História Secretário atrapalhado- 2 temporada - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Super Junior
Personagens Cho Kyuhyun, Kim Ryeowook, Lee Donghae, Lee Hyukjae "Eunhyuk", Lee Sungmin, Yesung
Tags Eunhae, Kyumin, Romance, Yewook
Exibições 34
Palavras 1.030
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola meus amores,
Trouxe mais um capitulo dessa fic
Espero que estejam curtindo
Boa Leitura!!!

Capítulo 4 - Capitulo 3- O jantar.


Capitulo 3- O jantar.

POV Donghae.

Eu confesso que estava muito nervoso, já estávamos na porta da casa dos pais do meu Hyukkiee.

Eu usava o vestido que o Hyuk tinha escolhido para mim aquele dia no shopping, a peruca estava ajeitada em minha cabeça com algumas presilhas enfeitando os cabelos, estava usando uma leve maquiagem que Sugmin me ensinou a fazer e além é claro das sandálias que eu tinha finalmente aprendido a usar.

Flashback On.

Eu estava nervoso, nunca tinha andando de sandálias na vida, eu e Hyuk depois do expediente fomos para a casa do mais velho para ele tentar me ensinar a andar nessas coisas.

- Vamos Donghae você consegue.

Eu tentava andar até o mais velho, mas eu parecia um pato andando com aquelas sandálias, quase tropecei de novo.

- Aish Hyukkiee é difícil andar com elas. - eu fazia um biquinho.

- Eu sei amor, mas tu vai conseguir.

Eu fiquei mais um tempo andando e quase me esborrachei no chão, sendo amparado pelo mais velho que me abraçava.

- Acho que vou ter que chamar Minnie-hyung para nos ajudar com isso amor.

- Porque Hyuk?

- Ele sabe usar sandálias, teve uma vez que ele se vestiu de mulher para o Kyu.

- Sério? E tu sabes o motivo? – eu olhei pro outro curioso, fazendo biquinho que foi prontamente mordido pelo mais velho.

- Acho que tinha haver com fantasia sexual.

Donghae corou na hora ao ouvir isso.

- Aish amor.

Hyuk riu e me encheu de beijos.

- Vou falar com Minnie-hyung amanha no escritório e ele pode tentar te ajudar, agora vamos comer estou com fome.

E assim eu tirei as sandálias que tanto me incomodavam e fui jantar com o meu futuro noivo, mesmo que seja de mentirinha.

No dia seguinte, Hyuk foi até a sala de Minnie-hyung falar com ele:

- Hyung quero lhe pedir um favor.

O outro olhava o irmão de forma curiosa.

- Claro saeng no que posso lhe ajudar?

- Quero que ensine Hae a usar sandálias.

- É alguma fantasia saeng?

- Não, depois eu te conto o motivo.

- Tudo bem eu lhe ajudo.

Assim passou-se a semana, além de saber o motivo de eu estar me vestindo de mulher, Minnie-hyung me ensinou a usar maquiagem também e eu aprendi a usar finalmente as sandálias sem cair.

Flashback OFF.

Confesso que eu continuava nervoso, tinha medo de ser descoberto e Hyuk ser ridicularizado pela família, percebendo meu nervosismo ele apertou meu braço de forma delicada.

- Se acalme amor, vai dar tudo certo, ninguém vai perceber que na realidade é um homem.

Eu respirei fundo, segurei a mão de Hyukkiee, ele entrelaçou nossos dedos, as nossas alianças de noivado ficavam em destaque.

Eu fiquei apaixonado por elas, não eram aquelas chiques que tinha uma pedra enorme, essa era bem simples, era de ouro branco e tinha algumas pedrinhas e quando a vi dei um sorriso bobo que o mais velho percebeu.

Depois de um tempo que respirei fundo e Hyuk me deu mais algumas palavras de apoio, ele tocou a campainha.

Um tempo depois um mordomo abriu a porta para nós dois passarmos e meu queixo quase foi ao chão.

Esqueci que meu noivo era muito rico, mas eu não sabia o quanto, a casa dele era enorme.

Seus pais, junto com sua suposta noiva, o appa dela, Sungmin e Kyuhyun estavam do outro lado, bom pelo menos eu teria dois amigos junto comigo, fora o meu namorado.

O meu namorado começou a cumprimentar os presentes e em seguida me apresentou a família e aos Smith.

- Bom essa é a minha noiva Donghae.

Todos me olharam curiosos e eu fiz uma breve reverencia.

Hyuk assim como Minnie-hyung me ensinaram a afinar a voz e a falar o menos possível para ninguém percebesse que eu de fato era um homem.

- Boa noite. – eu não encarava nenhum presente, estava bem tímido.

A omma do Hyuk foi a primeira a vim falar comigo.

- È um prazer querida finalmente conhecer a noiva misteriosa do meu filho Hyukjae.

Eu fiz uma reverencia a ela, mas ela em nenhum momento veio me abraçar ou algo assim.

Em seguida veio Minnie-hyung que me abraçou e sussurrou em meu ouvido:

- Se acalma cunhado, vai dar tudo certo, eu e Kyu, fora o Hyuk estamos aqui pra te apoiar.

Eu estava feliz por ter meus amigos e meu amor perto de mim.

Kyu somente acenou para mim e voltou para o lado do mais velho.

Depois de um momento um pouco tenso, o senhor Smith veio até a mim, percebi que ele quase me comia com os olhos e eu me encolhi ao lado do Hyukkiee.

- Nossa que noiva bonita essa a sua Hyuk.

Eu acabei corando e o mais velho me abraçou de lado.

- Sim muito linda, mas ela é minha.

A filha do senhor Smith nem falou comigo, mas me olhava com ódio.

Assim depois de nos cumprimentar, fomos todos para a sala de jantar.

Eu olhava a casa de Hyuk espantado, ela era muito grande e cheia de luxo que acabei ficando envergonhado.

Assim que chegamos à sala de jantar, Hyuk se sentou, eu me sentei ao seu lado, tendo ao meu lado Minnie e Kyu, na frente de Hyuk a omma dele, em minha frente o appa de Sarah e ao lado deste a filha, que me olhava ainda com ódio, na cabeceira da mesa sentava o appa de Hyuk.

Assim começou o jantar, eu comia tão pouquinho, que Hyukkiee se preocupou comigo e falou baixinho.

- Meu anjo come se não ira passar mal.

- Eu sei amor, mas não consigo estou muito nervoso.

- Se acalme amor esta dando tudo certo.

Assim eu voltei a comer, sobre o olhar atento de senhor Smith, que me secava com os olhos.

Eu estava ficando cansado de tudo aquilo, eu queria ir embora para casa do Hyuk e passar o dia com ele, mas eu estava aqui nesse jantar em família com a ex- noiva do Hyuk me olhando com ódio e o appa dela com desejo.

É Donghae Lee tu ta perdido.


Notas Finais


Espero que tenham curtido o capitulo
Até a próxima^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...