História Se seu coração falasse - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Henrique & Juliano
Personagens Henrique, Juliano, Personagens Originais
Exibições 75
Palavras 462
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Capítulo novo aborecos , espero que vocês gostem!
Xero!
♥♥♥♥♥

Capítulo 42 - Luana...


Fanfic / Fanfiction Se seu coração falasse - Capítulo 42 - Luana...


Pov's Luna


    Eu sempre passava as noites ao lado da cama da minha amiga. Vê-la ali , imovél. Era um verdadeiro sofrimento. 


   Passava uma reportagem na TV sobre uma assunto qualquer.Eu assistia aquela repotagem sem prestar nenhuma atenção.


  Olhei para a Eduarda e vi o canto da sua boca se mecher. Eu não estava louca, pois mecheu novamente. E segundos depois um sorriso se formou em seus lábios. 


  Eu sabia que tinha que chamar os médicos. Mas minha única reação foi ficar parada olhando para a minha amiga.


  Então ela abriu os olhos. Não contive as lágrimas. Minha maninha estava acordada, depois de um longo mês. Depois de trinta dias sem se quer mover um dedo. Ela tinha acordado.


  -Duda?-perguntei, eu queria ter a certesa que ela realmente estava bem.


  -Luana!- ela respondeu com a voz sonolenta. Ela estava falando. E eu corri para abraçá-la.


  -Você tá bem ?- perguntei ainda a abraçando.


 -Sim , estou ótima.-Duda respondeu. 


  Soltei-me dela e apertei sua perna.


  -Ai!-ela disse quando belisquei seu pé.


 -Ótimo!-falei e constatei que aparentemente ela realmente estava bem.


  Sai do quarto e chamei um médico. Que prontamente foi até o quarto. Eles levaram a Duda para fazer exames. 


  Decidi esperá-la voltar antes de avisar aos parentes.


  Assim que ela voltou ao quarto , resolvi ligar para avisar.


-Deixa eu falar com ela!-a mãe da Duda me pediu.


 Passei o celular e elas conversaram por alguns segundos.


  Liguei para nossa sogra , e Duda pediu que ela deixasse que ela mesma avisasse ao Juliano que estava bem.


  -Tem certesa?-perguntei.


  -Ele foi um cretino ,mas eu quero falar com ele.-respondeu com um pouco de raiva na voz.


 -Duda antes eu quero te dizer que a cena que você lembra. Foi uma armação da Rafaela , ela estava ameaçando a sua vida e a das gêmeas. Juliano foi resolver as coisas com ela e acabou dopado. Logo após o seu acidente ela veio até aqui e tentou te matar.-contei resumidamente tudo antes de ligar para o Juliano.


  O celular tocou várias vezes , até que a voz do Pedro surgiu do outro lado da linha. Eu tive que ameaçá-lo para que ele levasse o celular até o meu cunhado.


  Eu deixei que a própria Duda falasse para o Juliano que estava acordada. E embora eu não pudesse vê-lo , ou ouvi-lo , eu sabia que ele estava muito feliz.


  Nesse um mês , presenciei várias vezes o Juliano chorando no colo da mãe, do pai , do Henrique e até no meu. Por ter medo da Duda não voltar para ele.


  Aquele homem realmente amava aquela mulher. E embora logo que descobriu a grávidez de Dudinha, ele tivesse agido com um bastardo filho da puta. Ele tomou jeito, e descobriu um sentimento capaz de transformá-lo. 


   




Notas Finais


Gostaram?
Xero!
♥♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...