História Secret Confessions - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Caitlin Beadles, Chaz Somers, Chris Evans, Justin Bieber, Madison Beer, Ryan Butler, Scarlett Johansson, Shawn Mendes, Tom Cruise
Personagens Justin Bieber, Madison Beer, Scarlet Johanson
Visualizações 50
Palavras 2.292
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii beberes, essa é minha primeira fanfic, quero que saibam que nem metade do que vai acontecer está na sinopse ou nesse primeiro capítulo, espero que continuem acompanhando e que gosteeem!!!

Capítulo 1 - Chapter One


Fanfic / Fanfiction Secret Confessions - Capítulo 1 - Chapter One

                   POV's Madison Clarke


" Certas coisas em nossas vidas acontecem por um propósito então não se assuste quando algo inesperado acontecer. " 


Era isso que eu escutava desde pequena dos meus pais. Chegava a ser estranho pelo modo que eles falavam para mim, parecia que eles sabiam que iriam partir em breve, assim como aconteceu. E eu de alguma forma tentava me agarrar ao que eles sempre me diziam, mas era difícil quando eu acordo em uma cama de hospital com dois policiais querendo saber o que aconteceu. O que aconteceu... meu restaurante, não, não pode ser.


      

         * DOIS DIAS ANTES * 


  -Bom dia flor do dia. - disse de boca cheia assim que atendi meu celular que tocava freneticamente no balcão da cozinha.

-Oi maninha, advinha quem está voltando pra Los Angeles amanhã?- A surpresa foi tanta que me engasguei com o cereal que comia.

-COMO ASSIM SCARLETT? NÃO ACREDITO, TA FALANDO SÉRIO? - Gritei assim que engoli o cereal que estava em mim boca. Scarlett era minha irmã gêmea, e depois que nossos pais morreram em um acidente de carro ela foi cursar faculdade de direito em Nova Jérsei, já que ganhou uma bolsa, e pelo que vejo, ela estava finalmente voltando pra casa.

- Sim, estou falando muito sério, espero que você não tenha mexido no meu quarto porque terei que ficar aí por um tempo até conseguir um apartamento.

- Só o limpei, já que dá última vez que você veio aqui deixou aquilo um lixo, pelo amor de Deus Scarlett você é nojenta, tinha pizza dentro do closet. - Fiz um som de nojo e ri com ela me acompanhando.

- Ah, fala sério eu não sou tão bagunceira assim. - levantei uma sobrancelha mesmo sabendo que ela não poderia ver.

- Ah, claro que não! Mas me diz, quando você vem? - Perguntei voltando a comer meu cereal e olhando o relógio que era dos meus pais que agora estavam em cima da minha geladeira e percebendo que eu estava bem atrasada para abrir o restaurante.

-Amanhã estou chegando aí, agora que terminei a faculdade vou voltar pra tentar um emprego, venhamos e convenhamos que Los Angeles é bem melhor que Nova Jérsei não é?- Assenti sabendo que ela não poderia ver.

- Sim, muito melhor. agora eu tenho que desligar estou atrasada, beijos até amanhã. - e sem esperar por uma resposta eu desliguei o celular e coloquei o pote com o resto de cereal dentro da pia, peguei minha bolsa e minhas chaves e corri para o elevador.

- Bom dia dona Madison - o porteiro, Carlos me disse assim que passei por ele, respondi com um aceno e um pequeno sorriso e fui andando até a garagem, entrei no meu carro e segui a avenida em direção ao restaurante, liguei o rádio e tocava uma música qualquer. Em menos de dez minutos eu estava estacionando o carro perto do restaurante.

Saí do carro e fui caminhando em direção a porta da frente do meu pequeno restaurante, meu restaurante, me sentia tão bem quando dizia isso, desde criança eu sempre adorei cozinhar, sempre via minha mãe cozinhando e sabia que era aquilo que eu queria fazer.

Assim que entrei no restaurante percebi aquilo estava uma zona já que ontem a Belinda não pode vir para limpar. Encarei aquela pia cheia de pratos e panelas, prendi meu cabelo e comecei a lavar. 

Assim que terminei com as louças fui varrer o pequeno salão cheio de mesas e cadeiras, depois de varrer arrumei as mesas e quando estava quase terminando Shawn, Amanda e Lara chegaram. Lara e Amanda são as garçonetes , já o Shawn é um grande amigo que conheci na faculdade de gastronomia, e assim que tive a oportunidade do negócio próprio não perdi tempo em o chamar pra trabalhar comigo.

Sem tempo pra perder trocamos de roupa e abrimos o restaurante, por ser sexta feira o restaurante estava lotado, pedidos e mais pedidos, e isso me deixava tão realizada, saber que muitas pessoas gostavam do que eu fazia, era um sonho se tornando realidade.

Assim que terminou o horário de almoço e já não tinha quase ninguém no restaurante tirei o lixo levando para os fundos. Deixei uma sacola e fui buscar a outra, mas assim que voltei tinha uma criança mexendo no lixo.

-Ei, oque você está fazendo?- perguntei para a menina que se assustou comigo, ela tinha longos cabelos enrolados, branquinha e estava completamente suja.

- N-nada, por favor não faz nada comigo eu prometo que não volto aqui - ela disse com os olhos marejados e se afastando de mim.

-Ei, calma eu não vou fazer nada com você. Você tá com fome? Onde estão seus pais? - Perguntei tentando me aproximar dela. 

- E-eu - e antes que ela pudesse terminar um homem velho chegou e a puxou pelo braço a sacudindo e  jogando-a no chão.

- PIRRALHA NOJENTA, EU TE FALEI OQUE IRIA ACONTECER SE VISSE VOCÊ MEXENDO NO MEU LIXO NÃO É? EU TE AVISEI!- A menina encarava aquele homem com os olhos arregalados e as lágrimas já saiam descontroladamente e quando percebi que ele iria bater nele entrei na frente.

- SAÍ DA MINHA FRENTE! todo dia essa pirralha vai na minha porta mexer no meu lixo, eu avisei que dá próxima vez ela iria ter o que merece. - Ele disse me empurrando pra sair da frente dela mas não o fiz.

-Bate, vamos lá, bate nela então ! Mas saiba que vai ter que bater em mim primeiro, e te garanto que você não vai gostar nada nada das consequências! E se o fizer você é quem terá o que merece, uns belos dias na cadeia com direito a um processo! - Disse assim que o empurrei, mesmo que minimamente já que ele era enorme perto de mim. E com uma bela olhada ele virou as costas pra mim e saiu andando, mas não sem antes se virar pra dizer.

- É o último aviso que te dou pirralha, da próxima vez que eu te pegar vou garantir que você não fuja de novo. E você, toma cuidado! Não gosto quando se intrometem nos meus assuntos,  nunca acaba bem.

- Pode deixar que não terá próxima vez! - disse e sustentamos o olhar até ele se virar e ir embora.

- Ei, levanta, vamos lá dentro que eu te arrumo algo pra comer - disse pra menina que estava atrás de mim, estendi a mão e depois de olhar bem pra mim ela pegou. Entramos no restaurante e a coloquei sentada em uma cadeira que tinha na cozinha.

- Qual seu nome? - Perguntei a olhando enquanto lavava minhas mãos pra preparar um belo prato de panquecas pra ela.

- Julie. - ela disse mexendo na barra de sua blusa que estava toda rasgada, teria que dar um jeito nisso.

- O meu nome é Madison, você tem um nome muito bonito Julie, mas me diz, cadê seus pais? - Perguntei me agachando em sua frente.

- E-eu não sei. – Ela disse e abaixou a cabeça.

-Tudo bem, depois damos um jeito nisso. Você gosta de panquecas?- Disse levantando seu rosto e dando um sorriso pra ela.

-Acho que sim – ela disse dando um meio sorriso.

-Ok, então vamos providenciar panquecas com mel pra você mocinha. -Disse levantando e começando a fazer as panquecas. Assim que as panquecas estavam prontas ajudei Julie a lavar as mãos e deixei ela comendo e fui no salão onde Lara estava conversando com Amanda e Shawn estava mexendo em seu celular.

-Lara, preciso que me faça um favor, pode ir ao shopping correndo e comprar uma muda de roupas e um par de sapatos, por favor? – Perguntei me sentando em sua frente e interrompendo sua conversa com Amanda.

- Claro, a roupa é pra você? -Perguntou se levantando.

- Não, é pra uma criança, ela deve ter no máximo uns dez anos, mas compre um pouco menor, tudo bem?- Disse mexendo em minha bolsa procurando meu cartão de crédito. Assim que achei meu cartão entreguei pra ela.

- Mas que criança é essa Madison? – Ela perguntou indo em direção ao banheiro dos funcionários que era perto da cozinha, assim que entrou viu a menina sentada na cadeira olhando tudo ao seu redor.

- Então, é essa criança. – Disse indo pro lado de Julie. – Lara essa é Julie, Julie essa é a Lara uma amiga minha que trabalha aqui no restaurante.

- Oi Julie, tudo bem? – Ela disse andando até onde eu estava pra falar com Julie, não sem antes me dar uma bela olhada. 

-Uhum. – Julie disse toda envergonhada olhando pra mim.

- Madison, vem aqui rapidinho? – Lara disse entre dentes com um sorriso forçado. Caminhamos pra perto da porta, Lara me deu um puxão e quase cai.

- Você é doida? De onde você tirou essa criança? – Ela me perguntou com um olhar que certamente poderia me matar.

- Eu fui levar o lixo pra fora e ela estava lá procurando comida, não iria deixar ela com fome né? E tenho que ver se ela quer mais. – Disse me afastando um pouco dela.

-Julie, você quer mais panquecas? – Perguntei um pouco alto vendo ela me olhar e assentir.

- Madison, e os pais dela? Onde estão? – ela perguntou ligando o grande fogão e colocando a frigideira nele.

- Eu não sei, ela não disse. Mas também não iria deixar ela ficar na rua, olha pra ela não deve ter nem 10 anos. – Disse apontando pra Julie que nos observava de longe

- Quantos anos você tem Julie? – Lara perguntou falando um pouco mais alto pra que Julie escutasse. Ela pensou um pouco e fez um nove com os dedinhos.

- Eu disse. – falei olhando pra Lara e coloquei as panquecas no prato.

- Aqui meu amor, pode comer. Quando você terminar você vai no shopping com a tia Lara pra comprar um vestido bem bonito e uma sapatilha linda, tá bom? – disse passando a mão em seus cabelos e vendo seus olhos brilharem com a notícia.

- Vou ganhar uma boneca também tia? – Ela disse começando a comer.

- Uma boneca? Hmmm, só se você me der um abraço e comer tudinho. – Disse vendo ela abrir um enorme sorriso e me levantar pra me abraçar. – Que abraço gostoso, acho que merece um sorvete também, agora come pra você ir com a tia Lara. - disse sorrindo e olhando pra ela.

- Madison, oque você vai fazer depois que comprar as roupas pra ela? Levar na delegacia? Orfanato? – Perguntou um pouco baixo para que Julie não escutasse.

-Ainda não sei, mas eu sei que quero ficar com ela, ela quase foi espancada hoje e sabemos que muita das vezes as crianças não são bem tratadas em orfanatos, sei que parece loucura mas quero ficar com ela.- Disse passando a mão na cabeça e tendo a certeza de que não iria deixar aquela menina na rua, não mesmo.

-Ok, tudo bem. Mas se você quiser eu posso deixar ela hoje na casa da minha irmã hoje, ela tem duas filhas e não vai se importar em ficar com a Julie por uma noite. – Disse sorrindo.

- Isso seria ótimo, quando o restaurante fechar eu te deixo em casa e pego ela. – Disse sorrindo aliviada, eu não poderia fechar o restaurante hoje, ainda mais que era um dos dias que mais lotava.

Julie logo terminou de comer e foi com Lara no shopping, depois de duas horas quando já estava anoitecendo o restaurante começou a lotar e nada de Lara chegar, meia hora depois quando Amanda já estava quase enlouquecendo Lara passou correndo pela porta dos fundos pra trocar de roupa.

- Finalmente, porque demorou tanto? -Perguntei enquanto fazia uma porção de fritas com bife que tinham pedido.

- Não me culpe, Julie estava com medo de ficar na casa da minha irmã sozinha, tive que ficar lá por um bom tempo explicando que logo mais você iria buscar ela. - Ela disse enquanto prendia os cabelos e pegava o bloco de anotações pra ir atender.

O restaurante estava uma loucura, pedidos e mais pedidos e uma bela pilha de pratos, teria que ficar pra lavar, era isso ou chegar mais cedo amanhã. Quando já se passava das onze da noite o último cliente foi embora e finalmente pude sentar e descansar, mesmo que fosse por alguns minutos.

-Por Deus, isso estava uma loucura hoje! - Shawn disse sentando em uma cadeira perto de mim.

- Não reclama, você sabia que iria passar por isso assim que escolheu essa profissão – disse dando um sorrisinho de lado o olhando, Shawn era bonito, na verdade muito bonito, tinha vinte e cinco anos era alto, tinha os olhos castanhos claros, e o cabelo em lindo topete que ele sempre usava.

- Quem disse que eu estou reclamando? Estou apenas comentando um acontecimento, nada mais. – Disse dando uma risada abafada.

Revirei os olhos e me levantei pra arrumar o restaurante, até a meia noite eu já teria acabado e poderia ir pegar Julie. Assim que comecei a lavar os pratos Shawn me chamou pra sair com ele e Amanda, mas neguei teria muita coisa pra fazer e ainda teria que buscar a Julie, disse pra eles chamarem Lara mas que avisassem pra ela me passar o endereço da irmã para que eu pudesse pegar Julie sem atrapalhar seu passeio.

Estava tudo normal, assim que terminei de arrumar tudo faltavam um minuto pra meia noite, estava abrindo a porta pra sair do restaurante e foi quando tudo aconteceu, ouvi um barulho bem baixinho e quando olhei pra dentro do restaurante fui arremessada para fora por uma forte explosão. Senti minha cabeça ir de encontro ao chão e um forte zumbido no meu ouvido, um calor escaldante e eu simplesmente não conseguia me mexer, olhei pra frente e meu restaurante estava em chamas, e foi com o pensamento de que estava tudo perdido que eu apaguei.



             Continua....


  


Notas Finais


PS: essa da capa é a Julie, uma fofura não é?

Gostaria de dizer que já estou providenciando o próximo capítulo hahaha, não vou dar datas e nem dizer quando volto mas prometo ser o mais breve possível, hihi Szsz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...