – Ótimo o problema é de vocês?
Jhon – O QUE?
Gray – Corram bem rápido até onde Alicia estava e vejam como ela morreu, depois voltem bem rápido e contém para o Rei como ela morreu.
Yuuki – E onde ela tava?
Beck – No quarto dela, irei levar vocês dois corredores antes do quarto dela.
Jhon – Ok eu acho.
Todos – Boa sorte!

Beck abriu um portal de volta ao tempo, e logo Yuuki e Jhon saíram correndo por ele, passaram por túnel negro como se estivessem no nada, até que uma luz forte fez ele dois fecharem os olhos e quando abriram de novo estavam no corredor de um castelo,  logo saíram correndo super rápido pelos corredores a procura do quarto de Alicia.

Jhon – My Name Is Barry Allen ( entendedores entenderão.)

Logo acharam o quarto da menina e entraram lá e viram ela ser queimada viva..

Yuuki – Ai meu deus...
Jhon - .. Não é atóa que não descobriram nada sobre ela!
Yuuki – V-Vamos logo.

Os dois concordaram e saíram daquele quarto e correram de volta para o portal, passaram pela mesma “escuridão” e voltaram a sala de Museu.

Beck – Finalmente! E então?
Jhon – Dois guardas ...
Yuuki – Queimaram ela viva.
Beck – Entendo..
Gray -.. Vamos colocar você de volta na pirâmide.

Gray fez uma magia e devolveu depois de 5 minutos Beck para sua pirâmide..

Todos suspiraram, logo terminaram aquela excursão e voltaram para a Escola onde Gray iria dar o castigo de Jake que foi quem quebrou a pirâmide, logo ele saiu arrastando o coitado pelo corredor.

Akyo – Parece que teremos que fazer o enterro dele.
Léo – Foi bom em quanto durou amigo.
Haru – Vá com Deus.
Jake – NÃO DIGAM ISSO! EI GRAY DÁ TRÉGUA FOI SEM QUERER – le some junto do Gray. -

Quando deu 14 horas da tarde daquele mesmo dia, a diretora Mary apareceu perto de todos que estavam no Ginásio e ela começou a falar..

Mary – Bom como vocês já devem saber, estão perto do fim do ano escolar, e a partir daí vocês iram para alguma guilda ou qualquer coisa que quiserem, por isso estamos dando várias missões para vocês faz algum tempo para poder avaliar se vocês passam ou não, então decidi dar uma missão mais fácil! Vocês vão caçar um grifo e iram trazer a cabeça dele para mim!
Reficul – Não é nada fácil caçar uma grifo!!
Yukine – Por que quer a cabeça dele?
Mary – Estou testando uma coisa nova e preciso da cabeça de um grifo.

Todos suspiraram com a idéia de ter que caçar um animal.

Mary – O que ainda estão fazendo aqui?
Todos – JÁ É PRA IR?
Mary – Sim, agora!

Todos foram para fora da escola,  e começaram a pensar, onde eles poderiam pegar o tal grifo, logo Ariel lembrou que grifos podem ficar perto de fazendas que ficam longe da cidade grande, então todos tiraram a conclusão que deveriam ir para os campos e vila que ficam longe da cidade, começaram por um campo enorme com algumas árvores, o vento batia forte, e logo viram no céu a criatura enorme com suas asas voando para lá e para cá a procura de algo para comer.

Yuuki – Se ao menos o Jake estivesse aqui, ele atiraria uma flecha e mataria em 1 segundo esse grifo.
Haru – Sim.
Todos – Saudades Jake.
Jasmine – Estão falando como se ele tivesse sido morto.
Akyo – Vamos atrair ele para cá e todos nós atacamos ele, Grifos tem um bom senso de luta, e também a carne deles não é fofinha e bem dura, então é preciso de muita gente como nós.
Syrus – Grifos comem raposas?
Yukine – Eles comem qualquer animal menor que eles não?
Syrus – Tive uma idéia. – Olha para a Serin com um olhar sinistro. -
Serin – H-HÃ?

Todos dizeram Serin virar raposa, e ficaram jogando ela para cima para atrair a atenção do grifo, todos jogavam a Serin para cima como se ela fosse um sacrifício, logo o grifo viu a raposa, tomou impulso e desceu como rapidez do céu em direção a Serin que logo deu um pulo e saiu dos braços dos amigos e começou a correr como se não houvesse o amanhã.

Minami invocou sua lança feita de cristal e lançou na direção do grifo que desviou apenas ao virar sua cabeça mais pro lado (SÓ pra avisar, esse grifo aqui que criei solta fogo, quem vier com “ain grifos não soltam fogo”, já deveria saber que a essa fanfic aqui desafia as leis da física, da vida, da porra toda, E Eu sei que grifos num soltam fogo), Jhon pegou sua espada e com ela lançou vários raios em direção ao grifo que desviou porém logo foi atingindo na coxa da perna da esquerda pela espada de Jhon.

Akyo invocou sua espada demoníaca e encheu ela de veneno na lâmina, partiu para cima do grifo, que se defendia da lâmina da espada com o rabo e as garras, Logo Haru pegou sua foice e jogou com força na direção do grifo e acabou fazendo um corte no ombro esquerdo do grifo que rugiu alto, Yukine pegou suas várias adagas e jogou todas rapidamente no grifo fazendo vários cortes neles e o distraindo, Yuuki usou o poder de Freed e criou barreiras ao redor do grifo que tentava sair da barreira como se fosse um passarinho na gaiola (que triste ;-;), Ariel começou a causar alucinações no grifo, Akyo e Léo aproveitaram a chance e atacaram ao mesmo tempo o grifo, Léo deu um super chute com sua força máxima nas costas do grifo que fez o mesmo se contorcer, e Akyo perfurou o braço inteiro do grifo que rugiu ainda mais..

De repente ele abriu o bico e começou a soltar fogo para todos os lados sem parar, todos se afastaram surpreendidos, e Serin pulou na frente do grifo ainda em forma de raposa, e soltou fogo na  direção  dele e assim ficou o fogo do grifo e de Serin segurando um ao outro e competindo quem era mais forte nas chamas, Jasmine congelou o tempo e lançou uma enorme esfera de água em direção a boca do grifo, ela descongelou o tempo e toda aquela água apagou as chamas do grifo que ficou todo molhado, Yukine deu um salto e jogou 10 adagas em casa do Grifo que começou a cair para baixo, Yuuki deu um salto e caiu em cima da barriga do grifo o jogando mais para baixo ainda, Syrus fez várias bolas de fogo atingirem o grifo que rugiu, Haru foi rápido deu um salto, girou no ar, pegou impulso e em um golpe cortou a cabeça do enorme grifo fora.

Jhon – Finalmente, matamos esse desgraçado.
Haru – Quem vai carregar a cabeça dele?
Reficul – Eu carrego.
Serin – Pior missão.
Minami – Bom, já estivemos em piores.
Syrus – A pior foi aquela da ilha das ilusões.
Todos – Ah verdade!

Todos riram um pouco, e logo voltaram para a escola acabados, perceberam que todos os alunos estavam indo para o ginásio, então eles foram também, e lá estava a diretora, em cima de um palco improvisado, começando mais uma reunião.

D.Mary – Boa Tarde alunos, bom, faltam poucos dias para vocês se formarem, a nossa escola oferece várias chances para vocês decidirem o que fazer depois daqui, podemos ajudar vocês a entrarem em uma guilda, podemos ajudar quem quer viver entre os humanos, e até mesmo quem quiser trabalhar aqui na escola, na verdade essas são as únicas 3 escolhas, os professores estão passando e entregando um papel para vocês e lá você vão assinar com o nome de vocês que rumo vocês vão tomar, no dia da formatura direi quem passou e quem não passou.

Todos receberam a folha que tinha escrito:

“ Escolha uma das próximas 3 opções, assinando seu nome:

1 – Viver entre os humanos.
x

2 – Trabalhar nessa ou em qualquer outra escola.
x

3 – Entra para a Guilda.
x

Obrigado por fazer parte da nossa história.”

Todos ficaram meio tensos, Reficul logo entregou a cabeça do grifo para a diretora Mary que pegou a cabeça como se sua vida dependesse daquilo.

Logo todo nosso grupo estava reunido olhando cada um para seu papel..

Haru - .... O que vamos fazer.. é uma pergunta difícil.

E todos concordaram.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...