História Se Souvenir de Moi - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Félix, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathanaël, Nino, Plagg, Sabrina, Tikki
Tags Adrinette, Chloé Piranha, Filhadaputagem, Marichat
Visualizações 64
Palavras 2.312
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi oi

Como sempre desculpa por estar sendo assim de demorar tanto , mas eu realmente não consigo escrever , de uma vez só .... até pensei em desistir , porque eu não consigo gostar dessa fic , desistir ainda é uma opção

Espero que gostem

Boa leitura ♡♡

Capítulo 25 - Résolution


Os cabelos azulados estavam espalhados pelo chão ,  a mão recaia dramaticamente sob a testa enquanto a outra levemente dedilhava o chão como se tocasse a música a medida que  soava alta em seus fones de ouvido , estava avoada , pensando sobre a tarde quando havia ido na casa de Bridget com Félix , não havia sido de grande ajuda , tudo que conseguiu compreender foi que seus 'poderes' eram ligados à emoções , uma emoção forte como raiva ,tristeza ,ou algo do gênero a manifestação seria negativa mas se estivesse feliz, disposta , e bem com tudo , as manifestações seriam positivas , nada que não tivesse percebido sozinha , não ficaram muito tempo na casa da mais velha , Marinette  sentia a tensão no ar entre os dois .Começou bater os pés no chão ao ritmo da música , cantarolando baixo , só queria se distrair um pouco de tudo que acontecia , do mundo , e dos problemas, principalmente dos problemas , ficar deitada no chão de sua sacada talvez não fosse a melhor forma de se ver livre de tudo , porque parecia que quanto mais tentava se distrair mais cheia sua mente ficava , ela sabia exatamente o que precisava para se distrair , melhor , ela sabia exatamente de quem precisava para se distrair , sabia como o chamar ...
Sua mão agora segurava o celular em frente ao rosto o contato aberto , a mensagem escrita , só precisava enviar , mas algo em sua mente a impedia , talvez os pensamentos de que estaria incomodando o garoto , ou de que se ele quisesse já estaria em sua sacada ... não , era melhor não mandar , sentou-se tirando os fones , respirou fundo e viu que Tikki agora estava sentada em frente ao seu celular,  encarando os grandes olhos azuis a sua frente que estavam ...aflitos

"Mari...você tá diferente , o que aconteceu com você hoje , está tão triste , não jantou com seus pais , ficou quieta e isolada até agora , você pelo menos viu o horário ?"

Parou por um minuto para analisar o relógio do celular eram quase três da manhã , como não havia visto o tempo passar 

"Eu seila , eu tô meio perdida no que tá acontecendo , eu tô tão confusa , e nem sei com o que , nada mais faz sentido , não consigo me ajudar...."

A kwami voltou seu olhar para o celular em sua frente a caixa de mensagem vazia , apenas com o rascunho , talvez fosse o melhor a fazer ,por mais que o recomendado havia sido de deixarem os dois um pouco afastados pelos acontecimentos recentes , o sentimento de carinho que tinha por Marinette era maior , enviou a mensagem para o garoto , não sabia se daria certo mas era uma chance de Marinette melhorar , assim que a garota viu arregalou os olhos , não sabia se beijava ou xingava Tikki , as vezes parecia até mesmo Alya

"TIKKI"

"Tudo por você" assim que o celular da garota vibrou no chão as duas olharam diretamente para a resposta que estava ali  '5 minutos' , a garota sorriu minimamente , o que fez  Tikki sorrir por ver que tinha sido de alguma ajuda "Eu vou me retirar , daqui a pouco o gato de botas chega " a garota riu pelo nariz , no ponto de vista de Tikki , aquilo havia sido um progresso , a garota beijou a cabeça da kwami que entrou para o quarto até em meio de suas coisas .
Dez minutos , haviam se passado dez minutos e nada do garoto , achava até mesmo que ele não iria mais , até que mais um tempo se passou e quando ia entrar, virou-se encarando os olhos verdes do garoto a sua frente com expressão séria, nenhum dos dois pronunciou se quer uma palavra , mal haviam piscado pela intensidade que se olhavam

"Como você tá ?"

"Mal , e você ?"

"Péssimo " por um momento a desgraça pessoal de cada um pareceu engraçada , não de um jeito bom, de uma forma sarcástica por certa parte , e isso arrancou pequenos risos dos do dois , assim que cessado as risadas , Chat Noir tomou os lábios da garota para si a agarrando pela cintura fazendo o corpo da mesma  chocar-se contra o seu , precisavam do contato um do outro , precisavam se sentir mais proximos , precisavam ficar o máximo juntos naquele momento , e sabiam exatamente como se teriam por inteiro novamente

"Você já veio com segundas intenções gatinho " 

"Você me chamou com segunda intenções princesa " a garota sorriu de canto  virando um pouco a cabeça , talvez ele estivesse certo 


"Nós não deveríamos falar de nossos problemas igual a um casal normal "

"Não somos um casal normal , mas qual seu problema "

"Lembranças , e o seu ? "

"Família " o loiro não sabia o porque mas queria rir , não chorar mais como antes, como havia chorado , falar de seus problemas estava sendo diferente , era como quando tentamos contar uma piada e a achamos tão engraçada que não conseguimos a contar direito por rirmos em meio às palavras , um sorriso escapou por seus lábios , que acabou virando uma pequena risada

"Do que está rindo ?"

"Eu não sei Mari ,  essa é a risada mais sem sentido que eu já dei na minha vida toda "  a garota riu juntamente do loiro , realmente a coisa mais sem sentido possível pra se fazer em um momento como aquele  "Do que está rindo ?"

"Do mesmo motivo que você provavelmente "  apenas repuxou o canto dos lábios soltando um leve riso pelo nariz , não sabia explicar o que estava sentindo , Marinette realmente conseguia mudar tudo , não estava feliz , mas não estava mais triste como antes , assim como a garota todos os pensamentos que antes ocupavam sua mente haviam simplesmente desaparecido  , não existia mais problemas para ele , agora só existia ele e Marinette , Marinette e ele , claro que adoraria desabafar com a garota , mas não podia , assim como queria ouvi-la falar de seus próprios problemas , mas sabia que quando se tratava de lembranças o melhor era esquecer , abraçou a azulada , sendo imediatamente retribuído , respirou fundo apertando o máximo que podia ,sem machucar a garota ,contra seu corpo , afundou o rosto nos cabelos azulados , sentindo o cheiro de uva que emanava deles

"Você quer entrar ?" O loiro assentiu se separando da garota , entraram para o quarto e foram diretamente para a cama da azulada , deitaram-se de frente um para o outro , os olhares trocados eram intensos , aproximaram-se , encostando levemente os lábios um no outro , as emoções que saiam dos dois eram intensas e confusas , uma mistura de sensações passavam pelos corpos de ambos , o beijo esquentava a medida que  ia se aprofundando , sabiam o que queriam , sabiam como iria acabar , afinal esse havia sido o princípio de tudo , foi quase planejado , Marinette subiu por cima de Chat Noir envolvendo o garoto com suas pernas , ansiavam pelo corpo um do outro , a azulada fazia leves movimentos em cima do colo do loiro que a incentivava totalmente para continuar , quanto mais desejavam-se , mais suas emoções transpareciam para fora de seus corpos , era como uma aura os envolvendo . As mãos do loiro iam adentrando a blusa da garota a puxando para cima livrando-a da peça rapidamente , a mesma puxou o zíper do uniforme do loiro , aproveitaram para tirar as roupas enquanto o beijo estava quebrado , e quando até a última peça estava jogada no chão , voltaram a se beijar chocando uma boca contra a outra , o beijo era faminto , apressado e enrolado , separaram por um breve momento apenas para que o loiro a penetrasse a azulada que abriu a boca levemente , gemendo baixo , afinal desta vez seus pais estavam presentes em casa , se movimentava lentamente em cima do loiro que apertava sua cintura com suas mãos fortes , cravou suas unhas no peito do loiro dando arranhões ,  voltaram a se beijar rapidamente , e por um momento , enquanto os movimentos e o prazer aumentavam gradativamente , os problemas parecerem sumir , suas mentes estavam vazias , nada além do imenso prazer passava por elas , Adrien havia esquecido de seu pai , de sua mãe , de seu irmão , só tinha Marinette ali mais nada , e a azulada por sua vez , esqueceu de Adrien , Chloé , Dylan , Lila , Nathaniel , todos , só existia Chat Noir , e mais ninguém , Paris não existia mais , qualquer som era bloqueado pelos gemidos baixos que soltavam , era tudo que precisavam ouvir , uma coisa que só pertencia aos dois , e quando o prazer máximo foi atingido , fazendo com que ambos chegassem ao ápicefoi como se as emoções de ambos se manifestasse , em uma onda de energia que fez até mesmo as luzes da torre Eiffel piscar , encostaram suas testas e abriam os olhos se encarando novamente  , não precisavam falar nada , pois apenas com o olhar já expressavam tudo que os afligia, o sentimento de segurança um com o outro era mútuo , o loiro permitiu-se sorrir novamente , a azulada sorriu involuntariamente de volta , era instantâneo , ver um sorrir era a alegria do outro , era possível ouvir apenas a respiração de ambos na madrugada silenciosa , o loiro passou a língua pelos lábios para umedecer os mesmos 


"Eu te amo" o sorriso da garota aumentou   , separou sua testa da de ChatNoir , e passou a mao para retirar o suor da mesma

"Eu também te amo gatinho , e muito " o loiro passou a mão pela lateral do corpo da garota quando ela voltou a deite-se do seu lado , subiu a mão até o rosto da garota acariciando a bochecha corada da garota por conta do contato , e na percepção dela , se Bridget estava certa , seus tais 'poderes' deviam se manifestar para algo bom , mas nada poderia ser melhor do que o momento que se encontrava , aproximou-se novamente do loiro dando um beijo calmo no mesmo , mas se afastaram rapidamente pelo susto que levaram ao ouvir um trovão fazendo o quarto se iluminar por rápidos  segundos , riram pelas suas caras de assustados

"Eu acho que preciso tomar um banho , pra tirar o cheiro de sexo , sabe ..." falou pronta pra se levantar , mas foi puxada de volta pelo loiro , caindo em cima do mesmo

"Eu acho que não precisa , tirar o cheiro do nosso sexo , afinal , nós vamos fazer mais " sorriu maliciosamente para azulada que arqueou uma sobrancelha rindo pelo nariz

"Vamos ?"

"Sim , vamos "

"Nem sabe se quero"

"Todas querem " disse piscando um olho  , Marinette o olhou indignada , rindo , mas indignada

"Você tem a cara de pau de falar isso na minha frente "

"Elas até podem querer , mas só você tem " a garota riu e selou ele

"Você consegue ser um babaca e romântico , em questões de segundos "

"E você ama esse babaca romântico "

"Amo" o loiro sorriu passando a mão no rosto corada e agora um pouco grudando  por causa do suor " Mas eu preciso ir ao banheiro "  Chat Noir revirou os olhos e assentiu sorrindo logo em seguida , deixou que a azulada levantasse e fosse ao banheiro . Assim que entrou no banheiro de seu quarto apertou o interruptor , a luz não acendeu , então lembrou que havia estourado , andou cuidadosamente pelo banheiro até achar a pia , um raio iluminou  rápido  o banheiro , e Marinette encarou seu reflexo no espelho , focalizando ligeiramente em algo que parecia estar atrás dela no fundo do banheiro , balançou a cabeça e voltou sua atenção para a pia , franziu a testa ao ver pequenas gotas de sangue que caiam na pia , voltou o olhar para o espelho e percebeu que o sangue saía de seu nariz, piscou rapidamente passando a mão pelo nariz , nada , não havia mais sangue , nem em seu nariz , nem na pia , olhou seu reflexo atordoada , lavou o rosto e saiu rapidamente do banheiro , estava voltando para sua cama , quando um raio e um trovão cortaram o céu fazendo  a luz piscar , subiu para sua cama rapidamente , sem antes desligar o interruptor deixando que o quarto fosse iluminado apenas pelos raios , percebeu que Chat estava dormindo coberto pelo lençol rosa claro , deitou-se junto sem se preocupar em se vestir , o loiro a abraçou , pois não estava totalmente dormindo , beijou a nuca da azulada

"Porque não acendeu a luz do banheiro " perguntou sonolento

"Ela está estourada "

"Hum" ajeitou-se melhor na cama pronto para dormir "vamos dormir já é quase cinco da manhã "

"Boa noite gatinho"

"Boa noite princesa" assim que terminou de dizer caiu por completo no sono , Marinette fechou os olhos mas não dormiu , sentia um desconforto novamente , um mal estar , mas não era físico , era como se alguém a olhasse , apertou mais os olhos tentando dormir e depois de um tempo conseguiu , mesmo com a sensação de estar sendo vigiada , mas não era culpa dela , ela não tinha como adivinhar, que realmente estava sendo .


Notas Finais


Eu sou exatamente assim quando tenho problemas , eu começo a rir muito PQ ? SEILA

Bom também queria pedir desculpas sobre certas confusões que eu faço trocando certas coisas que acontecem , me desculpem

Bom ... só isso

E aí ?o que acharam ?

Beijos....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...