História Secret - Imagine JungKook - Capítulo 41


Escrita por: ~ e ~TitiaPark13

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Dominador, Dores, Kook, Prazeres
Visualizações 282
Palavras 1.137
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eeeeeeeei !

Turo bom ? Partiu mais um ?

Opa. Opa. Estamos em dose dubla hoje !

Hi per ! Como estão ?

Os humores estão mudados hoje nesse cap haha.

Esperamos que gostem !

Bye !

~Dje
~Tami

Capítulo 41 - Humores trocados.


Fanfic / Fanfiction Secret - Imagine JungKook - Capítulo 41 - Humores trocados.

-- Jady on --

Já faz alguns minutos que acordei mas não penso em me levantar agora, a dor no meu corpo é tanta que mal passo respirar sem dar um gemido de dor 

- Será impossível esconder essas marcas - sussurro a mim mesma e bufo em seguida

Jeon não era um dos homens mais românticos do mundo, mas me proporcionava prazer, me faz ser submissa do mesmo. E se ele me quer como submissa eu serei, mas não posso garantir que será por muito tempo

- Levanta !  Lee Hee disse que precisa sair você vai ajuda minha omma - Jeon aponta a cabeça na porta mas sai sem nem menos me dar um bom dia 

Jady, você é só uma submissa...

Levanto e visto minhas roupas, lavo o rosto e pego um pó compacto que estava nas coisas de Jungkook, a tentativa é falha mas pelo menos tentei 

- Bom dia Maria - digo a senhora que estava de costas para mim 

- Que animal te atacou menina ! - Maria dizia espantada com as mãos na boca 

- O animal tem nome e sobrenome - Yoonie aparece na cozinha com a cara de quem comeu e não gostou - Jeon, Jeon Jungkook

- Yoon.. 

- Não tente se explicar 

O pálido pega uma maçã e sai em seguida 

Não podendo me controlar saio atrás de Yoongi e puxo o mesmo pelo braço

- Yoonie, você está com ciúmes ? - digo fazendo bico - você sabe que eu não posso ter nada com ninguém que não seja Jeon 

- E-eu..

- É claro que sabe, foi você quem o ensinou tudo. Quantas submissas você teve ?

--Yoongi on --

Droga ! Como ela pode ser estupida de aceitar uma coisa dessas de Jeon ? 

Realmente , mulher gosta de sofrer.

"Quantas submissas você teve "

Ecoou pela minha cabeça fazendo-me despertar. Eu estava com raiva , mas nao de Jeon , e sim dela mesmo. Ele foi verdadeiro dizendo suas intenções e ate mesmo contando que nao gosta dela.

Nao queria que encostasse em minha irmãzinha , que a machucasse. Mas ela pede , e nesse momento estava a fim de a bater com as minhas próprias mãos ate ela gritar pra parar.

A tempos nao sinto meu sangue ferver , e nao entendo por que tudo isso agora. Eu parei , juro que parei de ir atrás de submissas , eu queria ser alguém melhor pra conseguir a livrar de Jeon. Mas eu preciso bater em alguém pra me aliviar dessa maldita raiva e angustia que sinto em meu peito.

-Yoonie , quantas ? - Questionou novamente.

-Nao interessa. - Engoli em seco tentando ser ríspido - Você nao pode falar comigo. - Girei meus calcanhares antes que me arrependesse.

-Yoonie.. Nao faz assim - Choramingou a garota.

-Jeon pode machuca-la , então nao se aproxime - Olhei a mais uma vez deixando transparecer a minha decepção com a pequena.

-Me desculpa. - Disse e soou tão sincero ao ponto de querer a apertar em um abraço.

-Nao importa com quem esteja , você sempre volta pra ele.

Repeti a frase de Jeon e sai dali o mais rápido que podia.

Cheguei ate uma casa de piranhas e escolhi a melhor que tinha. Eu iria descontar nela e iria bater tanto que ficaria uma semana sem conseguir sentar direito.

Eu vou fode-la. Duro e forte.

--Yoongi off--

--Jeon on --

-Ajumma , cadê yoongi ? - Perguntei curioso.

Por incrível que pareça acordei de muito bom humor.

-Saiu filho. Por que ? - Questionou calmamente preparando o almoço.

O cheiro estava ótimo.

-Por nada omma - A abracei por trás como fazia antes. - Você esta cheirosa. - Rimos enquanto minha omma corava.

-Quer me ajudar ? - Perguntou animada.

Eu nao era bom com isso , mas juro que minha vontade era ajuda-la mesmo sem saber.

-O que eu faco ? - Perguntei olhando tudo na bancada.

-corte a cebola. - Disse simples cortando outras coisas.

Eu nao sabia como cortar. Sera que se eu batesse a faca muitas vezes iria dar certo ? 

-Ajumma... Eu nao .. Sei cortar - Falei fazendo bico.

-Tudo bem querido - Sorriu de mim. Eu confesso que a tempos nao desfrutavamos de momentos juntos na cozinha. Era trabalho e mais trabalho , mulheres e estresse. Eu sentia falta disso e vejo que ela também. - Olhe o molho para mim , hu ? 

(...)

Depois de comemos , sim ela comeu comigo. Me ofereci pra lavar a louça enquanto ajumma varria o chão. Era estranho mas Jady ainda nao havia aparecido por aqui.

-Noona , onde esta Jady ? - Questionei com a atenção voltada ainda pros pratos.

-Ela almoça em casa filho - Sorriu terna. - Você gosta dela , hu ? - Disse parando de varrer assim como parei de lavar os pratos.

Que absurdo pensar isso.

-Nao omma, eu nao gosto - Revirei os olhos e continuei a lavar os utensílios.

-Filho , ela gosta de você - Bufou a mais velha. - Por que a machuca assim , em ? 

-Ela escolheu isso.

Era estranho falar com ela sobre isso , a muito tempo nao falávamos assim tao naturalmente. E parecia tão bom.

-Há pessoas que gostam dela de verdade , entende ? - Disse voltando a varrer e a encarei serio.

-Esse "pessoas" - Fiz aspas - É yoongi , nao é ? - Mordi o lábio.

-Sim criança - Minha mãe me olha de canto. - Ele gosta dela.

-Nao , ele nao gosta omma. Ele acha que ela é sua irma - Passei as maos no cabelo sorrindo fraco - Ele esta doente.

-Nao fale assim de quem cuidou de você ! - Me repreendeu e assenti.

Apesar de tudo , devo a vida a esses dois.

-Tudo bem ajumma , me desculpe - Enxuguei minha mão e me curvei - Depois eu volto , hum ? - Beijei sua testa.

-Tudo bem querido.

Pensei muito em que ajumma disse. Mas eu nao a quero deixar ir , nao por que gosto , longe disso. Mas eu a queria sentir como submissa , era estranho , mas eu precisava a ter como submissa.

Eu vou seguir seus passos. Nao quero que se aproxime de yoonie.

Peguei meu celular e recorri a quem mais me ajuda nisso.

-Alô ? 

-Jiminnie , consegui.

-O que ?

-Kim Jady , a minha mais nova submissa.

-Puta que pariu ! Quando ?

-Depois te conto. Agora quero que mande SeokJin me ligar.

-Me de três minutos pra processar tudo e um pra o fazer ligar.

-OK chimchim

-O que ? Você me chamou do que ? Cara , você tomou remédio hoje , nao é ?

A tempos não o chamo assim.

-Anda logo bolinho.

Desliguei e comecei a rir sozinho. Realmente meu bom humor estava no auge hoje.

Meu celular vibra novamente e me surpreende com a competência de Park jimin.

-Jeon JungKook ? 

-Sou eu , Seokjin , nao e ? 

-Sim , o que quer ?

-Quero que me faça um favor.

-Hum ?

-Dois mil , em suas mãos pra  vigiar Jady.

Esse pobretão tem que aceitar.


Notas Finais


Opa , Jeon que isso ? Hahahaha

Esperamos que gostem.

Titia/omma agradece.

Ya , bye ! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...