História Secretaria - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Avenged Sevenfold, Linkin Park
Personagens Brad Delson, Chester Bennington, Dave Farrell, Joe Hahn, Mike Shinoda, Rob Bourdon, Synyster Gates, Zacky Vengeance
Tags Chester Bennington, Linkin Park, Mike Shinoda
Visualizações 27
Palavras 1.420
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Capitulo 4 : convite para jantar


Fanfic / Fanfiction Secretaria - Capítulo 5 - Capitulo 4 : convite para jantar

Amanhece e aparece os primeiros raios de sol em meu quarto, estava tão cansado que me esqueci de fechar as janelas, saio da cama e vou para o chuveiro tomo uma ducha rápida, coloco um terno três peças na cor cinza meus sapatos pretos e desço para tomar café, sinto um cheiro maravilhoso de croissant

 

 

 

-Bom dia Sissi.

 

 

 

-Bom dia Mike

 

 

 

-Que cheiro maravilhoso aposto que o seu famoso croissant

 

 

 

-Acertou, venha comer.

 

 

 

-Já estou aqui - ela sorri para mim e põe dois croissants no meu prato e um xicara de café, como um pedaço, e nossa derrete na boca.

 

 

 

-Hummmm, que delicia Sissi.

 

 

 

-Que bom que gostou

 

 

 

-Eu amo seu croissant.

 

 

 

-Sei que sim.

 

 

 

Termino meu café, vou para o quarto, escovo meus dentes, pego minha pasta e saio.

 

 

 

Pego meu carro e sigo para empresa, pego o elevador, ele sobe rapidamente, saúdo a Alice e vou para meu escritório, chegando no hall de entrada, me deparo com lindos cabelos ruivos  e sorrio, ela está com uma camisa social sem mangas, não sei qual e a segunda peça porque está sentada, hoje seu cabelos estão com cachos maiores, mas lindos como sempre.

 

 

 

-Bom dia Sr. Shinoda - ela sorri meu Deus que sorriso.

 

 

 

-Bom dia Srta. Juliana como está?

 

 

 

-Estou melhor graças ao senhor, obrigada

 

 

 

-Por favor posso te pedir uma coisa.

 

 

 

-O que eu fiz de errado? - ela me olha intrigada

 

 

 

-Não fez nada de errado, não precisa me agradecer o tempo todo.

 

 

 

-Me desculpe senhor, só quis ser gentil - ela ficou sem graça ao mesmo tempo desapontada.

 

 

 

-Tudo bem, podemos começar?

 

 

 

-Sr. Shinoda eu já comecei, o Brad me orientou e já tenho sua agenda da semana - nossa que eficiência assim que eu gosto.

 

 

 

-Pois muito bem em minha sala em dez minutos.

 

 

 

-Sim senhor.

 

 

 

-Com licença.

 

 

 

-Toda.

 

 

 

Abro a porta do meu escritório, me aproximo da minha cadeira e coloco meu terno, ligo meu computador, dou uma olhada em meus e-mails e o telefone toca.

 

 

 

-Sim Srta. Juliana - escuto sua respiração ao telefone, e nossa meu pau já fica em modo saudação, mas que merda está acontecendo comigo pareço um adolescente.

 

 

 

-Sua mãe na linha dois - o que será que minha mãe quer

 

 

 

-Obrigado Srta. após a ligação venha até minha sala.

 

 

 

-Sim Sr. Shinoda - que voz.

 

 

 

Desligo o telefone e aperto a linha dois

 

 

 

-Bom dia Sra. Michelle em que posso ajuda-la

 

 

 

-Vejo que a ruivinha foi trabalhar hoje, e meu filho, você escolheu a melhor pode ter certeza, tem uma voz firme.

 

 

 

-Eu sempre escolho a melhor mamãe, no negócio eu sempre fui bem rígido.

 

 

 

-Verdade, e ai como está o coração, já teve uma ataque cardíaco?

 

 

 

-Dona Hermínia não começa

 

 

 

-Ah Mike se pensa com essa sua brincadeirinha você vai me esconder algo, você está redondamente enganado.

 

 

 

-Ok mamãe eu vou trabalhar um pouco, vou ver minha agenda do dia agora.

 

 

 

-Ok filho você vai vir aqui em casa hoje?

 

 

 

-Sim mamãe eu irei.

 

 

 

-Então ate

 

mas tarde meu filho.

 

 

 

-Ate mamãe.

 

 

 

Desligo o telefone e ligo pro seu ramal.

 

 

 

-Sim Sr. Shinoda

 

 

 

-Entre por favor

 

 

 

-Ok

 

 

 

Desligo o telefone e ela entra, agora sim vejo a segunda peça que ela esta, um shortinho preto de um tecido mole, mas que se ajusta totalmente a sua cintura e pernas, e que pernas.

 

 

 

-Com licença Sr. Shinoda

 

 

 

-Toda - ela entra fecha a porta e se senta.

 

 

 

-Podemos começar?

 

 

 

-Sim podemos - eu sorrio para ela.

 

 

 

-Bom as 8:30hs uma reunião remarcada com a filial do Sr Joe Hahn, as 10:00 uma reunião com a Sr Rob Bourdon pela revista People e , só tem essas duas reuniões pela manhã, o Sr. vai querer a agenda da tarde também.

 

 

 

-Sim por favor

 

 

 

-As 15:00 tem uma reunião com o fornecedor da Calvin Klein para o lançamento das lingeries da estação o Sr Phoenix, as 17:00 uma reunião com a empresa Sony para divulgar o novo aparelho, e as 19:30... - ela olha pra mim.

 

 

 

-O que tem 19:30hs - tenho que lembrar de cancelar o jantar com minha mãe.

 

 

 

-Deixa esse, não é da empresa.

 

 

 

-Srta. Juliana o que não é da empresa? - já peço intrigado.

 

 

 

-Sua mãe me chamou para jantar, em sua casa, mas diga a ela mil desculpas, mas eu não irei.

 

 

 

-E porque não vai?

 

 

 

-Não misturo minha vida pessoal com a profissional.

 

 

 

-Entendo, tudo bem.

 

 

 

-Bom com licença Sr. Shinoda

 

 

 

-Toda - digo isso e ela sai.

 

 

 

 

 

 

 

Juliana P.O.V

 

 

Eu queria muito ir a esse jantar, mas não posso misturar essas coisas, mas vou pedir a opinião da minha maninha.

 

 

 

Mandou mensagem pelo watts.

 

 

 

 

 

 

 

May (irmã)

 

 

 

Maninha linda preciso de uma opinião sua.

 

 

 

 

 

 

 

 Não deu nem vinte segundos e ela já manda de volta.

 

 

 

 

 

 

Juliana

 

 

 

Algum problema com o carrasco ou melhor o Deus japa.

 

 

 

 

 

 

 

May (irmã)

 

 

 

Não, sua mãe me chamou para jantar em sua casa, mas pedi o Deus grego para avisar que não irei.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Você ta ficando doida de recusar, se a mãe chamou você vai

 

 

 

Mas não quero misturar as coisas

 

 

 

Você vai e pronto eu vou arrumar você.

 

 

Ok então vou ligar para ela dizer que irei.

 

 

Ta essa noite você vai arrasa, bju maninha.

 

 

Bju Maninha

 

 

 

 

 

 

 

Me despeço da minha maninha e ligo para Michelle Shinoda que atende no segundo toque.

 

 

 

 

 

 

 

-Juliana espero que tenha uma resposta, porque o Michael me disse que você não iria, não aceito não como resposta

 

 

 

-Eu irei sim Paloma as 19:30 estarei ai obrigada, por me chamar.

 

 

 

-Eu que agradeço um bju minha linda

 

 

 

-Outro Michelle.

 

 

 

Me despeço del, ligo pro Sr. Shinoda

 

 

 

-Sim Srta. - Meu Deus se ouvi-lo todos os dias vou acabar gozando.

 

 

 

-Sua reunião com a filial e em 30 minutos.

 

 

 

-Nossa o tempo passou tão depressa que havia me esquecido, obrigado Srta. Juliana.

 

 

 

-Por nada.

 

 

 

-Você vem comigo, quero que conheça a filial.

 

 

 

-Ok então - ele desliga e sai do escritório

 

 

 

-Vamos?

 

 

 

-Sim vamos

 

 

 

Pego minha pasta com o notebook e saímos, ele coloca sua mão na base da minha coluna e vem aquele choque de eletricidade, e me arrepio toda.

 

 

 

-Você está bem?

 

 

 

-Sim estou - na verdade não se continuar com a mão ai.

 

 

 

Entramos no elevador.

 

 

 

E as portas se fecham, tento me distrair.

 

 

 

-Se passar mal e só me dizer.

 

 

 

-Conversa comigo.

 

 

 

-Sobre o que?

 

 

 

-Sobre, como começou no ramo, e como um rapaz tão bonito, está sozinho?

 

 

 

Ele engole seco e fica sem graça e cora

 

 

 

-Me desculpe.

 

 

 

-Tudo bem, eu que peço desculpas ainda não encontrei ninguém, mas e uma mulher muito bonita por que está sozinha?

 

 

 

-Também não encontrei alguém.

 

 

 

-Entendo.

 

 

 

As portas se abrem eu olho para ele e sorrio.

 

 

 

-Obrigada Sr. Shinoda - ele sorri pra mim

 

 

 

-Me chame de Mike partir de hoje, estou aqui pra isso.

 

 

 

-Não posso, não peça isso.

 

 

 

-Tudo bem.

 

 

 

-Não tem problema.

 

 

 

Saímos da empresa, me desequilibro e ele me pega, nossos lábios quase se tocam, mas os nossos olhos paralisam.

 

 

 

-Obrigada

 

 

 

-Você está bem?

 

 

 

-Sim já pode me solta.

 

 

 

-Me desculpe - balanço a cabeça em negativa

 

 

 

-Agora eu que peço, para não ficar toda hora me pedindo desculpas - ele sorri e abre a porta do carro para mim.

 

 

 

Entro no carro e ele da volta e senta em seu acento - caramba nunca minha calcinha ficou tão encharcada.

 

 

 

Ele põe o carro em movimento, e o fico admirando, sua boca, e que boca, seus olhos, quero me afogar nesse mar quase negro, ele me olha de lado, ops fui pega, ele fica sem graça, e esse cabelo da vontade de puxa enquanto eu o beijo, da onde estou tirando isso, deixa de ser tarada Juli, ele jamais vai te olhar, se enxerga.

 

 

 

-Algum problema Srta Juliana?

 

 

 

-Não porquê?

 

 

 

-Nada achei que queria falar algo

 

 

 

-Não, nada - só estou te admirando a delícia de homem que você é, como eu queria fazer um carinho gostoso, em suas madeixas, pego meu celular, e entro na internet, pesquiso sobre o Deus grego eu olho suas fotos, meu Deus que olhos são esses, e noto que não há nenhuma mulher ao seu lado, será que ele e gay não pode ser.

 

 

 

-Tudo bem então e a proposito já avisei a minha mãe que você não ira - ai que se engana eu irei sim.

 

 

 

-Tudo bem obrigada.

 

 

 

-Por nada - vejo que está perdido em pensamentos.

 

 

 

-Algum problema Sr. Shinoda?

 

 

 

-Não nada.

 

 

 

Chegamos na filial de Joe Hahn e ele abre a porta pra mim, sorrio para ele.

 

 

 

 


Notas Finais


bom amores, espero que tenham gostado, qualquer colisa j sabem deixem nos comentarios que eu respondo com o maior prazer. Bjos e ate o proximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...