História Se não fosse por aquela noite - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Abo, Vkook, Yoonmin
Visualizações 28
Palavras 1.089
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha eu aq né n?
Relevem a capa estar uma bosta
Pq foi eu q fiz
Vou tentar melhorar
Enfim
BOA LEITURA

Capítulo 1 - "Você é um híbrido?"


Fanfic / Fanfiction Se não fosse por aquela noite - Capítulo 1 - "Você é um híbrido?"

Eu estava na escola, seria um dia normal se os valentões não aparecessem pra me atormentar. Eu estava quieto lendo um livro mas sem querer eles tropeçaram no meu pé, botaram a culpa em mim e me bateram. Eu estava todo machucado. Mesmo assim fui andando em direção a minha casa após o final da aula. Estava tarde, eu só queria ir pra casa e dormir, e eu teria feito isso, se não tivesse ouvido um miado vindo de um beco. Com medo, fui até lá.

- Tem alguém aí?

Ouço um choro baixo e me aproximo mais. Logo vejo algo que parece ser um híbrido, estava no mesmo estado que eu, todo machucado. Com dó do pobre gatinho fui até ele.

- ei, você está bem?- pergunto e ele ergue sua cabeça me olhando assustado e rastejando para trás- quem é você?

- J-Jimin- a vozinha fofa ecoa pelo beco

- você é um híbrido?

- s-sim, não machuque o jimin por favor- ele me olha com lágrimas nos olhos

- não se preocupe- pego ele no colo com muito cuidado- vou te levar pra minha casa gatinho- digo e ele me olha meio receoso- eu vou cuidar de você- dou um beijo em sua testa e ele cora escondendo o rosto em meu pescoço 

- qual o nome do homem bonzinho?- ele pergunta inocentemente 

- me chamo yoongi- respondi e começo a andar novamente em direção a minha casa

- o yoongi salvou o jimin, obrigado

- vai estar seguro comigo chimchim- ok, esse foi o apelido mais espontâneo que eu já criei

- chimchim?- ele pergunta erguendo seu rosto e olhando para mim e sorri- o jimin pode dar um apelido para o yoongi também?

- claro pequeno- rio com sua forma de falar tudo  terceira pessoa

Ele bota o dedinho na boca como se estivesse pensando.

- suga- ele diz e sorri

- suga?- tombo minha cabeça para o lado em sinal de confusão e paro de andar pois já havia chegado em minha casa

- sim, você tem um sorriso doce e a pele bem Branca- ele responde e esconde seu rosto em meu pescoço novamente 

Riu com sua fala e pego as chaves no bolso da calça logo abrindo a porta e entrando com jimin. Fecho a porta com os pés e vou para cozinha deixando jimin em cima da bancada e pegando a caixa de primeiros socorros.

- quem fez isso com você jimin?- pergunto tirando um algodão e colocando uma pomada para logo depois passar, com cuidado, nos machucados do gatinho, ouvindo um miado dolorido

- homens malvados, o jimin não sabe quem são- ele diz e seu rosto vira uma careta de dor quando eu passo a pomada em outro ferimento 

- pode me contar o que aconteceu?- pergunto guardando a pomada, mas quando estava quase fechando a caixa mãozinhas pequenas e gordinha me impediram

- o suga também está machucado, deixa o jimin cuidar do suga?- ele pergunta e cora 

- não precisa gatinho- digo e sento ao lado dele na bancada- vamos, me conte o que aconteceu

- o jimin só conta se o suga contar e deixar o jimin cuidar dele- ele cruza os braços e faz um biquinho fofo. Reviro os olhos sorrindo e afirmo com a cabeça, ele sorri e abre a caixa de primeiros socorros tirando outro pedaço de algodão e a mesma pomada que usei. Ele passa um pouco da pomada no algodão e, com bastante cuidado, passa no machucado em minha boca, tirando um grunhido de dor de mim. Ele continua a fazer isso com todos os machucados.

- prontinho- ele diz fechando a caixa- agora o jimin conta- ele suspira e eu me ajeito em cima da bancada- os pais do jimin nunca gostaram do jimin, eles sempre batiam no jimin e diziam que ele era um inútil, ele faziam o jimin limpar toda a sujeira da casa e arrumar ela todinha- ele para e respira tentando conter seu choro que vejo que está próximo de sair- um dia o jimin derramou suco no tapete sem querer, ele bateram no jimin de novo, mas dessa vez eles seguraram bem forte no braço do jimin e jogaram ele pra fora de casa. Eles disseram "não volte nunca mais seu gato inútil"- agora as lágrimas já rolavam soltas pelo seu rosto- o jimin começou a correr bem rápido pra longe dali, e sem querer acabou entrando naquele beco, aí os homens malvados chegaram e bateram no jimin. Ele disseram o mesmo que os pais do jimin "gato inútil", "híbrido nojento", "híbridos não deveriam existir, são uma poluição para a sociedade"- ele bota as mãos no rosto para me impedir de vê-lo chorar, eu logo as tiro dali e dou beijinhos em suas lágrimas secando as mesmas

- ei, não chore, você está seguro agora ok?- pergunto o abraçando e fazendo carinho em suas orelhas ouvindo seu ronronar.

Ele me abraça bem forte.

- agora o yoongi tem que contar para o jimin o que aconteceu- ele sai do abraço e olha pra mim 

- na minha escola tem alguns caras malvados também- falo de um jeito que ele possa entender- eu estava lendo um livro e eles tropeçaram em mim e disseram que foi culpa minha, aí me bateram- ele me olhava atento 

- só por isso? Eles são bobos- ele cruza os barcos e infla as bochechas, riu fraquinho

-ok, já está tarde, vamos dormi?- ele assente e desce do balcão

Pego ele no colo e levo até meu quarto. Dou a ele uma blusa, que ia até metade das coxas dele, é uma boxer. Mostro onde fica o banheiro e ele cora.

- o-o jimin n-não sabe tomar banho s-sozinho- ele diz e abaixa a cabeça 

- er.. eu dou banho em você- meio envergonhado pego ele no colo e levo para o banheiro.

Com cuidado tiro sua roupa vendo seu abs definido e sua bunda e coxas fartas. Engulo seco e ligo a água da banheira. Quando fica cheia eu o coloco lá dentro e dou banho no mesmo. Quando acabo, pego uma toalha, que fica pendurada perto do box, e enrolo o mesmo lá. O levo para meu quarto e o visto com as roupas que deixei em cima da cama. Vou tomar meu banho, saio e visto minha roupa, no banheiro, logo saindo e indo para meu quarto deitar com o gatinho que já estava de sono solto. Me deito e abraço o mesmo pelo cintura logo adormecendo.


Notas Finais


Foi isso meus anjoooos
Espero que tenham gostado
Comentem se vocês querem que eu continue
Até a próxima açúcares🖤☕️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...