História Secret love - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~Food_biasedS2

Postado
Categorias NCT Dream
Personagens Chenle, Haechan, Jaemin, Jeno, Jisung, Mark, RenJun
Tags Amor Secreto, Colegial, Drama, Nct Dream, Romance
Exibições 82
Palavras 907
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Encontrinhos Prt.2


Fanfic / Fanfiction Secret love - Capítulo 6 - Encontrinhos Prt.2

[Narrador: Seo]

Depois que entramos no quarto, Jae me jogou na cama vendando meus olhos com uma blusa que estava jogada no chão do quarto(já que não sou nada organizada), começou a tirar a minha roupa e foi beijando meu corpo até minha parte íntima, fazendo um carinho de leve com sua língua o que me fez gemer em um tom pouco alto. 

Seo: J-Jae, agora não...

Jaemin: Você está muito tensa, relaxa..— Foi dando beijos no meu corpo novamente até minha boca. Iniciando um beijo.— Sabia que te amo? — Se deitou ao meu lado me enrolando e mexendo em meus cabelos.

Seo: A-ama? — Corei encarando-o. 

Jaemin: É-é, depois falamos sobre isso..— Me deu um beijo na testa encostando minha cabeça sobre seu peito.

[Narrador: Seo off] 

[Narrador: Kim] 

Voltamos para a casa de Jeno, que por sinal estava uma bagunça.

Kim: Aigoo, nem parece a casa de uns dias atrás! — Digo espantada.

Jeno: Com certeza foi a Seo! — Bufa.— Me ajuda a organizar? — Me olha com uma carinha de cachorro sem dono. 

Kim: Tá bom! — Sorrio e dou um beijo em sua testa.— Vou roubar uma roupa velha da Seo e já volto...— Digo caminhando até o quarto da mesma.

Não foi muito difícil achar uma roupa ali. O quarto de Seo estava totalmente desorganizado, vejo que vamos ter que arrumar a casa inteira! Começo a me despir e logo visto a roupa. Volto para a sala e observo o lugar com as mãos na cintura pensando por onde começar.

Jeno: Tudo que precisar está aqui..— Apontou para as coisas. 

Kim: Beleza... Cada um limpa um cômodo ou limpamos juntos? — Falo pegando as almofadas que estavam no chão.

Jeno: Limpamos juntos! — Pegou a vassoura.— Você organiza que eu limpo, okay? 

Kim: Okay! — Digo pegando os controles da televisão e colocando encima da mesa.— Aigoo, isso aqui tá muito sem graça! — Pego meu celular ligando no último volume com a música Cheer Up. 

Jeno: Cheer up baby, cheer up baby! — Varre a sala cantando e dançando.

Kim: Você canta muito bem! — Sorrio.

Jeno: Awn! Obrigado..— Continua limpando.

Kim: Por que não faz uma aula de música? Daí você pode fazer uns currículos e deixar em algumas empresas...— Falo empolgada. 

Jeno: Nunca iriam me aceitar..— Fala me olhando.

Kim: Você que pensa! Iremos fazer isso amanhã! — Voltei a organizar a casa.

Jeno: Aish, okay! — Escorrega de bunda no chão.

Kim: KKKKKKKKKK! — Começo a rir da cara dele.

Jeno: É assim? — Me olha bravo e logo puxa meu pé me fazendo cair também.— KKKKKKKK! Viu como é legal rir dos outros? — Deitou-se no chão me encarando.

Kim: Hahaha! — Olho para ele com cara feia.— Se minha bunda ficar doendo vou fazer você massageá-la! 

Jeno: Não será problema! — Coloca as mãos debaixo da cabeça.— Se acostuma com a dor! 

Kim: Aposto que não chega nem aos pés da dor que estou sentindo.— Subo encima dele encarando o mesmo.

Jeno: Paga pra ver então! — Ele riu.

Kim: Não vejo graça! — Começo a rir de suas trouxices. 

O mesmo me puxa, nos deixando cara a cara. Logo começo a lamber sua boca, seu nariz, seu pescoço.. 

Jeno: P-para! — Começa a rir.

Kim: Tem cócegas? — Continuo a lamber.(Autora.: e-e)

Jeno: T-tenho! — Continua a rir.

Kim: Bom saber! — Tento me conter mas começo a rir também mas não desisto. 

Jeno: Não vai parar? — Me empurra para o chão trocando as posições.

Kim: Não, por que? — Falo desafiadora.

Jeno: Então vou ter que prender você! — Se levantou me levando junto para o seu quarto.

Kim: Aderi...— Falo com um sorriso malicioso. 

Jeno me coloca sentada em uma cadeira e logo amarra minhas mãos na mesma. 

Jeno: E agora? — Senta em meu colo me encarando.

Kim: Não gostei! — Reviro os olhos tentando irritá-lo.

Jeno: Só espera.— Foi até sua gaveta pegando mais cordas e colocando sobre minha boca e minhas pernas. 

Kim: N-nau sabian que era tau agressivu..— Tento falar mas a corda me impede um pouco.

Jeno: Cachorra! — Dá um tapa de leve em meu rosto.

[Narrador: Yang] 

Já estava sem graça ficar olhando para o nada com Jisung. Já tinha passado 1h após o nosso lanche, e agora estávamos sentados na sala, olhando um para a cara do outro disfarçadamente. 

Yang: Achei que tinha vindo para me fazer companhia! — Falo cruzando os braços e encarando o mesmo.

Jisung: Pois estou..— Cora.

Yang: Quer saber? Vem! — Puxo ele para o quarto.— Gosta de dorama? 

Jisung: Amo! — Sorri se acomodando em minha cama.

Yang: Que folga é essa? — Rimos.

Jisung: Não reclama que estou tentando me soltar..

Yang: Okay né..— Ligo a TV colocando em um dos meus doramas favoritos.— Ah não, para tudo que estou com fome! — Levanto da cama.— Vou pegar sorvete, quer? 

Jisung: Se você for o sorvete..— Morde o lábio inferior.

Yang: Safado! — Levanto as sobrancelhas.

Jisung: Quero sim! — Ri.

Yang: Beleza.— Desci para pegar o sorvete.

Estava tudo normalzinho, bonitinho, de boa quando vejo meu pai e minha mãe entrando.

[Pensamento] 

Fodeu! Corre negada! 

[Pensamento] 

Subi correndo as escadas trancando a porta do quarto.

Jisung: O que aconteceu? — Dá um pulo assustado.

Yang: Meus pais chegaram.— Dei de ombros.— Mas fica calmo, costumo não dar muita atenção para eles. Eles não ligam. 

Jisung: O-ok..— Cora.— Como eu saio daqui depois? — Pega o vidro de sorvete.

Yang: Você pula da janela..— Me deito dando play no dorama.

Jisung: Que? Pirou? — Me olha assustado.

Yang: Shh, começou! — Encosto a cabeça em seu ombro. 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostadoo \o/ Desculpem se estiver curto demais ; -; Mas vou continuar amanhã talvez! Beijo no kokoro de vocês *u*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...