História Sede de você - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys, Imagine, Jungkook
Exibições 117
Palavras 788
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oinhe :3

Chegay <3

Tudo baum?

Boa leitura ^^

Capítulo 9 - Eu também te amo, borboleta


Fanfic / Fanfiction Sede de você - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 9 - Eu também te amo, borboleta

 


                        (S/N) on

~de noite

E lá estava eu, fazendo minha lição de casa enquanto Jungkook mexia no celular ao meu lado. De repente ele soltou um grito e me mostrou o celular.

JK: ANUNCIARAM NO TWITTER QUE VAI TER UMA FESTA!
Eu: e V-você vai?
JK: não sei, to querendo quebrar a monotonia da minha vida de só ficar em casa ou mexer no celular. Mas, (S/N), se eu for, você vai comigo? - eu sorri com a pergunta final do maior e assenti.
Eu: que horas é essa festa?
JK: às 20:00...
Eu: Ai Meu Deus já são 19:20! - levantei-me esquecendo de terminar os deveres e corri até o banheiro. 

***

Tomei banho e em seguida Jungkook foi tomar o dele. Coloquei um vestido sem mangas listrado de preto com branco, uma meia calça branca, e um salto não muito alto preto. Decidi fazer um coque mais folgado que faço, soltei uns fios de cabelo atrás das orelhas e penteei eles para que não ficassem feios.

Peguei a minha bolsa e fui esperar Kookie lá em baixo. Depois de uns três minutos ele desce. 

Jungkookie colocou uma calça jeans preta, uma blusa azul bem larga e um tênis.

É a primeira vez que esse menino penteia o cabelo direito.

JK: Wooooow, (S/N)...
Eu: que foi?
JK: nada...
Eu: sua baba tá escorrendo, limpa porque tá estranho. - em seguida levantei e fui em direção a porta. Ele tava mesmo tentando limpar a boca? Era uma brincadeira :/

 ***

Chegamos na festa e Jungkook foi conversar com uns amigos enquanto eu conversava com a Ha-Young do outro lado do salão.
Eu: Ha, eu estou com medo do Kookie beber... É que ele que vai me levar em casa depois...
Ha: nossa, não fica assim não, (S/N), qualquer coisa eu e você juntamos nosso dinheiro e voltamos de táxi. 
Eu: ah okay, obrigada, Ha!

***

Eu não vi aquele coelhinho a festa inteira, e lá pelas 00:00 eu quis ir embora. 

Chamei Ha-Young para vir mas ela disse que não iria agora. Certamente tinha se esquecido da nossa conversa no começo da festa. 

Decidi então ir a pé, já que não estava chovendo. 

Saí e fui andando até minha casa até que sinto uma mão me segurar.

???: o que uma mocinha tão linda faz aqui agora essa hora?
Eu: dá licença por favor? Eu preciso ir para casa.
???: para casa? Naaaao, a festinha só começou - ele agarrou meu pulso e me levou para um beco escuro e vazio. Em seguida me jogou no chão e começou a me chutar. Eu não podia fazer nada a não ser chorar e choramingar pedindo socorro.

Ele me chutava cada vez com mais força. Até que me levantou e começou a dar tapas na minha cara. Em seguida ele desceu para o meu pescoço e ali me bateu muito, depois começou a socar minha barriga e parou, me olhou sério com um sorriso satisfeito. 

Quando eu pensei que ele já tivesse parado, o homem tirou o cinto e começou a bater com o mesmo nas minhas pernas e na minha cintura. 

Eu apanhei muito e quando ele não tinha mais onde bater, começou a rir e me apertar. Esse era meu fim? Eu sentia uma grande falta de ar por causa dos socos na barriga e dos tapas no pescoço.

Ele me empurrou contra a parede. Em seguida passou a mão pelas minhas costas bem devagar esperando eu ter alguma reação, mas não fiz nada. Em seguida ele abaixou as alças do meus vestido deixando meus ombros à mostra. Começou a me pressionar mais na parede.

Eu: s-socorro... 
???: ninguém vai te ouvir.
Eu: por favor me solta... - meu pedido foi ignorado quando ele abaixou minha meia, em seguida me jogou no chão novamente e abaixou mais meu vestido. Ele pegou o cinto mas não colocou. Desabotoou a calça e abaixou um pouco a mesma. Depois levantou-a de novo e colocou o cinto. Saiu correndo me deixando sozinha naquele beco.


***

Fiquei umas horas ali até que vejo a silhueta de um rapaz magro, e ele se aproximou e me olhou.

?: (S/N)? - eu conheço essa voz...
Eu: J-Jung... Jungkook?
JK: o que aconteceu com você?! 
Eu: um homem me... Me bateu, Kookie... 
JK: borboletinha, por que não me esperou lá dentro do salão?
Eu: eu queria ir embora...
JK: eu não posso te livrar de todos os perigos do mundo se você continuar desobedecendo o que eu de digo. Só falo coisas tipo" me espera aqui" pro seu bem. Vem, vamos para casa. - ele me pegou no colo e foi caminhando até em casa.
Eu: Jungkook... Eu te amo...
JK: eu também te amo, borboleta.

 


Notas Finais


GOXTARAM????
AAINNN obrigada pelox favoritoxxxx!!!!

Sério, amo vocês <3

Deixe nos comentários sua opinião sobre o capitulo, pandinhas-leitores <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...