História Se a minha vida fizesse sentido - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lukas Marques & Daniel Mologni (Você Sabia?)
Personagens Daniel Mologni, Lukas Marques, Personagens Originais
Tags Amigos, Daniel Molo, Daniel Mologni, Heterossexualidade, Lukas Marques, Praia, Romance, Sexo, Voce Sabia
Exibições 81
Palavras 728
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OI galero, que sdds. Desculpa por ter ficado muito tempo sem postar, é que eu estava com uns problemas, mas se der tudo certo, vou voltar a postar dois por semana. bjs e espero que gostem

Capítulo 8 - Ela ainda gosta de você?


Fanfic / Fanfiction Se a minha vida fizesse sentido - Capítulo 8 - Ela ainda gosta de você?

Acordei com o despertador berrando no meu ouvido como todos os dias, mas pelo menos foi com uma música mais agradável, tem jeito melhor de acordar ouvindo An Epic Of Time Wasted do Avenged Sevenfold? - quem conhece, conhece- Levantei e fui para o banheiro, fiz o que tinha que fazer, e fui pra escola.

Saí de casa bem cedo, para poder conversar com o Thomas na escola e tentar falar com o Lukas, pois ele anda muito estranho.Em menos de 20 minutos eu já tinha chegado na escola, estava vazia como sempre, então fui na lanchonete do outro lado da rua para comprar um energético e uns salgadinhos. 5 minutos depois eu estava conversando com o Thomas até o Daniel chegar  me abraçar por trás, olhando fixamente para Thomas e ele retribuindo o olhar.

 

- Olha só, se vocês forem brigar me avisem, porque eu quero pegar a pipoca ali.

- Ninguém vai brigar aqui não, Lia, relaxa.- Thomas falou e eu concordei com a cabeça.

- Alguém aqui viu o Rafa e o Lukas?

- O Lukas está chegando e o Rafa talvez falte hoje.- Daniel falou

- Eita, tu ta informado hein. Bom eu vou ali esperar o Lukas, preciso falar com ele. Tchaau- Saí dali bem rapido possivel e fui ver se ele já tinha chegado, pois eu sinto falta dele enchendo a minha pacienia.

 

Sentei em um banco e peguei meus fones e o energético e comecei a ouvir musica bebendo o treco, e só depois de ouvir 4 vezes Sweet child o' mine inteira ele chegou com cara triste e eu sem saber o que deu em mim, fui correndo e dei um abraço bem forte nele.

 

- Me desculpa, eu não sei o que deu em mim, estou indo.

- Eii, relaxa- ele fala segurando no meu pulso e me levando para perto dele.- Eu precisava de um abraço e o seu me ajudou muito.- ele fala isso olhando no fundo dos meus olhos e me deixando toda arrepiada. Mas do nada uma menina passa no meio de nós e olha fixamente para Lukas e depois olha brava para mim.

- Perdeu alguma coisa na minha cara minha filha? Vem buscar fofa- Digo olhando feio para ela também.

- Menina você não me provoca.

- Aíaí, e tu vai fazer o que oh, voz irritante.

- Renata, para com isso, vamos embora.

- Voce conhece essa aí?- pergunto ele confirma apenas com o olhar.

- Essa aí nada, mais respeito comigo. 

- Respeito você exige da tua mãe queridinha, eu não sou obrigada a nada.

- Chega voces duas, Lia vem comigo, e Renata, vá para a puta que te pariu que eu não quero mais saber de você.

 

Segui o Lukas até o outro lado da escola, perto da garagem.

 

- Lukas, quem é Renata?

- A ex namorada mais chata do universo.

- Ela ainda gosta de você?

- Se sim ou se não, eu não ligo, quero que ela se foda

- Eita, mas o que ela fez foi muito grave?

- Podemos mudar de assunto? Na verdade a gente tem que ir pra sala agora.

- Você pode ir lá Lukas, mas eu não vou.

- Por que?

- Porque eu não quero 

- Se você não vai, eu também não vou.

- Para de graça Lukas, vai logo.

- Não. O que pensou em fazer o dia todo?

- Em nada. Tem alguma ideia?

- Sim - ele foi na minha direção e me deu um beijo quente e cheio de desejo, ele pede passagem com a lingua e eu cedo sem nem pensar duas vezes. Enquanto ele passeava com a mão por todo o meu corpo, eu apenas acariciava os seus cabelos negros e meio lisos sem me importar com as coisas. Depois de algum tempo, nos separamos por falta de ar, e assim que recuperamos o folego, nossas ocas estavam grudadas novamente, sem eu ao menos perceber eu estava encostada na parede de dentro da garagem e depois com as pernas na cintura dele.

Lukas separou o beijo depois de alguns minutos e eu pude respirar melhor agora.

 

- O que acha de irmos lá em casa, ganhei um cachorro ontem, o nome dele é Buddy.

 - Adoro cachorro, vamos.

 

20 minutos depois estavamos em frente a um condominio gigante, ele mora mesmo aí?


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...