História Seduction game - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Aquarius, Bickslow, Cana Alberona, Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Layla Heartfilia, Leon, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Sting Eucliffe, Yukino Aguria
Tags Nalu
Exibições 82
Palavras 1.863
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


E aí pessoas!! Voltei com mais um capítulo para alegrar o domingo de vocês!!

Eu não sou boa descrevendo certos lugares e um deles são casas! Então eu vou anexar um link nas notas finais para vocês terem uma noção da planta da casa do Natsu e Sting!

Boa leitura e nos vemos nas notas finais!! 💛💛💛

Capítulo 2 - Children's Game


Fanfic / Fanfiction Seduction game - Capítulo 2 - Children's Game

Natsu
- Que horas mesmo que tua irmã ia chegar? – perguntei enquanto tentava termina um projeto para a faculdade.
- Eu não sei.. Já devem estar chegando – disse Sting concentrado no programa de TV – Como está o trabalho? – perguntou e eu suspirei.
- Complicado, acho que estou precisando relaxar para.. – minha falar interrompida pelo som de uma buzina – Acho que chegaram.. – Nós dois levantamos e fomos em direção a porta. Ao chegarmos vi uma bela Mercedes-Maybach Pullman preta e uma loira muito gostosa vindo em nossa direção – Nossa quem é a loira gostosa?
- Como é que é? Perdeu o juízo? É minha irmã mais nova! – falou me fuzilando com o olhar e eu fiquei surpreso.
- Ela é a Lucy? Aquela pirralha que corria atrás da gente? Nossa ela cresceu! – Ele continuou com o olhar e eu sorri – Pode ficar tranquilo! Lucy é como uma irmã para mim também, nunca transaria com minha irmã e além do mais, eu não estou mais nessa vida! – comentei e ele sorriu.
- Acho bom mesmo! Se chegar perto da minha irmã eu te capo – brincou fazendo sinal de tesoura cortando algo e se voltou para Lucy que vinha com seus braços abertos para lhe abraçar.
Depois de recepcionarmos a Lucy eu fiquei um tanto quanto intrigando, era impressão minha ou ela estava tentando me cantar? Deixei isso de lado e junto ao Sting apresentamos a Lucy sua nova casa por três meses.
- E por fim.. Esse vai ser seu quarto Lucy, espero que goste! – falou Sting mostrando o novo quarto da Lucy. Estávamos no corredor dos quartos e nele havia quatro portas  – Em cada quarto tem um banheiro e nessa porta – disse apontando para a segunda porta do corredor da esquerda para a direita que era ao lado da do quarto da Lucy – É o banheiro, A primeira porta é o meu quarto e essa última e o quarto do Natsu.
- Legal.. Até que aqui é espaçoso.. – falou sorrindo e foi para o quarto – Só uma pergunta.. Essas paredes são grossas?
- Não sei, por quê? – Sting perguntou e eu fiquei curioso também.
- Bom eu não quero acordar de madrugada com barulhos – disse  seria e eu e Sting nos entreolhamos sem entender.
- Como assim barulhos? – Ela nos olhou com uma cara de tédio depois da minha pergunta e logo respondeu.
- Eu não quero acordar de madrugada com os gemidos de ninguém, entenderam ou eu preciso desenhar? Estou logo avisando, se eu ouvir um gemido vou virar Jason e empatar a foda de vocês! – disse nervosa e nós demos risada.
- Não se preocupe, nada de garotas na casa, só você!  – falei e ela pareceu gostar da notícia – Bom agora eu vou voltar para o meu trabalho! – disse– informei voltando para o balcão onde se encontrava o meu Notebook e meus materiais para a confecção do meu projeto.
- É.. E eu tenho que me arrumar.. Tenho um dia longo de trabalho.. – falou suspirando e indo para o quarto dele.
Fui em direção ao meu cantinho e continuei o trabalho de onde parei, mas de repente sou interrompido por alguém que se sentava do meu lado e, vejo que era Lucy. Ela, ela ainda estava com a mesma roupa só que agora estava com um coque frouxo que a deixava muito fofa.
- O que você está fazendo? - perguntou manhosa apoiando a cabeça em meu ombro.
- Um trabalho da faculdade – disse indiferente sem lhe dar muita atenção.
- Posso ajudar? – perguntou e eu apenas neguei – Por favor! Não  sei se o Natsu lhe disse, mas eu também quero fazer arquitetura quando entrar para faculdade..
- É, porém esse trabalho é muito importante e não me leva a mal, mas eu gosto de fazer sozinho e em silêncio – disse ainda dando toda a minha atenção para o trabalho. vi que ela sorriu maliciosa.
- Ok.. Mas acho que com companhia e muitos gritos é mais gostoso.. – falou sugestiva me soltando enquanto eu a olhava ainda tentando processar o que acabara de ouvir, ela se levantou e foi sentar no sofá ainda com o sorriso estampado no rosto.
– Maninha eu tenho que ir trabalhar agora, o Natsu vai fazer o jantar, não  se preocupe ele é um bom cozinheiro e.. Se comporta tá! – disse dando um beijo na testa da menina – Valeu parceiro a noite eu tô aí, prometo não ficar até tarde! – falou para mim e eu apenas sorri brincalhão.
- Volta cedo sei.. É mais fácil a Yukino te pedir em casamento – disse e ele revirou os olhos.
- Tchau, se comportem! – dito isso saiu da casa deixando eu e Lucy sozinhos. Voltei a me concentrar no trabalho e Lucy ligou a TV.
~  ☆  ~
Eu fazia e refazia meu trabalho, pois nada parecia agradável. Eu tinha que montar um projeto de um prédio e assim que concluísse o projeto teria que colocar ele em prática em forma de maquete. Já estava ficando nervoso, nada que eu fazia estava bom e, além disso, estava sem criatividade.
- Você já está nisso quase a manhã inteira! – disse– ouvi Lucy reclamar quando era quase 12h – E eu já estou com fome! – completou e eu suspirei.
- Ok, vou fazer o almoço.. – disse fechando o Notebook e começando a abrir os armários da cozinha que ficavam suspensos nas paredes da cozinha – O que você quer comer? – perguntei e senti braços me agarrando por trás.
- Você.. Pode ser? – Lucy disse com uma voz sexy. “ Ela vai tentar isso? Acho que ela pensa que eu sou um idiota, só pode!” Me virei e ela sorria para mim, abri um sorriso e isso pareceu animá-la e disse:
- Me desculpe, mas eu não entro no cardápio infantil, agora se você quiser um macarrão com queijo ou até mesmo uma lasanha eu faço – falei soltado ela de mim. Seu sorriso murchou e eu voltei a procurar ingredientes para fazer o almoço.
- Eu não sou mais criança! – disse séria, parecia contrariada.
- Para mim você sempre será – Falei com o mesmo tom de seriedade e decidi fazer macarrão com queijo para o almoço.
- Não se preocupe, pois isso não será por muito tempo! – falou para mim tirando mais uma risada minha.
- Ok, mas enquanto isso, fica ali sentadinha, caladinha e sem se mexer que você fica muito melhor – falei tirando ela dá cozinha e continuando meu trabalho.
Eu não sei qual é o plano dessa loira, mas se tem uma coisa que eu prezo é minha amizade com o Sting e sendo ela irmã mais nova dele caiu para fundo do poço de garotas que um dia eu pegaria, então se eu fosse ela economizaria minhas forças, pois eu nunca trairia a confiança do meu melhor amigo.
Lucy
Criança? Ele me chamou de criança? Eu não acredito que ele fez isso! Qualquer homem se mataria para ter a chance que eu quero dar a ele e ele me dispensa assim? Se queria me parar com essa atitude, ele conseguiu! Conseguiu me estimular mais ainda, agora vamos começar a brincadeira de verdade.
- Hum.. que comida gostosa! – Ele já tinha feito a comida e estávamos saboreando seu feito agora, sentados no balcão um de frente para o outro – Sting estava certo, você é um ótimo cozinheiro.
- Obrigado, eu gosto muito de cozinhar e também de comer – falou rindo e eu o acompanhei.
- Já me falaram que sou um ótimo prato principal – disse maliciosa e ele revirou os olhos.
– Bom agora que já comemos eu vou voltar ao meu trabalho! – falou ignorando minha insinuação.
- Não, espera! O dia está tão lindo.. Vamos para a piscina? – perguntei animada e ele me encarou sério.
- Sem gracinhas? – perguntou e eu confirmei sorrindo – Ok vamos para a piscina – falou se levantando e indo para seu quarto, com certeza para trocar de roupa levanto e faço o mesmo.
Entrei no meu quarto e fui direto para minha mala vermelha. Dentro dela tinha diversas roupas, sendo elas langeries, corpetes, fantasias e tudo que eu preciso para seduzir o Natsu. Peguei um biquíni com estampa colorida e sai do quarto.
Quando fui em direção a piscina vi que Natsu já estava lá nadando e que visão! Nossa acho que estou no paraíso! Fui em direção a piscina e sentei na berada com os pés na água e fiquei lá olhando Natsu nadar. Depois de um tempo ele me notou e nadou em direção a mim.
- Não vai entrar? A água está maravilhosa –falou jogando o cabelo fazendo ele ficar mais sex ainda, aí meu coração não vai aguentar assim.
- Eu também estou eu sei, mas não, prefiro admirar você daqui.. Estou brincando – disse rápido vendo com a careta que ele fez -  É que eu não sou tão boa nadadora assim, tem raso aqui? – perguntei e ele enrugou a testa.
- Se você não sabe nadar,  por que me chamou para ficar na piscina? – olhei para ele sorrindo e ele continuou sério.
- Ah sei lá.. queria ver se é verdade o que dizem sobre beijo em baixo d’água  – falei sugestiva e ele revirou os olhos saindo da piscina.
- Não quero que pareça rude, mas essas coisas são adultos e você precisa crescer muito ainda para isso!  – falou com um sorriso irônico, vez um carinho na minha cabeça e se virou para pegar uma toalha. Olhei para ele incrédula, “Ele acabou de dizer o que eu acho que ele disse? Ok! Conseguiu me tirar do sério!”
- Nadar posso ate não querer, mas pegar sol.. – falei indo sentar em uma espreguiçadeira – Eu adoro! – Conclui abrindo a parte de cima do meu biquíni jogando o mesmo longe e me deitando na posição mais sexy que consegui.
- Olha, já que você não quer nadar vou voltar para o meu tra.. – Ele se virou para mim e eu permaneci deitada na pose mais sexy que consegui.
- Pode ir, aposto que alguém daqui a pouco vem me fazer companhia! – disse indiferente para ele.
- Você ficou maluca? – perguntou nervoso vindo em minha direção com uma toalha – Anda se cobre! – Ele tentou me cobrir e eu puxei a toalha fazendo ele se desequilibrar e cair por cima de mim.
- Você já foi mais legal Natsu.. Me deixa eu te fazer lembrar de como é bom fazer loucuras – falei em seu ouvido depositando um beijo ali.
- Eu não tenho nada para lembrar e você – disse me agarrando e jogando em suas costas – Vai ficar de castigo.. – disse com um olhar maligno me levando para dentro da casa. “Fudeu, só isso que posso dizer e infelizmente não é a foda que eu planejava!”


Notas Finais


E aí quem gostou dos foras do Natsu? E da Lucy, como estão seus sentimentos em relação a nossa loirinha? Qual deve ser o castigo que o Natsu vai colocar a Lucy??? E é isso que temos para hoje, se você gostou comenta aí e se não gostou comenta também, críticas construtivas ajudam a melhorar o conteúdo!

Esse é o link da planta da casa dos meninos: https://plus.google.com/108678486922322269034/posts/B6HaUAvpb4R

E esse é o biquíni da Lucy para quem quiser ver: http://www.labellabiquinisefitness.com.br/config/imagens_conteudo/produtos/imagensSGRD/SGRD_215_001_biquinissantaareiaref1634fusion3d196.jpg

Até o próximo e Tchaaau 😄💛💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...