História Secrets and Lies - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais, Os Instrumentos Mortais, Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Magnus Bane, Simon Lewis, Valentim Morgenstern
Visualizações 14
Palavras 509
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Essa é uma história alternativa, muito do que irão ler aqui não aconteceu realmente no livro. Espero que gostem.

Capítulo 1 - Piloto


Fanfic / Fanfiction Secrets and Lies - Capítulo 1 - Piloto

New York. 11 de agosto de 2017.

Eu estava em frente ao Instituto. Mas não conseguia andar. Simplesmente não conseguia entrar lá. Se passaram 8 anos desde sua última visita a sua avó, sabia que era arriscado, e que quando entrasse lá, não haveria volta. Pensei em tudo que passei pra chegar até aqui, e então tomei minha decisão. Não iria viver com medo, esperando um ataque. Iria levar a guerra na porta dele.

Abri um portal que me levou diretamente a Imogen Herondale, que estava cercada por shadowhunters, que rapidamente apontaram suas armas para mim.

–Quem é você? Como conseguiu acessar um portal aqui dentro?–perguntou um moreno alto.

Ele era bem bonito, admito. Pediria seu número se fosse em outras circunstâncias.

–Eu não vou perguntar de novo.– e mirou uma flecha no meu coração. 

–Responda o homem, Imogen.–respondi com deboche.

Isso bastou pra Imogen sair de seu transe. 

–Já chega, Alexander. Todos abaixem suas armas e nos deixem sozinhos.

Com relutância, todos guardaram suas armas e dispersaram, com exceção do tal Alexander.

–Eu ainda estou esperando uma resposta.

–Eu esperaria sentada, se fosse você. –respondi no meu melhor tom de deboche.

Ele estava prestes a rebater quando Imogen o cortou.

–Precisamos conversar, vamos a um lugar mais privado.

***

Tinha se passado 30min desde minha chegada e já estava começando a achar que foi uma péssima idéia voltar. 

–Estou cansada de esperar, o que estamos esperando?

–Jace, Izzy e minha mãe.–disse o arqueiro.

–Por que precisamos deles pra conversar?–respondi impaciente. Eu odeio esperar.

A porta se abriu e 4 pessoas entraram. 3 mulheres e um homem. Duas morenas, aparentemente, mãe e filha, e uma ruiva, que eu supus não ser uma Lightwood.

–A ruiva não é uma Lightwood, eu presumo. disse.

–A ruiva, tem nome, se chama Clary, aliás. E quem é você? –respondeu.

–Ela é tipo da família. Quem é você?–perguntou o loiro.

–Eu estou cansada dessa pergunta.–suspirei.

–Então porque não a responde?–perguntou a que eu presumi ser a Izzy.

–Alexandra. O prazer é todo meu. –respondi com uma boa dose de sarcasmo.

–Eu diria que é um prazer conhecê-la, mas seria mentira.–disse Alexander.

–OK, já chega vocês dois! O que eu vou dizer agora vai ser muito difícil de absorver, então preciso que escutem atenciosamente. disse Imogen, que não conseguiu disfarçar sua voz falhando.

Eu me levantei e fiquei ao lado de Imogen esperando.

–Alex, lembra quando eu disse que seus pais haviam sido mortos enquanto seu irmão nascia?

–O que Jonathan tem haver com os Lightwood?–perguntei sem entender onde o rumo da conversa ia me levar.

Os Lightwood estavam muito chocados pra dizer alguma coisa, então ela continuou falando.

–Uns meses atrás, enquanto eu pensava que você estava morta, nós capturamos Valentine, e tivemos ele em nossa custódia por um tempo. Ele me contou que Jonathan está vivo. Seu nome é Jonathan Lightwood Herondale.

Depois de longos minutos eu finalmente sai do transe e finalmente consegui perguntar, embora eu duvide que alguém tenha entendido por causa da minha voz embargada.

–Cadê ele?

–Estou bem aqui. –respondeu o loiro



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...