História Secrets and Lies - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais, Os Instrumentos Mortais, Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Magnus Bane, Simon Lewis, Valentim Morgenstern
Visualizações 18
Palavras 289
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


ola

Capítulo 3 - The Handsome


Fanfic / Fanfiction Secrets and Lies - Capítulo 3 - The Handsome

—Por que? O bonitão não está fazendo seu trabalho direito?

—Sim, mas os Herondale vem sendo os líderes do Instituto de NY por gerações, por isso, eu e a Clave gostaríamos que você assumisse a liderança.

—Eu passo, muito obrigada.

Todos se entreolharam nervosos.

Imogen os dispensou e ela e Alexander se juntaram a mim e Jonathan.

—A liderança ainda é do bonitão, né?

Jonathan riu.

—O nome dele é Alexander, ou Alec, você sabe disso, né?

—Prefiro "Bonitão". Então, o que temos pra hoje?

Alexander fez uma cara confusa.

—Não entendi. 

—Vamos matar alguns demônios ou vamos atrás de Valentine?

—É quase 2h, ninguém vai a lugar nenhum. Vão descansar, amanhã boto vocês pra fazer alguma coisa.

***

Eu não conseguia dormir, então fui treinar. Chegando lá, vi que não era a única com insônia. Alexander prestes a estourar o saco de pancadas.

—Calma.

Ele não tinha me visto, então sua reação foi mais exagerada do que eu esperava. Em um minuto eu estava atrás dele e no próximo ele tinha me prensado na parede. Ele era uma mistura de sabonete e suor, seu cabelo estava jogado no rosto bloqueando um pouco a sua visão, então eu o movi bem devagar enquanto seus olhos acompanhavam minha mão.

Demorou um tempo até ele desviar o olhar e me soltar.

—O que você está fazendo aqui?

—Vim treinar.

—Quem treina a essa hora?

—Eu ia te perguntar a mesma coisa.

Pus o protetor na mão e comecei a socar.

—Por que não está dormindo?

—Não consigo. Você?

—Eu...

A frase foi interrompida por um toque de mensagem, do celular dele, eu suponho. Um sorriso iluminou seu rosto e ele desligou rapidamente.

—Preciso ir, vê se descansa.

Ele se foi e eu treinei mais um pouco até que veio o sono, então voltei pro quarto, tomei um banho e dormir. Pela primeira vez em anos, dormi sem pesadelos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...