História Secret -Taejin- - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jin Top, Secret, Tae Bottom!, Taejin, Yoonmin
Visualizações 97
Palavras 669
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hiii sweets , desculpem pela demora pra atualizar a fic, mas aqui estou eu ksksk ... Espero que vocês gostem do capítulo, me desculpem pelos erros >< ... Boa leitura :3

Capítulo 28 - Isso não foi bem como eu imaginava


Fanfic / Fanfiction Secret -Taejin- - Capítulo 28 - Isso não foi bem como eu imaginava


POV SeokJin

Logo que cheguei em casa fui direto para a cozinha, estava me sentindo fraco então precisava me alimentar, peguei uma bolsa de sangue na geladeira e despejei o conteúdo em um copo cor-de-rosa que tinha glitter por toda parte, presente da minha omma, coisa que eu não compraria nem amarrado, mas confesso que o acho fofinho.

Após ter fechado o copo com a sua tampa que era no formato de uma espiral de chantily da mesma cor do copo, sentei em um banco próximo ao balcão e comecei a tomar o líquido com o auxílio de um canudo.

Me peguei rindo do nada, ao lembrar do que havia acontecido mais cedo com YiFan e KyungSoo. Aqueles dois deveriam investir na carreira de comediantes, tenho certeza se que se dariam bem.

Meu sorriso logo se desfez assim que lembrei de Tae, deveria contar tudo a ele, e faria isso agora. Já não estava mais aguentando a sensação de culpa. Após ter terminado de tomar o sangue deixei o copo sobre o balcão e saí de casa.

Ao chegar na casa do garoto me deparei com ele na varanda de seu quarto, debruçado no parapeito olhando o horizonte pensativo enquanto o vento se chocava contra o seu rosto, o que me fez sorrir. Céus, como TaeHyung era lindo.

Logo tratei de subir e ir ao encotro do mais novo, me aproximei sorrateiramente e o abracei por trás deixando um beijo em seu pescoço, pude ver os seus pelos se eriçarem ao fazer tal ato.

— Jin? - Disse olhando pra trás na tentativa de me ver. — O que faz aqui? - Percebi claramente o tom de curiosidade em sua voz.

— Como sabia que … - parei a frase ao lembrar que seus sentidos haviam sido aperfeiçoados e que não era muito difícil de notar a minha presença. — Deixa pra lá. - Sorri sem graça e me afastei do garoto. — Precisamos conversar. - Tae se virou pra mim e me olhou de forma curiosa.

— Vai me explicar o que está acontecendo?? - Disse cruzando os braços na frente do corpo.

Com um breve aceno com a cabeça respondi a pergunta do garoto. — Vou,mas acho melhor você sentar, a história é um pouco longa. - Falei sentando em cadeira e o mais novo logo me acompanhou fazendo o mesmo.

— Tá, pode começar, estou mais do que pronto para ouvir. - Disse Tae me olhando de forma intensa, deixando toda a sua atenção sobre mim, encolhi os meus ombros e suspirei.

Passei alguns segundos em silêncio, até que comecei a falar, lhe contei toda a minha história até aqui, sem omitir a ele nem um detalhe, lhe contei de como havia sido transformado no que sou hoje, e o motivo de ter feito isso com ele.

— Uau. - Sua boca tomou o formato de um perfeito "O", o que me deixou bastante apreensivo, pois não sabia o que viria depois disso. — Isso é incrível. - Um pequeno sorriso se formou em seus lábios. — Não a parte que você matou o seu ex namorado, isso não foi nada legal. - Negou com a cabeça e bateu em meu braço, me rendendo uma pequena careta.

— Ham?? - Ergui uma de minhas sobrancelhas ao ouvir falar, como assim? Isso não foi bem o que eu imaginava. 

— Eu sou mesmo um vampiro? - Perguntou sorrindo, parecia estar animado com a nova descoberta. Acenei com a cabeça concordando com ele. — Isso é otimo!! Quer dizer que não vou precisar mais dormir, comer ou ir a escola. - Bateu palmas. — Nha... Comer é bom, isso eu não vou parar de fazer. - Disse pensativo.

— Você ainda tem que ir a escola Tae. - Disse rindo e o menor me olhou com um biquinho.

— Aff... - revirou os olhos fazendo uma expressão engraçada. — Mas ainda assim, eu amei isso. - Disse sorrindo e em seguida me abraçou. — Eu te amo SeokJin... - Falou próximo ao meu ouvido. — E odeio ainda mais o KyungSoo...


Notas Finais


Até o próximo, kissus >3<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...