História Seduction, Love Or Death - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), TWICE
Personagens Dahyun, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Nayeon, Personagens Originais, Rap Monster, Sana, Suga, Tzuyu, V
Tags Ação, Bangtan Boys, Jungkook, Twice
Exibições 237
Palavras 858
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá minhas cerejas :3
Eu tentei fazer um cap. maior, desculpem-me se não estiver do seu agrado >u<
Bjs :3

Capítulo 3 - Death


Entrei novamente na boate, vendo que todos lá estavam em um estado deplorável. Tão sensíveis a bebida.

Vi de longe a moça que tinha tentado me seduzir, se agarrando com um homem qualquer. Prostituta, as desse tipo são as melhores na cama.

Me aproximei, logo vendo que eles não estavam mais se agarrando, em tempo de se comerem aqui mesmo.

   - Você? - A mulher, cujo nome ainda não sabia, falou enquanto me encarava sorrindo. Olhei para seu acompanhante, que assistia tudo.

   - Podemos conversar? - Pedi calmamente, com um sorriso doce formado nos lábios. Ela sorrio da mesma maneira, um sorriso que me fez sentir nojo por dentro, logo assentindo. A puxei pelo braço, logo a tirando daquela boate. Eu havia dado uma volta por aquela Rua que estávamos, encontrei um beco escuro não muito longe dali. A levei até esse local, a garota estava sorrindo, talvez percebendo qual seriam os meus atos. Ela está completamente errada.

   - Por que me trouxe para cá? - Rodeou meu pescoço com seus braços, me trazendo para mais perto. Não existia mais espaço entre nossos corpos, sorri maliciosamente.

   - Você não queria brincar? Então, vamos brincar.

Só agora eu percebi que tinha um crachá com o nome desta moça. O nome dela era Yang. Deixei isso de lado quando comecei a beijar calmamente o pescoço de Yang. Conseguia ouvir arfares vindo da mesma, e acredite, isso não surtiu nenhum efeito em mim.

Dei uma mordida no local, com certeza ficaria marcado. Mais isso não importa no momento. Já tenho meu plano arquitetado, e logo irei dar o fora daqui.

   - Ai... - Acabei por morder forte demais seu pescoço, senti um gosto estranho em minha boca, me permeti sorrir para mim mesmo.

   - O quê? - Me fiz de desentendido. Yang tentou me empurrar para longe, ela não obteve sucesso. A prensei na parede, deixando-a sem saída.

   - Você me machucou, está doendo... - Disse manhosa. Rocei lentamente nossos corpos, ouvindo novamente um arfar da garota. Namjoon hyung disse que eu não poderia abusar demais da conta, até porque a policia de Seul é bem ativa.

   - Oppa, p-pare... - Ela ordenou. Ok, ordenar já é demais. Já chega, cansei de brincar. Em um ato rápido, fiz com que a garota se deitasse no chão, comigo por cima. Ela se debatia incontáveis vezes, tentando se livrar.

   - Calma, não vou fazer nada contigo. - Menti, mais mesmo assim, consegui deixa-lá confortável. Pude ver que a garota havia fechado os olhos, Não seria nada bom se acontecesse alguma coisa, não é? Sorri de uma forma sádica, tirando de meu bolso, uma faca. Não poderia matar ela com minhas mãos. As impressões digitais ficariam impressas ali, em seu pescoço. Passei lentamente a faca por seus seios quase descobertos, fazendo Yang me encarar perplexa.

   - Ah... - Ela tentou gritar, mais logo tratei de colocar minha mão em sua boca, abafando qualquer grito daquela maluca.

   - Xii... - Murmurei para que ela escutasse. Já pudia ouvir seus resmungos de dor quando passei a faca em sua coxa, fazendo um corte profundo. As lágrimas da garota começaram a escorrer, só consegui sorrir.

   - Xii, podem nos escutar princesa. - Murmurei novamente. A faca, que antes estava na coxa de Yang, estava agora pronta para ser enfincada em seu peito, bem no seu coração. Não recuei, a afundei ali, a garota se contorceu, retirei minha mão de sua boca, que logo tratou de soltar um grito agudo.

Ela logo soltou seu último suspiro e fechando os olhos, comecei a rir baixo, enquanto admirava o corpo sem vida daquela mulher. Ouvi um barulho vindo detrás de mim, arregalei os olhos, me virando e encontrando ali, uma moça me encarando aterrorizada, lágrimas rolavam em seu rosto. Me levantei, caminhando em sua direção.

   - Não me mate, Senhor, por favor! - Pude ver nitidamente a sua expressão. Aquela garota tinha uma beleza incrível. Parei diante dela, a encarando de cima, ela era bem menor que eu.

   - Irá contar a alguém? - Ela negou - Está mentindo! Venha comigo. - A puxei pelo braço, a levando até o carro. Só pude escutar os gemidos de dor da garota, eu estava apertando seu pulso com uma força enorme. Cheguei a carro, a Rua estava um verdadeiro deserto. Ponto para mim.

Ela tentou se libertar de meu aperto diversas vezes, todas falhas. Abri a porta detrás do carro, a jogando lá dentro. Fechei a porta com brutalidade.

Sim, eu realmente deixarei Namjoon voltar para casa sozinho. Voltei rapidamente ao local que estava o cadáver de Yang, sorrindo novamente, peguei a faca, limpando o sangue em sua blusa branca. Não haviam impressões digitais, então estava tudo ótimo.

Voltei novamente para o carro, entrando no mesmo. Coloquei o cinto de segurança, vendo que a menina tinha feito o mesmo. Agora eu me pergunto, o que ela estava fazendo naquele local? Ah, que seja, não me importa mesmo.

   - Sabe o que vai acontecer com você?

   - N-não...

   - Eu irei lhe punir da pior forma.


Notas Finais


Bye bye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...