História Secretaria - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Avenged Sevenfold, Linkin Park
Personagens Brad Delson, Chester Bennington, Dave Farrell, Joe Hahn, Mike Shinoda, Rob Bourdon, Synyster Gates, Zacky Vengeance
Tags Chester Bennington, Linkin Park, Mike Shinoda
Visualizações 23
Palavras 3.677
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Capitulo 7: ciumentos


Fanfic / Fanfiction Secretaria - Capítulo 8 - Capitulo 7: ciumentos

Vou para os elevadores, que por sinal um este aberto, entro nele e aperto o botão, e vem várias lembranças nesse elevador, de repente ele para, e dessa vez eu não entro em pânico, aperto o botão para falar com alguém, e lembro de ter pego na mão do Mike aqui.

-Olá tem alguém ai?

-Sim Srta. estamos a caminho.

-Ok obrigada.

-Por nada.

Depois de alguns minutos ouço a voz de Mike no auto falante:

-Juli você está bem?

-Sim Sr. Shinoda estou bem, você pode me fazer um favor.

-Sim posso

-Avisa sua mãe que vou, me atrasar?

-Pode deixar que eu aviso.

-Está tudo bem mesmo, lembre-se você desmaiou ontem.

-Lembrei de apertar a mão de um homem ontem, e ele me dizer que iria passar, que podia apertar a mão dele o quando quisesse.

-Esse homem foi muito sábio.

-Sim, muito.

-Bom o elevador já vai descer ok?

-Sim Sr.Shinoda obrigada.

-Por nada.

Em poucos minutos o elevador começa a descer.

Mike P.O.V

Quando soube que minha ruivinha ficou presa no elevador novamente, fiquei desesperado, desci por outro elevador, e cheguei na sala de segurança onde podemos falar com pessoas do elevador, e também tem várias câmeras de segurança inclusive no elevador.

-Juli você está bem?

-Sim Sr. Shinoda estou bem, você pode me fazer um favor.

-Sim posso

-Avisa sua mãe que vou, me atrasar?

-Pode deixar

que eu aviso.

Ligo para minha mãe.

-Oi meu filho o que houve que a Juliana ainda não desceu?

-Juli esta presa no elevador.

-Meu Deus, ela está bem?

-Diz ela que sim

-Ata então eu vou entrar.

-Tudo bem.

Em poucos segundos chega minha mãe.

-Oi maninho como esta? Diz minha irmã

-Bem e você?

-Bem também, vê se aparece lá em casa.

-Ta pode deixar.

Pego o interfone novamente

-Está tudo bem mesmo, lembre-se você desmaiou ontem.

-Lembrei de apertar a mão de um homem ontem, e ele me dizer que iria passar, e me disse que podia aperta a mão dele o quando quisesse.

-Esse homem foi muito sábio.

-Sim, muito.

-Bom o elevador já vai descer ok?

-Sim Sr. Shinoda obrigada.

-Por nada.

-Quem ela apertou a mão ontem?

-A minha - eu sorrio.

-Ta na cara que meu maninho se apaixonou, olha que cara de bobo.

-Vê se não torra meu saco pirralha .

O elevador chega ao térreo, as portas se abrem e minha ruivinha, está bem graças Deus, ela sorri para mim.

-Oi Michelle

-Oi Juli você está bem, bem parece que perdeu o medo de elevadores.

-Sim eu perdi, o Sr. Shinoda me ajudou - carraca devo está igual a um tomate, mas ela está corada também.

-Que bom que meu filho te ajudou - minha mãe sorriu e Juli fica sem graça.

-Você é a Kett né?

-Sim sou eu, ah está explicado, porque meu irmão está apaixonado, ela é linda - pronto

Agora meu ar fugiu e eu vou ter um ataque aqui e parece que minha ruivinha ficou do mesmo jeito.

-Kett não começa.

-Bom já que todos estão aqui, vamos todos almoçar juntos?

-Claro vamos - pego meu carro e Juli ia atrás para minha mãe sentar na frente, mas minha mãe pediu que ela sentasse ao meu lado, eu amo minha mãe.

-Bem Juli, espero que sejamos grandes amigas.

-Com certeza seremos - ela olha para trás e sorri para Kett e depois vira para frente

-Será que podíamos ir ao shopping amanhã? – Juli olha para trás novamente e sorri

-Claro.

-Maninha da um tempo com a Juli.

-Que isso Mike deixa ela, eu irei sim Kett.

-Nossa amei essa, vocês chamando um ao outro pelo apelido.

-Combinei com Mike que na empresa seremos Juli e Sr. Shinoda.

-Entendo, mas vocês estão namorando? - Eu engasgo, Juliana dá uma tapinha nas minhas costas e sorrio para ela.

-Não exatamente, nós estamos nos conhecendo melhor – Juli responde porque ainda estou engasgado com a pergunta Kett

-Tomara que saia um namoro daí - minha mãe diz

-É tomara - chegamos em um restaurante, e pego na mão de Juli, ela sorri e aperta minha mão.

-Bom agora não vai faltar paparazzi querendo saber quem é o affair do grande

Empresário Mike Shinoda.

-Nossa havia me esquecido disso, Mike não podemos ser vistos pelo menos por enquanto.

-E porquê? - Nossa será que ela não quer.

-E claro que eu quero, mas ninguém da minha família sabe ainda, mas de qualquer forma, só começamos a nos envolver hoje, mas vejo que já era.

-Porque?

-Acabou de passar uns paparazzi, e tirou uma foto nossa, mas agora tenho que chegar em casa e ouvir sermão da minha tia, que mal eu comecei a trabalhar já estou me envolvendo com meu patrão - ela fica com o semblante triste, não acredito que eu fiz isso.

-Ei me desculpa - agora não sei mais o que fazer.

-Não tem problema, mas teremos que ser mais discretos.

-Vou tentar, mas não prometo nada.

-Mike por favor né. - Ela me repreende

-Ok Juli - ela sorri e eu retribuo.

-Boa tarde Sr. Shinoda, boa tarde Sras. em que posso ser útil? - Fizemos nossos pedidos, e o garçom se retirou

-Está tudo bem Juli?

-Esta sim Mike.

-Te conheço a quase dois dias, mais parece que te conheço há anos, me diz que te incomoda, ainda são os paparazzi, prometo que seremos discretos.

-Mike, uma hora estou no seu escritório aos beijos, outra hora estou na capa de revista que diz assim estampado na capa," novo affair do Sr. Shinoda, quem será a felizarda sortuda que fisgou o coração de uns dos solteiros, mas desejados de Nova York quiçá do mundo ̏. - Dessa vez não sei onde enfiar minha cara, nem minha mãe nem minha irmã, não se pronunciam.

-Juliana - eu respondo ela fica sem reação, e sem graça

O nosso almoço chega, e comemos em silencio, de vez em quando olho para ela que me olha, e sorri de canto de boca.

-Nossa que silencio, e a proposito Juli, você vai ao jantar de hoje? - Minha irmã quebra o silencio.

-Não, pelo menos por enquanto – Juliana olha para minha mãe, e sorri.

-Não concordo, mas respeito - Kett diz.

O nosso almoço termina, olho para o lado de fora do restaurante há vários paparazzi.

-Mãe o que fazemos agora? - Ela olha para a porta.

-Já sei o que fazer vamos - olho para Juli, e ela para mim e sorri.

Saímos do restaurante e eu doido para pegar na mão dela, mas não faço respeito a decisão dela.

-Boa tarde Sr. Shinoda, podemos saber quem é sua acompanhante?

-Ela e Juliana minha assistente pessoal - diz minha mãe.

-Ok mas surgiram, boatos que o senhor está com o novo affair.

-São só boatos, não tenho ninguém - tenho sim e estou doido para sair daqui e ela está em meus braços, que saco.

-Obrigado Sr. Shinoda - vou ate meu carro abro a porta para Juli, depois minha mãe e irmã, entra no meu carro e saio dali o mais rápido que eu posso.

-Obrigada Michelle.

-Por nada, respeito sua decisão, aos beijos no escritório, foi eu que interrompi né - Juli fica igual ao um pimentão e pelo visto eu estou também.

-Mamãe – eu há repreendo.

-Você nunca atrapalha Michelle.

-Atrapalhei sim, mas prometo que antes de ir ao escritório eu ligo para avisar.

-Michelle você é mãe do dono da empresa, não tem nada que ligar para, avisar, e além do mais isso não vai se repetir na empresa, que é lugar de trabalho - ela olha pra mim e faço beicinho.

-Juliana tem razão não podemos ficar se agarrando na empresa.

-Também não exagera, a gente só se beijou.

-Não estou exagerando - Juli olhou para mim sem graça.

-Poupe-me dos detalhes sórdidos.

Chegamos na empresa, e nos despedimos da minha mãe e irmã e encontramos, Srta. Anna no hall e ela olha para Mili, mas Mili nem há olha, o que há de errado com essas duas.

-Juli você conhece a Srta. Anna?

-Algum problema seu há conhecer?

-Não, claro que não.

-Ela é uma amiga de infância, ela que colocou meu currículo aqui.

-Tenho que lembrar de agradecer há ela.

-Porque? - Juli me olha intrigada.

-Porque graças a ela conheci minha ruivinha - ela sorri

-Bobo, mas se não tivesse qualificada para o cargo não estaria aqui, mas agradeço a ela por se lembrar de mim.

Pego em sua mão e ela me olha, mas não tira sua mao.

sua mão.

-Não podemos fazer isso aqui.

-Podemos sim.

-Mas se entrar alguém.

-Depois resolvemos isso - as portas do elevador se fecham, e o elevador sobe, da uma parada no quinto andar, e Juli solta minha mão. - Entra um rapaz

-Boa tarde Sr. Shinoda.

-Boa tarde.

-Boa Tarde Srta. - o rapaz a sauda

-Boa tarde - Juliana o cumprimenta, o elevador no decimo andar e o rapaz sai, as portas se fecham, e paro na frente dela.

-Não vai fazer o que eu to pensando vai?

-O que ?

-Me beijar, há câmeras aqui.

-A minha vontade é essa, mas se não quer tudo bem.

Chegamos em nosso andar, e eu peço

para ir primeiro, nossa essa e a visão do paraíso.

-Eu vi isso em - ela olha para trás e fui pego de olho em seu traseiro delicioso.

-Não fiz nada - ela olha para mim tentando ser seria.

Ela senta em sua mesa e liga o computador, me aproximo dela e há beijo, e depois entro no meu escritório.

Juliana P.O.V

Falta 15 minutos para a reunião a Calvin Klein, e ligo para Mike.

-Sim Juli

-Sr. Shinoda sua reunião com a Calvin Klein será daqui há 15 minutos.

-Tudo bem obrigado Juli.

-Por nada.

Dou uma olhada no meu celular 5 mensagens da May.

May P.O.V

Minha linda me perdoe, é claro que você é competente, por favor não suporto ficar sem falar com você, você e minha única amiga, eu só fiquei admirada pelo carrasco te dar plenos poderes para fazer a reunião.

Maninha por favor me perdoa, já te pedi desculpas, quero conversar com você na hora do almoço.

È ne já foi almoçar com seu queridinho e a família, me esqueceu mesmo né, me desculpe por favor não me abandona.

Juliana, dá para me responder o terei que ir ate ai para falar com você.

Me desculpe a última mensagem, mas por favor eu imploro, fala comigo.

Mandou uma mensagem para ela.

Juliana P.O.V

Tudo bem, eu não almocei com você, porque não tinha visto as mensagens.

May ( maninha)

Ufa pensei que não ia mas falar comigo, me perdoa?

Juliana

Ta bom, mas por favor não faça mais isso.

May (maninha)

Ta bom, mas vai me contar tudo dobre o almoço, e essa foto que apareceu no site de fofocas da concorrência.

Meu Deus que foto ela me passa o link.

Ela me passa o link e vejo nossa foto entrando no restaurante, com ele de mãos dadas ferrou tudo, com a seguinte legenda.

"Sr. Andrade nega o novo affair, mais foi visto de mãos dadas com a uma ruiva em um restaurante, em Nova York, sua mãe disse que é assistente pessoal dela, mais fontes segura nos diz que a ruiva e a nova secretaria do Sr. Shinoda "

Fudeu mais uma vez, estou perdida mando o link da foto para o e-mail de Mike

Escuto a porta se abrir, e ele vem em minha direção.

-Me desculpe por favor.

-Vou salvar essa foto para mim, a primeira de muitas - eu digo nervosa

-Pare de ser sarcástica.

-Eu não, sei que se me envolver com você, sempre vai haver uma foto minha nas revistas.

-Verdade, mas por favor não desista de mim por isso.

-Não vou, só quero um tempo para poder falar com minha tia.

-Tudo bem

-Vamos indo para a reunião?

-Sim vamos.

Chegamos na sala de reuniões, e me sento ao lado dele e vejo Anna que senta do outro lado da mesa ao lado dele.

-Olá Mike, como está? - Porque o trata com intimidade, será que eles já teve um caso, o jeito e me segurar até o final.

-Eu estou bem Anna e você?

-Eu estou ótima agora que vi você, você sempre preferiu as morenas - não to acreditando que ela está flertando com ele, faço cara de paisagem, e sim eu estou com muito ciúmes.

-Olá Juli sou Zacky Vengeance como está ? - e hora da guerra.

-Eu estou ótima - sorrio para ele, mas vejo do meu canto de olho, que Sr. Shinoda não gostou de início, mis agora está rindo.

-Vamos começar a reunião - ele está aborrecido, fica mais gostoso ainda adoro

-Bom Mike estão aqui a nova coleção da Calvin Klein -Zacky diz e Mike me passa um catalogo, e vou passando para os outros.

-O que acha da coleção Juliana? - Mike pergunta

- São lindas, mas não me leve a mal, essa coleção precisava de cores.

-Mas tem cores.

-Ai e que ta, queremos cores chamativas sexys, vermelho, preto mas não só o preto, tem que tem um toque de rosa ou vermelho, laranja e chamativo, mas e uma cor linda, esse catalogo está lindo, mas na minha opinião e o que falta - pega essa mamba negra, quem já viu kill bill sabe do que eu to falando e uma serpente preta bastante venenosa

-Mike vai deixa-la falar da nossa coleção desse jeito? – Anna ficou chateada que pena mais essa é minha opinião.

-Concordo, com ela, que essa coleção está linda, qualquer cor torna a mulher

Sexy, mas tem que ser uma cor mais chamativa, mas será um prazer colocar esses lingeries estampadas nas minhas revistas.

-E Juli você me surpreendeu, Mike você tem uma ótima funcionaria, parabéns Juli você tem uma ótima visão e me desculpe pelo o Sr Synyster Gates, meu marido. Diz Zacky Vengeance

-Ela é sim uma ótima funcionaria e tudo bem pelo desaforo do Syn, somos amigos Zacky eu te entendo. – Mike sorri pra ele.

-Mike será que podemos jantar hoje? – Anna pergunta olhando para mim para ver se eu tenho alguma reação mas olho meu computador, fecho minha agenda e há guardo na minha bolsa.

-Não posso tenho um compromisso.

-Tudo bem então outro dia talvez?

-E quem sabe, bom pessoal tem, mas algo que queiram discutir?

-Não Mike é só – Um outro cara que não sei o nome olha para mim e sorri, e vejo que Mike serra os punhos - vontade de ri, mas agora não e o momento.

-Juliana será que posso falar com você me particular. Anna fala

-Claro - todos saem, mas Mike me olha e eu aceno em confirmação que ele pode me deixar com a mamba que esta prestes a da o bote

-Pensa que me engana né?

-Como assim? - Eu pergunto

-Você está de caso com o Mike - caio na gargalhada.

-Me desculpe, mas isso e uma piada eu com o patrão

-Claro porque para Jade ele nunca deu essa oportunidade, para dar opinião.

-Bom a Jade não trabalha mais aqui, quem está na sua frente é Juliana ou melhor a Srta. Juliana para você, se me der licença - coloco o notebook na pasta e ela se aproxima de mim, para avançar, mas sou mas viva, pego o braço dela e puxo para trás.

-Ai ta me machucando, saiba que Mike é meu.

-Isso a mim não interessa, e me deixa em paz, se ele e seu ou não isso não e da minha conta

solto o braço dela quando vou pegar a minha pasta ela puxa meu cabelo, viro para ela lhe dou um tapa.

-Como pode fazer isso.

-Fazendo, e se não quer apanhar mais, e melhor não avançar mais, porque se não posso te deixar com olho roxo.

-Está me ameaçando?

-Entenda como quiser - saio da sala e a deixo falando sozinha, entro no elevador, que já estava aberto, aperto o botão e tento aliviar minha tensão, e dizer que eu tenho um caso com Mike, e eu estou tendo um caso com ele sim, mas ouvir isso dela me deixa em estado de alerta, será que estou fazendo o certo?

O elevador chega ao térreo, e saio, chego na recepção e vejo Mike com a cara zangada fudeu lá vem bronca.

-Porque você ameaçou a Anna? - não digo nem uma palavra, sei que estou errada, aceno com a cabeça que sim.

-Mas porque disso.

-Ela só me disse que você era dela, e disse que eu não tinha nada a ver com isso - ele fica vermelho.

-Não foi isso que ela disse - agora já deu, sinceramente não to acreditando no que estou ouvindo.

-Melhor confiar nela né, afinal de contas, você há conhece a mais tempo que eu né - saio de perto dele, estou ardendo de raiva.

-Não falei isso, só estou falando que isso não é do feitio dela - ai agora ele pediu.

-Você e ingênuo demais ela quer você, e tenho certeza que ela vai conseguir, ela é linda atraente, e tenho certeza que se você se tocasse o quanto e bonito ia perceber que ela estava flertando com você a reunião toda - ele fica vermelho igual a um pimentão, e fica espantado.

-Não sou ingênuo, e ela não deu em cima de mim.

-Tudo bem você que não percebeu, quer saber eu não tenho que provar nada para ninguém, e nem fazer fofoca, acredite em quem você quiser, eu me demito, não quero um centavo pelo o dia de hoje - pego a pasta abro e coloco o notebook, na mesa, seio que pode ser criancice, mas se põe no meu lugar não aguentaria um dia se quer ver eles dois juntos.

-O que, você não pode, Juli por favor, eu preciso de você.

-Não precisa você encontrará alguém mas qualificada que eu, para o cargo

-Juli eu te peço não vá por favor vamos esquecer isso.

-Ok eu fico, mas com uma condição

-Qual?

-Que a gente não se envolva, seremos patrão e empregada.

-Eu não vou aceitar isso.

-Ou isso ou eu não trabalho mais aqui.

-Tudo bem eu aceito, você tem me ajudado muito - ele sai da minha mesa e vai para o seu escritório.

Mike P.O.V

Eu sou um idiota, perdi minha ruivinha, mas não vou desistir, eu a quero, Anna não podia ter feito o que fez, eu não sou dela sou da minha ruivinha só dela, tenho que reverter essa situação, o telefone toca e é minha ruiva.

-Sr. Shinoda em 10 minutos tem sua última reunião de hoje com a Sony.

-Ok você pode vir comigo.

-Tudo bem senhor - saio de minha sala, e ela já está pronta, saímos e entramos na sala

de reuniões que está vazia.

-Peço desculpas pelo acontecido, devia ter confiado em você

-Sr. Shinoda esse assunto não é para ser discutido aqui, a reunião já vai começar.

-Eu cancelo se não me desculpar -, e vejo que ela está espantada.

-Tudo bem eu o desculpo.

-Ok então - sento-me ao lado dela, e pego sua mão, e aperto, e tiro novamente, quando ouço a porta se abrir.

-Boa tarde Mike, e quem é essa ?

-Boa tarde, essa e Mili minha secretaria.

-Oi Mili prazer sou Joel Madden - ele se aproxima de Juli, pega sua mão e há beija, não acredito eu vou bater nesse filho da puta.

-Ola Sr Madden como está? - Ele continua segurando sua mão.

-Melhor agora que estou em sua presença.

-Podemos começar?

-Claro - porque só veio o Joel? Cade o Benji?.

-Bom aqui a nova tecnologia da Sony o novo Sony XperiaM2 Aqua tem o mesmo design Premium dos nossos celulares à prova d'água*. Além disso, a tecnologia 4G permite que ele acompanhe seus ritmos e a velocidade do seu dia-a-dia.

-Nossa a prova d'água, gostei, o que acha Juli

-Nossa ele é ótimo minha amiga já encomendou o dela, acho máximo essa função, você pode tirar na piscina, a melhor tecnologia, poxa quantos celulares nos perdemos quando cai na agua ou no vaso - Joel cai na gargalhada.

-E verdade muitos dos meus já caiu no vaso -Joel diz e continua rindo

-Os meus também vários deles caíram na agua, naquela guerrinha de joga na piscina - Juli sorri e olha pra mim.

-Então já que vocês vão está divulgando quero presentear vocês com um.

-Eu não posso aceitar - Juli diz

-Juli me sinto ofendido com sua desfeita, por favor aceite, esse foi para divulgar, mais eu vou pedir para mandarem o de vocês para entregarem amanhã.

-Poxa obrigada sr Madden.

-Por nada.

-Bem obrigado Joel sou fã do seu produto - eu digo

-Eu também - Juli diz.

-Bom acho que terminamos por aqui.

-Ok então amanhã seus aparelhos estarão aqui.

-Tudo bem então obrigado Joel.

-Por nada Mike, e Juliana foi um prazer em conhece-la.

-O prazer foi meu - ele se despede e sai.

-Poxa que legal ninguém ganhou nada aqui, com o produto divulgado.

-Serio, tem sempre uma primeira vez.

-Não sei bem, acho que o Joel ficou interessado em você.

-Sr. Shinoda ,o Sr. está enganado ele só foi gentil, assim como a Anna que te chamou para jantar - eu fico sem graça, que porra e essa.

-Mas eu recusei e você não

-Recusei sim, mas ele insistiu, e além do mais estou precisando de um celular, novo o meu já deu o que tinha que da.

-Porque não me disse?

-Sobre?

-O seu celular horas.

-Primeiro que eu trabalho para o Sr. e segundo não tenho que dizer nada pessoal meu, e com licença que eu vou para minha mesa - essa doeu

-Espera que eu vou também

-Desculpa intrometer em sua vida

-Tudo bem, deixa eu fui ignorante me perdoe.

-Ok os dois estão alterados.

Chego em minha mesa, organizo as coisas para amanhã, e já são 18:00hs, e alguém bate na porta.

-Entra

-Sr. Shinoda o Sr. vai precisar de mim?

-Não Brad até amanhã

-Até, amanhã e bom jantar.

-Obrigado

-Segura pra mim - eu encontro Juli e sorrio

-Obrigado

-Por nada - eu há olho com um olhar intenso.

-Por favor não me olha, desse jeito, me desconcerta - eu digo

-Desse jeito como? - eu aperto o botão do elevador para falar com o pessoal da manutenção.

-Sim Sr. Shinoda.

-Desligue a câmera desse elevador, e não comente nada com ninguém ok?

-Sim Sr. Shinoda - olho para câmera a luzinha esta apagada, e depois olho para ela e sorrio.

-Você me desconcerta o tempo todo Juli, não consigo mas parar de pensar em você - ai caramba não aguento mais, tenho que agir, ela se aproxima e me beija, pega na minha nunca, e puxa meu cabelo, e dou gemidos em sua boca, ela me beija com vontade, e o elevador da sinal que vai se abrir e nos afastamos, uma mulher entra e olha para mim e sorri, o elevador chega no térreo, e as portas se abrem.

Juliana avista um taxi e dá sinal

-Nada disso você vai comigo.

-Não e preciso.

-Faço questão - eu abro a porta e ela entra

-Por favor não insista

-Eu insisto sim - eu sorrio maliciosamente para ela.

-Bom já que minha amiga não quer ir, eu ha levo - olhamos para trás e vejo a Srta. May

-Amigas?

-Sim desde a faculdade eu tinha dito antes, ela fez para administração também, mas seguiu seu sonho, ser editora de uma revista - ela sorri para mim

-Bom então e melhor irmos - Srta. May diz.

-Sim Claro, tchau Juli.

-Tchau Sr. Shinoda - entro no carro e vou embora.


Notas Finais


Eita que essa Anna nao ta perdoando mesmo hein kk( isso pq acho ela sem sal e sem acucar)
E essas crises de ciumes ai das duas partes como fica?
Bom amores hoje escrevi,revisei e editei o capitulo INTEIRO no celular e estou postando pelo celular tbm entao acho que esta uma BOSTA esse capitulo.
Me perdoem pelos VARIOS possiveis erros de ortografia e afins.
Qualquer coisa ja sabem, deixem nos comentarios que eu terei o imenso prazer em responder.
Ah eu to AMANDO esse lado mais pervertido do Mike kk.
Bjos e ate o proximo cap.😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...