História Secrets and Sins - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kankuro, Karin, Matsuri, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Gaamatsu, Itakonan, Lobisomens, Naruhina, Naruto, Nejiten, Romance, Saiino, Sasuhina, Sasusaku, Shikaino, Shikatema, Suikarin, Vampiros
Visualizações 173
Palavras 2.708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Hentai, Luta, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais uma historia saindo do forno da imaginação!
É a minha primeira fanfic focada em vampiros e lobisomens, então me perdoem por qualquer coisa
Gente é uma fic sombria, no estilo de Crepúsculo, The Vampire Diaries, The Originals
A fic é repleta de casais e tals
A historia tem um espaço e tempo, então não vão ter personagens logo de cara, os personagens certos vão aparecer nos momentos certos, então tenham paciência com seus personagens preferidos
Aceito opiniões e criticas construtivas

A musica tema desse capitulo é: Rosi Golan - Can't Go Back
Vamos lá...

Capítulo 1 - Can't go back


Fanfic / Fanfiction Secrets and Sins - Capítulo 1 - Can't go back


             "Há coisas para as quais você não pode voltar, algumas coisas precisam ser deixadas em paz, Não se meta com as lembranças de uma vida que passou..." 
                                                  Rosi Golan - Can't go back

 

§ Hinata §

O despertador soa me obrigando a sair da cama, esfrego minhas mãos nos meus olhos, um bocejo costumeiro escapa, vagarosamente me levanto da cama, sinto o frio do piso ao colocar os pés no chão, contra vontade caminho até o banheiro, giro a torneira, assim a água enche a banheira antiga, enquanto retiro toda a roupa ficando nua, entro na banheira sem fazer cerimonia, a água esta quente e agradável, essa cidade parece nunca ter verão, é tão fria e gelada, o sol parece estar com resfriado, mas que droga que estou pensando? Um sorriso escapa dos meus lábios, devo estar alucinando, acabei de acordar, por isso estou pensando besteiras, o "sol resfriado", Hinata, o clima dessa cidade esta te fazendo mal, cerca de alguns minutos depois, termino de me banhar, enrolo a toalha em volta da cintura, caminho tremendo até meu quarto, minha pele esta arrepiada por causa do ar gelado, apresso meus passos, coloco uma roupa confortável de inverno, olho no visor do celular

- 05:30, bem cedo! - Vou até o espelho que há em meu quarto, pego um secador e seco meus cabelos, os deixando lisos e macios com o toque de um perfume delicioso, termino de me arrumar, calço um par de botas de cano alto e me olho no espelho uma ultima vez para me certificar de que não está faltando nada, tudo perfeito Hinata! Meu estomago ronca, vou até a cozinha, desço as escadas vagarosamente, a casa inteira esta escura, por isso caminho com cautela, não quero ter uma costela quebrada ou algo do tipo, passo pela sala, a copa e chego no meu comodo preferido, a cozinha! Procuro o interruptor, o ruim de morar numa casa nova é isso, não saber onde estão as coisas, faz uma semana que estou morando nessa casa, tudo foi repentino, a morte dos meus pais, a ideia da mudança, Konoha e agora minha nova escola, não vou mentir, estou totalmente insegura, não conheço ninguém aqui, a não ser meu primo Neji e sua melhor amiga Tenten, estamos hospedados na casa dele, ele insistiu que deveríamos morar aqui com ele, Hanabi insistiu comigo e fiz isso por ela, até porque, além do Neji, não existe nenhum Hyuuga, ele e a Hanabi foram os que me restaram de "família", os Hyuugas já foram grandes, mas agora restam apenas 3 Hyuugas, Neji Hyuuga, Hinata Hyuuga e Hanabi Hyuuga, parece deprimente... Mas já me acostumei, sempre fui boa pra me acostumar com as situações, e agora é curioso que eu não consigo me acostumar com esse ar! Abro a geladeira e tiro o leite e um pudim, vou até o fogão, acendo a fogo e morno o leite

- Bom dia Hinata -

- Bom dia Neji - Cumprimento sorrindo meu primo cabeludo, Neji e eu nos conhecemos dês de crianças, ele é 2 anos mais velho que eu, tenho 17 anos, temos uma relação amigável e até que posso dizer que gosto dele, o fato de estarmos morando aqui evidência isso, né?

- E a Hanabi? - Neji pergunta preocupado com minha irmã caçula

- Hanabi está dormindo, mas já vou acorda-la! - Hanabi... Ela é meu foco, tenho que cuidar dela e protege-la, se existe uma garota sonhadora e ingenua, saiba que é a Hanabi! Minha irmã sofreu muito com a morte de meus pais, principalmente com a morte do papai, pensei que ela entraria em depressão, uma criança de 14 anos com depressão não é normal, né? Subo as escadas novamente, entre as portas do corredor, a terceira porta é o quarto da Hyuuga menor

- Hanabi! - Dou algumas batidas na porta, insisto e logo a porta se abre, como esperado, Hanabi está uma pilha de ansiedade, sorrio ao ver a ansiedade dela para escolher a melhor roupa para seu primeiro dia de aula

Hina, essa está boa? - Ela pergunta me mostrando pela terceira vez suas combinações de roupas

Está perfeito Hana! - Múrmuro checando algumas mensagens no meu celular, alguns amigos antigos, mensagens de pêsames e assim por diante, Shino disse que está com muitas saudades, dou risada ao ver a mensagem desesperada dele, ele está realmente confuso, o entendo bem, porque eu também estou confusa e perdida

- Hinata, deixa que eu levo a Hanabi, porque se continuar assim, você vai se atrasar pro seu primeiro dia! - Neji fala tirando minha atenção do celular

Obrigada, me atrasar pro meu primeiro dia na minha nova escola, vai me fazer ter uma má reputação! - Falo sorrindo e agradecendo Neji, vou até meu quarto e pego minha bolsa, a escola é alguns minutos daqui, por isso uso o carro que meu pai me deixou, uma Land Rover, jogo minha bolsa no banco de trás e dou partida nessa belezinha, o trajeto que eu percorreria em meia hora, faço em 10 minutos, estaciono o carro, há bastante carros aqui, e muito alunos, falta meia hora pra começar as aulas, isso significa que vou explorar minha nova escola, pego a bolsa do banco da carona, fecho a porta e travo o carro, guardo a chave na bolsa, entro dentro da escola, uma escola bonita, mas como eu já disse várias vezes, é fria, ha neve em todo canto dessa cidade! Alguns alunos me observam andar pelo extenso corredor

- Hinata! - Ouço meu nome, me viro e me dou de cara com a melhor amiga do meu primo, Tenten Mitsashi, pensa em uma morena divertida e linda! Tenten me abraça, me deixando constrangida na frente dos outros alunos

Tenten, não sabia que estudava aqui! - Neji não me falou!

Neji é um cabeça oca mesmo! Sabia que ele não ia falar, deixando isso de lado, sabe onde é a sua sala? - Ela me pergunta 

Você chegou numa ótima hora! Não faço a minima ideia! - Nós duas rimos do meu comentário 

Vamos, vou te levar até a diretoria, lá ele vão falar onde é a sua sala - Ela me puxa pelo corredor, durante o percurso todo, a Tenten foi cumprimentada, ela deve ser bem popular aqui, paramos em frente a uma porta de madeira, Tenten bateu na porta 

Entre - Uma voz feminina ecoa do outro lado da porta

- Boa sorte! Tomara que você caia na minha sala! - A morena sorri, me abraça e me dá um tchauzinho e sai andando me deixando sozinha

- Com licença -Peço entrando na sala, dou de cara com uma loira sentada em uma poltrona do outro lado da enorme mesa

Sente-se, por favor! - A mulher que julgo ser diretora me pede pra sentar, observo sua sala, tem uma decoração bem rustica, em sua mesa tem um crachá escrito "diretora Tsunade"

Sou Hyuuga Hinata, a aluna nova! - Um nervosismo estranho toma conta de mim, o olhar da diretora me causa preocupação, ela olha diretamente em meus olhos

Eu sei quem você é Hinata, venha, vou te levar até sua sala! - A diretora se levanta da mesa e caminha até a porta, ela abre a porta e me encara, aperto minha bolsa contra meu abdômen, respiro fundo e me levanto, a loira apenas sorri pra mim, passo pela porta e logo ela fecha a porta

Espero que esteja gostando da escola, garanto que você vai ser bem receptiva, e quem sabe pode fazer parte das líderes de torcida, você é tão bonita, tenho certeza que vão adorar ter você no time! - Minha nova diretora diz entusiasmada, pena que eu odeio essas coisas, não nasci pra ser líder de torcida, não nasci para ser uma moça normal

Ah sim, espero me dar bem com os alunos - Poucas são as palavras que saem da minha boca, continuamos o caminho, vejo nos corredores vários cartazes de desaparecidos, há alguns cartazes de homenagem a alguns alunos da escola que foram encontrados mortos, Neji me disse pra não andar sozinha a noite e pra tomar cuidado com tudo nessa cidade, de inicio me assustei de verdade, mas em que cidade não há desaparecimentos? Tá que em Konoha, os números são grandes e os desaparecimentos são frequentes, alguns vândalos deixaram frases de mau gosto, como "Foram os vampiros!" , "Lobisomens gostam de carne de mocinhas", parece que há muitos engraçadinhos nessa escola

- Espere um momento Hinata - Tsunade fala, aceno que sim, ela bate na porta e logo a porta é aberta revelando uma mulher linda

Tsunade, aconteceu algo? - A mulher pergunta

Tenho uma aluna nova, Kurenai! - A diretora diz séria, nesse momento a mulher deixa de encarar a diretora e passa a me olhar

- Oh seja bem vinda querida - A professora diz com simpatia

Obrigada! - Respondo meio sem jeito

Bom, deixo ela com você, tenha uma boa aula, senhorita Hinata! - A diretora se despedi e volta pra sala

Venha, quero te apresentar aos alunos, querida - Kurenai me diz docemente

C-claro - Não preciso nem dizer que minhas pernas ficaram bambas né? Entro dentro da sala, Kurenai fecha a porta e me encaminha pra dentro da sala, ela pousa suas mãos delicadas em meus ombros, a classe que estava falante, fica quieta imediatamente

- Turma! Temos uma aluna nova pra sala! - Kurenai diz alegre, fico vermelha com tantos olhares sobre mim, mas me surpreendi ao ser recepcionada com belos sorrisos, alguns garotos cochicham um pro outro, algumas meninas sorriem pra mim

Como se chama? - Uma loira incrivelmente linda, seus cabelos são maiores que os cabelos do Neji, pergunta meu nome

- Boa pergunta Ino! - Kurenai diz sorridente

M-me chamo H-Hinata - Gaguejei

H-Hinata? - Dessa vez foi a vez de um loiro, seus olhos são incrivelmente azuis, seu sorriso divertido me fez corar, mas sinto um pouco de raiva por ele ter zombado de mim, só porque gaguejei        

Sem gracinhas, Naruto! - Kurenai o repreende   

- É brincadeira professora, seja bem vinda Hinata, me desculpa pela brincadeira - O tal Naruto diz sorrindo e coçando a nuca

Hinata sente-se em um lugar que você possa se sentir confortável - Posso me sentar na minha cama e na minha casa? Me permito pensar na minha cama

- Sim professora - Concordo com a professora, procuro um lugar pra me sentar dentro da sala, passo meu olhar por todos os alunos, mas tenho minha atenção presa há um moreno de cabeça baixa, ele levanta seu olhar pra mim e por questão de segundos, fico presa ao seu olhar frio, seus olhos são tão negros como a noite,seus cabelos pretos e lisos e seu semblante é sedutor e ao mesmo tempo autoritário, rapidamente desvio meu olhar dele

Se quiser, pode se sentar ao meu lado! - Volto minha atenção a Naruto, dou um sorriso de lado, caminho até ele e me sento ao seu lado, é estranho, eu nem mesmo o conheço e já me sinto confortável ao seu lado

- Naruto, né? - Pergunto com meus olhos semicerrados

- Isso ai, H-hinata - Ele diz divertido, dou risada junto com ele

Okay, N-naruto - Respondo sorrindo, mas meu sorriso desaparece ao sentir e perceber o olhar do moreno misterioso sobre mim, meio envergonhada me viro pra Naruto, mas percebo Naruto olhando friamente para o moreno, nem parece o Naruto sorridente, ambos se desprezam pelos olhos - Naruto? - O chamo, ele logo se virá pra mim e sorri meio desconcertado

Oi? - Ele diz disfarçando

- Algum problema? - Pergunto confusa, só pelo olhar frio que ele lançou ao rapaz do outro lado da sala, foi o suficiente pra mim perceber que eles não se gostam 

- Não! Ei, você quer que eu te mostre a escola na hora do intervalo? - Ele muda de assunto repentinamente, estranho essa reação, mas prefiro entrar na dele

Por favor! - Respondo pegando meu fichário da bolsa, as aulas da Kurenai foram boas, ela realmente sabe explicar, logo que as duas aulas de inglês terminaram o sinal soou avisando que a terceira aula iria iniciar, um professor com cabelos grisalhos e uma mascara no rosto entra pela porta, ele parece ser sério e aparenta estar mais focado em seu livro do que nos alunos, ele se apresenta pra mim, dizendo seu nome, Kakashi Hatake, sem cerimônias, ele ordena que sentemos em duplas e que resolvamos as equações de terceiro grau, Naruto em momento algum exitou em fazer a atividade com outra pessoa, isso me aliviou, não quero fazer a atividade sozinha, todos têm um dupla, menos o aluno moreno, ele fica excluído no canto da sala e ninguém parece querer fazer a atividade com ele

- Sasuke! Eu falei atividade em dupla! - Kakashi pronuncia-se ao moreno, então seu nome é Sasuke...

Eu não vou fazer - Ele simplesmente fecha o livro e se levanta da mesa e sai pra fora da sala, todos os alunos encaram a cena meio sem entender, me viro pra Naruto, mas ele não se importa muito com o que acabará de acontecer

Hinata, eu não sei fazer nada do que está aqui! - O loiro diz sorrindo sem graça

Ainda bem que eu sei! - Falo sorrindo, todos voltam sua atenção a atividade e Kakashi parece não se importar com Sasuke, faço como todos, me concentro nas equações e no Naruto, que tentava entender as contas que eu estou desenvolvendo

[...]

O sinal soa, vários alunos se levantam correndo partindo pra fora da sala

Vamos, finalmente é o intervalo! - O loiro celebra feliz da vida, pego minha bolsa e acompanho ele, logo na saída da sala dou de cara com a Tenten

Hinata, ainda bem que está viva! - A morena diz divertida

Tenten, vai passar o intervalo comigo? - Pergunto alegre

Corrigindo, vai passar o intervalo conosco? - Naruto indaga ficando ao meu lado

Naruto? Você e a Hina fizeram amizade assim logo de cara? - Tenten diz com as sobrancelhas arqueadas, então ela conhece o Naruto!

Foi como amor a primeira vista! - Naruto diz divertido

Bobo - Digo sorrindo, Tenten sorri pra nós dois, andamos alguns minutos e fomos ao jardim da escola, é um lugar bonito,a não ser pelo fato de estar tudo congelado! Conversamos assuntos variados, Naruto perguntou a respeito da minha família, ele pediu desculpas ao saber que minha mãe morreu a dois anos e meu pai morreu semana passada, mas eu não deixei o clima pesar entre nós, me mantive alegre, chorar agora, não vai trazer eles de volta! Já passou, o sinal soa, Tenten choraminga, ela queria estar na nossa sala, ela disse que vai fazer de tudo para mudar pra nossa sala, quero só ver, Tsunade parece ser difícil de convencer, voltando pra sala, eu decido ir beber água no bebedouro, Naruto foi na frente, me viro pronta pra sair, corro até a sala de aula, sem olhar pra frente, sinto-me trombar com alguém, bato em caio pra trás, mas sou segurada por uma mão gelada, olho para o dono da mão e me surpreendo ao ver Sasuke

Não olha por onde anda? - Ele diz grosseiramente, sua voz é soa tão fria e irritada

D-desculpa - Peço corando

Que seja, tome mais cuidado - Ele fala, mas dessa vez ele não é tão grosseiro e frio, ele se afasta de mim voltando pra sala de aula, faço o mesmo, volto pra sala de aula, onde todos me encaram, principalmente Naruto, ele olha pra Sasuke e depois pra mim, fiz algo de errado?

§ Hinata §


           "Como eu vou fazer cada momento ser melhor que o anterior?

Como vou fazer isto melhor se eu não posso voltar?

Oh, as prudências decadentes no âmago dos meu erros!

Oh, há coisas para as quais você não pode voltar porque você as deixou passar.

Oh, há coisas para as quais você não pode voltar"

                                               Rosi Golan - Can't go back

 

     


Notas Finais


Eu amo essa musica!
https://www.youtube.com/watch?v=8OSo6G1rkrg&index=30&list=PL53495ECBBC596E49
Rosi Golan- Can't go back

Esse foi nosso primeiro capitulo! O que acharam?
Devo continuar ou fazer alteraçeõs?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...