História Sedução - (BTS) - Taehyung - HOT - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Got7
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Taehyung, Você
Visualizações 696
Palavras 1.156
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 40 - Um jogo


Fanfic / Fanfiction Sedução - (BTS) - Taehyung - HOT - Capítulo 40 - Um jogo

Quer dizer que todo esse tempo, ele sabia o que eu disse àquela noite? Mais como ele pode ser tão cínico, e nem me falar nada sobre o acontecido?

- E-eu _ Ele impediu que eu continuasse. Pressionou seus lábios contra os meus, e se mexeu sob meu corpo .

- Não precisa de dizer nada _ Sorriu de forma maliciosa. - Eu quero que você faça.

- Mais. Argh !! _ O empurro ficando de pé a sua frente - Vou embora daqui, que diabos você pensa que tá fazendo? _ O encaro. - Você não vai me dizer nada? Nem falar nada? Hum?

- Não me pergunte muitas coisas, se não, não consigo raciocinar - Sua feição era de despreocupado, suas sobrancelhas estavam caídas, e seus lábios com um biquinho.

- Eu só quero saber. QUE RAIOS PASSA NESSA SUA CABEÇA? _ Andei até a porta, abri e corri rumo a qualquer lugar.

Entrei no primeiro cómodo que vi, aparentava ser uma espécie de escritório . Sentei no cantinho e cruzei os braços.

- Quem ele pensa que é? Ele ao menos poderia me dizer; Nossa s/n você gosta de mim? Que legal, pena que não posso retribuir esse sentimento _ Imito a voz dele - Se eu ganhasse um fora, seria melhor do que ele vir direto, ao sexo _ Jogo a cabeça para trás .

Fiquei pensativa e encarei o lugar, era escuro, frio, assustador. A chuva que caia acompanhada de relâmpagos e trovões me fez ficar com medo. Encolhi mais, o medo do capiroto realmente existe em mim.

Mordi meu lábio inferior, pela janela , podia ver as poucas árvores se debaterem, o vento frio trazer água e folhas para janela.

Arregalei meus olhos, minha mente de tão medrosa ,passou a produzir imagens inexistentes. 

- TAE. TAE.TAE.TAE SOCORRO _ Minhas pernas travaram e eu comecei a chorar, definitivamente tenho medo de quase tudo. Ainda mais do escuro.

- Cheguei porra. - Ele aparece na porta segurando um cabo de vassoura - Quem vai ser o primeiro a entrar no sarrafo... _ Ele estende a vassoura, mais logo olha para mim. - S/n? O que você tem? 

- Tae m-me a-abraça _ Estendi o braço como uma criança, ele franziu o cenho e veio ate mim .

- Eu jurei que estava sendo espancada _ Agachou ficando na minha altura, o abracei sendo retribuída sem rodeios .

- O u-único q-que d-deve s-ser espancado.É você _ O aperto mais, deixando sua blusa molhada.

- Você estava gritando, por causa do escuro? - Me soltou, assentir de leve coçando os olhos .

- Você tem medo de tudo, medo de piscina, medo do escuro, medo do capiroto, e ate de mim ? Sem contar, que as vezes acho, que você tem ate do Yoongi .

- Do Yoongi? - Limpo as lágrimas - Isso é mesmo .

Ele nega calmamente de olhos fechados , me encara e se levanta.  Estendeu sua mão para mim, acabei lembrando que estou com raiva dele, apenas levantei o ignorando .

- O que foi? _ Passei direto o deixando naquele vácuo . - S/n, você arruma um desespero me chamando, depois passa por mim como se eu fosse um toco? 

- Você é um idiota _ Entro no quarto dele e pego minha mochila. - Tô indo _ Antes de sair pela porta ele me cerca .

- Eu sei que você gosta de mim. Mais eu não estou pronto para isso _  Sentir um aperto no coração, e um "nó" na garganta .

- Você não ta pronto para isso. Mais se estivéssemos em um lugar qualquer, uma coisa eu sei, você estaria prontíssimo para fazer sexo. _ Enfio a mão em seus bolsos, retirando de la inúmeros pacotes de camisinha.

- Eu ia gasta-las em você _ Deu um breve suspiro. - Mais você me deu um fora _ Bufo, uma onda de simancol invadiu meus pensamentos , com isso me ajudando a lembrar de uma coisa.

- O REMÉDIO _ Grito, ele arregalou os olhos .

- Ai meu God s/n _ Pegou minha mão, o mesmo me arrastou ate o banheiro dele, cutucou o armário e tirou uma caixinha - Toma isso sua louca.

Peguei uma pílula da mão dele, coloquei na boca e ingeri uma quantidade de água. 

- Nossa, quase que meu coração saiu pela bunda _ Ele colocou a mão no peito e deslizou até o chão.

- Engraçadinho. Porque não usa a camisinha em? Melhor do que  defecar o coração .

- Da próxima vez eu penso no caso _ Neguei e voltei para o quarto.

- Você quer ir embora? _ assentir - Eu não estou te prendendo aqui . Se quiser ir _ Abriu a porta.

- Pois bem. _ Me levantei - Adeus .

Desci as escadas. Ao chegar la em baixo, andei ate a porta da sala, abri a mesma me preparando para sair, mais estava escuro de mais, e uma ventania me fez ficar toda molhada.

 - AAAH._  Grito de raiva, ao sentir o quão gélida estava a noite..

- Desista, é dai pra pior _ Taehyung disse descendo as escadas com as mãos nos bolsos.

Sentei no sofá me sentindo derrotada, encarei o maior rindo com um sorrisinho quadrado.

- Colgate _ Rio, ele se senta no sofá ao meu lado.

- Vai ter que ficar aqui comigo _ Envolve os braços em mim, - É bom que me faz companhia .

- Sonha..

- Já dormiu de conchinha, comigo né?

- Já, porque? _ Pergunto sem interesse algum, colocando minha cabeça em seu peito.

- Quer dormir de casulo? _ Franzir o cenho e o encarei.

- Mais o que é isso? _ Sento o vendo sério.

- É a mesma coisa de dormir de conchinha. Só que a diferença, é que você dorme com a lagarta dentro _ Minha boca se abriu diante de tamanha calunia. 

Ele começou a rir sem parar, e eu ainda estava estática.

- Não acredito que você disse isso _ Neguei .

- Disse _ Riu mais ainda.

Ele gosta de brincar. Já que vou ter, que o aguentar, por uma semana, o que acontecer aqui, vai ficar aqui.

- Então Kim. Eu lhe proponho um jogo _ Recupero minha postura.

- Hum..Me interessei.

 - Vamos deixar de ser adolescentes, vamos ser adultos, e com isso requer uma postura mais seria. Você será o responsável pelo seu papel, e eu, pelo meu. Esses dois terão um propósito , quem conseguir  resistir por mais tempo aos caprichos sedutores do outro tem direito a um pedido e quem perder terá que revelar seus sentimentos.

- Quer dizer que..Eu vou tentar te seduzir e você a mim, e se eu te agarrar, você ganha e eu terei que revelar meus sentimentos? 

- Sim.

- Ate quando isso?

- Ate o penúltimo dia da nossa "semaninha" .

 - Fechado _ Estendeu a mão e eu apertei .

- Vamos começar .

- Alias como se chama? Esse jogo.

- O jogo da sedução . _ Sorrimos maliciosos.

Vai ser fácil, vou descobrir o que Taehyung senti por mim, posso resistir a ele, disso eu tenho a total certeza . Eu acho.




Notas Finais


Bang Bang Bang 😏

Boa noite amores 💜🌺


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...