História Se Tudo Ocorrer Bem. - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias League Of Legends
Personagens Cho'Gath, Gnar, Kennen, Kha'Zix, Lulu, Malzahar, Poppy, Rengar, Teemo, Tristana, Veigar, Vel'Koz
Tags Cho'gath, Gnar, Kennen, Kha'zix, Lulu, Malzahar, Poppy, Rengar, Teemo, Tristana, Veigar, Vel´koz, Yordle
Exibições 54
Palavras 1.821
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Slash, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aqui está mais um capitulo e gostaria de me desculpar por não ter postado no dia certo, Por que isso aconteceu? Simples, escola. Mas ai está demorou mas está entregue.

Capítulo 8 - Ele Sempre Volta, Quem Sabe Salvar e A verdade


Fanfic / Fanfiction Se Tudo Ocorrer Bem. - Capítulo 8 - Ele Sempre Volta, Quem Sabe Salvar e A verdade

   ~Pov's Rengar~

  Andávamos mais uma vez na mata, estávamos refazendo nosso passos por esse vasto lugar Teemo estava meio mal, emocionalmente e pelo fato dele não ter dormido por todo aquele tempo, ele não demonstrava cansaço porem conseguia perceber facilmente que logo ele teria uma carga de exaustão, nos só havíamos parado em media uma hora e isso não parecia ser o suficiente para repor a energia do pequenino.
  Enquanto Teemo desenhava um mapa ele sempre coçava os olhos usando os punhos e não conseguia ficar sem bocejar por muito tempo, ele estava perdendo o ritmo da caminha e sempre voltava dando pequenas corridas para não ficar para trás, nunca havia me importado tanto assim com alguém que conheci a pouco tempo, estava me sentindo como um irmão mais velho ou e até mesmo como um pai.
  Parei e respirei fundo, ele havia passado na minha frente e tinha quer ser franco com ele pois o ver assim me fazia sentir mal.

-Teemo pare. ~encostei no ombro do mesmo~
-Teemo: O que houve Rengar? ~esfregou os olhos com a mão~
-Isso, você não percebe o que está fazendo a si mesmo?
-Teemo: Rengar eu...eu não posso parar.
-Olha o que você está dizendo.~disse irritado~ Aprenda uma coisa, não vá a um lugar sem garantia.~gritei~ Você nem sabe se ele estará vivo quando você chegar, Cho'gath come tudo, você nem saberá o que houve quando chegar não haverá provas de que realmente aconteceu uma batalha.
-Teemo: Ok, se é assim que você diz...eu vou sozinho.
-Rengar: Pare agora Teemo, isso é suicídio não vê?
-Teemo: talvez possa valer a pena.
-Pare agora ou eu volto atrás e te levo para Noxus.~gritei~. Prefiro que você morra lado que aqui.
-Teemo: ~olhou para mim~. Tudo bem, tente me levar a Noxus.~virou-se de costa e começou a andar~
-Ora seu...bicho teimoso.~ergui Teemo pela gola de tras de sua camisa~. Eu não quero que você deixe seu amigo e sua cidade tenham um fim mas pense mais em em si mesmo, é ridículo.
-Teemo: Mesmo? Mais alguma coisa?
-Pare de finger que não me escuta.~chacoalhei Teemo~. Não insista, você não tem garantia alguma que pode sobreviver.
-Teemo: Me solta.~começou a se debater~. É meu risco, minha escolha.
-Quer saber,chega.~soltei Teemo e ele caiu sentado~.Boa sorte nesse suicidio.

  Teemo me olhava de uma forma triste porem pelo que parecia esse "amigo" deveria ser alguém muito importante para ele, arriscar a vida contra três caras do vazio e um acordo com a morte, era apostar alto de mais.
  Observava ele seguindo a trilha de volta para onde havia batalhado contra Kha'zix mas o que ele fez me deixou surpreso.

-Teemo: Vou sempre a Noxus, afinal lá é aonde minha vida mudou, e se realmente quiser me levar até lá estaria me fazendo um favor, parece estranho mas estar ali me trás mais motivos para viver.
-Motivos para viver? Você vive com um sorriso falso no rosto a anos, você deixou seus amigos morrerem e acha que vingou eles matando aqueles noxianos?
-Teemo: Vingar? Não, longe disso, apenas deixei destilar meu ódio, minhas lágrimas caíram assim como o sangue de quem deveria morrer. Isso é um dos motivos que me fazem continuar, eu sei que estou exausto mas não cometerei meus erros novamente.
 
  Realmente  haviam parafusos a faltando em Teemo, ele não se importava com riscos, se ele fosse para a batalha ele não se importava com o inimigo e com quantos seriam, ele só pararia se matasse ou morresse. Ele continuou a andar, estava assobiando até que um vulto rapidamente foi para cima dele o levando a sair da trilha, ambos haviam caído de um pequeno morro que ali havia.
  Desci rapidamente e ao chegar lá estavam os dois rindo, me senti confuso por que quem faz isso? Se fosse uma altura um pouco mais alta ambos estariam mortos.
-Teemo: Oi Rengar, parece que você voltou, esse e Kennen.
-Kennen: Olá Rengar.
-Teemo: An...Kennen já pode sair de cima de mim.
-Kennen: Opa desculpe.~Levantou um pouco corado~
-Teemo:  Que nada, sempre e bom ser surpreendido por um amigo.
-Kennen: O que faz nessa parte da floresta?
-Teemo: Bem houveram alguns problemas na ultima ronda, Rengar me encontrou e esta me ajudando. Mas o que te trás a essa parte da floresta?
-Kennen: Estou voltando para Ionia tinha ido resolver algumas coisas em Demacia, estava indo visitar você e o pessoal mas pelo visto agora me atrasei mais, por outro lado, te achei.~sorriu~

  Não consegui entender mais nada, parecia que todo yordle era completamente doido, eles agora poderiam estar mortos mas nem ligam para isso, estão fazendo uma mini comemoração só por que se encontraram, acho que vou apenas parar de ligar para essas coisas, nada faz mais sentido pelo que parece.

   ~Pov's Veigar~

  Estava cansado assim como Gnar e Lulu porem não poderia deixar de tentar achar Teemo eu não sei como criar explicações mas realmente estava tendo um grande sentimento de amor por ele. Poderia ser a morte de nos dois mas o que ele faz e me beijar e ir embora para me manter salvo minha agonia era estar andando quase rastejando, estava nas ultimas não consegui usar uma magia, nem a mais simples era possível e isso me deixava com raiva.

 -Gnar: Estamos aqui a um dia e nada de achar o Tee.
-Lulu: Não esquenta, estamos bem mais perto do que parece, confio em Veigar, se ele diz que vamos encontrar Teemo iremos mesmo.
-Bem não podemos parar.~sorri~
-Lulu: Teemo sempre foi um tipo de cara que não tem limites, ele sempre tem que chegar a um fim, isso que me faz não deixar ele pensar antes de fazer as coisas. Mas Veigar, por que voltou?
-O motivo foi vin...gança.Nem consigo mas pronunciar essa palavra. Teemo me fez mudar meu pensamento sobre ele.
-Gnar: Espera, deixa eu tentar entender.
-Lulu: Nossa...Isso vai demorar.
-Gnar: Hey.~gritou~ Você veio até aqui para matar o Teemo? Ficou doido?
-Poderia acabar com ele muito facil. Em questão de segundos.
-Lulu: E por que não acabou com ele?
-Ah...O que?
-Gnar: Depois eu que sou o burro.~sorriu~
-Lulu: Por que não destruiu ele em segundos? Quer ouvir mais uma vez?
-Bem Lulu e simples...Estava muito mal e ele me levou até sua casa, me ajudou e por causa dele hoje estou aqui e...eu não consigo segurar mas segurar...Eu estou ap...~fui interrompido por um grande barulho~
-Cho'gath: Hora do banquete.~gritou com um grande sorriso~ Olá Veigar parece mal mas mas posso dar um jeito em você e em seus amiguinhos.~gargalhou~
-Lulu: Vaza coisa feia, temos coisas mais importantes a fazer.
-Gnar: Você é grande mas não temos medo de você.
-Pois é Cho'gath não tememos você e queremos respostas.
-Cho'gath: Só porque vocês são três acham que conseguem me vencer? E vocês querem respostas? Bem, pelo visto eu sei o que...E sim seu amiguinho já era Veigar.~gargalhou~
-Não, isso não é verdade.~abaixei a cabeça~
-Lulu: Escuta aqui seu maldito é melhor dizer a verdade antes que as coisas piorem para você
-Cho'gath: Piorarem para mim? Esse seu grupinho e ridículo, um saco de lixo que nem conjurar um feitiço consegue, uma bola de pelos laranja e você a metida a grande bruxa.
-Gnar:Pare de falar besteira sabemos que Teemo esta vivo.
-Cho'gath: Seu amigo está mais do que morto, foi devorado por Kha'zix.
-Teemo: É mesmo? Então a surra que você vai levar não ira doer nada. ~sorriu~

  Teemo parecia melhor do que antes e agora com ele estavam Kennen e Rengar, devo admitir que nunca fui com a cara desse Kennen mas se ele ajudou Teemo tenho que tentar aceitar a presença dele aqui, mas por que Rengar está com eles?

-Cho'gath nossa então vocês gostam de covardia não é?
  Quando o mesmo disse isso não entendemos muito bem e rapidamente Cho'gath lançou vários de seus espinhos e tentou nos acertar com ruptura foi um tanto quanto surpreendente ele ter feito isso e saído entrando na parte com muito mato e árvores da floresta.

   ~Pov's Kennen ~

-Veigar: Teemo que bom que está a salvo.~Abraçou o mesmo~
-Teemo: É bom ver você também mas o que houve? Sua roupa está rasgada e com manchas de sangue.
-Veigar: Vel'koz me encontrou e eu cai de um barranco mas por sorte logo depois Lulu e Gnar me encontraram e agora você esta aqui e sem eles eu talvez estaria morto.
-Teemo: Obrigado gente, vocês realmente foram de grande ajuda mas também recebi uma grande ajuda de Rengar, enquanto eu batalhava contra Kha'zix ele chegou e me deu uma força.~sorriu~ Logo depois no caminho até aqui Kennen nos surpreendeu.
 
  Comprimentei a todos ali, conversamos por alguns minutos e logo percebi que tinha que ir embora pois já estava super atrasado, me despedi e chamei Veigar para conversamos a sós.

-Veigar: O que houve Kennen?
- É simples e rapido, se algo acontecer a Teemo eu sei que é sua culpa, eu sei que esse pessoal do vazio está aqui por sua causa então fica esperto porque pelo contrario eu venho acabar com você.

~Quebra de tempo~
~Pov's Veigar~

  Sentei-me com o pessoal depois que fui conversar com Kennen todos perguntaram o que havia acontecido mas não contei a verdade e inventei uma pequena mentirinha.Senti que Kennen assim como eu sentia algo por Teemo mas com ele longe Teemo é só meu.Comecei a sorrir sozinho e parecia que Lulu desconfiou de algo.

 -Lulu: O que foi Veigar? Que cara é essa?
-Oh, nada,não e nada.
-Lulu Ok,então. Mas me conta, o que você ia me dizer mais cedo quando estávamos eu,você e gnar?
-Levantem por favor, venham comigo.

  Ambos me seguiram e então tive de contar, Lulu era de confiança então ela nem criaria caso com isso e Gnar provavelmente pouco se importaria.
-Gnar: Por que tanto mistério?
-Bem gente, a verdade é que eu...estou apaixonado por Teemo.
-Lulu: O que?~Deu um grande grito~
-Teemo: Nossa mais o que foi isso Lulu? ~Disse de longe~
-Lulu: Nada não. ~disse meio enfurecida~
-Gnar: É eu já sabia, desde aquele jantar percebi isso.~sorriu~ vocês até que são fofinhos juntos.
-Lulu: Gnar não incentiva.
-É Lulu por que você está com esse cajado levantado?
-Lulu: isso? Não e nada mas você sabe como é ser um esquilo?
-Não faça isso.
-Gnar: Nossa Lulu isso é serio? ~gargalhou~
-Lulu: Quer que aconteça com você também?

  Alguns minutos depois voltamos e Lulu estava com um pouco de raiva mas o motivo é bem simples já que, ela sempre demonstrou ter uma queda por mim eu nem ligava para ela então é bem estranho essa reação e ela não pode negar que é isso.

-Teemo: O que aconteceu lá Veigar?
-Nada de mais.~sorri e sentei me do lado de Teemo~
-Teemo: E por que Lulu está tão brava e Gnar parece alegre?
-Não é nada serio.~dei um leve sorriso, coloquei minha cabeça no ombro de Teemo e adormeci~


Continua...

 


Notas Finais


Se ficou meio fraco o capitulo é porque estava escrevendo na pressa, vou tentar trazer mais um capitulo até sabado então até lá.
Se gostou deixe seu comentário e favorite mas é claro, se quiser


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...