História Schuyler - Capítulo 1


Escrita por: ~

Visualizações 7
Palavras 217
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Holo o/

Não é exatamente como imaginava a minha primeira fanfic de Hamilton, mas é, não posso negar ter ficado feliz com essa.

Poderia ter feito algo melhor, sem dúvidas, mas tive a impresssão de que essa, mesmo que simples, passou tudo o que eu queria passar...Mas acho que seria legal escrever uma short-fic Leggy com um tema parecido...

Eu sou um lixo por Leggy, mas não posso resistir, eles ficam tão fofos juntos <3

Enfim...Espero que gostem o/

Capítulo 1 - Capítulo Único


Ser frequentemente esquecida e ignorada não me machucava mais.

 

Havia me acostumado a maneira com que me rotulavam, sabia que não importava o que fizesse, nada seria capaz de fazer alguém prestar a atenção em mim, afinal, as minhas irmãs são melhores do que mim de todas as formas possíveis.

 

Talvez o meu sobrenome seja a única coisa memorável sobre mim, ou a única coisa da qual possa me orgulhar, e talvez o triste em tudo isso seja que tenha sido algo fora do meu controle.

 

É possível que tal pensamento tenha me feito desejar, mais do que tudo, ter nascido em uma outra família, sem irmãs para me machucar ou expectativas para atender, talvez então pudesse ser finalmente feliz, talvez só então poderia me orgulhar de ser eu.

Mas, como tudo que me incomodava, aprendi a lidar com a dor e a ignora-la, e apesar de saber que criar expectativas era inútil naquele ponto, ainda criava esperanças de que algum dia, eu fosse lembrada pelas gerações futuras por algo, assim como as minhas irmãs com toda a certeza seriam.

Eu ainda cultivava um pouco de positividade dentro de mim, tão secreta que as vezes nem eu conseguia vê-lo, mas aquilo me dava forças para continua vivendo, me erguendo, e acreditando.

Aquilo me fazia ser Peggy Schuyler.


Notas Finais


Desculpa.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...