História Second Chance (Jariana) - Capítulo 17


Escrita por: ~ e ~Thaai04

Postado
Categorias Ariana Grande, Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Ariana Grande, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber
Tags Ariana Grande, Jariana, Justin Bieber
Exibições 154
Palavras 1.949
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu postando mais um capítulo de madrugada, porque não sou obrigada a nada. 🌚🍷

Capítulo 17 - Longa noite


POV JUSTIN

Acordei no meio da noite sentindo algo quente, em meu membro, e me proporcionado uma sensação prazerosa, abri os olhos com tudo, quando me deparo com a Ariana me chupando.

- O- o q-que você ta fazendo - falei entre gemidos, porra aquilo tava muito bom. 

- Eu estava com saudades dele Jus - ralhou com uma voz sexy. Confesso que a Ariana grávida, estava realmente  mais maravilhosa, seu apetite sexual estava cada vez maior, o que me deixava feliz.

-  Porra - joguei a cabeça para trás quando sentir, sua língua quente rodeando a glande do meu membro. - Caealho.

- Você gosta quando eu faço assim Jus? - enfiou quase meu pênis todo dentro da boca, não aguentei e segurei seus cabelos em um rabo de cavalo, e comecei a foder a boca dela, que por sinal demostrava está gostando bastante. Eu estava quase gozando,  quando ela começou a massagear minhas bolas foi demais pra mim, liberei meu gozo com tudo na boca dela, a mesma engoliu tudinho como se fosse, seu suco preferido.

- Tão gostoso - passou a língua em volta da boca limpando os respingos de gozo, que escorriam por ali.

- Vem cá gostosa, que eu quero gozar dentro de você também - ela me olhou com um sorriso sacana. Puxei a mesma ficando por cima dela e tirando a camisa que ela estava vestindo, que por sinal era minha, ela estava sem sutiã o que me deu uma bela visão de seus seios, médios que estavam ficando maiores por conta da gravidez, meu membro já estava duro de novo, pulsando. Comecei a chupa seu seio esquerdo enquanto massageava o direito, depois repeti o mesmo com o outro.

Os gemidos de Ariana estavam cada vez mais altos pelo quarto, fui descendo os beijos por sua barriga que por sinal o volume já estava cada vez mais visível. Retirei sua calcinha lentamente. Ela estava completamente molhada para mim dei um beijo estalado em seu clitóris o que fez com que ela arquease as costas. Subi em direção ao seu rosto para beija-la enquanto massageada seu clitóris, aquilo tava bom demais. Comecei a beijar seu pescoço enquanto ouvia ela gemendo em meu ouvido.

- Ju- jus vai logo - arranhou minhas costas e rebolou em meus dedos, em busca de mais contato. Beijei sua boca sugando sua língua, quando do nada sentir Ariana me empurrando, levantando da cama e seguindo correndo em direção ao banheiro. 

Levantei com tudo da cama e fui atrás dela, encontrando a mesma agachada em frente ao vaso sanitário, vomitando tudo, fiquei preocupado, fui atrás dela e segurei seus cabelos.

-  Sai Just - vomitou mais - Seu perfume - e mais vomito - SAI DAQUI - ela gritou, e vomitou muito mais.

Foi quando eu entendi meu perfume estava deixando ela enjoada, mas que droga, tinha que ser bem na hora da nossa foda, minha ereção já tinha ido embora nessa altura do campeonato, Ariana continuava vomitando no banheiro, se eu chegasse perto ela iria vomitar mais, vesti minha cueca e meu short e fui correndo chamar Alexa, para ajuda-lá.

- Alexa - bati na porta, Ryan estava dormindo com ela hoje, espero que não estejam fodendo, se não eu irei atrapalhar, não posso fazer nada, bati mais uma vez na porta, só que com uma intensidade mais forte - Alexa a Ariana ta passando mal - na mesma hora ouvi barulhos dentro do quarto e um Alexa deseoerada abrindo a porta.

- O que aconteceu - ela estava com uma cara de sono pós foda. Ryan já estava levantando também.

- Ela está vomitando muito e não posso chegar perto, pelo motivo ser meu perfurme, você precisa ir - nem terminei de falar, ela saiu correndo em direção ao quarto.

POV ARIANA

Eu estava quase colocando minhas triplas pra fora, de tanto que eu estava vomitando, parecia que o cheiro dele ainda estava em mim, e na verdade estava, meu Deus eu não estava sentindo enjôo daquele maldito perfume antes, tinha que ser logo agora que eu ia gozar, que raiva. 

Vi Alexa entrando no quarto com uma expressão totalmente preocupada no rosto, se aproximando de mim.

- Ari o que foi, acho melhor irmos ao um hospital - Claro que eu não iria, era só um enjôo.

- Não eu já vou ficar boa - comecei a chorar por estar naquela situação, nua vomitando no banheiro, e sentindo enjôo do cheiro do meu próprio namorado. 

- Ari não chora, é assim mesmo, no comecinho da gravidez - Justin apareceu na porta do banheiro, ele estava com um olhar preocupado, então se aproximou, novamente inspirei o cheiro de seu perfume, e comecei a vomitar de novo, dessa vez chorando.

- Não Justin ela ta assim por causa do cheiro do seu perfume, vai tomar um banho no banheiro lá de fora esfrega bastante o corpo pra esse cheiro sair, e manda o Ryan trocar as roupas de cama, e espirrar um produto no quarto para eliminar o cheiro desse seu perfume. - Justin apenas assentiu e saiu quase correndo do quarto.

Do nada veio um vento, e pela minha má sorte aquele cheiro veio junto, me fazendo vomitar, e dessa vez até pelo nariz, comecei a me desesperar e chora mais.

- Calma Ari, vem vamos tomar um banho para você parar de passar mal - eu apenas assisti, levantando do chão com a sua ajuda, pois eu estava me sentindo fraca. 

Alexa ligou o chuveiro deixando em uma temperatura morna, entrei no box e logo em seguida, sentindo a água escorrer pelo meu corpo, e mais uma vez senti meu estomago embrulhando e sai do box correndo indo em direção ao vaso sanitário e colocando tudo pra fora.

- Pronto? - perguntou Alexa se referindo, se eu já estava pronta pra voltar ao banho, apenas asseenti, voltando em direção ao chuveiro.

- Acho que agora finalmente terminou - me refiri por não está mais sentindo ânsias de vomito.

- Ainda bem, esse bebezinho nem nasceu ainda e já está dando trabalho - falou alisando rapidamente a minha barriga.

- Nem me fale, o Jus deve está chateado, ele nem conseguiu - não terminei a frase, fiquei um pouco constrangida.

- Nem conseguiu o que? Não me diga que vocês - assenti, e ela soltou uma gargalhada alta.

- Para Lex isso não tem graça - eu estava parecendo um pimentão de tão vermelho.

- Ele não vai ficar chateado Ari, mas que deve ter sido brocante de em - soltou outra risada.

- Se você não calar essa boca agora, eu te afogo nessa água - ela fez sinal de rendição com as mãos.

- Não está mais aqui quem falou, amor da madrinha você não pode atrapalhar seus pais assim - falou com voz de bebê e debochando da minha cara.

- Para Alexa, sua chata - fiquei com a minha cara emburrada.

- Vem, vamos sair - desligou o chuveiro e pegou uma toalha pra mim, peguei a mesma e comecei a me enxugar, logo depois vesti um roupão branco, e segui em direção ao quarto.

- Senta aqui na cama - percebir que a roupa de cama estava trocada e também o quarto agora estava com um cheirinho gostoso. 

- Estou tão cansada. É filha, você nem nasceu e já está dando esse trabalho todo pra mamãe - alisei minha barriga. 

- Aqui está - trouxe um moletom azul marinho e uma calcinha para mim vestir. O moletom ficava até metade de minhas coxas. - Agora deita um pouco que eu vou preparar um chá pra você. 

- Não Lex, você sabe que eu não gosto de chá - ralhei manhosa, enquanto me cobria com aquele cobertor cheiroso e macio.

- Você não tem que gostar, vai tomar e ponto final - eu odiava quando ela falava desse jeito mandona -Vou chamar o Justin, ele deve estar preocupado.

- Antes confere se ele não está mais com o cheiro daquele perfume.

- Com certeza ele não está, o coitado deve ter esfregado o corpo mais que tudo - soltou uma garagalhada, e eu não pude deixar de rir junto.

Ela saiu do quarto, peguei meu celular que estava no criado mudo, olhei as horas e marcava 02:35 da madrugada. Não demorou muito para que Justin entrasse quase correndo no quarto.

- Amor como você está se sentindo? Quer ir ao médico? - achei fofa sua preocupação.

- Eu estou bem Jus não preciso ir ao médico, foi só um enjôo - um enjôo que quase coloquei minhas triplas pra fora.

- Amor desculpa eu não sabia que aquele perfume ia te fazer mal - seu tom de voz, era de está se sentindo culpado 

- Não precisa se desculpar vida, nem eu sabia que iria ficar enjoada, foi que sua filha só reclamou agora. - passei a mão na minha barriga.

- Filho desculpa o papai, eu vou até jogar aquele perfume pela janela, quando eu chegar em casa -ralhou com o rosto próximo a minha barriga.

- Amor desculpe, eu sei que você nem conseguiu... Você sabe.

- Não diga besteiras Ari, o que importa é sua saúde e do nosso filho, você não tem que se desculpar em nada, mas podemos continuar aquilo outra hora - esboçou um sorriso malicioso no rosto.

- Você é um bobo Jus - selamos nossos lábios em um beijo rápido, porém carinhoso.

- O bobô que você ama.

- Chega dessa melação toda - falou Alexa entrando no quarto, segurando uma bandeja, com chá e biscoitos. Ryan entrou logo atrás dela.

- Mas eu não quero comer - fiz bico.

- Mas você vai - Alexa me cortou.

- Mas eu não quero - eu estava insistindo.

- Ou você come ou vamos ao hipital agora - dessa vez quem falou foi Justin - Você que escolhe.

- Ryan faz alguma coisa - meus olhos já estavam lagrimados, hormônios da gravidez.

- Eu não vou fazer nada, você tem comer mesmo, isso é para o bem do meu afilhado.- as lágrimas começaram a sair dos meus olhos.

- Amor, você quer ver ele doente? - eu neguei com a cabeça - Então você tem que alimentá-lo ou ele vão ficar doente. 

- Você pode fazer isso por ele? - perguntou Alexa, e eu assenti.

- Amém, obrigado Deus - Ryan levou um tapa de Alexa no braço - Ai amor.

Comecei a comer os biscoitos lentamente, e bebend um pouco do chá, até que não estava tão ruim assim. Eu acho que estava com fome e não sabia, terminei de comer tudo.

- Obrigado, vocês são os melhores - fiz uma carinha fofa.

- Agora vamos dormir, Ari descansa viu, e é pra dormir e não fazer outras coisas - deu ênfase no dormir, eu corei na hora.

- Pode deixar, você que manda - não demorou muito para que eles saíssem do quarto, apagando a luz e fechando a porta.

- Eu te amo amor, durma bem e sonhe com os anjos - falou jus me dando um selinho e me aconchegando em seus braços. 

- Eu também te amo, e muito muito muito - o abracei forte e Fechei os olhos, aos poucos fui me entregando ao sono.

(...)

Acordei de manhã, eu ainda estava cansado, Justin ainda dormia, eu estava morrendo de fome, peguei o celular que estava em.cima do criado mudo para ver as horas, eram 08:00 dá manhã, percebir que era o celular de Justin, vi que tinha uma mensagem, por pura curiosidade resolvi ver quem era.

"E então, Ariana desconfiou de alguma coisa?"

- QUE PORRA É ESSA BIEBER? 

 


Notas Finais


Como estamos? Mar gente que mensagem foi essa?

Vou revisar o capítulo quando eu acordar, pq agora eu vou dormir! 😴

Fiquei com dó da Ari passando mal. Socorro meu quase hot 🙈🙈

Link da minha outra fic Jariana: https://spiritfanfics.com/historia/simply-love-jariana-6783443

NOS VEMOS EM BREVE! BEIJOOOO ❤

-Thaai


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...