História Schoolboy - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, Lu Han, Sehun
Tags Colegial, Hunhan, Muita Putaria, Sexting, Texting
Exibições 392
Palavras 339
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pra já começar o dia bem, vim postar capítulo.
c:

Capítulo 4 - Betrayal.



Eu [14:00]: Eu quero que você pare de me mandar essas mensagens, entendeu? Você me fez passar vergonha e não quero que isso se repita de novo.

Número desconhecido [14:04]: Ah, professor, estamos apenas começando. Eu estou louco por você.

Eu [14:05]: O que eu ganharia ficando com você? Nada. Eu tenho minha esposa que é perfeita, não preciso de mais nada.

Número desconhecido [14:07]: Você ainda tem coragem de chamá-la de esposa, Sehun? Ele te trai com seu próprio primo.

[imagem]

Eu [14:10]: Isso não pode ser ela...

Número desconhecido [14:11]: Infelizmente, é ela sim, professor. Mas esquece isso... Você já me tem. Deixe-me cuidar de você, deixa eu te mostrar como ser amado, Sehunnie.

Não. Isso não pode estar acontecendo.

Jogou seu celular do outro lado da cama, sem antes imprimir aquela imagem. Desceu as escadas passando a mão em sua testa suada, por conta do nervosismo, encontrou Minhee falando ao telefone, soltando altas risadas.

— Vai foder com ele essa noite, Minhee?! — Sehun falou, jogando o papel impresso em cima de seu colo.

— S-Sehun... — Desligou o celular e me encarou com uma cara confusa, seus olhos tinha expressão medo e confusão. — Calma, não é isso que você está pensado. ­— Disse a loira, Sehun riu cínico para a mesma.

— Você transa com ele toda a noite, enquanto eu fico em casa corrigindo provas e mais provas, e você a cara de pau de falar que não é isso que estou pensando? ­— Sehun riu. — Eu quero que saia daqui agora. ­— Falou enxugando as lágrimas com a costa de sua mão.

Depois que Minhee saiu de sua casa, Sehub se sentiu melhor, não sabia que sua mulher o traía, mas sentiu que o que fez fora a coisa certa a se fazer.

Pegou as chaves do carro e dirigiu rapidamente até o bar mais próximo de sua casa. Iria afogar suas mágoas ali mesmo.

Número desconhecido [15:00]: Sehun?

Quer saber? Que se foda, não é?

Eu [15:01]: Você tem um vibrador aí?

Número desconhecido [15:03]: Tenho... Por que?

Eu [15:04]: Vamos nos divertir, baby.


Notas Finais


FINALMENTE O SEHUN ENTROU NA ONDA DO NOSSO PERVERTIDO.
HEHEHEHE
Acho que vocês já sabem que é, né? Impossível não saber. q
Deixem seus comentários falando o que acharam do capítulo. c:


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...