História Sede de você - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys, Imagine, Jungkook
Exibições 80
Palavras 732
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


XENTE XENTE
ATENÇÃO!




Obrigada pela atenção:)

Brinks

Só queria falar que minha abiguinha disse que esse capítulo ficou 🔑 e eu quero saber se na opinião de vcs tbm ficou assim :)))
Espero que gostemmm
Boa leitura!

Capítulo 10 - No hospital


Fanfic / Fanfiction Sede de você - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 10 - No hospital

 

                       Jungkookie on

Eu levei (S/N) no meu colo até em casa e antes da menor dormir ela disse num sussurro "Jungkook... Eu te amo...". 

Eu esperei minha vida inteira para ouvir isso pra valer de modo mais objetivo, e só foi acontecer comigo tendo 20 anos.

Mas okay né? Amor é que nem puberdade, chega em horas diferentes para cada pessoa.

Chegamos em casa e eu levei-a para seu quarto, deitei-a na cama e comecei a afagar seus cabelos castanhos. 

(S/N) estava cheia de hematomas, e às vezes resmungava de dor enquanto dormia. Tadinha, eu me senti culpado de não ter saído antes daquela festa para ajudar ela.

 ***
 
De manhã eu levantei com barulhos vindo da cozinha e fui até lá correndo um pouco. Cheguei e vi (S/N) fazendo o café da manhã.

(S/N): acordou, já?
JK: bom dia... Você está melhor, pequena?
(S/N): não muito, meu corpo está doendo... Eu nem to sentindo minhas pernas pra ser sincera.
JK: vai deitar, anda. Eu não quero você de pé enquanto não estiver 100% bem.
(S/N): mas...
JK: não tem mas, vai pra lá e eu levo seu café da manhã. Não quero que você sinta dor. - ela assentiu e foi até o quarto . 

                       Jungkookie off
                       (S/N) on

Eu acho tão fofinha a preocupação que o Kookie tem comigo... Às vezes eu acho que dou muito trabalho para ele.

Fui para meu quarto e deitei na cama. Levantei meu braço e comecei a analisar as marcas que aquele homem havia deixado ali. Curiosa em como meu rosto estava,já que eu não fui ao banheiro ainda ou se quer me olhei no espelho, entrei lá e antes de ver meu reflexo fechei meus olhos com medo do resultado ao ver aquilo. 
Eu: certo.... 1... 2... 3... - quando abri meus olhos, tinha um hematoma enorme na minha bochecha direita e aquilo me deixava de um certo modo mais estranha que eu já sou.

Aí você pega e me pergunta: " mas será que esse negócio não vai sair com o tempo?" Claro, sai sim, mas nesse tempo imagina o quanto vou ser zoada pelas pessoas?

Olhei para baixo e vi minhas pernas marcadas. Em seguida, levantei minha blusa de pijama e a mão que me deu um soco na região ainda estava marcado também. 

Foi quando sem pensar eu dei um soco no espelho e todos aqueles cacos de vidro voaram na minha direção.

JK: (S/N)? (S/N) RESPONDE! ONDE VOCÊ TÁ? - ele gritou da cozinha e eu fiquei quieta.

Pensando nas preocupações que causo, transtornos, prejuízos, eu comecei a me cortar com o caco de vidro que estava no chão.

Ele era o maior de todos os outros cacos, fazia um corte maior e a dor dele penetrando na minha pele era mil vezes maior que a de um pequeno caco.

JK:(S/N)?! VOCÊ ESTÁ NO BANHEIRO?! - ouvi batidas fortes na porta, mas minha visão ficou escura quando Jungkook conseguiu arrombá-la.


      ***


Acordei em um lugar que com certeza não era minha casa. Eu estava com milhares de curativos e... Ué, é o Taehyung sentado ali mexendo no celular?

Eu: hã?... Onde eu tô?...
V: (S/N), você acordou! Que bom! Estamos no hospital, você perdeu muito sangue e Kook te trouxe para a emergência. - que fofo- mas ele precisou ir na casa do primo Juninho pra poder fazer não sei o que, e ele logo logo chegava. À propósito, Jungkook saiu faz muito tempo, ele deve estar chegando. - Tae deu um sorriso meio retangular e eu vi que ele segurava algo atrás de si.
Eu: o que é isso, oppa?
V: eh... Eu não sei se são do seu agrado mas... Eu trouxe Lírios... - disse com um sorriso desajeitado, me mostrando um pequeno conjunto de florzinhas(lírios), não chegava a ser um buquê, mas eram lindas. - valeu a intenção.
Eu: que fofinhas, Tae! Eu amei!
V: que bom! - o sorriso largo e retangular sem timidez voltou ao seu rosto.

Eu também amo muito o Tae...
Eu nem sei mais o que eu faço...

Por um lado, Kook corresponde todo o meu amor... Mas por outro, TaeTae que cuidou de mim várias vezes em que eu não estava bem, e não foi diferente agora. 

É ele quem está no hospital comigo.

É ele quem trouxe lírios lindos para mim.

Eu estou com muita dúvida: Jungkook ou Taehyung?


Notas Finais


Ficou bomm?? Eu pensei que tivesse ficado ruim, mas... Só keria avisar ki... 1001 tretas entre Kim Taehyung e Jeon Jungkook estão por vir
*----*

Hehe
Beijos unicórnios-pandas-leitores maravilhosos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...