História Secrets of Harley - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Esquadrão Suicida
Personagens Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Personagens Originais
Tags Esquadrão Suicida, Loucura, Romance
Exibições 27
Palavras 586
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


U.u espero que gostem!

Capítulo 9 - Dra. Quinzel ou Arlequina?- parte 2


Fanfic / Fanfiction Secrets of Harley - Capítulo 9 - Dra. Quinzel ou Arlequina?- parte 2

- Bom, dona Harley, chegamos!- Disse Eddie assim que chegamos ao Asilo.
- Obrigada, Eddie. Tenha um bom dia!
- Igualmente!- Disse ele, indo embora. Quando entrei, quem me atendeu foi outra das assistentes da Sra. Waller:
- Bom dia, Dra. Quinzel.
- Bom dia, Courtney.
- O seu paciente está na sala de terapia a sua espera!
- Okay, obrigada.
- Por nada...ah e, a Sra. Waller me pediu para te avisar que hoje são 3 horas de consulta com o seu paciente.
- Okay...Obrigada!
- De nada, tenha um bom dia.
- Igualmente!
...

Ao entrar na sala de terapia, Coringa já estava a minha espera:
- Bom dia, Sr. Napier.
- Bom dia, doutora.
- Como está se sentindo?
- Ótimo.
- Que bom! Bem Sr. Napier, vou lhe fazer várias perguntas e você irá responder, okay?
- Okay.
- O que você acha do amor?
- Eu acho que...o amor é algo sentimental que é sentido quando você encontra a pessoa certa!
- Sr. Napier, está me dizendo que é capaz de sentir amor?
- Sim. Como qualquer outra pessoa...
- Interessante!- Algo me dizia que ele estava mentindo para mim mas, quem sou eu para questionar os sentimentos de uma pessoa?!- Sr. Napier, o senhor é um vilão, e eu achei que os vilões não sentissem amor...
- Sim, nós sentimos, só não demonstramos! 
- O sr. acha que o amor é uma obra do destino? 
- Bom...não, até por que, nunca se sabe quando vamos nos apaixonar por alguém. É tipo...
-...não saber como vai ser seu futuro daqui para frente? É. Eu sei bem como é...
- Sabe doutora, acho que você realmente me entende.
- Coringa, eu sinto que...com essas terapias, você realmente pode mudar. Eu sinto algo em você que é...muito especial.- Me estiquei e fiquei bem próxima dele.
- Eu digo a mesma coisa!- Ele abriu um sorriso, mostrando seus dentes metálicos e ficou mais próximo ainda de mim. Seus lábios estavam BEM próximos dos meus. Estavamos quase nos beijando, e de repente eu disse:
- Sabe sr. Napier, poderiamos ser grandes amigos, ou algo ainda mais que amigos...Pudinzinho ♥. 
- Pudinzinho?- Ele perguntou confuso mas, com um sorriso no rosto. Nos encaramos por um tempo.
- Bom Sr. Napier, tenho outra pergunta para você: O que você aprendeu com a terapia de hoje?
- Que o amor não é obra do destino, não sabemos quando e onde ele vai aparecer e que as vezes se você provocar uma doutora, ela acaba te chamando de "Pudinzinho"- De repente, ele soltou sua risada- HA HA HA HA HA- e eu comecei a rir junto. 
- Bom...- Olhei para o relógio- Já se passaram 1 hora de consulta. A Amanda disse que hoje seriam 3 horas de consulta mas, vou te dar um descanso. 
- Hum...gostei da ideia de ter um descanso.
- Rsrsr que bom.
- Então, até amanhã, doutora!
- Até amanhã...- Dei-lhe um beijo em sua bochecha- Pudinzinho ♥.- Ele sorriu e eu sai da sala de terapia. Quando cheguei na recepção, Courtney falou comigo:
- Como foi a consulta, Dra. Quinzel?
- Foi ótima. A Sra. Waller já chegou?
- Ainda não.
- Avise para ela que eu hoje resolvi ir embora mais cedo, estou com uma dor de cabeça do inferno!
- Okay, vou dizer...até amanhã.
- Até!
- Amanhã mesmo horário.
- Okay...

                                                                                  Continua...

Frase Final: O amor não é obra do destino por que, nós não sabemos quando ele vai acontecer! 


Notas Finais


Wow, a coisa ta ficando ótima. Não deixe de ler a parte 3! Ha ha ha Beijinhos da Harley ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...