História Se for por você... - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Piece
Personagens Basil Hawkins, Bellemere, Boa Hancock, Brook, Buggy, o Palhaço Estrela, Cavendish, Crocodile, Donquixote Doflamingo, Donquixote Rosinante "Corazón", Dracule Mihawk, Eustass "Captain" Kid, Eustass Kid, Franky, Gol D. Roger, Hina, Jewelry Bonney, Kalifa, Killer, Koala, Kuina, Kuro, Kuzan / Aokiji, Makino, Monkey D. Dragon, Monkey D. Garp, Monkey D. Luffy, Nami, Nefertari Vivi, Nico Olvia, Nico Robin, Nojiko, Portgas D. Ace, Rebecca, Rob Lucci, Roronoa Zoro, Sabo, Sakazuki "Akainu", Sanji, Sengoku, Shanks, Shirohige (White Beard), Smoker, Tony Tony Chopper, Trafalgar D. Water Law, Trafalgar Law, Usopp, X Drake, Zeff
Tags Hancock, Luffy, Luffy X Hancock, Luhan, Nami, One Piece, Robin, Romance, Sanji, Yuri, Zoro, Zorobin
Visualizações 116
Palavras 1.952
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 38 - Se for por você...


Fanfic / Fanfiction Se for por você... - Capítulo 38 - Se for por você...

*12 minutos antes*

Hancock on

Eu estava correndo o mais rápido que podia , ainda sem poder dizer nada e com as mãos amarradas devido aos capangas do Foxy . Eu correria o caminho todo me sentindo arrependida por ter deixado o Luffy e os outros dois sozinhos .

Logo fui tirada de meus pensamentos quando vi um carro a minha frente , e oque parecia ser a Robin e a Nami que estavam fora do carro .

- Han...HANCOCK !!! - gritou Robin vindo em minha direção e me dando um abraço de tirar o fôlego . 

Robin então se afastou depois de um tempo e tirou a fita que estava na minha boca e as do meu pulso .

- Cadê o Sanji-kun , o Luffy e o Zoro ? - Nami perguntou após me analisar para ver se eu não estava machucada .

- Eu não sei ... - falei abaixando a cabeça , estava me sentindo culpada por tudo que estava acontecendo . 

Foi aí que ouvimos alguém se aproximar , quando olhamos para ver quem era , minha preocupação havia se tornado pior ao ver a Porsche se aproximando e tirando uma arma do cinto que usava . 

- De ... de joelhos !! - disse ela ao parar em nossa frente ofegante , Nami a encarou séria deixando-a irritada . - Eu não estou brincando ! De joelhos , ou eu vou estourar a PORRA dos seus miolos !!!

De repente ouvimos outra pessoa se aproximar de nós , e quando todas olharam melhor , vimos o Sanji correndo com uma mão segurando sua arma e a outra mão estava entre suas pernas .

- NAMI-SWAN , ROBIN-CHAN  , HANCOCK-CHAN !!! - berrou o loiro apontando a sua arma para Porsche que fez o mesmo para ele .

Nami então se agachou rapidamente chamando a atenção de Porsche . Então Nami levou sua mão ao rosto de Porsche , jogando na mesma diversas sujeiras que ela pegou no rosto de Porsche , que gritou na mesma hora ao cega-la . Robin então tirou do bolso de sua calça jeans uma arma , e acertando-a na cabeça de Porsche à fazendo desmaiar devido a brutalidade que foi a força da Robin ao lhe bater .

- Cadê o Luffy ? - perguntei desesperada para o loiro assim que parou em nossa frente .

- Ele ... ele e o marimo ... estão lá atrás brigando . - ele me respondeu ofegante .

Esperamos por mais um tempo e ouvimos alguém se aproximar , e quando eu consegui identificar quem era , não consegui resistir e derramei muitas lágrimas ao ver Luffy desacordado e ensanguentado enquanto Zoro que estava com um grande corte em um de seus olhos o carregava . Eu e Robin corremos em direção a eles preocupadas , fazendo diversas perguntas para o Zoro .

- Deixa isso pra depois . Agora temos que leva-lo a um hospital urgentemente . - disse Zoro abrindo a porta do carro .

Todos concordamos e entramos no carro . Zoro , Robin e Eu fomos no banco de trás com Luffy em nosso colos , enquanto Nami e Sanji que estava dirigindo foram na frente . Até que finalmente chegamos no hospital mais perto que encontramos . 

Entramos no hospital às pressas e os médicos e enfermeiros ficaram incrédulos ao nos ver , rapidamente levaram Luffy em uma maca e então correram o tirando da minha vista

Graças a Sanji que ligou para o Garp contando tudo que havia acontecido , Porsche , Hamburg , Foxy e toda sua gangue foram presos pelos policiais que também ficaram bravos com a atitude do Luffy e dos outros , mas Garp deu um jeito de acalmá-los .

Os enfermeiros correram para socorrer Zoro que havia perdido muito sangue , Robin que machucou seu pulso ao bater em Porsche , e um enfermeiro deu uma olhada em mim  para ver se estava tudo bem comigo , acho que ele estava me perguntando alguma coisa mas nem dei bola pra isso , eu estava muito preocupada com Luffy . 

*4 dias depois*

Estava tudo bem alegre no hospital devido às visitas de Sabo e dos amigos do Luffy . Os médicos me disseram que ele não corre risco de vida por causa da sorte inimaginável de Luffy ao Foxy não conseguir acertar nenhum órgão vital. Já os outros já estavam bem e até já saíram do hospital , e ao que parece , Zoro não perdeu a sua visão e ja estava até acostumado com sua nova cicatriz .

E , foi na tarde daquele mesmo dia que eu pude notar um pequeno movimento em sua mão e seus olhos abrindo lentamente , apertei sua mão assim que fui tomanda por um alívio gigantesco , acabei deixando um pequeno sorriso escapar .

- Eu odeio ficar em hospitais , me lembra do Ace e da minha mãe . - falou Luffy olhando para o teto .

- Que bom que você acordou . - falei deixando lágrimas escorrerem pelo meu rosto , Luffy se levantou com dificuldade e as limpou ao passar a mão em meu rosto sorrindo . - Droga . Por você faz isso ? 

- Se for por você eu faço qualquer coisa . - Luffy disse dando-me um selinho . - Antes de te "conhecer" eu sempre estava me sentindo mal , desde a morte do Ace e da minha mãe , meus amigos exceto o Zoro e a Nami não notaram . E durante esse tempo todo , eu não me dava o luxo de me apaixonar por alguém . Pra mim , amor baseava-se apenas a familiares e amigos , eu nunca havia atravessado a linha do romance . Mas você me mudou e eu gostei muito disso , por isso decidi arriscar . - agora mais lágrimas desciam sobre meu rosto . - Eu não posso e nem quero mais viver sem você . E é por tudo isso que eu te amo tanto , Hancock . 

Depois que ele disse aquelas palavras nos beijamos intensamente , nossas línguas exploravam o canto da boca um do outro . Ficamos assim até que a falta de ar surgiu , então após separarmos nossos lábios começamos a rir .

... Finalmente estávamos livres de tudo aquilo ...

*6 Meses depois*

Depois de tudo aquilo que aconteceu , as coisas voltaram a ser o que eram . Por mais estranho que pareça para os outros , eu estava mil vezes mais feliz do que antes .

A escola estava bem ocupada nesses últimos meses devido à festa de formatura de todo o terceiro ano . Alguns amigos meus estavam triste , pois assim como Rebecca e o Law , alguns tinham alguma relação com os Senpais . Law , Robin e até Hancock estavam trabalhando duro para a festa de formatura , e por causa disso não conseguimos falar muito com eles .

- Luffy ! - ouvi Usopp me chamar .

- Que ? - falei ainda sereno .

- É verdade que você vai começar a trabalhar de meio período ? - perguntou Brook , e na mesma hora eu olhei para Nami nervoso .

- Você contou pra eles ? - perguntei e ela confirmou , agora todos meus amigos que estavam ali e incluindo a Hancock que eu mesmo falei estavam sabendo sobre isso .

- Por que você vai trabalhar ? - perguntou Kid .

- E por qual outro motivo além de eu estar precisando de dinheiro ? - falei virando o rosto para a janela da sala . Eu conseguia ver Hancock lá fora trabalhando duro , eu deixei alguns sorrisos de aliviação por ela estar bem escaparem .

- É que você está bem diferente . -disse Sanji me chamando atenção . - Antes de "conhecer" a Hancock você era um completo inútil e sempre faltava . Mas agora você passou de ano com todas as notas azuis e está vindo todos os dias inclusive nos últimos dias de aula ... assim como o marimo . 

- Por falar em faltar , cadê a Koala ? - Zoro me peguntou com uma cara de tédio . -  Ela sempre vem nos últimos dias de aula e hoje ela faltou . 

- Ela e o Sabo estão em um encontro . Eles foram pro cinema ... eu acho . - falei sério .

Então todos escutaram o sinal anunciando o final das aulas . Quando todos nos despedimos eu fui para casa um pouco menos animado do que quando eu fui para a escola hoje cedo - que irônico . 


Quando eu já estava indo até a rua que me levaria para casa , eu ouvi alguém me gritar de longe . E tamanha tinha sido minha alegria ao ver Hancock parar ao meu lado ofegante .

- Pensei que você iria demorar mais um pouco . - falei rindo da sua situação .

- Eu ... quis vir correndo pra ficar mais tempo com você . - ela disse logo ao recuperar o fôlego . Eu peguei sua mão e continuei andando . - Você parece mais animado que hoje cedo . - ela disse sorridente .

Conversamos o caminho todo até que finalmente chegamos na minha casa . 

- Você quer entrar ? - perguntei e ela confirmou com a cabeça com um enorme sorriso no rosto . - Por que você tá sorrindo tanto ? - perguntei ao abrir a porta .

- Só estou feliz por estar com você . -  ela falou ao se aproximar e olhar profundamente em meus olhos . 

Encostamos nossas cabeças uma na outra rindo que nem idiotas , até que aproximamos nossas bocas e demos um beijo rápido mas seguido por outros diversos beijos , um mais longo que o outro . Segurei sua cintura enquanto ela passava lentamente sua mão pelo meu rosto , era um beijo diferente dos outros , era quente e ao mesmo tempo freco , era sexy e sereno . Não consigo descrever as sensações que sentia , apenas que eu não queria parar . Mas ao separarmos nossos lábios e observar o sorriso que se formou no rosto da minha namorada foi muito melhor .

- Hancock , hoje eu pensei ... e não falta muito tempo para nos formarmos . E fiquei com medo de perder à todos . - falei acariciando seus longos cabelos negros . - Mas eu notei que não preciso me preocupar .

- Por que ?

- Porque já decidi que não importa o quanto as coisas irão mudar , mesmo que tomemos decisões opostas , o que eu sinto por você nunca mudará ... meu amor por você continuará crescendo . O que eu quero dizer é que eu te amo , Boa Hancock . 

- Eu também te amo ... Monkey D. Luffy .

De repente comecei a lembrar de quando nos encontramos e de tudo o que passamos para chegar até aqui , o fato dela ser bissexual nem me incomodava , assim como minha família também não a incomodava mais , ela já havia se acostumado a ficar perto deles . Comecei a rir lembrando do quão idiota eu era , e bastou conhecê-la para que eu mudasse .

- O que foi ? - ela me perguntou sorrindo .

- Só estava pensando no quão sortudo eu sou por ter te conhecido . - eu disse a ela instantaneamente corou seguido de um sorriso . 

Daquela noite em diante nos divertimos como nunca , aproveitando à cada segundo como se fosse nosso último dia de vida . Eu olhava para Hancock e me divertia a cada gesto , palavra , beijo e sorriso que ela dava . E se fosse pela minha Hancock , eu faria qualquer coisa para mante-la feliz do geito que era .



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...