História Second Chance (Jariana) - Capítulo 18


Escrita por: ~ e ~Thaai04

Postado
Categorias Ariana Grande, Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Ariana Grande, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber
Tags Ariana Grande, Jariana, Justin Bieber
Exibições 133
Palavras 2.148
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltamos

LEIAM AS NOTAS FINAIS!!

Capítulo 18 - Casa nova


Fanfic / Fanfiction Second Chance (Jariana) - Capítulo 18 - Casa nova

- QUE PORRA É ESSA BIEBER? 

Justin levantou da cama em um pulo assustado, a fúria já estava nítida em meus olhos.

- O que foi amor? - ele conseguia ser tão cínico.

- O QUE FOI? - joguei o celular nele - QUEM É A VAGABUNDA NO CELULAR? EM? 

- E- eu não to entendendo o que você ta falando.

- CALA A BOCA - parti pra cima dele, lhe enchendo de tapas. 

- Ariana me escuta - segurou meu braços - Do que você está falando? - por um momento pude ver sinceridade em seus olhos, mas quando me lembrei da mensagem, a raiva tomou conta de mim.

- ME SOLTA - as lágrimas já escorriam pelos meus olhos - Você estava me traindo esse tempo todo - minha voz já estava falha.

- NÃO! EU NUNCA TERIA COREM DE TE TRAIR.

- Vai embora Jutin - ele soltou meus braços - Anda vai embora - ele abaixou pegou o celular e leu a mensagem.

- A- Ari.. Você entendeu errado - ele estava sem reação, então não tive dúvidas que eu estava certa.

- Então me diz a verdade - eu praticamente implorei.

- Não chora Ari, eu posso te explicar mais não agora.

- Então você pode ir embora, e não precisa voltar mais - desviei meus olhos dele e quando estava indo em direção ao banheiro, ele segurou minha mão direita.

- Amor.. Não faz assim por favor - ralhou cautelosamente - Você tem que confiar em mim.

- Com essa mensagem fica difícil - soltei minha mão da dele.

- Você não confia em mim? - perguntou.

- Você está me dando motivos para desconfiar.

- Você só precisa esperar um pouco, por favor. 

- Vai embora Justin pelo amor de Deus, antes que eu faça uma besteira com você - semicerrei olhos olhos para ele.

- Está bem, mais tarde eu volto e vamos conversar.

- Eu falei que não precisa mais voltar - meu coração estava destruído.

- Mas eu irei voltar, você querendo ou não - Justin começou a andar pelo quarto vestindo suas roupas.

- Porque fez isso com a gente? - perguntei por impulso.

- Isso o que?

- Me traiu - meus olhos já estavam lagrimados de novo.

- Eu não traí você, já te falei isso - se aproximou de mim - Eu te amo - beijou minha testa. 

Virei as costa e segui em direção ao banheiro sem dizer mais nenhuma palavra, ouvir ele dizer "Eu volto mais tarde" bati a porta com muita força, abrir a torneira da banheira, enquanto esperava a mesma encher, sentei no chão me encolhendo e deixando que as lágrimas caíssem sobre meu rosto. 

(...)

- Mas como você pode ter certeza que é traição? - perguntou Alexa deitada do meu lado na cama, depois daquela discussão, eu estava me sentindo indisposta.

- Eu já te falei, ele esta me escondendo alguma coisa, com certeza deve está me traindo, ainda mais que agora estou gorda - comecei a chorar de novo.

- Ari não diga besteiras, ele não está te traindo, e você não está gorda, você está grávida.

- Como você sabe que não é traição? - lhe lancei um olhar desconfiado.

- Po- Porque eu sei que ele te ama muito, e não teria coragem de te trair.

- Mas agora eu to feia e .. - fui interrompida.

- Ariana chega, eu já disse que você não esta está feia. Você só está grávida, e uma grávida linda - apertou minha bochecha.

- Ari, você está quente - sua expressão passou para preocupada - Você está com febre - tocou em minha testa e meu pescoço.

- Claro que não estou - neguei com a cabeça.

- Está sim, vou pegar um remédio - levantou da cama e saiu do quarto. 

POV JUSTIN

Estava no meu escritório com os pensamentos a mil por horas, minha mente não saía sobre o desentendimento que tive com Ariana hoje. Não era para ela saber agora, tive que falar com Camila para ela mandar o pessoal adiantar o trabalho, porque ou seria hoje, ou Ariana iria acabar me matando. Fui retirado dos meus pensamentos com meu celular tocando.

- Fala Alexa - suspirei e joguei minha cabeça para trás, fechando os olhos.

- Ariana não está bem.

- Como assim? O que ela tem? - Levantei já nervoso com a situação.

- Ela está queimando em febre e.. - a cortei.

- Eu já estou indo pra aí agora mesmo.

- Ela deve está assim por causa do nervoso que passou - me condenei por isso. 

- Faz ela se arrumar, não conte para que, invente alguma coisa.

- Certo, venha logo, antes que essa garota tenha um treco.

- Estou chegando - encerrei a ligação.

Juntei minhas coisas, saindo da minha sala, mandando minha secretária reserva, que estava no lugar de Ariana desmarcar todos meus compromissos.

Cheguei no apartamento da minha namorada, a porta estava destrancada provavelmente a Alexa deixou aberta por que sabia que eu estava chegando. Avistei Ariana sentada no sofá, arrumada, mas seus olhos estavam vagos, e tristes com certeza pelo mal entendido que houve hoje mais cedo.

- Amor.. - ela não me olhou - Ari.. - me aproximei dela, sentando ao seu lado.

- Eu disse que nao precisava voltar - rosnou. É.. eu estava fudido.

- Amor eu vim para te explicar sobre a mensagem, que você entendeu tudo errado - ralhei cautelosamente.

- Como se eu fosse acreditar nas suas mentiras, teve um bom tempo para elaborar uma, e vir tentar enganar a trouxa aqui.

- Amor.. Eu não estou mentindo, vamos comigo que eu vou lhe amostrar o que preparei para você, e te explico tudo - Eu estava sendo o mais paciente possível.

- O que? - me olhou confusa - Eu não vou para lugar nenhum, vou sair com Alexa.

- Não você está arrumada porque vamos sair juntos - pisquei para ela, que me olhou incrédula.

- ALEXAAAAA - Levantou do sofá e gritou.

- Ariana pare agora, você vai com ele pronto e acabou - falou Alexa descendo as escadas, chamando a atenção da amiga.

- Eu não vou - cruzou os braços, fazendo birra.

- Claro que vai, e sabe porque? - falei me aproximando dela - Porque eu te amo, e você me ama. - lhe roubei um selinho.

- Alexa você ainda vai me pagar - jogou uma almofada na amiga.

- Eu só estou te ajudando - ralhou Alexa fazendo sinais de rendição com as mãos.

- É sério amor.. Por favor colabora, eu tenho uma surpresa pra você.

- Eu até vou Bieber, mas se não houver uma boa explicação eu.. - a cortei.

- Você não irá se arrepender - me lembrei que ela estava doente - Mas e a febre já passou? Vamos ao médico agora! - eu já estava preocupado.

- Ela já está bem Justin, isso aí era saudades de você.
- Não era nada - bufou Ariana.

- Ok.. Vou fingir que eu acredito.

- Melhor mesmo, antes que ela te agrida, a situação já não está muito boa para o seu lado. - soltei uma risada nasal, negando com a cabeça.

- Então... Vamos? - estendi a mão direita para minha namorada.

- Vamos, e espero não me arrepender - levantou emburrada, sem segurar minha mão, me deixando no vácuo.

(...)

Estávamos no carro e Ariana não dirigiu nenhuma palavra comigo, percebi estávamos chegando, então iria ter que colocar minha segunda parte do plano em ação. Abri o porta luva retirando de dentro uma venda preta.

- Coloque - estiquei para Ariana, que me lançou um olhar confuso.

- Eu não vou colocar isso - soltou uma risada sarcástica.

- Por favor - respirei fundo - Você não está ajudando.
- Só desta vez - pegou a venda de minha mão, sem nenhuma delicadeza.

- Obrigado - ela colocou a venda nos olhos.


Vi que estávamos chegando, entrei no condomínio, e estacionei o carro, desci do mesmo abrindo a porta e guiando Ariana para dentro da casa, enquanto ela resmungava algumas palavras, que eu não estava dando a mínima em querer saber o que era.

- Amor pode tirar a venda - retirou a venda rapidamente. 

- O que estamos fazendo aqui? De quem é essa casa? - sua expressão foi de confusa.

- Calma bravinha, vem - segurei suas mão direita a levando até a sala de jantar. (1)

Havia uma mesa posta o prato era lasanha, pois eu sabia que Ariana amava. Sua expressão ainda era confusa, sentamos na mesa um de frente para o outro, os olhos da minha namorada estavam brilhando. 

- Jus o que.. - a cortei.

- Coma amor, eu sei que esse é seu prato preferido.
-Mas.. 

- Curta o momento, princesa - segurei sua mão esquerda por cima da mesa, lhe passando conforto. Ela assentiu.

Começamos a comer em silêncio, eu sabia que ela estava cheias de dúvidas, mas eu só queria ir apreciando um momento de cada vez. Quando ela havia terminado a refeição resolvi esclarecer as coisas.

 - Amor... - chamei sua atenção - Eu comprei essa casa para nós amor, para morarmos juntos, eu você e nosso filho - seus olhos já estavam cheios de lágrimas - Aquela mensagem, foi a Mila que me enviou, é que você ficou tão nervosa que não reparou. - expliquei tudo em fôlego só.
- Amor... - limpou as lágrimas com as costas das mãos - Me desculpa, eu sou uma boba, por não ter confiado em você - levantou-se de seu assento, e logo em seguida sentando em meu colo me abraçando, colocando o rosto em meu pescoço.

- Eu entendo amor, só não faça mais isso de novo - lhe dei um forte abraço. - Então.. Você aceita morar aqui, comigo e com nosso filho? 

- É claro que eu aceito - olhou em meus olhos - Você é o melhor namorado do mundo. Eu te amo.

- Eu também, amo você - lhe dei um beijo cheio de carinho e amor, enquanto suas lágrimas salgadas escorriam por seu rosto.

POV ARIANA

Justin estava preparando algo lindo para nós, enquanto eu pensava que estava sendo traída, eu sou uma idiota por pensar isso dele.

- Vou lhe apresentar a sua casa agora, um detalhe, coloquei ela no seu nome - abri a boca incrédula.
- Eu não acredito que você fez isso.

- Então trate de ir se confirmando, essa casa que sua - esse homem conseguia ser perfeito.

- Justi..

- Já está feito amor - eu fazia uma expressão se fingindo de brava. - Vem - puxou minha mão subindo as escadas.

- Esse é o quartinho do bebê, não esta decorado, achei que deveríamos fazer isso juntos. 

- É bem espaçoso, tenho certeza que ficara lindo.
- Aqui é a brinquedoteca - abriu uma porta que havia do lado do quarto da nossa filho. (2)

- Awwwn está lindo, como você conseguiu me esconder isso por tanto tempo.

- Eu nem consegui direito, você quase descobriu e quase me matou, e Camila me ajudou. - lhe dei um selinho.
Ele foi me apresentando o resto da casa mas faltava nosso quarto.

- Pode abrir, amor - abri a porta e fiquei encantada, era tudo tão lindo, as cores eram claras, perfeitamente do jeito que eu gostava. Estava perfeito (3)

O closet era enorme, com certeza eu ficaria com a maior parte dele, Justin ficaria com um pequeno espaço, porque mulher sempre tem mais roupa. (4)

- Eu amei Justin - lhe abracei.  

- Eu tentei fazer tudo o mais simples possível, para que você pudesse se sentir bem - ele era tão fofo, sabia que eu não gostava de nada muito exagerado, eu era bem simples, por não ter sido criada no luxo.

- Está tudo bem amor, eu amei. - lhe dei um selinho demorado.

- O que acha de inaugurarmos nossa cama hoje em? - meu pelos se arrepiaram.

- E- eu Jus.. - soltei um gemido quando o senti me dando um forte chupão no pescoço - Vai ficar marcado.

- Bom que todos vão saber que você tem dono - apertou meu bumbum com força me fazendo arfar.

- Vamos logo com isso - apertei seu membro, que já estava rígido com um pouco de força, pude ouvi-lo gemer.

Justin abriu o zíper do meu vestido, o fazendo deslizar pelo meu corpo caindo no chão, eu estava sem sutiã, coloquei a mão em frente ao meu corpo por lembrar que eu estava gorda e feia.

- Amor você está linda - abaixou minhas mãos - Linda e gostosa.

- Eu é que.. Ah! - gemi quando senti ele sugando meu seio esquerdo.

Dali eu sabia que a noite seria longa...

 

 


Notas Finais


1
http://blogdecoracao.biz/wp-content/uploads/2014/07/sala-de-jantar-55.jpg

2

http://patrimovel.com.br/App_Themes/default/imagensdb/12939_g.jpg

3

http://movelariaepisos.com.br/wp-content/uploads/2015/09/suite_casal04.jpg

4

http://casaeconstrucao.org/wp-content/uploads/2015/11/closet-feminino-11.jpg

AINDA BEM QUE O JUSTIN NÃO TRAIU A ARI UFA.

VOCÊS PENSARAM QUE NÃO IA TER CAPITULO HOJE NÉ?!

BEIJOS DA THAI E DRIIH ❤

O CAPÍTULO ESTÁ GRANDE ENTÃO SEJAM BONZINHOS E COMENTEM! 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...