História Secrets |H.S| - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Niall Horan, Personagens Originais
Tags Harry Styles, His, Hot, One Direction, Secrets
Exibições 14
Palavras 1.008
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ultimo de hoje, espero que gostem..

Capítulo 10 - Capítulo 8


Fanfic / Fanfiction Secrets |H.S| - Capítulo 10 - Capítulo 8


Acordei com os braços do Niall agarrados na minha cintura, sorri e bocejei em seguida. Ontem a noite bebi um pouco a mais do que normalmente me permito e posso sentir uma leve dor de cabeça.

"Bom. Dia." Sam disse entrando no quarto e se jogando, literalmente, em cima de nós.

"Amor, tem uma orca em cima de mim." Niall reclamou e eu ri baixinho. Sam deu um tapa nele e eu ri mais.

"Ah é você Sam. Bom dia " Niall disse sorrindo preguiçosamente e Sam o encarou fingindo estar séria, depois riu dando um beijo na bochecha dele.

"Que amor." Revirei os olhos e empurrei a Samantha pro lado, fazendo ela quase cair da cama, mas o Niall segurou ela.

"Se eu não tivesse de ressaca, você estaria morta, agorinha mesmo." A morena reclamou e eu sorri inocentemente enquanto me desvencilhava de um dos braços do Niall e me levantava da cama.

"Aproveitem a manhã de vocês, só sejam silenciosos. Vou fazer o café da manhã." Sorri e sai do quarto enquanto ria, ouvindo a Sam imitar gemidos extremamente escandalosos.

Ja na cozinha, fiz café, suco de laranja, panquecas, um bolo de cenoura com calda de chocolate e coloquei o pote de cookies na mesa.

"Venham comer seus gordos." Gritei e ouvi a risada da Samantha.

Me sentei na mesa e comi um pedaço do bolo que ainda estava quente, e acabei me sujando com o chocolate. Peguei um papel-toalha e limpei minha boca e meu peito.

A campainha tocou e eu franzi o cenho. A única pessoa que nos visita é a Sam, e ela está aqui agora, então, quem é na porta?

Peguei o roupão que deixo perto do sofá e o vesti, seja quem for, não vai me ver só de lingerie.

Abri a porta vendo um garoto ruivo, bonito, de olhos claros,  sorrindo pra mim, sorri de volta por instinto.

"Bom dia." Falei e ele sorriu torto.

"Bom dia, eu sou Ed, somos vizinhos." Assenti sorrindo.

"Elisa." Falei simples e ele franziu o cenho.

"Nome bonito." Falou meio aereo e logo sorriu pra mim. "Elisa, então, eu to com um amigo no meu apartamento, com uma ressaca horrivel, me pedindo chá, mas eu não tenho mais chá, então queria saber, você tem algum saquinho de chá pra me dar?" O ruivo perguntou parecendo envergonhado e eu sorri assentindo.

"Claro, entra, vou pegar pra você." Falei abrindo mais a porta e ele entrou no apartamento.

Caminhei até o armario da cozinha e ele veio atras, procurei a caixinha com o chá e quando finalmente achei Niall e Sam apareceram na cozinha.

"Oi." Sam disse para o ruivo e ele sorriu. "Samantha, mas pode me chamar de Sam." Ela disse andando até ele e o comprimentando com um beijo na bochecha.

"Ed." Ele falou simples e o Niall andou até mim e beijou minha cabeça.

"Bom dia." Falou fofo e eu abraçei ele.

"Bom dia." Respondi. "Esse é o Ed, nosso vizinho." Falei e o Niall sorriu andando até o garoto.

"Niall, prazer te conhecer." O loirinho disse e novamente o ruivo franziu o cenho parecendo pensativo.

"Igualmente." O ruivo respondeu e eu entreguei a caixinha com chá pra ele. "Obrigado." Ele agradeceu e eu sorri o levando até a porta.

"De nada. Sempre que precisar." Abri a porta e ele passou por mim, deixando um beijo na minha bochecha.

"Tchau." Falou.

"Tchau." Respondi e fechei a porta.

"Bem gato, tão se pegando?" Sam perguntou enquanto comia uns três cookies ao mesmo tempo e eu ri negando com a cabeça.

"Acabei de conhece-lo, ele só queria chá pra fazer pra um amigo com ressaca." Respondi me sentando a mesa e comi mais bolo.

"Ok então. Me da, eu quero." Ela disse tirando um pedaço de bolo da minha mão e eu revirei os olhos.

"Gorda." Reclamei e olhei pro Niall que parecia magoado. "O que foi Nini?" Perguntei e ele sorriu dando de ombros.

"Nada. Deixa eu experimentar." Pediu pegando um pedaço do bolo na travessa.

...

"Eu acho que você tem casa, e deveria ir pra la. Só estou comentando." Falei com cara de anjo e a morena me mostrou o dedo do meio.

"Não to afim, quero ficar e assistir filme com vocês." Ela se jogou no sofá e eu revirei os olhos brincando.

"Ok, vamos assistir Spirit." Falei sorrindo fofa.

"Ok, já estou indo pra casa." Ela disse se levantando e eu ri a puxando pro sofá de novo.

"Eu escolho o filme e vocês fazem a pipoca, pode ser?" Niall ofereceu e nós duas assentimos.

Andamos de braços dados até a cozinha e enquanto eu pegava as coisas, ela comia meus cookies.

"Acho que o Niall gosta de você." Sam comentou baixo e eu olhei pra ela com o cenho franzido.

"O que? Claro que não, Niall e eu somos como irmão Sam." Falei firme e ela deu de ombros.

"Só estou dizendo, é por que parece mesmo isso. Viu como ele ficou depois que o ruivo gato veio aqui?" Revirei os olhos e coloquei o milho na panela.

"Pareceu normal pra mim." Comentei.

"Ele estava com ciumes Lis, você que é lerda e não repara. Aposto que ele é louquinho por você, não sei por que, já que eu sou bem melhor." Mostrei o dedo do meio pra ela. "To falando sério, ele gosta de você." Ela insistiu e eu bufei.

"Sam, ele não gosta de mim. Niall sempre me tratou como a irmã dele e é assim que nos consideramos, irmãos." Falei tirando a pipoca do fogo e coloquei em uma bacia.

"Lis, eu sei do que estou falando. Ele gosta de você." Bufei alto.

"Não gosta não. Ele já teria me dito isso, oportunidade nunca faltou." Falei pegando refrigerante.

"Ele sabe que você ainda ama o Harry, ele deve estar sofrendo calado como todo bom amigo faz." Suspirei e encarei ela.

"Eu não acho isso, agora vamos, antes que ele resolva vir pra ca." Ela assentiu e voltamos pra sala.

O Niall não gosta de mim, gosta?


Notas Finais


Bye babys


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...