História School The Peculiar Children. (Mitw, L3ddy, Cellps, etc.) - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Christian Figueiredo, Felipe "Febatista" Batista, Felipe Castanhari, Felipe Z. "Felps", Gabriel "MrPoladoful", Guilherme Damiani, Gustavo Stockler (Nomegusta), João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Júlio Cocielo, Kéfera Buchmann, Leon Martins, Leonardo Bacci (BomDiaLeo), Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Lucas Henrique e Rosane Martins (Casal de Nerd), Lucas Lira (Invento na Hora), Luiz Felipe (Luiz 1227), Lukas Marques & Daniel Mologni (Você Sabia?), Mauro Nakada, Nilce Moretto, Patricia "Pathy" dos Reis, Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso, Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes, TazerCraft, Thiago Elias "Calango"
Personagens Alan Ferreira, Christian Figueiredo, Daniel Mologni, Felipe "Febatista" Batista, Felipe Castanhari, Felps, Gabriel Tenório Dantas, Guilherme Damiani, Gustavo Stockler, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Júlio Cocielo, Kéfera Buchmann, Leo Bacci, Leon Martins, Lucas "LubaTV", Lucas Henrique, Lucas Lira, Lucas Olioti, Luiz Felipe "Luiz 1227", Lukas Marques, Mauro Nakada, Mike, Nilce Moretto, Pac, Patricia "Pathy" dos Reis, Pedro Afonso Rezende Posso, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes, Rosane Martins, Thiago Elias "Calango"
Tags Cellps, Etc Yandere Simulador, L3ddy, Mitw
Exibições 140
Palavras 2.291
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Escolar, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sei q demorei, n me culpem. Boa Leitura!🐹

Capítulo 12 - ■》New Pretty Psycho《■


Fanfic / Fanfiction School The Peculiar Children. (Mitw, L3ddy, Cellps, etc.) - Capítulo 12 - ■》New Pretty Psycho《■


Luba

Acordo em lugar branco, olho para os lados e vejo T3ddy parado na minha frente.
Luba:Onde eu to? (Aut:Sera q eu to em alagoinha? Ta parei)
T3ddy:Na enfermeira, dinovo.-ele ri.
Luba:Cade a Neko?
T3ddy:A menina que também se machucou?-concordo-Ela ta na maca depois da cortina.
Luba:Ela ta acordada?-ele nega. Coloco minha cabeça no traveseiro, fecho os olhos, tento me lembrar do que aconteceu, não consigo-T3ddy, pega um copo de água pra mim por favor?-ele assente sorrindo e sai do local.

Forço minha memória, por que não consigo me lembrar?
Neko:OI LUBA!!-ouço uma ser gritando do meu lado.
Luba:Tu quer me matar de susto caralho?!!-ela começa a rir e abre a cortina com um pouco de dificuldade.
Neko:Eu queria falar com você a mó tempão, mas você tava dormindo e quando você acordou começou a conversar com aquele tal T3ddy.-eu sorri.
Luba:Eu tava sentindo sua falta...-digo sorrindo e ela retribui.
Neko:Também senti sua falta rapaizinho...-bufo e começamos a rir.
Luba:O que você queria falar comigo?-ela passa a mão pela franja que cobria a parte esquerda de seu rosto. Estranho, ela nunca usa a franja cobrindo tanto assim o olho-Neko, o que aconteceu?-to ficando preocupado.
Neko:Eu não sei o que aconteceu, quando eu acordei já estava assim...
Luba:Amanda, o que foi?-ela vira o rosto pro meu lado, ela estava de olhos fechados, ela coloca a franja atrás da orelha e abre os olhos...Seu olho esquerdo, antes azul, estava vermelho, mas um vermelho muito forte-Você acha que...-ela me enterrompe.
Neko:Eu não fiz isso Luba...não dinovo...-ela olha pro chão-Eu não sei se ta acontecendo dinovo, eu não...Você sabe. 

Se um demônio, ou mestiço no caso dela, bebe sangue de anjo ele fica com a cor do olho vermelho e fica tipo, querendo mais sangue de anjo. A Neko fica com só o olho azul vermelho porque tipo, o olho castanho representa o lado anjo dela e o azul o lado demônio, é complicado eu sei. Eu nunca bebi, por isso não fico assim, mas a Neko foi criada por demônios até os oito anos, depois a Nenha atacou o reino dela e teve pena da Neko, então criou ela no nosso reino, mas pelo menos uma vez por ano a Neko tinha que beber sangue de anjo. Pelo que eu sei, a Neko ta a muito tempo sem beber sangue, temos que tomar cuidado, se a neko se descontrolar o Cellbit e o Mike tão fudidos.

 Um silêncio ficou no quarto, eu ia falar alguma coisa, mas na hora T3ddy chega.
T3ddy:Sua água Luba.-ele me entrega a água. Neko coloca a franja tampando o olho esquerdo-Quem é ela?-ele pergunta sussurrando em meu ouvido.
Luba:T3ddy essa é Neko, Neko esse é o T3ddy.-digo apresentando os dois.
Neko:Oi T3ddy!-ela diz balançando a mão.
T3ddy:Oi!-ele tava tímido. ELE TAVA MUITO FOFO!!!!!!!!!!
Neko:Se controla Luba.-ouço Neko dizer, então me lembro de um pequeno detalhe, a filha da puta sabe ler mentes. (Aut:Sim eu sei fazer td nessa caralha me deixa ser feliz caralho! Mano eu to escrevendo isso em baixo de um ar condicionado, e ta frio pra porra!!! Eu não estou sentindo a ponta dos meus dedos! Eu to congelando!)
Luba:T3ddy, você sabe o que aconteceu com a gente?-ele se senta na beirada da cama.
T3ddy:Pelo que Cellbit e Mike falaram, vocês cairam da escada, eles disseram que vocês basicamente desceram a escada rolando. Eu fiquei morrendo de medo de alguma coisa acontecer com vo...-ele cora-Com vocês...-ele ta muito fofo mano.
Luba:Cara, vai ser fofo assim na casa do caralho!-digo me sentando na cama e apertando suas bochechas.
T3ddy:Para Luba!-ele diz e nos começamos uma mine-guerra.
Luba:Vai se ferrar T3ddy!-eu começo a bagunçar seu cabelo.
T3ddy:Ho você para!-ele diz me jogando na cama e ameaçando fazer cosquinhas em mim-Você para com essa porra!-Neko só ria, ela ainda me paga.
Luba:Cosquinha não vale T3ddy!-ele basicamente dispenca em cima de mim, ele se joga, deita, sei lá que caralha esse ser fez que caio com tudo em cima de mim-Aiiii Lucas!!! Seu bruto do caralho!!!-eu olho pra ele, ele estava corado e bem perto de mim, eu fiquei vidrado em seu olhar. Ele se aproximou mais perto, ele estava quase me beijando, então percebo o que estávamos presentes a fazer, quando ela ia encostar nossos lábios eu viro o rosto.
Neko:NÃO!! Luba estraga prazeres...-Neko bufa, eu e T3ddy rimos, mas eu ri de vergonha.
Luba:Não tava acontecendo nada.-digo e ela arqueia uma sobrancelha.
Neko:Tem certeza Lubinha?-ela com certeza ta lendo minha mente, que filha de uma...
???:OIIIIIIIIEEEE!!!!-ouço alguém gritar enquanto entra no quarto, era o Felps, Pac, Batista e Guaxinim.
Luba:É assim que se entra em um lugar onde pessoas estão internadas? E no caso, as pessoas somos eu e a Neko.-digo e Guaxinim vem até mim.
Guaxinim:Tem razão, foi mal gente.-ele sorri-Vamos começar dinovo.-ele sai do quarto-OIIIIIII LUBA!!!!-ele diz correndo e se tacando em cima de mim.
Luba:GUAXINIM!!! SEU GORDO DO CARALHO! SAI DE CIMA DE MIM!!!!-grito, todos começamos a rir. Guaxinim vai até Neko, ele ia fazer a mesma coisa com ela.
Neko:Você nem pense eu fazer isso!-ela diz com um olhar psicopata. Ele volta e fica do meu lado.
Pac:Mas então gente, ceis já tão bão?-ele pergunta e concordamos.
Felps:Quando vocês vão poder sair daqui?-Felps pergunta se encostando na parede.
Luba:Não sei, mas espero que seja o mais rápido possível. -ficamos conversando por mais um tempo, então Cellbit e Mike chegam. FUDEU!!!
Mike:Oi gente!-ele dis assim que entra, Neko olha para os dois e da uma lambida discreta no beiço inferior. Eu tenho que fazer alguma coisa.
Cellbit:Oi Felpo!-ele diz se encostando perto do Felps.
Neko:Lu-Luba...-Neko me chama-Me ajuda...-ela sussurra. Me levanto da cama com um pouco de dificuldade, T3ddy quase morreu quando eu me levantei, puxo Mike e Cellbit pra fora da enfermaria.
Mike:Que foi Luba?-ele pergunta.
Luba:A Neko ta mal.-eles não entendem-A Neko acordou com o olho vermelho, ela jura que não bebeu sangue de anjo, afinal vocês são os únicos anjos aqui, ela quer sangue e no momento é o de vocês que ela quer.-Cellbit fica meio assustado, mas Mike continua normal.
Mike:Mantenha a Neko o mais longe possível do Cellbit, eu volto em meia hora no máximo.-ele sai correndo para o quarto dele.

Voltei para dentro da enfermaria, falei pro Cellbit ir para o dormitório dele, assim que entrei todos ficaram me encarando.
Luba:Que foi gente, tira uma foto que dura mais!-digo me deitando na maca novamente.

Conversamos sobre coisas aleatórias, eu ficava toda hora olhando para o relógio em cima do armário, o que caralhos o Mike estava fazendo?

Mike

Na moral...Haiii....espero que seja o suficiente...Haii meu braço caralho!!
   Limpo a katana, guardo a mesma em baixo da cama, pego um pano molhado e amarro no corte. Coloco o meu sangue em uma garrafa térmica vermelha e vou correndo pra enfermaria.

Chegando lá estava todo mundo conversando. Assim que eu entrei Neko me olhou de um jeito que parecia que ia me matar. Caminho até a maca dela e entrego a garrafa.
Neko:O que é isso?-ela pergunta balançando a garrafa.
Mike:Meu sangue, espero que seja o suficiente.-ela sorri, abre a garrafa e começa a beber freneticamente. Aos poucos o olho azul dela foi voltando. Sorri com o resultado.

Pac

Estamos conversando de boas até que uma enfermeira/puta entra no local. Sério cara na moral, ela tinha cabelo rosa, usava um uniforme de enfermeira com um decote até o umbigo, o uniforme era curto pra cacete, ela ainda usava uma meia 3/4 e dava pra ver a calcinha dela. Assim que ela entra ela olha direto pro Mike. Vou matar essa prostituta.
Enfermeira:Boas notícias, vocês já vão poder ter "alta", podem arrumar suas coisas.-ela diz indo em direção de Mike-Oi, qual seu nome? Me chamo  Alicia.-ela diz quase esfregando os peitos na cara do Mike. Eu juro por tudo que é mais sagrado, eu vo matar essa filha de uma...
Neko:PAC!!-ouço Neko quase gritando do meu lado.
Pac:Que foi?-pergunto sem tirar o olho daquela puta de cabelo rosa.
Neko:Ta muito na cara que você ta com ciúmes do Mike.-ela diz e virando para ve-la.

Pac:Mas olha a aquela puta, ela ta quase colocando o Mike no meio dos peitos dela!!-(Aut:Eu imaginei essa cena...kkkkkkk) ela sorri.

Neko:Eu posso te ajudar com ela, me encontra atrás da quadra meia noite.-ela diz e sai do lugar.
Mike:Pac, você vai pro quarto agora?-ouço Mike perguntar, eu me viro pro mesmo.
Pac:Vo-Vou...-fomos pro quarto.

Chegando lá percebo que tem algo estranho no Mike. Então vejo um pano vermelho em seu braço.
Pac:Mike, o que é isso?-pergunto apontando pro pano.
Mike:E-Eu me cortei sem querer...-ele diz coçando a nuca.
Pac:Não é assim que se cuida de um corte sabia?-digo irônico-Pode inflamar.-digo sentando ele em sua cama e indo ao banheiro.
Mike:O que você vai fazer? -ele pergunta e eu saio do banheiro.
Pac:Cuidar desse corte.-digo me sentando ao seu lado.

Nos quartos tem uma maleta de primeiros socorros, la tem tudo que eu iria precisar.
   Tiro o pano do corte, o corte não era tão fundo. Pego o remédio e coloco em um algodão.
Mike:Uma perguntinha, isso arde?-eu dou um sorriso.
Pac:Depende da sua definição de "arder".-coloco o algodão no corte, Mike da um gemido de dor-Calma, só mais um pouquinho.-termino de passar o remédio e ele da um suspiro de alívio. 

Pego um rolo de gase e enrolo no corte, corto o excesso e prendo com aquela fitinha que eu esqueci o nome.
Pac:Pronto senhorita.-digo sorrindo.
Mike:Veleu.-ele sorri também. Vejo que tinha uma gota de sangue escorrendo atrás do braço dele, limpo a gota com o dedo e depois lambo o mesmo.
Pac:Mas olha a aquela puta, ela ta quase colocando o Mike no meio dos peitos dela!!-(Aut:Eu imaginei essa cena...kkkkkkk) ela sorri.

Neko:Eu posso te ajudar com ela, me encontra atrás da quadra meia noite.-ela diz e sai do lugar.
Mike:Pac, você vai pro quarto agora?-ouço Mike perguntar, eu me viro pro mesmo.
Pac:Vo-Vou...-fomos pro quarto.
  Pac:Mas olha a aquela puta, ela ta quase colocando o Mike no meio dos peitos dela!!-(Aut:Eu imaginei essa cena...kkkkkkk) ela sorri.

Neko:Eu posso te ajudar com ela, me encontra atrás da quadra meia noite.-ela diz e sai do lugar.
Mike:Pac, você vai pro quarto agora?-ouço Mike perguntar, eu me viro pro mesmo.
Pac:Vo-Vou...-fomos pro quarto.

Chegando lá percebo que tem algo estranho no Mike. Então vejo um pano vermelho em seu braço.
Pac:Mike, o que é isso?-pergunto apontando pro pano.
Mike:E-Eu me cortei sem querer...-ele diz coçando a nuca.
Pac:Não é assim que se cuida de um corte sabia?-digo irônico-Pode inflamar.-digo sentando ele em sua cama e indo ao banheiro.
Mike:O que você vai fazer? -ele pergunta e eu saio do banheiro.
Pac:Cuidar desse corte.-digo me sentando ao seu lado. 

Nos quartos tem uma maleta de primeiros socorros, la tem tudo que eu iria precisar.

Tiro o pano do corte, o corte não era tão fundo. Pego o remédio e coloco em um algodão.
Mike:Uma perguntinha, isso arde?-eu dou um sorriso.
Pac:Depende da sua definição de "arder".-coloco o algodão no corte, Mike da um gemido de dor-Calma, só mais um pouquinho.-termino de passar o remédio e ele da um suspiro de alívio.

 Pego um rolo de gase e enrolo no corte, corto o excesso e prendo com aquela fitinha que eu esqueci o nome.
Pac:Pronto senhorita.-digo sorrindo.
Mike:Veleu.-ele sorri também. Vejo que tinha uma gota de sangue escorrendo atrás do braço dele, limpo a gota com o dedo e depois lambo o mesmo.

Me levanto da cama do Mike e vou até o banheiro.
Pac:Vou tomar banho ok?-ele concorda e eu entro no banheiro.

Tiro minhas roupas e as deixo no chão mesmo,   entro no box.

Fico pensando no gosto do sangue do Mike. Não que eu seja um vampiro, óbvio isso não existe, mas...é bom o sangue dele. É doce. Então me lembro daquela vagapiranha da enfermeira. Eu quero tanto matar ela. Não é um matar do tipo, "Nossa que ódio dela, eu vou matar ela" é mais assim "Eu vou cortar pouco a pouco o corpo dela, dar alguns socos bem dados então arrancar a cabeça dela!!". Sei que isso é estranho, mas...Eu gosto. Eu tenho que encontrar a Neko, o será que ela quer?
Mike:Vamo logo Pac!! Eu quero usar o banheiro!-ouço Mike gritar, fecho o registro de água, me seco e me enrolo na toalha, coloco minhas roupas no cesto de roupas sujas e saio.
Pac:Pronto esquentadinho, pode usar o banheiro.-digo assim que saio, Mike entra e eu coloco meu pijama. Sim esta de noite.

 Deito na cama, pego meu celular eram 22:45, coloco pra ele despertar 23:30. Coloco meus fones e começo a assistir vídeos no YouTube.

Yunata
   Mais tarde...

Pac

Meu celular já despertou, coloquei um moletom azul por cima do pijama e coloquei uma calça.
   Saio do quarto sem fazer barulho e vou até a quadra. Assim que chego no lugar, estava escuro pra caralho.
Neko:Pensei que não vinha mais...-ouço Neko falar. Ela estava encostada em uma parede com uma bolsa comprida na mão.
Pac:Como você pode me ajudar?-pergunto e ela sorri.
Neko:Com isso.-ela coloca a bolsa no chão e a abre revelando uma katana comum.
Pac:O-O que eu vou fazer com isso?
Neko:Matar ela óbvio, pequeno psicopata.-ela da um sorriso psicopata.

Mil coisas passavam pela minha cabeça, eu sei que é errado...Mas desejar a morte para alguém... Ela vai tirar o Mike de mim, ela vai leva-lo para longe... Só de imaginar aquela puta sangrando até a morte ou sem sua cabeça é uma imagem linda... Sem perceber dou um sorriso igual ao da Neko.
Pac:Obrigado Neko.-pego a bolsa e saio.

Pelo caminho fico imaginando mil e uma maneiras de matar aquela vadia. O sorriso assustador não saia do meu rosto.

Chego no quarto, guardo a bolsa em baixo da minha cama, coloco meu pijama novamente e me deito.

Tenho sonhos lindos. Eu matando aquela vadia e Mike sendo meu para sempre.

  
  

Continua...


     


  




  


Notas Finais


Parasse q o psicopata dentro de Terika despertou.
Mano eu to muito puta com o Spirit!
Eu escrevo pelo celular, e depois dessas duas últimas atualizações fico muito ruim! Eu escrevo certinho no rascunho, mas quando eu vo passar pra cá A PORRA DO TEXTO FICA TUDO ERRADO!!!!
To puta a um bom tempo com o Spirit.
Bjs no cori! 🐬
(Yunata:Até a próxima!)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...