História Secret Triangle - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vkook, Vkookmin, Vmin
Visualizações 30
Palavras 3.301
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie
Esse cap foi bem aleatório, mas não se preocupem, vocês vão entender tudo depois...
E sim, as vezes vão ter caps desse estilo, porque eu gosto de escrever coisas aleatórias skskskssks

Capítulo 2 - Capítulo 2


POV TAEHYUNG

 

Que ótimo... acordei, na situação que estou agora, acordar, é sim um problema. Sinto uma claridade invadir meus olhos quando tento abri-los, aquela maldita cortina que não fechamos, levantei levemente irritado, fechei as cortinas e olhei o relógio ao lado da cama, 6:30, era cedo e hoje era o único dia que não deveria acordar naquele horário, a reunião na empresa era às 9:00, pra você ver como sou uma pessoa de sorte.

Esfrego os olhos, tentando despertar, eu até poderia dormir novamente, mas não ia conseguir, ainda mais com a dor de cabeça que sinto, suspiro indo até o banheiro para minhas necessidades matinais, lavo o rosto e escovo os dentes, saio e olho aqueles dois seres dormindo, inevitavelmente sorrio, de manhã sempre minha melhor visão, são aqueles dois, aqueles que me conquistaram com olhares e sorrisos discretos, e não é hoje que isso muda não é mesmo?

Saio dos meu desvaneios, quando ouço um barulho irritante: despertador, olho para os dois que já se remechiam na cama, vou rapidamente e desligo o aparelho, o som mais insuportável, era aquele despertador de Homem De Ferro, que eu dei a Jungkook, até me arrependo às vezes, deveria acordar só a ele, mas acaba acordando até o vizinho, olho para o moreno ainda dormindo, eu queria deixá-lo dormir, mas se ele descobrisse que por minha causa ele teve falta na faculdade, ele me mataria.

Vou até ele, mexendo em sua cintura, fazendo leves movimentos de cócegas, sinto ele remexer na cama, faço um pouco mais forte e rapidamente sua mão se encontra com a minha, a retirando do lugar, rio, ele se espreguiça ainda de olhos fechados, rola na cama e encontra o corpo de Jimin que estava no meio, abraçando-o e ficando lá, reviro os olhos, poucas vezes era eu que o acordava, mas quando fazia, era bem difícil.

Me aproximo dos corpos, depositando um beijo na bochecha de Jungkook

 

--- Hora de acordar- digo em seu ouvido, mordo de leve sua orelha- Aliás você está atrasado- digo, faltava exatos dez minutos para sua aula

 

Ele se vira e fica sentado na cama, nem se quer havia abrido os olhos, coça os olhinhos, imagine uma cena fofa, era ver Jungkook acordando, o ouço suspirar e logo ele me olha, com uma cara de sono, que só Deus pra me ajudar a não mordé-lo, vai até mim me dando um selinho, e logo pulando para fora da cama, indo até o banheiro. Rio, porque quase o vejo cair, tropeçando em seu próprio sapato. Olho pro lado e vejo aquele urso rosa, sim ele é meu urso...

Chego perto de seu corpo, abraçando-o, colocando minha cabeça deitada em seu ombro, logo suspirando aquele cheiro maravilhoso, Jimin sem dúvida tem que ser estudado por um especialista, seu cheiro leve de doce é viciante, eu digo sinceramente que ele cheira a morangos, já Jungkook diz que são rosas, não importa, o que importa é que eu posso sentir todos os dias.

Ele se mexe um pouco na cama, agora ficando de barriga pra cima, abre seus olhinhos, dando de cara comigo, faço uma careta para ele, que logo ri, me puxando para um beijo, brinco com seus lábios e quando o ar falta nos separamos

 

--- Porque não foi trabalhar?

--- Ainda é cedo, vou sair mais tarde hoje- digo, sentindo seu carinho em minha orelha, Jimin tinha a maninha de puxar e acariciar minha orelha, não me pergunte porque.

--- Que bom... você me abandonou muito semana passada- ele disse e me senti culpado, ele não estava errado, semana passada a empresa onde trabalho teve problemas, que eu como gerente devo resolver a maioria delas, ficando até tarde no trabalho e voltando tarde e quando voltava, meus dois namorados, infelizmente já estavam dormindo

--- Desculpa- o aperto em um abraço

--- Tudo bem, eu sei que anda ocupado- ele diz se sentando na cama, deito minha cabeça em suas pernas, e vemos Jungkook sair do banheiro, já pronto.

 

Ele usava uma calça preta, camisa azul turquesa com gola “v”, um gorro vermelho e seu sapato branco da Adidas, no qual tropeçou antes. Pegou sua mochila e celular, parando na frente do espelho, tirando o gorro, agora ajeitando seu cabelo.

Jimin e eu observavamos, ele já estava atrasado e mesmo assim ainda enrolava.

 

--- Amor você tá lindo e já é lindo, porque se arrumar mais ainda, ainda mais pra faculdade- disse Jimin, tirando as palavras de minha boca, ele estava mais lindo do que já é essa manhã, nem aparentava que tinha bebido ontem, diferente de mim, que pareço que fui meio amassado.

 

Fomos ignorados, ele agora ajeitava sua franja, tentando deixa-la, mas arrumada possível, o mas novo sem dúvida era o mais vaidoso entre nós.

 

--- Ele quer ficar bonito pra estrangeira da sala dele, uma tal de Annie, não é Jungkook?- falei brincando- Aquela que te crusha...- ele me devolveu um olhar debochado

--- Para- ele disse colocando agora o gorro

--- Não conheço essa, mas tem a Jihyo não é Jungkook?- disse Jimin e me lembrei dessa mulher, a que fez trabalho com Jungkook, a que na verdade arrastou meu namorado para sua casa

--- Já podem parar- ele disse, indo em direção a porta- Vocês sabem quem eu amo- completou e saiu

 

Eu e Jimin rimos um pro outro, sabiamos a resposta daquela afirmação

 

 

POV JUNGKOOK

 

Sai correndo de casa, subindo em minha bicicleta, pedalando o mais rápido que pude até a faculdade.

Depois de uns minutos, cheguei exausto, coloquei minha bicicleta junto com todas as outras que ficavam em uma mini cabana perto da faculdade e me direcionei ao portão, vi o senhor de cabelos grisalhos me olhando com uma cara nada boa, ele vivia dizendo “Se quisesse mesmo estudar teria chegado no horário”, parei na frente do portão

 

--- Pode abrir por favor?-perguntei

--- De novo atrasado senhor Jeon e não posso abrir não, quem lhe permitiu falar informalmente comigo?- ele disse alterando um pouco a voz, não me culpe, já faz um tempo que não uso as expressões, meus amigos e família por eu ser quase sempre o mais novo, não se importavam tanto se eu não usasse.

 

--- Ahjussi, pode abrir por favor?- perguntei o olhando, ele me devolve um olhar de reprovação, mas acaba abrindo

 

Saio correndo para dentro do prédio, ouvindo algum cochicho de reclamação do mais velho, mas não me importo. Chego dentro do prédio, indo direto para minha sala, bato na porta, vejo o professor de química

 

--- De novo Jungkook- sorrio fofamente- Pode entrar- ele diz, ele era o mais fácil de convencer a me deixar entrar em comparação aos outros.

 

Vejo uma criatura de cabelos pretos dormindo, a cadeira ao seu lado estava vazia, vou até ele, puxando um fio de seu cabelo, fazendo ele acordar e me fuzilar com os olhos, logo deitando sua cabeça novamente mais em minha direção

 

--- Bom dia Yoongi!- disse rindo, seus olhos estavam vermelhos, ele realmente estava dormindo

--- Obrigado por atrapalhar meu sono- disse ele irônico levantando a cabeça e me dando um abraço de lado

 

Yoongi era meu amigo mais próximo daquela budega, eu tinha outros, mas minha amizade com ele era diferente, ele sempre foi como um irmão mais velho pra mim.

Cursamos juntos engenharia civil, é nosso primeiro ano, sempre damos força um pro outro, quando ele dorme em uma aula, eu passo o conteúdo pra ele depois e vice-versa.

 

--- Posso saber porque chegou atrasado?- perguntou

--- Porque eu tava quase morto- disse o que não era mentira

--- Essa frase é minha- ele disse eu ri- Foi bem o Taehyung, não sabe nem cuidar de você, por isso sempre chega atrasado...

 

Revirei os olhos, só uma coisa me incomodava no Yoongi, ele sempre dizia alguma coisa sobre Tae, ele não gostava do meu namorado.

 

--- Nem começa- disse, olhando agora para a lousa

--- Eu sei que é verdade, ele fez você beber ontem não foi? Pra chegar hoje e você tá morto- disse ele tentando chamar minha atenção

--- Olha, eu sei que você não gosta dele, mas se você sabe que eu gosto, poderia guardar esses comentários pra você, já que você mal o conhece- digo o encarando

--- Vocês dois aí, parem de conversar na aula!- disse o professor, direcionando o olhar para nós dois

 

Viro minha cabeça no lado oposto de onde Yoongi estava, deitando sobre a mesa, eu estava realmente cansado, acho que dormir não faz mal nenhum.

 

/////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

 

Acordei com alguém me cutucando

 

--- Jungkook- era Yoongi, virei pra ele- Seu celular tá vibrando o tempo todo e jogaram esse papel pra você- disse me entregando, olhei pra ele, depois para o papel

 

--- De quem é isso?- perguntei me referindo ao papel dobrado, que tinha vários corações azuis desenhados, com a letra ‘K’ dentro deles, bom todos me chamam de Kook aqui, então deve ser por isso

--- Não sei- respondeu Yoongi que de surpresa me abraçou de lado novamente, só que agora de um jeito mais fofo, eu sabia o que significava, ele tava querendo se desculpar, sorri como sinal de ‘tudo bem’, Yoongi na maioria das vezes não era assim, mas sabia ser fofo quando queria- Anda, abre logo!

--- Quem te deu isso?- perguntei coçando os olhos

--- O Jackson- disse ele, Jackson era um estrangeiro da minha sala, que veio do Canadá, mas ele ainda sim tinha traços asiáticos, olhei para o garoto que estava escrevendo o que o professor escrevia da lousa

--- Provavelmente é de alguma amiga gata dele, ele tem muitas- disse Yoongi, ele estava certo Jackson Wang era popular e sempre teve vários amigos, principalmente garotas- Dá pra abrir logo isso garoto!

--- Calma!- disse abrindo o papel e vendo um textinho

 

“Jungkook você sempre soube que gosto de você, mas você nunca veio falar comigo, não entendo porque, talvez você seja muito tímido, mas eu queria te ver na hora do intervalo, eu realmente te acho bonito e divertido, eu sempre te olho durante a aula, você nunca percebe, nas vezes que você me olhou, eu me senti muito nervosa, mas teve uma vez que foi a melhor de todas, foi quando fiz aquela careta que todos riram, até você riu, você não sabe o quanto eu amei saber que te fiz rir, eu lembro também de quando você entrou na sala com seu amigo e riu de mim de novo, talvez por ter lembrado da gracinha que fiz antes, você veio até mim e me elogiou, disse que eu era engraçada, eu não esperava que um dia você falaria algo pra mim. Nossos amigos em comum, já me falaram que você já admitiu que me achava bonita, mas que você é bem mais tímido perto de pessoas que você gosta, então quis escrever isso, pra você entender que não precisa ter vergonha de falar comigo, podemos ser amigos e quem sabe rola outra coisa, hum? Venha me ver Jungkook, e pra você se sentir mais confortável, traga quem quiser, não me importo em fazer mais amigos... beijos coisa fofa.

 

 

                                              Ass: Annie

 

 

Suspirei, eu tinha um problema, eu fiz aquela garota gostar de mim. Annie, mas conhecida como: garota estrangeira que todos querem e também garota que Tae citou hoje de manhã. Olhei para Yoongi, eu ainda estava meio chocado, na real era comum as pessoas virem até mim falando que sentem algum tipo de atração e tals, mas eu nunca podia fazer nada, afinal sou comprometido

 

--- Que cara é essa Jungkook? Me dá isso!- disse o mais velho, tirando o papel de minhas mãos

 

Vejo ele colocar a mão na boca enquanto lia, ele estava mais chocado que eu, vi ele terminar de ler e me olhar rindo baixinho, para não chamar atenção, revirei os olhos, eu estava nervoso, o que eu ia falar pra garota?

 

--- Você vai encontrá-la não vai?- ele perguntou respirando fundo, parando de rir

--- Tá louco, o que eu vou dizer?- disse preocupado

--- Você tem que ir, é uma das meninas mais lindas da facul, você está desperdiçando uma oportunidade única- ele disse tentando me convencer

--- Nossa... como se eu me importasse- disse irônico, ele sabia a quem eu pertencia

--- Não seja grosso com a menina, ela foi fofa!

--- Não tô sendo grosso, só tô falando que sou comprometido- disse, fazendo o moreno se decepcionar

--- Tá, mas você não pode deixá-la no vácuo, você vai vê-la!- ele disse sério

--- Não vou não

--- Ah você vai! E eu vou junto, nem que eu tenha que te arrastar pelos cabelos!- ele disse voltando a copiar o que estava na lousa

 

Olhei para o teto, pensando, no que iria acontecer, quando ela soubesse que eu já tinha alguém, eu não gosto de magoar pessoas, mas o que eu poderia fazer?

Percebi que em suas palavras na carta, ela tinha uma pontada de esperança de seu sentimento ser recíproco, mas como? O que ela disse na carta não era totalmente verdade.

Primeiro que meus olhares à ela, eram olhares comuns, ué se você passa na minha frente é lógico que vou te olhar, eu não sou cego. Segundo eu não ia falar com ela, porque não tinha assunto. Terceiro, se você faz uma coisa engraçada, eu vou rir de qualquer maneira, não importa quem seja. Não pense que estou sendo idiota com a garota, é que agora fiquei bravo, pois pra ela ter esperança foi mais pelos meus colegas de classe que falaram algo pra ela.

Olho pra frente, ela sentava na primeira cadeira da fileira do meio junto com sua amiga de cabelos ruivos.

 

--- Yoongi eu não posso ir lá- disse

--- Claro que pode, qualquer coisa eu dou uns pega nela pra consolar- ele diz feliz

--- As vezes eu me impressiono com o quanto você é cafajeste olha!- digo indignado e ele sorri

 

Olho meu celular e vejo algumas mensagens

 

Pink Jiminnie: Kook, o Tae foi trabalhar, você vai falar com ele?

Pink Jiminnie: Ainda não sei se é uma boa ideia a gente sair...

Pink Jiminnie: Queria que estivesse aqui comigo, estou entediado...

Pink Jiminnie: JUNGKOOK ACABOU O BISCOITO, EU PRECISO DE BISCOITO!

Pink Jiminnie: Posso sair pra comprar biscoito?

Pink Jiminnie: Jungkook, quero biscoito ‘-‘

Pink Jiminnie: Eu te amo... boa aula amor ❤

 

Sorrio mais ainda com a última mensagem, Jimin era fofo sem mesmo querer, isso me deixava feliz, resolvo responde-lo

 

Eu: Primeiro, sim, pode sair pra comprar biscoito

Eu: Segundo, eu vou sim falar com o Tae

Eu: Terceiro, eu também te amo ❤

 

Termino de responde-lo, e vou olhar as outras, de grupos e etc e achei uma outra importante

 

 

MEU namorado: JK, posso passar pra te pegar depois da aula?

Eu: Pode vir bb

 

Respondo Tae e ouço o barulho, que todos os dias eu achava que era minha salvação, mas hoje eu nem sequer quero me mover.

 

 

--- Anda Kook, tô faminto- disse Yoongi me puxando, era a hora do intervalo

 

Ele me faz correr até a fila da cantina, lá encontro um conhecido

 

--- O menino voltou a vida!- era BamBam

--- Olha quem diz, você que sumiu!- disse lhe dando um abraço, fazia algum tempo que não o via, já que ele vivia faltando, mas nunca foi um problema, já que ele é uma das pessoas mais inteligentes que conheço

--- Desculpa tive uns problemas pra resolver em Miami- disse ele e eu ri, além de inteligente, era rico

--- Jungkook... ah oi Bambam- disse Yoongi, o cumprimentando, mas logo voltando a mim- Jungkook quer maça ou pêra?

--- Pera aí, não era isso que você ia falar né?- pergunto, recebendo um beliscão

--- AÍ!- reclamo, massageando minha bunda, sim foi na minha bunda

--- Disfarça, tão falando de você ali- Yoongi apontou com os olhos e eu olhei discretamente, realmente estavam olhando pra mim, pelo amor de Deus, até parece que hoje é meu dia.

 

Algumas garotas estavam, rodeando Annie, cochichando e me olhando, super discretas gente!

Yoongi me puxou para uma mesa, sem me deixar me despedir de BamBam

 

--- Jungkook é melhor você ir- ele disse jogando uma maçã pra mim- Aja naturalmente e seja educado

--- Você não vai comigo?- pergunto, dando uma mordida na fruta, e colocando-a na mesa

--- Me esquece e vai logo- ele diz mais desesperado do que eu

--- Não era você que ia dá uns pega nela?- disse rindo

--- Eu vou te bater!- ele diz, mordendo seu sanduíche, rio e me levanto

 

Vou confessar, eu que estava nervoso, me aproximei da rodinha de garotas que logo me olharam, rindo e se escondendo uma atrás das outras, ajeitei meu gorro e olhei para a garota a minha frente, ela tinha os cabelos loiros, pele branca e olhos azuis, típica estrangeira, sem nenhum traço asiático, sinceramente ela é linda

 

--- Você veio...- ela disse, logo lançando um olhar para as amigas que logo sairam do local, nos deixando a sós- Obrigada...

--- Não me agradeça- disse sorrindo

--- Bom, eu só quero que seja sincero comigo, já que você já sabe que gosto de você...- ela disse me fitando, olhei para o chão respirando fundo

--- Eu só posso te falar uma coisa...- disse olhando para um ponto qualquer que não fosse a menina a minha frente

--- Diz...

--- Eu já tenho alguém...- disse direto e ela me olhou, decepcionada?

--- Uow... eu não sabia, seus amigos disseram que era solteiro...

--- Eles se enganaram...- meu Deus, estou suando

--- Mesmo?- afirmo- Posso conhece-la?

 

Como assim ela queria conhece-lo?

 

--- É... na verdade...

--- Não é namorada, é namorado...- disse Yoongi chegando de surpresa ao meu lado, por um momento ela ficou chocada, mas depois voltou ao normal

--- Certo... um menino? Tudo bem...- ela disse, sincera?

--- Pois é...- eu não sabia mais o que dizer, eu só queria sair dali

--- Não importa... Posso conhece-lo?

--- Eu acho que...

--- Claro que pode!- Yoongi disse no meu lugar, eu o fuzilei por um instante, eu definitivamente não queria que ela o conhecesse, Tae tem um nível de lindeza extremo, que qualquer um gosta.

--- Ótimo, temos um trabalho pra fazer lá em casa tá lembrado?- ela disse, não eu definitivamente havia esquecido, maldito professor de física que sempre sorteia os grupos- Traga seu namorado hoje a tarde- ela disse saindo, mas antes aproximou seu rosto do meu, pude sentir seu hálito de menta, me afastei um pouco, mas ela veio novamente, deu um sorriso e saiu

 

Respirei fundo, por um momento achei que ia infartar, que menina difícil, todas que eu já dei a notícia que tinha alguém, não insistiam mais, mas essa é louca!

 

--- Eu vou te matar Yoongi, só corre!- disse e vi o moreno correr que nem uma galinha, o persegui e em menos de um minuto já havia o pego, ele não corre nem um terço do que eu posso

--- DESCULPA!- ele pedia enquanto apertava sua barriga, era um tipo de cócega, mas daquelas que fazem doer- AÍ!

--- Você ficou maluco, eu não vou apresentar o Tae pra ela!

--- Porque não?- disse ele, conseguindo se distanciar de mim

--- Eu nem sou próximo a ela e já quer conhecer meu namorado!

--- Tá com ciúmes Kook?- perguntou o outro rindo

--- Não é ciúmes! E eu também disse que ia sair com o...- travei, naquela hora eu congelei, quase falo o que não devia

--- Com o?- Yoongi repetiu

--- Com o Tae... eu ia sair com o Tae

--- Ué, você vai sair com ele...pra casa da Annie- Yoongi disse debochado

 

Revirei os olhos, mas que merda, eu não quero apresentar o Tae pra ela, alguém me diz porque eu só me ferro?

 

 

 

 

 


Notas Finais


Tchau...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...