História Secret - Imagine JungKook - Capítulo 40


Escrita por: ~ e ~TitiaPark13

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Dominador, Dores, Kook, Prazeres
Visualizações 187
Palavras 1.220
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tami : Hi per !

Como estão ? Demorei ? Demorei !

Então sorry.

Preparadas ? Partiu !

Capítulo 40 - Aceito


Fanfic / Fanfiction Secret - Imagine JungKook - Capítulo 40 - Aceito

--Jeon on --

Nunca pensei uma coisa dessa de meu hyung. Como ele pode alem de defender ela estar transando com a vadia imunda ?

-Você assustou ela ! - Ele disse batendo suas mãos a mesa.

Nao faz muito tempo que chegamos , e desde o minuto que ponhamos os pés aqui dentro estou ouvindo sermões ridículos. Pensei ate em tomar meus remédios por hoje pra conseguir dormir.

-Já chega Yoonie. Você esta comendo ela , mas nao tem direito de me encher - Digo debochado me levantando.

Coloquei minhas mãos no bolso sem ouvir uma palavra de yoongi. Eu sei que quando esta assim é pra controlar sua raiva , também sei que se quisesse iria machucar meu lindo rosto com seus socos agressivos.

Nunca brigamos antes e isso era novidade , ate mesmo me assustei quando veio pra cima de mim e revidou a cada soco que lhe dei. Essa garota esta nos atormentando , nos deixando afastados , e olha a que ponto chegamos.

Entrei em meu quarto ainda pensativo com o que havia acontecido e com a cara de espanto da garota. Um aperto alcançou meu peito me fazendo ter aquele sentimento estranho de culpa.

Deitei em minha cama depois de tomar os remédios que já estavam juntando poeira ali no canto. 

Parecia que os flashes passavam lentamente me torturando , e todos frizavam a imagem da garota chorando e o quanto a xinguei. Isso me excitou naquele momento , mas agora , aquela maldita sensação de bipolaridade me fazia sentir-me culpado.

Peguei meu celular , e olhei pra tela incontáveis vezes tomando coragem de escrever algo. Nunca pedi desculpas pra ninguém , e nao é exatamente algo que eu queira e costume fazer com freqüência.

Mas quem nao chora , nao mama. Nao é ?

--Jeon off--

--Jady on--

Era estranho como depois de tudo meus pensamentos ainda acabavam em Jeon JungKook. Meu coração doeu quando yoongi levou um soco , mas foi quando Jeon se feriu que meu coração apertou. Eu sinto algo por yoonie e isso é fato dentro de mim.

Seu jeito doce , sua calma e simplicidade , sua maneira serena me encanta. E é engraçado como esta me fazendo mesmo que aos poucos esquecer Jeon. O problema é que o moreno ainda toma muito espaço dentro do meu coração.

E eu sei o que vou fazer.

--Jady off--

--Jeon on --


Mensagem on 

Eu : Podemos conversar ?

Jady : Seja breve.

Eu : Eu nao queria te assustar. Então , me desculpa.

Jady : Jeon , por que é assim comigo ?

Eu : As coisas são assim. Como sabe só a quero como submissa.

Jady : Você nao gosta de mim , nao é ?

Eu : Nao. Mais gostaria de você sendo o que quero.

Jady : Yoonie sabia desdo começo ?

Eu : Sabe. Entrei nesse mundo por conta dele.

Nao sabia por que estava a contando. Mas senti vontade.

Jady : Vocês só iriam me usar ?

Eu : Para de perguntas.

Jady : Eu , queria saber o que uma submissa tem que fazer.

An ?

Eu : Me obedecer. E saber que nao pode ser de ninguém a nao ser minha. Você vai me dar quando eu quiser , e se preciso vamos fingir um relacionamento pra ninguém desconfiar. 

Dez minutos depois.

Jady : Eu aceito... Senhor Jeon.

Mensagem off.

Eu ao menos podia sonhar que ela aceitaria. Nessas horas era bom ser irresistível. Já pensou ? Ela transou com o amigo , se enrolou com o outro , e ainda com meu hyung. Mas como uma menina obediante ela sempre volta pra mim.

Mensagem on

Eu : Quero você em minha casa agora. Pode ser ?

Jady : Tenho escolha? 

Eu : Nao querida.

Jady : Já estou indo senhor. ;)

Mensagem off.

Haviam passado dez minutos e ouvi a campainha ser tocada. Abri eu mesmo já que essas horas os empregados foram todos dispensados. Olhei a figura da garota simples como sempre , e seu casaco fora de moda entre as mãos.

-Oi - Ela diz baixinho olhando seus pés.

-Você pode me olhar. Só nao se dirija sem o senhor. - Disse ríspido pegando em seu braço fino. - Venha.

A puxei pra cima. Subimos ate meu quarto e a mandei ficar parada em frente a porta fechada. Como de costume apaguei as luzes deixando apenas a luz da lua entrar. O quarto estava como queria , e finalmente estaria também fazendo aquilo que desejava que aos olhos de Park Jimin e Yoongi era impossível.

-Venha aqui - A puxei pra perto de mim e fiz um coque em seu cabelo como ajumma havia me ensinado. Girei seu corpo a deixando de costas pra mim , beijei seu pescoço sentindo o fraco cheiro doce. - Garota , eu esperei muito por isso. - Sussurrei em seu ouvido a vendo arrepiar. Era isso que eu queria.

Passei minhas mãos por seus seios cobertos e a vi arfar. Peguei a barra de sua camiseta e lentamente a tirei. Antes de mais nada enrolei ajeitosamente a camiseta e coloquei sobre seus olhos , amarrei com cuidado pra nao a machucar ,por enquanto , e voltei a beijar a extensão de seus ombros , mordi sua costa fortemente deixando minha marca ali , pra que nao esqueça que agora é apenas minha.

-Você quer , nao é ? - Mordi seu ombro.

-Sim senhor - Ela disse baixinho encostando seu corpo cada vez mais no meu.

Tirei então seu sutiã e o joguei em qualquer canto do quarto. Passei meus dedos em sua costa descendo ate sua calça. E como as peças de cima arranquei rapidamente as de baixo. Girei seu corpo novamente fazendo com que ficasse de frente a mim.

Tao linda.

A guiei ate minha cama e peguei minha gravata amarrando seus pulsos. Me ajoelhei em frente ao seu corpo exposto e fui logo ao que interessava.

Lambi sua intimidade como se isso fosse a última coisa que faria em minha vida. Jady gemia e dizia coisas desconexas a todo o momento e isso era música para meus ouvidos.

Ela geme pra mim.

Ela é minha.

Ela é submissa.

(...)

Depois de um bom tempo a fodendo de todas as maneiras possíveis , seja na parede , no chão , na cama e ate mesmo em cima do criado mudo a garota acabou dormindo. Seu corpo estava cheio de hematomas roxos por conta dos tapas , mordidas e beliscoes que a dei.

Era gratificante ver aquilo.

"Senhor , mais rápido"

"O que você quer em ?"

"Você...dentro de mim , por favor"

Nada de nossa noite queria sair de minha mente. 

A olhei por uma última vez e decidi dormir em outro quarto pra que nao se iludisse quando acordasse e me vesse ao seu lado.

Coloquei apenas minha calça , e Fechei a porta devagar pra que ela nao notasse que dali sai , olhei pro lado e quase morri quando vi meu hyung parado como se fosse um fantasma.

-O que é ? - Indaguei rindo.

-E impressão minha ou deixou uma qualquer dormir aqui ? - Disse serio.

-Se considera Jady uma qualquer. Sim , deixei depois de fodermos gostoso - O provoquei. Ele merecia , ele a roubou de mim e isso nao se faz , nunca roubei suas submissas.

-O que ? - Diz alterado passando as mãos no cabelo.

-Ela pode estar com você , e ate um dos babacas dos amigos oferecidos dela. Mas e pra mim que ela volta.

Dei de ombros e continuei meu caminho tranquilamente ate meu quarto.

Ela agora e só minha.

Eu quero a machucar.

A ver gritar.

E implorar pra parar.



Notas Finais


Opa Jeon.. Que isso ? Hahaha

Espero que gostem.

Omma agradece.

Bye ! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...