História Se eu te amo? Demais! - Capítulo 89


Escrita por: ~

Postado
Categorias Júlio Cocielo
Personagens Júlio Cocielo, Personagens Originais
Tags Julio Cocielo, Kelsey Calemine, Romance, Tequila
Exibições 237
Palavras 1.244
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá Tequilinhas e Tequilinhos ♥
Vcs estão bem? Bom, espero que sim!
Desculpem ter postado atrasado, tô ainda meio perdidona no Horário de verão aqui de sampa :(( Muito calor! Manda chuva, Jeová! qqq
Se o gif pegar (o que acho que não vai acontecer), GIF ALEATÓRIO DO COCIELO!
Se não pegar, apenas ignorem por que é horrível postar gifs pelo Google Chrome :(
Boa leitura, sei que vcs estão afim de ler, então vou parar de encher o saco! ♥

Capítulo 89 - Praia (Parte seis)


Fanfic / Fanfiction Se eu te amo? Demais! - Capítulo 89 - Praia (Parte seis)

| | D I A | S E G U I N  T E | |

Acordei com a claridade invadindo o quarto do Júlio. Ele ainda estava dormindo, devia estar cansado de ontem. Eu estava com a cabeça latejando de tanta dor. Nunca mais irei beber. Me levantei, mas me senti tonta e caí sentada na cama de volta. Júlio acordou assustado e com aquela bela voz de sono dele, ele perguntou:

- Ei, amor, está tudo bem com você?

Ouvir ele me chamar de amor fez o meu dia. Aquela voz de sono gostosa de se ouvir, e aquela palavra tão fofinha sair da boca dele. Com certeza, fez o meu dia inteirinho.

- Que fofinho você me chamar de amor – sorri.

- Você é a minha mozona. Mas é só minha mesmo – ele disse e depois riu, eu também ri. – Mas, o que você tem?

- Eu sei lá. Me levantei da cama e me senti tonta, caí sentada aqui e você acordou assustado. Deve ser a ressaca, bebi muito ontem.

Júlio sentou na cama, coçou os olhos e eu deitei na cama, colocando minha cabeça nas coxas dele.

- É. Eu também bebi muito.

- Todos bebemos. Eu lembro de ter falado pra Gabii que seu pau era enorme – comecei a rir sem parar e o Júlio também.

- Meu Deus, Margo, você só em faz passar vergonha!

Eu ri e olhei no fundo dos olhos dele com um sorriso enorme no rosto.

- Eu te amo tanto.

Ele sorriu envergonhado. Ele sorrindo é uma das melhores coisas do mundo. Ele é lindo. É ele quem eu amo. Bom, eu machuquei ele quando eu neguei o pedido de casamento, mas pra que casamento se eu já sei que quero passar o resto da minha vida com ele? É ele quem eu quero. Já tenho certeza absoluta disso.

- Eu também te amo, Margo. Você não imagina o quanto...

Ele sorriu e selou nossos lábios. Ele ficou mexendo no meu cabelo e acariciando meu rosto. Aquela cena estava melhor impossível.

Me sentei na cama, fazendo perna chinês e olhando para o Júlio. Eu olhava atentamente pra ele e ele retribuía o olhar. Seus olhos castanhos escuro estavam brilhando. A curva do sorriso dele... Aaah, a curva do sorriso dele. É a curva mais linda que já vi.

- Gosto do formato da sua boca quando você ri; é a curva mais linda que já vi – disse e sorri.

- Seu sorriso é o mais lindo que eu já vi. Gosto do som da sua risada, é escandalosa. Quando você se empolga, ri igual um golfinho – ele riu e eu também ri. Ele tinha razão, pareço uma golfinho rindo.

- Olhe pelo lado bom, golfinhos são lindos.

- Você é até mais que isso.

Eu soltei um riso pelo nariz e olhei pra ele. Sentei no colo dele, ficando de frente pro mesmo, segurei o rosto dele e encostei nossas testas.

- Eu te amo muito. É tanto amor que nem sequer cabe dentro do meu coração. Obrigada por fazer meu coração derreter feito gelo perto de lava. Obrigada por cada segundo que você passou comigo, me aguentando – fechei os olhos e continuei na mesma posição. Júlio colocou a mão na minha cintura e uma lágrima escorreu pelo meu rosto.

Júlio Cocielo – Quarto do mesmo – 09:15AM

Não vou pedir pra voltar com ela agora. O plano já está elaborado na minha cabeça. Hoje à noite, vou pedir pra ir com ela na Praia e vou pedir pra voltar com ela. Só espero que ela aceite, e que não negue como negou o pedido de casamento. Eu amo a Margo e tá difícil ver ela andando com o João e só de pensar nela beijando outras bocas meu coração aperta. Ela pensa que ninguém sabe, mas sabemos que ela já ficou com o João algumas vezes escondidas e todos sabemos que o João gosta dela, mas ela não quer enxergar isso.

- Margo, eu te amo tanto que puta que pariu! Não consigo mais esconder o que sinto por você, você é a melhor pessoa com quem eu já namorei. Transar com você é a melhor coisa do mundo. Zoar com você, aguentar você subindo nas minhas costas toda hora, aguentar você pedir um Milk Shake toda hora, aguentar você querendo comer Fast Food mas não come por que tem medo de engordar, é foda, sabia? Eu te amo muito, muito, muito... – eu sorri e ela sorriu também. Abri meus olhos e uma lágrimas havia escorrido pelo rosto da Margo. Afastei ela rapidinho e limpei a lágrima, dei um beijo demorado nela e a abracei o mais forte possível. Ela riu muito. – Eu disse que você parecia um golfinho rindo – ela riu ainda mais. – Ei, quando escurecer, vêm na Praia comigo?

- Claro, mas pra que ir na Praia quando está de noite? – ela perguntou e apertou minhas bochechas.

- Se vir, descobrirá! – disse com uma voz engraçada, já que a Margo estava apertando muito forte as minhas bochechas.

- Te amo – selinho. – Te amo – selinho. – Te amo – selinho. – Te amooooooo! – e ela me deu um beijo demorado. Eu estava por cima dela e as coisas estavam esquentando quando alguém abriu a porta.

- Obrigada a seja lá quem for que abriu a porta agora – disse, meio puto. Olhei pra porta e era a Raquel.

- Ei, se acalma senhorita! Vocês vão tomar café da manhã? – Raquel disse e fez biquinho.

- Claro, mas vou tomar banho primeiro – Margo disse e se levantou.

- Ok, mas quero vocês lá em baixo daqui a pouquinho. Tchau casal dois mil e dezessete! – Raquel disse e bateu a porta.

- Como ela é idiota – Margo disse, rindo.

- Por que?

- “Casal dois mil e dezessete” – ela disse fazendo aspas com os dedos. – Que merda, cara.

- Apoio a gente ser o casal dois mil e dezessete. O casal mais shippado e todas essas viadagens aí que as pessoas falam. Ela riu.

- Vou tomar banho e lavar o cabelo – ela respondeu e me deu um selinho. – Vou usar sua blusa com margaridas estampadas nela. Obrigada!

- Você rouba todas as minhas camisetas, será só mais uma – disse e ri.

Margo foi tomar banho e eu fui arrumar a minha cama já que não tinha outra coisa pra fazer.

Dei uma geral no meu quarto e até minhas roupas arrumei, em sinto uma diarista. Escolhi uma roupa pra vestir agora e uma pra de noite, deixei separado no guarda-roupa. Quando a Margo finalmente saiu do banheiro com uma toalha na cabeça, eu ri.

- Palhaço! – ela disse, irritada.

- Você é linda até com uma toalha na cabeça.

- Deixa meu cabelo de toalha em paz, ok?

Eu ri.

- Vou tomar meu banho. Me espera!

- TÁ!

Entrei no banheiro e tomei um banho relativamente rápido. Lavei meu cabelo e o meu corpo que estava suado e com cheiro de cachaça. Saí do banheiro com uma toalha presa na cintura e Margo estava mexendo no celular dela. Me troquei rapidinho e coloquei o boné “PUTO”.

- Vamo? – falei olhando pra Margo, mas ela mal me deu atenção. – MARGOOO!

- OI?! – ela respondeu, assustada.

- Vamos tomar café?

- Ata. Vamos.

Descemos e comemos pão com ovo mesmo, era o que tinha. Tomei refrigerante mesmo por que estava quente demais pra tomar café, mas já a Margo tomou café borbulhando de quente. Não sei como consegue


Notas Finais


Foi só isso por hoje Tequilinhas e Tequilinhos! ♥
Espero que tenham gostado. Eu perdi o dom de escrever capítulos bons, isso que dá ficar sem postar por muito tempo! :((
Boa noitinha Zzz
Que o crush de vcs notem vcs, VAMO NA FÉ!
Tchauzinho galero ♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...