História Secret - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas
Personagens Cameron Dallas
Tags Magcon
Exibições 24
Palavras 785
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpem a demora : )

Capítulo 17 - #17



Fiz minhas necessidades e vesti uma calça escura, uma camisa branca e um jaqueta cinza, calcei meu vans branco com detalhes preto.

Desci pra cozinha, não ia passar maquiagem tava com preguiça.

Nash: -Descobriu por que o Hayes sai mais cedo do que o necessário?

Eu: -Não....Ainda

Nash: -Acha que isso tem alguma coisa aver com ele não fazer aula extra?

Eu: -Ele só é preguiçoso, eu também não faço aula extra!- lembrei que tava com raiva dele -Vamos logo!- Tentei ser rude

Nash: -Ainda falta 40 minutos

Eu: -Tenho que pegar um livro na biblioteca!

Eu não menti tava sem ler fazia alguns dias, talvez semanas.

Nash: -Ta!- revirou os olhos

...

Miguel: -MINHA PRINCESA FAVORITA!- gritou quando me viu ao seu lado

Eu: -MEU REI FAVORITO!- atrai alguns olhares mas tudo bem, abracei ele que retribuiu -Oi gente bom dia!- acenei com a mão

Matt: -Não tem abraço hoje?- perguntou fingindo estar triste

Eu: -To com preguiça, desculpa!- abracei ele

Carter: -Se abraçou dois tem que abraçar o resto

Abracei todo mundo deixando o Cam por último.

Cam: -Bom dia garotinha!- me abraçou beijando meu pescoço me fazendo arrepiar.

Eu: -Bom dia menininho!- sorri boba

Nash: -Você não tinha que ir na biblioteca Gabi?- perguntou me provocando

Eu: -Ainda to com raiva de você Nash mas obrigada por me lembrar, tchau gente vejo vocês depois.

Miguel: -Tem prova hoje?

Eu: -Não sei, a Mary não me falou nada.

Miguel: -Vai embora comigo?

Eu: -Vou com o Hayes hoje!

Fui pra biblioteca, procurei pelos livros que realmente me interessa e achei Cidades de papel.

XXX: -Pensei que você não gostasse desse tipo de livro!

Olhou o livro em minhas mãos, nunca tinha visto esse menino a não ser uma vez nos corredores, ele era alto tinha provavelmente 1,80 os cabelos eram castanhos os olhos verdes e tinha a pele bronzeada.

Eu: -Quem é você caralho?- perguntei saindo dali

XXX: -Meu nome é Bruno!- sorriu

Eu: -Beleza tchau

Bruno: -Você é bem delicada

Eu: -Fala logo o que você quer!

Entreguei o livro pra mulherzinha fazer o cadastro.

Bruno: -Vim te convidar pra uma festa sexta-feira, pode levar seus amigos se quiser.

Eu: -Não sei como vai tá meu humor então não vou te garantir que irei aparecer lá.

Sai da biblioteca.

Bruno: -Okay!- sumiu no corredor.

Comecei a andar mas meu corpo bateu em alguém derrubando meu livro, me abaixei e peguei.

Eu: -Ah caralho vai toma...- olhei pra cima -Cam?

Cam: -O que ele queria?

Eu: -Quem?

Cam: -O Bruno!- falou em tom óbvio

Eu: -Ah ele é legal e bem...

Cam: -Eu perguntei o que ele queria.

Eu: -Eu hein, ele me chamou pra uma festa sexta, não sei se eu vou, tenho que ver se meu humor vai melhorar.

Cam: -Você não vai!

Frase errada Cameron Dallas.

Eu: -Virou meu pai garoto?

Cam: -Não to querendo mandar em você é que as festas do Bruno sempre tem muita drogas lá não é um bom lugar.

Eu: -Eu vou Cameron, a vida é curta de mais temos que experimentar de tudo enquanto temos tempo!

Dei uma piscadela e sai de perto dele.

(N/A : Espero  que entendam o lance da piscadela eu não sei o nome desse gesto.)

Escutei Cam gritar algo do tipo "Pelo amor de Deus Gabi" mas ignorei indo pra minha sala.

Nem meu pai me proibe de ir nessas festas porque ele vem querer me proibir?! mas acho que gostei um pouco disso ele demonstrou se importar.

A professora entra na sala explica um pouco o conteúdo e eu tiro meus fones pra poder ouvi-la melhor, quando ela começa a copiar no quadro eu coloco meus fones novamente, a música para na melhor parte e começa a tocar do nada The Hills, olho pra tela do celular, porque que esse ser vem ligar agora? Ainda é a primeira aula, recuso a ligação.

Eu: -Professora posso ir ao banheiro?

Professora: -Vai rapidinho a aula ja ta acabando.

Saí rapido da sala entrei em uma das cabines do banheiro e retornei a ligação, o ser-humano não atende então ligo de novo, demora mas ele atende.

~Ligaçao on~

Eu: -Hayes é melhor ser importante porque eu saí da sala de aula sem terminar de copiar o conteúdo!

Me sentei na tampa da privada.

Hayes: -Não vai pra próxima aula, me espera no estacionamento da frente, ja to chegando.

Eu: -Como assim menino? Você é louco eu to no meio de uma aula que aliás falta 15 minutos pra acabar

Hayes: -Eu sei

Eu: -Próxima semana eu tenho prova não posso faltar eu ja faltei na sexta-feira.

Hayes: -Eu ja to aqui no estacionamento não demore maninha.

~Ligacao off~


FILHO DA MÃE DESLIGOU NA MINHA CARA.

Voltei pra sala andando o mais rápido possível, me sentei ao lado da Mary, escrevi num papel avisando que ia sair e pedindo pra ela mentir pro Nash, ela sorriu de lado e jogou o papel na lixeira.

Mary: -Vai pra onde? Próxima semana tem provas!- se sentou ao meu lado novamente.

Eu: -Nem vem que o culpado é o teu marido e não eu.

••••


Notas Finais


Me desculpem pelos erros ortográficos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...