História Secret of the Zodiac - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Aldebaran de Touro, Camus de Aquário, Dohko de Libra, Hyoga de Cisne, Ikki de Fênix, Kanon de Gêmeos, Marin de Águia, Mascára da Morte de Câncer, Miro de Escorpião, Mitsumasa Kido, Mu de Áries, Saori Kido (Athena), Seiya de Pégaso, Shaina de Cobra, Shaka de Virgem, Shion de Áries, Shiryu de Dragão (Shiryu de Libra), Shun de Andrômeda, Shura de Capricórnio
Exibições 88
Palavras 2.254
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Suspense, Universo Alternativo, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


UHUUUUUUL vamos ficar com um cap duplo!!!!
Espero que gostem!!!!
Fui

Capítulo 5 - O Velóro


Seiya, Shiryu, Hyoga e Shun estavam no quarto de Seiya separando as roupas todos ficariam na casa de Aiolia, o motivo era que amanha todos tinham que trabalhar menos Aiolos, já que os meninos viraram alvos eles decidiram que era melhor deixar eles juntos.

-Como isso pode acontecer? - perguntou Hyoga.

-Radamanthys está preso, a única explicação é que ele tenha comparsas. -disse Shiryu.

-Se eles voltaram temos que ter cuidado.  - disse Shun.

-Radamanthys sabia de muitas coisas nossas e das pessoas ao nosso redor. - disse Seiya pensativo.

-Meninos estão prontos? - perguntou Ikki aparecendo na porta do quarto.

-Sim, ainda bem que Seiya tem algumas roupas nossas aqui. - disse Shiryu.

Eles estavam com bolsas de viagens que Seiya tinha e saíram do quarto.  Chegaram na sala e viram quem estava lá.

Aiolia, Mu, Milo, Camus sentados no sofá e Ikki que havia chamado estava de pé na sala.

-Shiryu o Dohko e Shion foram para a delegacia queria começar logo a investigação.  -disse Ikki.

Dohko era delegado e Shion o policial chefe da equipe de detetives da unidade.

-Claro imaginei que ele faria isso. - disse Shiryu sorrindo.

-O que eles vão fazer com os bonecos e a foto? - perguntou Hyoga.

-Vão analisar para ver se tem alguma digital ou pista de onde foram comprados.  - disse Aiolia.

-Hyoga alguns responsáveis da escola ligou e vocês não terão aula amanha, vai ser um dia de luto.  -disse Camus.

-Oh!. - Disse Hyoga surpreso.

-A mãe de Jabu foi ao corpo de delito reconhecer o corpo. O velório deve ser amanhã.  -disse Mu.

Os meninos ficarão calados ainda não acreditavam no que tinha acontecido, o pior era que não estavam surpresos.

-Certo. Seiya você vai comigo na moto. Shiryu, Shun e Hyoga vão ser levados por Camus e Milo.  - disse Aiolia.

-E você Ikki? - perguntou Shun.

-Vou ficar na casa do Mu. Tenho que organizar um projeto e ele vai supervisionar o mesmo. - disse Ikki e continuou. - Não se preocupe vai ficar tudo bem, Dohko e Shion vão fazer o possível e o impossível para resolverem tudo.

-Claro.  -Disse Shun sorrindo.

-Vamos. - disse Seiya.

Saíram do apartamento e foram para o condomínio e luxo.

Chegaram no condomínio e ficaram parados no portão.

-Hyoga sinto muito amanha eu tenho uma apresentação no trabalho e...

-Não precisa se preocupar Camus eu vou ficar bem. - disse Hyoga sorrindo.

-Bom você vai ficar comigo Camus, não podemos deixar você sozinho em casa. - disse Milo sério.

Camus ia rebater, mas Hyoga interferiu.

-Ele ta certo se ele teve coragem de colocar um corpo na frente da casa do Seiya imagina nas nossas.  -disse Hyoga dando um leve sorriso para o irmão mais velho.

-Se você acha melhor assim. - disse Camus a contra gosto.

Logo Milo e Camus foram embora.

Os meninos entraram no prédio em silencio. Subiram quietos ate entrarem no apartamento.

-Nossa que grande! - exclamou Shun.

-Sim enorme. - Disse Hyoga perplexo.

Aiolia sorriu com a surpresa do mesmo.

-Eu vou tomar uma ducha rápida podem ficar à vontade. - disse Aiolia se afastando.

-Ele é muito bonito me surpreende você não ter dado em cima dele ainda. - Disse Hyoga depois que viu Aiolia entrar no quarto.

-Hyoga! - exclamou Seiya envergonhado com medo do mais velho ouvir.

Hyoga riu um pouco.

-Tem dois banheiros livres. Vão tomar um banho eu vou preparar alguma coisa para nós comermos.  -disse Seiya.

-Eu vou ajudar o Seiya. - disse Shiryu.

Seiya pegou uma toalha para Hyoga e Shun e os levou para os banheiros um era o social e o outro era o quarto de hospedes.

Eles começaram a mexer em armários e geladeira.

-Que tal bifes com batatas fritas?  -perguntou Seiya.

-Pra mim está ótimo.  -Disse Shiryu sorrindo.

Logo começaram a fazer arroz, feijão, a temperar a carne.

-Bife com fritas você realmente é um chefe de cozinha -observou Shiryu.

-É um prato rápido de se fazer.  -Disse Seiya sorrindo.

Shun e Hyoga logo apareceram de banhos tomados usavam roupas de casa.

Hyoga estava usando uma camisa regata azul escura e bermuda preta. Shun usava uma camisa verde de manga e short branco.

-Olhem a comida. - disse Shiryu autoritário.

Ambos foram para os banheiros. Seiya foi para onde seria seu quarto naquela noite.

As bolsas dos quatro estavam largadas pelo mesmo. Seiya logo entrou no banheiro.

Levou dez minutos. Saiu usando uma camisa azul de manga e um short vermelho.

Shiryu logo apareceu. Usava uma camisa branca regata e short preto.

Eles continuaram a fazer a comida. O cheiro espalhava pela casa.

Aiolia sentiu o cheiro mas deu de ombros devia ser apenas para os quatro. O mesmo estava na mesa de estudos lendo um texto para explicar amanha na faculdade.

A comida ficou prontas as onze horas da noite.

-Vou chamar o Aiolia para jantar conosco. - disse Seiya e foi para o corredor.

-Aiolia. - disse o castanho ao abrir a porta.

-Sim?- perguntou Aiolia girando a cadeira para encarar Seiya que quase teve um sangramento nasal.

Aiolia estava apenas de cueca Box azul. Seu peitoral bem trabalhado e sua barriga de tanquinho estavam bem amostra.  Aquela pele bronzeada. E Seiya notou um volume na cueca.

-Quer provar? - perguntou Aiolia malicioso.

-Hã? Não! Só vim perguntar se que jantar. - disse Seiya envergonhado.

-Claro, estou morrendo de fome. - disse Aiolia se levantando e indo na direção de Seiya.

-Seria melhor colocar uma bermuda. - disse Seiya sorrindo.

-Ah é estamos com visitas.  -disse sorrindo.

-Espero la fora disse Seiya saindo.

A mesa estava posta. A comida estava em travessa de vidro para se servirem. E uma garrafa de refrigerante.

-Ele vai vir jantar? - perguntou Shun.

-Sim. - disse Seiya se sentando e colocando a comida no prato.

Logo depois Aiolia apareceu vestido uma camisa regata preta e bermuda verde.

Mesmo vestido ele é gostoso! Pensou Seiya.

Jantaram conversando sobre coisas normais. Aiolia foi o primeiro a terminar.

-Obrigado pela comida. - disse se levantando.

Após todos jantarem Shun se ofereceu para lavar a louça e Hyoga decidiu guardar.

-O que vocês acham que aconteceu? - perguntou Shiryu.

-Sabemos que Radamanthys era um pião sempre soubemos disso.  - disse Seiya.

-Ele disse no julgamento que fez tudo por causa do Bullyng.  -disse Hyoga.

-Sabemos que na verdade que armou tudo foi Jabu. - disse Shun triste.

-Nós implicávamos com ele na infância. E ele armou uma vingança contra nós, mas tudo deu errado quando descobrimos antes do grande final. - disse Shiryu.

-Os garotos mortos já iam morrer de qualquer jeito estavam com dividas de jogos. - disse Shun.

-Então foram apenas peças. Jabu contratou Radamanthys para nos ferir. Mas o tiro foi pela culatra porque Radamanthys estava sendo comandado por alguém maior. Radamanthys se virou contra Jabu que abriu o jogo pensando que iria morrer no dia que fomos achados. - disse Hyoga.

-Éramos ameaçados com mensagens sobre segredos nossos.  -disse Seiya.

-Coisas que Jabu descobriu nos espiando por anos. Ele escreveu em um caderno.  -disse Shun.

-Mas tudo sumiu, o caderno com nosso segredos, os vídeos que ele fez sobre nós Tudo. - disse Shiryu.

-Não falamos com tio Dohko sobre isso por que não tínhamos provas e porque Radamanthys assumiu toda a culpa.   Jabu foi para o mesmo colégio que a gente. Agiu como se nada tivesse acontecido. - disse Seiya.

-Agimos da mesma forma. - disse Hyoga.

Os amigos ficaram em silêncio por alguns minutos, pensando no que estava acontecendo.

-Vamos dormir foi demais por um dia.  -disse Shun.

-Sabem que dia é hoje? - perguntou Seiya.

-Sete de outubro. - disse Seiya e continuou. - O dia que fomos regatados.

OS meninos foram para o quarto. Seiya e Shiryu ficaram na cama. Hyoga e Shun forraram o chão para deitar.

-Vamos para o velório amanhã? - perguntou Shun.

-Vamos. Temos que ir.  -disse Seiya.

 

Eles acordaram ia dar dez horas da manhã.

Saíram do quarto e foram para a sala.

Encontraram Aiolos na sala sentado no sofá assistindo o jornal. No jornal mostrava a foto de Seiya e dos meninos após verem o corpo de Jabu.

-Os meninos mostraram surpresa e tristeza ao ver seu amigo morto e na e pra menos. Radamantrhys está preso e um dos meninos que foi mantido em cativeiro foi morto após completar exatamente dois anos de sua salvação e é morto. Isso quer dizer que há um novo serial killer zodíaco? Ou quer dizer que alguém pegou o lugar de Radamanthys para terminar o serviço? Os quatro colegiais estão novamente sendo um alvo?  A policia acha que Radamanthys mentiu sobre não ter cúmplices e procuram vestígios ou provas de algo.  O velório de Jabu vai acontecer as 15 horas.

-Vocês vão para esse velório? - perguntou Aiolos.

Os garotos se entre olharam. A mídia os estava colocando nos holofote como vitimas estavam chamando a atenção para eles. Era uma estratégia para colocar o assassino no mesmo local que as próximas vitimas.

-Sim nós iremos.  -Disse Seiya normalmente.

Eles almoçaram juntos. Aiolos foi com eles e foi para a igreja.  Os meninos encaravam a grande basílica. Todos estavam usando preto.

Seiya usava uma camisa pólo preta, calça jeans escura e tênis preto. Shiryu usava uma jaqueta preta, por cima de uma camisa preta, calça preta e sapatos preto. Hyoga, usava uma camisa de manga preta comum, calça preta e tênis pretos. Shun usava uma camisa social preta, calça preta e tênis preto. Aiolos apareceu vestindo um terno preto e óculos de sol. Estava impecável como sempre.

-Srª Iris.  -chamou Seiya com a voz calma.

-Ah garotos. - Disse a mulher mãe de Jabu com olhos marejados.

-Sentimos muito pelo que houve com o Jabu.  - disse Shun triste.

Ela concordou com a cabeça.

-Eu sei que vocês e o meu querido Jabu eram amigos, devem estar se sentindo tão tristes - diz ela triste.

Os meninos se olharam confuso.

-Claro.  -disse Shiryu forçando um sorriso.

Ela se afastou e foi falar com outras pessoas que chegaram.

-Só eu que to com a impressão que Nova Iorque vai ficar pequena com tudo isso acontecendo? - perguntou Hyoga irritado.

-Infelizmente somos o foco dos holofotes. -Disse Seiya sério.

Eles entraram foram para o primeiro banco da igreja. Sentaram-se lado a lado. Aiolos sentou no banco de trás.

-Ainda não entendo porque temos que ficar na frente. - disse Seiya.

-A mãe dele nos considera amigos do Jabu, ele deve ter mentido sobre isso para ela. - disse Shun baixinho..

-E já que mentimos sobre outras coisas. Mentir sobre isso não vai nos matar. - disse Shiryu calmo.

As pessoas já estavam entrando e se sentando em seu lugar quando uma pessoa apareceu, Seiya olhou apenas por olhar, mas não acreditava no que via.

-Por favor me digam que aquele não é o Julian. - disse Seiya surpreso.

-O que ele faz aqui? - perguntou Hyoga sem entender.

-Ele e Jabu eram amigos? - perguntou Shun sem entender o que estava acontecendo.

-Já ouviram falar que o inimigo do meu inimigo é meu amigo?  -perguntou Shiryu sério.

-Meninos algum problema?  -perguntou Aiolos vendo que eles olhavam para os fundos da igreja.

-Não. Nenhum. - disse Hyoga normalmente.

Julian viu os meninos olhando para ele e deu um sorriso cínico.

O padre começou a falar sobre Jabu.

Após a falação fecharam o caixão. Todos começaram a sair.

-Meninos tenho que dar um telefonema. Me esperem na entrada da igreja. - disse Aiolos.

Os meninos saíram juntos, desceram lado a lado a escada da basílica e ficaram na frente da igreja.

-Isso foi estranho.  -disse Shun.

Assim que ele falou isso Julian apareceu na porta da basílica. Ele encarou os meninos com raiva. Estava usando um smoking preto. Logo se afastou e foi para um carro com motorista.

-Meninos.  - Disse uma voz masculina grave.

-Saga - disse Shiryu tenso.

-Meninos vocês vão ser convocados para depor. - disse Saga.

-O que por quê?- perguntou Hyoga confuso.

-Ele foi assassinado e vocês podem ser alvos.  E com toda essa atenção que estão em vocês acho melhor prevenir do que remediar. - disse Saga.

-Claro sem problemas. - Disse Seiya sorrindo.

Saga queria que eles desposem estavam com problemas.

Saga sorriu e se afastou dos meninos.

-Vocês acham que ele descobriu algo. - perguntou Shun aflito.

-Ele não descobriu nada. Não tem o que descobrir. - disse Seiya sério.

-Seiya tem razão. - disse Shiryu normalmente.

-Ah meninos esqueci-me de entregar isso para vocês. Foi deixado na nossa porta. Como uma dessas pessoas que se sensibilizaram e é para vocês. -disse A mãe de Jabu nos entregando um envelope.

Shun pegou o envelope e agradeceu.

Ele abriu e tinha uma foto. A foto era de ontem a noite eles estavam na porta do condomínio.

-O que diabos é isso? -  perguntou Hyoga.

Então o celular de Seiya apitou. Uma nova mensagem havia chego. Logo após tocou o de Shiryu, Hyoga e Shun. Os meninos sentiram uma falha na batida de seu coração.

Seiya abriu a mensagem e leu assustado.

Radamanthys gostava de brincar com garotos, eu gosto de brincar com a morte!

-Z

Seiya levantou os olhos e encarou os amigos. Sua teoria estava certa todos eles receberam a mesma mensagem.

-Ai meu deus. - disse Shun.

Os garotos olhavam ao redor, mas não vinha nenhum suspeito. Todos estavam com olhares tristes e conversavam entre si em tom de voz baixo.

-Estamos muito ferrados. – Disse Seiya.


Notas Finais


Então o que acharam? Gostaram? Espero que sim!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...