História Secret of the Zodiac - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Aldebaran de Touro, Camus de Aquário, Dohko de Libra, Hyoga de Cisne, Ikki de Fênix, Kanon de Gêmeos, Marin de Águia, Mascára da Morte de Câncer, Miro de Escorpião, Mitsumasa Kido, Mu de Áries, Saori Kido (Athena), Seiya de Pégaso, Shaina de Cobra, Shaka de Virgem, Shion de Áries, Shiryu de Dragão (Shiryu de Libra), Shun de Andrômeda, Shura de Capricórnio
Exibições 58
Palavras 1.537
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Suspense, Universo Alternativo, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem a demora. Eu estava sem ideia alguma pra fazer esse cap.
As vezes o bloqueio mental me surpreende. Mas ai está.
Olha eu tô pensando em colocar um par pro Shun, mas ainda não decidi.... então quero as opiniões de vocês sobre isso.
Vamos ao cap!

Capítulo 13 - O Jantar


Shun estava na porta do colégio, usava o uniforme do colégio, blazer preto, camisa branca com manga longa, gravata preta, calça preta e sapatos pretos, seus cabelos verdes estavam perfeitamente penteados. Foi para o colégio com Seiya conversaram sobre coisas banais como se suas vidas não tivessem nenhum drama, ou que não tinham nenhum perseguidor obcecado por eles. O castanho estava em uma reunião de representantes de turma.

-Olá Shun! – Exclamou uma voz animada.

Ele se virou e viu June, a amiga estava com seus cabelos loiros preso em um rabo de cavalo, usava o uniforme feminino do colégio, blazer preto, camisa branca, gravata preta, saia preta, meia branca e sapatilha preta. Seus olhos azuis mostravam empolgação.

-Olá June. – Shun disse sorrindo.

-O que faz aqui sozinho? – Perguntou ela curiosa.

-Nada demais. – Shun disse sorrindo.

-Eu vi o Hyoga e o Shiryu no refeitório é estranho não ver vocês juntos. – Ela disse sorrindo.

Shun abaixou o olhar para o chão.

-Não estamos em nosso melhor momento. – Shun disse sorrindo.

-Ah entendo.... Bom o baile vai ser esse sábado. – June disse animada decidindo mudar de assunto.

Shun sorri agradecido para a amiga por ela ter mudado de assunto.

-Sim eu já comprei os ingressos, espero que você vá comigo. – Disse Shun sorrindo.

-É claro que eu vou com você. – Disse June sorrindo e abraçando o esverdeado.

Shun retribui o abraço da loira.

-Soube que virão pessoas de diversas escolas e até mesmo de algumas universidades.  -Disse June animada.

Antes de Shun responder o seu celular começou a tocar ele pegou o celular e viu que era Ikki ligando, ele apenas rejeitou a ligação.

-Estranho, você geralmente atende as ligações do Ikki. – Disse June sorrindo.

-Ah ele só ligou pra saber se eu estava bem. – Shun mentiu sorrindo.

-Ah tá explicado. – Disse June sorrindo.

Eles continuaram a conversar e falar sobre o baile e como eles iriam se vestir.

-June! – Exclamou uma voz feminina.

Shunrei apareceu com seus cabelos azuis presos em uma trança, estava usando o uniforme do colégio também em perfeito estado.

-Shunrei! – Exclamou June animada e olhou para o esverdeado. – Nos falamos depois.

-Okay. – Shun disse sorrindo para a amiga.

Shiryu estava com Hyoga no refeitório.

-Então a pessoa com quem Regulus traiu Seiya era você. – Disse Hyoga assobiando surpreso.

-Sim. – Disse Shiryu de forma triste. E envergonhado.

-Ei, eu não estou te julgando nem nada. Foi um beijo e ponto final e você estava um pouco

Alto. – Hyoga disse sorrindo para o moreno.

-Você pensa assim, mas não o Seiya. – Disse Shiryu de forma triste.

-Ah pelo menos você não está sozinho nessa, Shun também está irritado comigo.  -Disse Hyoga.

-Ele descobriu do beijo? – Perguntou Shiryu surpreso.

-Sim. – Hyoga respondeu abaixando o olhar e continuou -  E como se não fosse o bastante eu tenho um jantar com meu pai hoje.

-Vocês vão sair para jantar? Isso é ótimo Hyoga, quem sabe vocês se resolvem.  -Disse Shiryu animado.

-Eu não sei fico realmente animado com isso, minha intuição diz que é para eu tomar cuidado. – Disse Hyoga.

-É um jantar com seu pai e seu irmão não tem como algo dar errado. – Disse Shiryu sorrindo.

-Eu espero que sim. – Disse Hyoga sorrindo.

Logo o refeitório foi tomado por mais gente, e eles avistaram uma cabeleira castanha bem familiar, era Seiya. Ele conversava com os organizadores do baile. Percebeu que estava sendo o observado e olhou na direção do moreno e do loiro.

Os três se encaravam de forma que ninguém percebesse e eles sentiam um certo clima pesado no ar.

Logo o celular dos três apitara indicando uma mensagem.

Shiryu olhou para Hyoga com um olhar cansado.

-O que esse vadio quer agora? – Perguntou Hyoga abrindo a mensagem.

Vejo os mentirosos separados na multidão.

-Z

 Assim que terminou de ler a mensagem eles olharam para Seiya, mas o castanho não os encarava mais.

-Z está envolvido nisso. – Disse Shiryu irritado.

-Era de se esperar. – Disse Hyoga ainda mais irritado.

O sinal indicando as aulas tocou e todos começaram a caminhar em direção das salas de aula.

 

No fim do dia as aulas já haviam acontecido de forma normal, Shun e Seiya estavam em seus armários.

-O que você vai fazer agora? – Perguntou Shun.

-Não sei. – Disse Seiya normalmente.

-Quer ir no cinema ver um filme? – Perguntou Shun.

-Pode ser. – Seiya respondeu sorrindo.

Eles caminharam para fora do colégio e viram Ikki encostado no carro.

-Ikki? – Perguntou Shun confuso.

-Hey! – Exclamou Seiya acenando para o azulado.

P azulado acenou para o castanho.

-Eu vim buscar você Shun. – Ikki disse normalmente.

O azulado estava com seus cabelos bagunçados, estava usando uma camisa listrada, calça jeans escura e tênis pretos.

-Me buscar para que? – Perguntou Shun.

-Nossa mãe está voltando hoje pra casa. – Disse Ikki sorrindo.

Shun ficou estático já fazia dois meses que não a via.

-Isso é incrível. – Disse Shun animado.

-Sim, então vamos buscar ela no aeroporto? – Perguntou Ikki.

-Vamos. – Shun disse animado, mas lembrou que marcou de siar com Seiya e olhou para o castanho.

-Não se preocupe, podemos ir ao cinema depois. – Disse Seiya sorrindo.

 

Na universidade Milo estava com Aiolia, Mu e Shaka conversando animadamente.

-Você quer ir em uma bile de ensino médio? – Perguntou Aiolia divertido.

O loiro estava com seus cabelos penteados, estava usando com a camisa preta por baixo de uma camisa xadrez, calça jeans e tênis brancos.

-Não é um baile para estudantes do ensino médio. É um baile beneficente para todos. – Disse Milo sorrindo.

O loiro estava com seus cabelos longos preso em um rabo de cavalo, estava usando uma camisa verde escura, bermuda bege e sandália preta.

-Seria legal se fossemos. – Disse Shaka sorrindo.

O indiano estava com seus cabelos loiros soltos, estava usando camisa polo preta, calça jeans e tênis pretos.

-Sim! – Exclamou Milo animado.

-Vocês possuem algum par?  -Perguntou Aiolia divertido.

-O Milo vai com Camus, Shaka vai como Ikki e eu ainda vou ver com quem eu vou. – disse Mu sorrindo.

O loiro estava com seus cabelos bem penteados, estava usando uma camisa regata branca simples, calça preta e tênis pretos.

-O Shaka e o Ikki estão juntos?  -Perguntou Aiolia surpreso.

-Não estamos juntos, estamos apenas nos conhecendo. – Disse Shaka de forma simples.

-Aiolia você deveria ir com a Marin.  -Disse Mu.

-Eu vou pensar sobre isso.  – Aiolia disse de forma simples.

-Bom pense logo, porque eu vou comprar os ingressos amanhã. – Disse Milo sorrindo.

 

Era de noite a lua brilhava no céu de forma bela e as diversas estrelas acompanhavam seu belo brilho. Em um belo restaurante refinado se encontrava Hyoga com seu pai e seu irmão.

O loiro com seu cabelo bagunçado, estava usando uma camisa branca de manga longa, calça escura, amarrado em sua cintura estavam uma camisa xadrez azul e branca e tênis pretos.

O ruivo com seus cabelos cacheados bem arrumados, estava usando uma camisa social preta, calça branca e tênis brancos.

O mais velho estava com seus cabelos verdes bem penteados, suava um blazer azul escuro, camisa de manga longa social branca, calça preta e sapatos pretos.

Eles estavam sentados em uma mesa com cinco cadeiras.

-Porque viemos jantar aqui hoje? – Perguntou Camus de forma calma.

-Tem uma coisa que eu quero contar a vocês. – Disse Dégel de forma fria.

Hyoga estava calado, o loiro não falou nada desde que havia chego do colégio. Iria evitar falar com o pai e com o irmão o máximo possível.

-Ah eles estão ali. – Disse uma voz feminina bem delicada.

Era uma bela moça que deveria estar entrando na casa dos quarenta nos agora, ela possuía belos cabelos curtos e verdes, olhos azuis e pele bem branca sem nenhum defeito.

Estava usando um vestido longo preto de alça e sandália prateada.

Ao seu lado tinha um garoto provavelmente o filho dela, tinha os cabelos verdes, olhos castanhos escuros. Usava um casaco preto por cima de uma camisa vermelha, calça jeans e tênis pretos.

-Isabel. - Disse Dégel abrindo um pequeno sorriso e abraçando a moça.

O que pegou Hyoga e Camus de surpresa.

-Meninos essa é Isabel O’Brien e esse é o filho dela Isaac. – Disse Dégel apresentando os dois.

Camus se recuperou da surpresa e logo se levantou para cumprimentar os dois. Hyoga demorou um pouco mais, mas logo se levantou e os cumprimentou de forma fria.

-Seus filhos são lindos Dégel, creio que puxaram isso de você. – Disse Isabel sorrindo para Dégel.

Hyoga revirou os olhos, o que não passou despercebido por Camus que logo deu um leve beliscão no irmão.

Eles pediram sua janta.

Isabel e Dégel pediram salada acompanhada com macarrão ao molho branco. Camus e Isaac pediram lasanha à bolonhesa e Hyoga pediu filé de frango com macarrão á parisiense.

Isabel, Dégel e Camus bebiam vinho para acompanhara a comida enquanto Isaac e Hyoga bebia soda.

Comiam com algumas falas vindas mais de Isabel.

-Meninos eu tenho algo a contar para vocês.  -Disse Dégel.

Hyoga e Camus olharam para o pai com certa ansiedade.

Dégel segurou a mão de Isabel e a intuição de Hyoga dizia que o loiro devia fugir.

-Eu e Isabel vamos nos casar. – Disse Dégel.

Hyoga deixou o garfo cair no prato com tanta surpresa.

Casar! Pensou Hyoga com muita surpresa.


Notas Finais


O que vocês acharam? Gostaram? Ficaram surpreso com essa notícia do Dégel?
Espero que tenham Gostado.
Beijinhos de Luz.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...